segunda-feira, 11 de junho de 2018

Imigrar para Portugal

No último capítulo da novela "Grande Projeto em Andamento", Corey revelou a decisão de imigrar para os EUA, veja hoje a reviravolta...

E aí amiguinhos, como estão? Passaram bem o fim de semana? Espero que sim! Sexta paramos a história da minha imigração no ponto de decisão sobre qual visto usar e para qual região dos EUA Bia e eu iríamos. E o escolhido foi...

INTERIOR DE PORTUGAL!!!

Sim amiguinhos, assim como uma boa novela mexicana dos anos 90, minha imigração teve uma grande reviravolta e tomou um rumo "surpreendente" (nem tanto, rs).

Pessoal pescou as dicas que dei no penúltimo post e peço desculpas por ter confundido a todos com a história dos EUA mas não é mentira, nós realmente iríamos nos mudar para os EUA, porém após muitas conversas, contas e pesquisas decidimos que os EUA não seria a melhor opção para nós, ao menos não nesse momento de nossas vidas. E aqui vai uma explicação resumida:

Em primeiro lugar temos a questão imigratória. Estou numa fase da vida onde não faz sentido fazer as coisas na orelhada e de maneira totalmente inconsequente (um pouco de loucura é saudável e necessário porém nem tanto). Logo ir para os EUA com visto de turista e ficar preso no país estaria fora de cogitação. Também não estamos com saco para encarar estudos e sacrifícios extremos, o que seria necessário para manter o visto de estudante, então essa opção também não seria interessante. O visto L1 então nem se fala, não quero arriscar todo meu patrimônio em uma só coisa que é totalmente incerta, nem pensar. Surgiu uma outra alternativa que não é de todo ruim porém também concluímos que agora não seria a hora (talvez num futuro), essa alternativa será detalhada num post futuro.

Ok, a vida de imigrante "fora de status" (qualquer um que trabalhe sem autorização de trabalho) não é tão ruim como alguns pregam, é plenamente possível trabalhar sem documentos ter uma vida tranquila porém cheguei à um ponto na vida onde isso me apela cada vez menos. Sem contar na trambicagem que isso provoca. Para trabalhar como Uber em Boston, por exemplo, você deve tirar sua carteira de motorista na Flórida (porque a de Massachusetts não é aceita pela plataforma), aí para você ter essa carteira deve estabelecer residência na Flórida, então você paga alguém pra fazer isso pra você, pega um avião, desce pra Miami e 500 dólares e 3 dias depois você tem sua DL da Flórida. Ou então você usa a conta de um outro motorista, pagando por isso, claro. Enfim, é muita trambicagem e cheguei à um ponto da vida que não tolero muito isso (por outro lado me arrependo de não ter sido mais trambiqueiro no Brasil, assunto para outro dia).

Não vou mentir, Bia e eu temos muita vontade de morar nos EUA e Portugal acabou sendo o plano B, a segunda opção mesmo, porém tudo está indo muito bem para nós, de tal maneira que até me envergonho de ter tratado Portugal como "quebra galho". A decisão de vir para Portugal foi totalmente racional dentro de um contexto totalmente emocional que é a mudança de país, o simples fato de conseguir legalização de maneira muito fácil já é mais de 50% do peso da decisão.

Vamos voltar um pouquinho e entender um pouco dos porquês que nos fizeram tomar a decisão de imigrar:


Como alguns devem se lembrar Bia e eu estávamos numa fase bem legal no Brasil: independência financeira conquistada, bons retornos de investimentos, eu estava trabalhando na minha área de formação, tendo uma rápida promoção de carreira e muito feliz com esse trabalho. Porém como contei tempos atrás não achava que o plano de imigrar estava morto, acreditava apenas que estava adormecido até chegar um momento mais oportuno, afinal estava tudo muito bom no Brasil e pensando bem não havia motivos pra tal mudança radical senão loucura mesmo, embora Bia não estava 100% contente com o trabalho como eu estava, chegamos numa situação bem confortável do ponto de vista não só financeiro mas também e principalmente em relação à nossas vidas pessoais. O momento oportuno parecia um tanto longe, até...
 
Bem amiguinhos, como todos nós sabemos a situação de segurança pública do Brasil passou do ponto de absurda, todos temos histórias tristes para contar de crimes bizarros em nossas famílias ou entre amigos. Infelizmente e mais uma vez isso aconteceu perto da gente, perdi uma pessoa meio que próxima numa situação grotesca. Foi algo muito pesado, nem tinha muito contato direto com a pessoa mas o fato é que me abati muito com essa perda. O momento oportuno de emigrar estava ali, não poderia ser o próximo, ao menos seria possível tirar o que já de mais precioso na minha vida daquele inferno, e assim Bia e eu decidimos finalmente pôr nossos planos em prática. Um monte de gente está fazendo loucura, saindo do Brasil de maneira fugida, com pouco dinheiro, indo sem documentos, somente com a esperança de conseguir algo melhor. Minha situação era extremamente mais confortável: dinheiro mais que suficiente, possibilidade de legalização, então não havia mais desculpas para continuar sofrendo as mazelas no Brasil.

O ser humano não aprende, em 2010 passei um puta sufoco (que nunca contei mais vou contar em breve) que me fez repensar toda minha vida e devido à isso consegui equilibrar minha vida e atingir a independência financeira poucos anos depois. Foi preciso passar por problemas de saúde relacionados à vida de empreendedor, quase infartar com 30 e poucos anos para criar vergonha na cara e parar com o “crime”. Mais uma vez foi preciso tomar um susto para enfim colocar um sonho em prática e mudar de vida... Ok, não sou tão sábio quanto gostaria de ser mas estou tentando melhorar a cada dia, pode ter demorado, mas está tudo muito caprichado.

Tenho muita, mas muita coisa mesmo pra contar sobre minha mudança para Portugal, farei algumas séries de posts para narrar a odisseia. Pretendo alternar os posts específicos sobre o assunto com outros mais genéricos para que o blog não vire um relato de viagem sem fim, porém mais uma vez repito que esse é um site pessoal e espelha minha vida, logo o assunto imigração será muito abordado daqui pra frente. Deixem nos comentários o que estão achando, grande abraço!

Observação off-topic: os comentários desse blog são moderados praticamente desde sempre. O objetivo da moderação é filtrar comentários agressivos e somente isso. Quem me acompanha sabe que mesmo comentários ofensivos são publicados. Não vejo problema em discutir, argumentar, discordar... só não aceito xingação barata e desnecessária, isso não é legal porque joga o nível da conversa para o fundo do poço. Se você escreveu um comentário "normal" e não foi publicado, basicamente duas coisas podem ter acontecido: o comentário bugou e sumiu (já aconteceu diversas vezes comigo) ou foi parar na caixa de spam. Se isso acontecer com você por favor me avise para que eu olhe na caixa de spam. Por favor, não pense que barrei um comentário seu pelo simples fato de não concordar com você, isso aqui simplesmente não acontece, ok? Esse aviso é para evitar constrangimentos como ocorreu recentemente com um leitor dizendo que barrei um comentário enquanto o mesmo estava no spam (não sabemos porque alguns comentários são considerados spam pelo Google).

72 comentários:

  1. Corey, Portugal é meu plano A.
    Fale sobre custos, conta em banco, transferencia de recursos.. Vai manter os investimentos no Brasil ?

    Abração

    ResponderExcluir
  2. Poxa cara, eu realmente vibro com a conquista das pessoas, fiquei mt feliz com sua história.
    Usarei seus passos como espelho!
    Forte abç

    ResponderExcluir
  3. Excelente escolha, meus pais mudaram semana passada por lá e fizeram toda a documentação no Brasil, mas mesmo assim se prepare para a burocracia... todo dia eles tem pepinos para resolver em repartição pública de lá e filas enormes para serem atendidos. No momento estão em um AirBnB mas eles piraram e decidiram q irão morar em um trailer para não ficarem presos em um lugar só. Respiro aliviado em vê-los fora do Brasil, moravam em uma casa "de rua" e eram presas fáceis para a bandidagem. Sucesso na nova jornada!

    Sr. IF365

    Blog do Sr.IF365 | Acompanhe meus últimos 365 dias antes da IF e Aposentadoria Antecipada
    www.srif365.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para onde seus pais foram? Se foi cidade grande estão perdidos mesmo. Estou em cidade pequena, não passei apuro algum pra resolver a papelada e já estou com tudo na mão à tempos.

      By the way, tb estou pensanso num trailer...

      Abraço

      Corey

      Excluir
    2. Foram p cidade pequena também por causa disso, Figueira da Foz....

      Excluir
    3. As cidades litorâneas tb são ruins devido à imensa qtd de franceses aposentados que vão morar lá, então acaba demorando igual Lisboa e Porto.

      Excluir
    4. cara, esse esquema de trailler ai é sensacional hein.

      Claro que no Brasil nao da, mas em país com boa segurança é uma ótima idéia.

      Abs

      Excluir
    5. O problema é o valor da mensalidade do camping, costuma ser bem caro, aí acaba por não valer a pena. .. Mesmo assim ainda vou investigar isso direito.

      Excluir
  4. Se tudo correr bem, em 2020 temos uma boa oportunidade de mudar para portugal.

    ResponderExcluir
  5. Olá Corey, estou na expectativa pelos próximos capítulos. Eu estou em vias de atingir a IF, e depois disso meu plano é ir morar em Portugal. Tenho a nacionalidade portuguesa, isso talvez ajude bastante. Estou começando a me informar a respeito da vida aí em Portugal, lendo muitas coisas a respeito e buscando contato com pessoas como você, que já tomaram essa decisão. Existe alguma maneira de entrar em contato com vc, para trocar uma ideia a respeito? De qualquer modo, estou na expectativa pelos novos posts. Abraço

    ResponderExcluir
  6. Vocês tem dupla nacionalidade? Conte sobre a transferência de dinheiro do Brasil para Portugal, fiz uma pesquisa básica pois tb pretendo emigrar, contudo, vi que tem o tal imposto de 25%...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou falar sobre isso ainda essa semana. Os 25% são para quem vem com D7 (reformado) e mesmo assim parece que há como ter isenção.

      Excluir
  7. Pô, Corey empolguei agora.

    Escreve mais sobre isso aí.

    Outra coisa, modera mesmo. Vamos manter os comentários em alto nível.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aguarde, muita coisa à caminho. Comentários continuarão moderados.

      Abraço

      Corey

      Excluir
  8. Parabéns pela empreitada!

    ResponderExcluir
  9. Vou fazer apenas um pedido, já que nunca te pedi nada (ehehe): continue fazendo os posts em texto... Não adote a modinha de vídeos, por favor.

    Acompanhava a jornada de um outro blogueiro de finanças, mas ele parou de escrever e começou a fazer video. Simplesmente abandonei: não sou da geração YouTube rsrsrs

    No mais, sucesso nessa nova fase!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já tive essa vontade, passou. Muito trabalho pra pouco retorno, prefiro os textos mesmo.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  10. Na moral?

    Só espero que você cumpra a promessa de postar, pq volta e meia você promete e depois some.

    Tenha compromisso com os espectadores, Imperador.

    Você está trabalhando por ai? Acha Portugal um bom lugar para empreender?

    Abc e boa semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou postar sim, não ptofissionalizei o blog mas as postagens estão de pé.

      Abraço

      Corey

      Excluir
    2. Sim, estou trabalhando.
      Não acho Portugal bom para empreender.

      Excluir
    3. Corey vc trabalha com o que ai?

      É facil se empregar? Há uma oferta boa de empregos, ainda que sub empregos?

      O salario/carga horaria permite um pouco de qualidade de vida?

      Quero dizer, tem muita diferença do brasil? (salario minimo 950, carro popular de entrada 40k)

      Excluir
    4. Trabalho meio que braçal.
      Achei fácil sim, pelo menos se vc tem documentos.
      Permite muita qualidade de vida, pelo menos pra gente.
      Carro novo aqui é bem caro, mas desvaloriza absurdamente, então tem carros bons que vc compra com 2 salários mínimos.

      Excluir
  11. Pensei que tu estava nos states, me enganou, ah miseravi! rs

    Brincadeiras a parte independente de onde vc esteja espero que sua vida seja leve, plena e feliz. É sempre bom e reconfortante saber que nossos amigos (ainda que virtuais) conseguem realizar seus sonhos, isso nos motiva para que possamos realizar os nossos!

    Grande Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MC, em momento algum disse com todas as letras que estava nos EUA, rsrs!

      Tb sou desses que vibram com as conquistas das pessoas que conheço, obrigado pelo carinho.

      Abraço

      Corey

      Excluir
  12. O corey eu tambem achei que estava nos estates... No ultimo post voce disse "o motivo de virmos para os usa" virmos e passado ne?
    Nao quere do dar uma de pasquale hahha.
    Abraco gajo. E espero que fique tranquilo tambem mudei do brasil por um sentimento parecido com o teu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou dar uma revisada, obrigado por comentar.

      Boa sorte pra vc tb!

      Excluir
  13. Olá Corey,

    Fiquei surpreso quando disse que seria USA. Portugal é a sua cara: minimalismo, custo de vida, simplicidade, etc, embora o estilo de vida americano também seja fascinante.
    Bem, Portugal é considerado o 29º melhor país para empreender pelo Douing Bussines e o 24º pela Forbes. Em comparação o Brasil está em 125°.
    Estou interessado em empreender no país, acha uma boa ideia?
    Sei que o mercado é muito pequeno, e os hábitos de consumo são conservadores. Portanto tem que se pensar a nível de Portugal todo ou até de UE.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é muito relativo ,provavelmente esses números são referentes à empresas de tecnologia, startups, essas coisas modernosas. Meu ramo é tradicional, então fica mais complicado. Mas vou detalhar isso em breve.

      Excluir
  14. I knew it. Parabéns mais uma vez. Aguardando as novidades ansiosamente. Abs

    ResponderExcluir
  15. Estou ansioso pela serie de posts, tb pretendo ir para Portugal. Tenho 400k em rf, vou comprar tudo em euro e partir desse Brasil maluco!

    O que ainda me prende aqui é a questao familiar, sou solteiro e a questao psicologica pra abandonar pais e irmaos aqui e foda, preciso me preparar psicologicamente ou encontrar uma companheira que compartilhe da mesma ideia que eu assim como vc encontrou Bia.

    Boa sorte na nova empreitada!

    Abç

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A questão psicológica deve sim ser trabalhada, caso contrário coloca tudo a perder. Não tive esse problema pq sou desencanado mas muita gente passa por isso.

      Excluir
    2. Não tiraria 400k de rf no Brasil e mandaria pra cá. Aqui aparentemente é muito ruim investir. Nós brasileiros temos a vantagem de conhecer o jogo do Brasil portanto devemos usar isso a nosso favor.

      Excluir
  16. O que eu estou mais surpreso disso tudo é saber que vocês adoram Orlando, nunca passou pela minha cabeça que você gostasse de lá, pra mim isso ia contra tudo que você da valor na vida. A propósito, eu também adoro aquele lugar!

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, gosto muito. Acho que é devido à sensação de felicidade que a cidade exala.

      Excluir
    2. Exatamente! Lá só existem dois tipos de pessoas: quem está feliz de férias e quem trabalha para quem está de férias, então é obrigado a parecer ao menos que está feliz, hehe!

      Abraço

      Excluir
  17. Daqui a pouco o corey pública outro post falando que imigrou pra África do Sul, ou vai ficar 3 meses na Europa e voltar pro Brasil, porque novela mexicana tem essas reviravoltas.

    ResponderExcluir
  18. Parabéns pela mudança, Corey!
    Desejo sucesso para vocês aí em Portugal.

    Abraços,
    Simplicidade e Harmonia

    ResponderExcluir
  19. Fala C

    Boa sorte na sua imigração. Tenho certeza que apesar dos desafios será o melhor para sua família a longo prazo.

    Esquece USA pra viver, não tem qualidade de vida lá. Lá vc vai pra ganhar dinheiro e trabalhar pra caralho. Europa é muito melhor nesse sentido. Portugal é um excelente país você vai gostar. E cola lá no nosso canal/blog fiz varios posts sobre Portugal lá.

    Agora é abrir uma continha na DriveWealth kkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande VdD!

      Estou preparando um post sobre isso que vc disse sobre EUA x Portugal, concordo contigo .

      Passo sim, Abraço

      Corey

      Excluir
  20. Eu achando que você estava nos EUA e te sugeri o Maine, especialmente no inverno.
    Mas em Portugal te sugiro a Beira Alta.

    Enfim, continue postando e nos relatando a vida aí, sempre tive e tenho curiosidade de saber como é a vida em outros países em seus mais amplos e variados aspectos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O inverno será um desafio, a primavera ainda nem firmou por aqui, anda bem frio.

      Abraço

      Corey

      Excluir
  21. ESSE VDD é o maior PIADISTA, dizer que Portugal é melhor que USA é a mesma coisa que falar que o Ceará é melhor que a Austrália.

    Rindo Litros.

    VDCP = Viver de Contar Piadas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O conceito de "melhor", é muito relativo. Post a respeito em breve.

      Excluir
  22. Corey,
    Qual sua idade, 40~50 anos? Estou nessa faixa.
    Ganho 5k aqui no Latrinil, tenho um apartamento que vale pelo menos 700K e conseguiria alugar por R$ 2.200,00.

    Não tenho nada de grana investida. Mas se for demitido devido a crise, ganharei uns 150K entre FGTS, 40% de multa, férias proporcionais e bla, blá blá. Mais uns 120k da partilha da herança.

    Mas sou casado e tenho um filho de de +ou-10 nos. Como é o sistema de Saúde aí? Será que vale a pena um cara com minhas características vazar e ir para Portugal?

    Agradeço se responder. Abraço e sorte!

    Tiago

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faixa dos 35. Se vale a pena ou não só vc pode dizer, é necessário muita pesquisa para chegar à uma conclusão. Tem que definir no que vc vai trabalhar, quais suas pretensões, etc.

      Saúde pública aqui é bem melhor que o Brasil mas não é mil maravilhas não.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  23. Nossa que legal! Surpreendente mudança, achei mesmo que ia para os EUA.

    Eu também estou escrevendo sobre aposentadoria em Portugal, sou Português e morei lá muitos anos.

    Vai ser bom a gente escrever sobre o assunto. Assim outras pessoas que tenha curiosidade podem ficar a saber mais sobre Portugal.

    Desejo boa viagem e tudo de bom em Portugal!

    Abraço.

    ResponderExcluir
  24. Parabéns pera nova jornada na sua vida.

    Quais motivos não são bons pra empreender? Muita burocracia? Ou é ruim especificamente pra quem é estrangeiro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até onde sei a burocracia existe (como em toda Europa) mas flui, ao contrário do Brasil que tudo enrosca. A questão é mais demográfica que outra coisa, aguarde, post a respeito em breve. Aqui eles cagam e andam pra onde vc nasceu, se é estrangeiro ou não, tudo a mesma coisa, pelo menos essa é a impressão que tenho.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. Olá Corey!

      Não acho Portugal um país ruim para empreender. Abri uma franquia no norte do país (região de Guimarães) e no meu ponto de vista, de modo geral há 2 viés:

      Fiscal/tributário/contábil e Burocrático - acho muito melhor que Brasil. Abri a empresa com 1 dia. Para a empresa se lida com apenas praticamente 2 impostos: IVA e IRC, este último sobre os lucros da empresa. Teve umas encheções de saco com algumas taxas e alvarás, mas a vantagem aqui é que você pode abrir a empresa primeiro, e depois obtendo as licenças, não é como Brasil onde tudo travar a abertura do negócio, podendo levar 6 meses para concretizar a abertura. A carga tributária aqui sobre empresas é no mesmo nível, se não maior que o Brasil. Porém o sistema tributário é muito mais simplificado, uma padronização da União Europeia. Outra grande vantagem é que embora você pague muito imposto você vê muito mais claramente o retorno dele comparado ao Brasil.

      - Potencial de mercado e volume de negócios - Aqui há uma faca de 2 gumes. Portugal é um mercado pequeno, os consumidores são muito conservadores. No meu ramo (alimentício) tudo é muito acessível. Aparentemente o Brasil seria muito mais atrativo em termos de volume de negócio. O retorno do investimento também pode demorar um pouco mais aqui, e as margens podem ser menores. Determinados ramos como o comércio tradicional e restauração (restaurantes, cafés, etc) é muito arriscado, o mercado aqui é muito maduro. Vale a pena procurar se for uma boa franquia. Aliás acho franquia uma boa estratégia de se introduzir num mercado não muito conhecido.
      Apesar disso tudo, muitos esquecem que Portugal está na União Europeia, o maior mercado comercial do mundo. Vender ou prestar serviço de um país para o outro dentro da UE, é mais fácil e menos travado do ponto de vista legal, tributário e burocrático do que de um estado para o outro no Brasil, que possui 26 alíquotas de ICMS. No meu caso, a Espanha, que tem 50 milhões de habitantes, é aqui do lado, menos de 200km. Como não há impedimento legal nenhum por eu ter cidadania portuguesa, já tenho planos de abrir outra unidade da mesma franquia em La Corunã na Galiza, uma cidade do tamanho do Porto e que recebe muitos turistas.
      Enfim, pra mim empreender aqui tem valido muito a pena, principalmente devido à qualidade de vida que o país oferece e por estar na UE.

      Excluir
    3. Excelente relato, muito útil.

      Na verdade acho que me expressei errado, para o tipo de empreendedorismo que costumava fazer no Brasil, Portugal parece não ser legal. Vou fazer um post detalhado sobre isso mas basicamente é uma questão de tamanho de mercado e o que vc disse sobre mercado maduro. Ficaria muito difícil me inserir dentro disso, sem contar que o investimento aqui é muito superior ao do Brasil. Enfim, é uma questão pessoal mesmo.

      Sobre estar inserido na UE é muito relativo pois não necessariamente pode ser uma vantagem já que muitas vezes (grande parte delas) a empresa estará inserida dentro de uma comunidade específica não tomando vantagem da UE.

      O que vc disse sobre margens menores se equilibra com o custo de vida mais baixo, então se for pôr na ponta do lápis da na mesma ou mesmo acaba ganhando mais aqui que no BR.

      A propósito estarei indo para Guimarães esse fds, quem sabe não passo sem querer na sua loja.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  25. Muito bom !!! parabéns e sucesso na nova jornada, assunto não faltará aqui no blog, não demore em atualizar !!

    ResponderExcluir
  26. Olá Corey, se vier à Lisboa marcamos um almoço. Um abraço e boa sorte.

    ResponderExcluir
  27. Corey, transformar seu patrimônio em Euro ainda o torna independente financeiramente no velho continente?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Excelente pergunta!

      Pra mim IF tem a ver com fluxo de caixa e não com patrimônio (por isso sempre insisti em modalidades que geram caixa), logo teria que transformar em Euro e ao mesmo tempo fazer gerar fluxo de caixa. A resposta é NÃO. Não há como, ainda mais com o Euro alto como está e a aparente falta de opções interessantes de investimentos como existe no Brasil (digo aparente pq não pesquisei a fundo).

      Por outro lado ao morar num ambiente praticamente sem inflação, posso me dar ao luxo de ser muito conservador nos investimentos brasileiros e mesmo assim obter excelentes retornos. Até os 0,4% da poupança aqui é um luxo.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  28. Portugal está em 18º lugar no ranking de qualidade de vida do mundo (NUMBEO, 2018). Sistema de saúde entre os 30 melhores do mundo, apesar das falhas. Em 2000 foi avaliado como 12° melhor do mundo pela OMS. Quarto país mais pacífico do mundo pelo Índice Global da Paz e entre os 20 mais seguros do mundo em termos de criminalidade pura. Custo de vida, apesar da bolha imobiliária de Lisboa e Porto, ainda entre os mais acessíveis da Europa.
    Não é o paraíso, e tem sim vários problemas, mas é hoje um dos melhores países para brasileiros se o quesito buscado é qualidade de vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Portugal é o país do equilíbrio, parece não haver disparidades nem negativas nem positivas em nenhum aspecto, portanto isso contribui muito para a qualidade de vida.

      Somente a chance de viver sem violência já vale tudo a pena.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  29. Eu vi poucas pessoas comentando do Chile, pelo que pesquisei a qualidade de vida é parecida com Portugal, o que vocês acham

    ResponderExcluir
  30. Irei para Portugal em abril do ano que vem. Tá muito difícil viver no Brasil. Quase fui assaltado, e minha esposa foi assalta esse mês, pr´ximo de nossa residência.

    ResponderExcluir

Os comentários desse blog são moderados, ou seja, passam pelo meu controle antes de serem publicados. Esse é o motivo pelo qual seu comentário não aparecerá logo após você clicar em "Publicar", portanto não precisa postar 2 ou 3 vezes! Posso demorar, mas publicarei e responderei todos os comentários que não contenham trolagens, intrigas, propagandas e baixo nível.