sexta-feira, 8 de junho de 2018

Imigrar para os Estados Unidos

Na última postagem contei que finalmente havia saído do Brasil e pedi para que os leitores desse suas opiniões e palpites sobre para onde me mudei. Engraçado que a esmagadora maioria das pessoas achou que me mudei pra Portugal...

Quem acompanha o blog sabe que tenho paixão pelos Estados Unidos, que já viajei muito nesse país, que me identifico com a cultura, e o modus operandi do americano. Desnecessário dizer as muitas vantagens que existem em morar nos EUA, mas as principais são a possibilidade real de fazer muito dinheiro desde que se trabalhe duro e a segurança (mesmo com os malucos de armas, os EUA ainda são um paraíso seguro em relação ao Brasil).

Ao tomar a decisão que realmente era a hora de sairmos do Brasil, ficamos entre várias alternativas de países para escolher. Como ainda não estamos na pegada de aposentados, temos independência financeira mas não temos vontade de parar de trabalhar, decidimos que os EUA seria a melhor alternativa, afinal juntaríamos a vontade de morar nesse país com a possibilidade de trabalhar e ganhar dinheiro. Além disso eu finalmente teria a chance de ficar fluente no inglês e colocaríamos Bia fora da zona de conforto obrigando-a a aprender inglês na marra (o que seria muito bom). Decidido isso teríamos algumas alternativas do ponto de vista imigratório e de papelada:

a) Visto L1: embora não tenha mais empresas no Brasil, haveria a possibilidade de fazer um bem bolado com as pessoas que compraram minhas lojas para que elas me enviassem para os EUA com o visto L1, inclusive consultei empresas especializadas que me afirmaram ser possível. Problema: investir quase 1 milhão de reais nessa empreitada não é pra qualquer um e total falta de vontade de empreender, ainda mais sob pressão. Desisti.

b) Visto de estudante: fazer o que grande parte da classe média faz. Aplicar para um visto de estudos de inglês e uma vez estando no país conciliar trabalho e estudo. É caro porque precisa bancar a escola e deve-se necessariamente comparecer às aulas. Ficamos na dúvida se teríamos saco pra isso.

c) Ir como turista: a última alternativa é sem dúvidas a mais simples e barata, afinal já temos visto de turismo e então era só cair pra dentro e tocar vida. Expirado o prazo de turismo aplicaríamos para o visto de estudante e deu. A grande desvantagem é ficar impossibilitado de sair do país mesmo após a obtenção do visto de estudante.

Além de decidir de qual maneira viajaríamos outra decisão importante seria para qual região seria melhor mudar. Os EUA é enorme porém há algumas regiões que se destacam e que decidimos considerar:

1- Flórida: clima agradável, praias lindas, Orlando que é uma das cidades que Bia e eu mais gostamos no mundo... Enfim, a Flórida é o estado americano que está no nosso coração. O custo de vida é relativamente baixo e existe grandes chances de emprego para imigrantes.

2- Boston area: Massachusetts é um estado frio pra caralho, tem cidades caidinhas, custo de vida alto pra porra porém oferece um excelente plano de saúde para imigrantes, oportunidades de emprego não faltam e a comunidade brasileira é fortíssima (não adianta, falem o que for, quem ajuda brasileiro recém chegado é sempre brasileiro).

3- Indiana: esquecido por muitos, consideramos Indiana por termos amigos por lá que poderiam dar uma imensa força em nossa chegada, sem contar o custo de vida irrisório quando comparado com Boston. e a possibilidade de viver num estado mais "americanizado" (TM Carlinhos Troll).

4- Las Vegas area: região para onde muitos americanos e imigrantes já estabelecidos no país estão se mudando. Custo de vida baixo, proximidade com a costa oeste e grande quantidade de empregos. É uma região em forte desenvolvimento. Calor do inferno no verão, frio do caralho no inverno.

Após muito planejar, colocar números no papel, conversar com pessoas que moram nas diversas regiões dos EUA, pagar consultorias, decidimos por...

PARA, PARA, PARA... Segunda feira vocês saberão... Enquanto isso, deixem seus palpites: com qual visto e para qual região nos mudamos?

Bom fim de semana à todos!

64 comentários:

  1. Parabéns por decidir se manda do bostil!

    no aguardo dos próximos posts.

    meu chute: indiana.

    abs!

    ResponderExcluir
  2. EUA assim como o Brasil tem muita diversidade cultural, climática e econômica entre os seus Estados.
    Nunca fui aos EUA, mas imagina que a maioria dos imigrantes se concentre em algumas regiões metropolitanas.
    Porém, sempre tive curiosidade em saber como é a vida fora do circuito de turismo e negócios dos EUA, como é a vida nos Estados menos famosos e nas médias e pequenas cidades norte-americanas.

    Conte-nos mais...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já rodei muito os EUA, conheço mais estados americanos que brasileiros. Há de tudo mas no fim das contas a qualidade de vida é excelente de ponta à ponta do país.

      Excluir
  3. EUA vá para oeste... Parte Leste e Sul é uma b..qdo comparado com as belezas naturais e qualidade de vida de estados como Wyoming, Colorado, Nevada, South Dakota, Idaho, Washington !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você já morou em algum desses lugares pra ficar falando tamanha groselha???

      Florida é o melhor estado dos EUA para Brasileiros, não precisa nem aprender Inglês pois tem Brasileiro em todo lugar.

      Excluir
    2. O oeste realmente é lindo, com muito espaço, nada de aglomerações de pessoas.

      Florida é fantástica, mas o fato de não precisar falar inglês é um problema e não uma solução.

      Excluir
  4. Visto estudante Na florida \o/ .
    OU ta em Portugal despistando com esse post \0?

    ResponderExcluir
  5. Eu morei 5 anos em Boston quando era criança. Foi a melhor fase da minha vida. Se não fosse um problema que ocorreu na epoca, provavelmente eu estaria até hoje lá morando e casado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei curioso pra saber o que houve...

      Excluir
    2. Eu, meus pais e meus 2 irmaos fomos ilegalmente para os EUA no inicio da década de 90 morar ilegalmente. Ficamos lá 5 anos e viemos ao Brasil ficar 45 dias para tentar resolver umas coisas e pegar o greencard. Deu tudo errado..Cancelaram nosso passaporte. No outro ano tentamos denovo e foi a mesma coisa. Após 20 anos mais ou menos estamos no Brasil, mas nunca esqueci de Boston. Era apaixonado por lá, pelo ambiente, etc. Penso em voltar lá somente para visitar. Morar nos EUA não pretendo. Se entrar um esquerda nas próximas eleicoes, terei que colocar em prática uma possível migração para alguns países que já tenho em mente. Abraço

      Excluir
    3. Que merda heim? Justo numa época que ao que dizem tudo era mais fácil pra se legalizar, se ganhava mais e havia ainda mais trabalho. Acredito que vc consiga tirar visto de turista devido ao tempo que se passou e às circunstâncias da situação
      Boa sorte!

      Excluir
  6. Um fato curioso sobre Indiana: tem o custo por m² mais barato de moradia dos EUA.

    De resto, só sei da existência por causa das 500 milhas de indianápolis...


    Não sei se perdi algo, mas vc pediu demissão do tal emprego no BR?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Indiana é bem barato comparado com outros estados, mas há ainda mais baratos. Va para as Dakotas da vida pra ver...

      Excluir
  7. OPA - que surpresa interessante. Eu também estava no time dos que achavam que era Portugal (alias, hoje chegou minha certidão de nascimento portuguesa - agora oficialmente tenho a cidadania europeia).

    Se veio para a Florida, estamos na mesma região ... ai poderemos tomar um café. Se caso for isso (ou mesmo não sendo), me manda um email: execpobre@gmail.com para podermos falar sobre essa experiencia. Legal ter mais gente da blogosfera nos USA.

    Um grande abraço,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns pelo documento, pode ser útil no futuro. Todos que tem a possibilidade de conseguir uma segunda cidadania deveriam faze-lo.

      Excluir
  8. Eu nunca acreditei naquela história de Portugal ... agora Estados Unidos ? Fala sério Corey. Quem quer Emigrar para a terra do tio Sam, de forma ilegal, não publica isso em rede social. Logicamente voce está a escrever um enredo para entreter seus leitores, ora pois...

    Assinado: anon da bola de cristal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Anônimo da bola de cristal é um piadista

      Excluir
  9. Muito bom.

    Estou muito curioso e querendo saber sobre e principalmente qual valor seria o mínimo pra viver dignamente pra onde você foi.

    Digo agora que tenho 2 salários (um só de renda passiva agora) e quem sabe não seria a hora de começar a pensar em arriscar, sei lá ...

    Abraço e sucesso Corey

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande VdC!

      IF conta absurdamente muito pra uma aventura dessas, a segurança de ao menos ter o suficiente pra pagar as contas básicas mesmo convertendo, já é muita vantagem.

      Abraço

      Corey

      Excluir
  10. Corey, você quase nos mata do coração, estava quase pensando que ia ser igual o fracassado do viver de dividendos e se mudar pra falida e infame Portugal, mostrou que ainda tem discernimento pra selecionar.

    Visto de Turista não pode trabalhar hein ?! Nem o de estudante! Cuidado pra não ser deportado por esse louco varrido do TRUMP.

    Tenho muitos amigos nos EUA ilegais, emprego é o que não falta, mas só vai conseguir lavar prato, cortar grama, limpar piscina, subir muro, essas coisas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O dia que alguém que se submete a mudar de país for um fracassado não sei como chamar o resto das pessoas

      Excluir
    2. VDD fracassa com seus leitores, ao apagar comentários contrários às ideias dele e ao ficar chorando mentindo pra si mesmo que fez a escolha certa

      Excluir
  11. Eu chutaria que foi para Indiana.
    Se eu fosse morar nos EUA moraria num estado mais "americano".

    Boa sorte!

    ResponderExcluir
  12. Legal, você escrevendo sobre Estados Unidos, eu sobre Portugal. Assim, ambos ficamos a conhecer melhor os dois países!

    Achei interessante a questão dos vistos. Em relação a cidade para morar, acredito que tenha escolhido uma cidade com custo de vida mais baixo, com clima agradável e com chances de emprego, por isso o meu palpite é a Florida.

    Abraço e sucesso.

    ResponderExcluir
  13. Errei feio no chute de qual País vc está kkkkk é isso aí Corey Make America Great Again !!! rsrs

    ResponderExcluir
  14. Vá pro Maine, Corey. No inverno o clima é bem agradável.

    ResponderExcluir
  15. Eu acho que você está trabalhando na Disney vestindo a roupa do Zé Carioca e dando muitos beijinhos nas crianças.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se fosse fácil arrumar um trabalho desses juro que não recusaria
      ...

      Excluir
  16. Parabéns pela mudança Corey. Com certeza você e a bia viverão grandes experiencias ai na gringa. ~

    Meu palpite: Voce foi como turista para mais tarde conseguir o visto de estudante e vocês estão em indiana.

    Abraço e boa sorte!

    ResponderExcluir
  17. Se você foi pros states, então aquele meu palpite inicial estava certo mesmo.

    http://coreyinvestidor.blogspot.com/2018/06/o-fim-do-grande-projeto-mais-ou-menos.html?showComment=1528222582511#c516875066511662220

    Mas vai ficar me devendo aquele vídeo seu dirigindo uma carreta num estradão dos EUA para meu palpite ficar mais certeiro, kkkkk.

    Se aquele meu outro comentário sobre sua vida empreendedora tupiniquim estiver correto, não se esqueça de futuramente mencioná-lo, caso você for revelar mais sobre sua vida.
    Fico feliz quando o pessoal da blogosfera conquista seus sonhos.
    Abraços e sucesso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande AdP, o Sherlock Holmes da blogosfera!

      Abraço

      Corey

      Excluir
  18. Eu sou único que acho europa do ponto de vista econômica sem futuro, com exceção da Alemanha.

    Portugal para mim é para quem visa se aposentar e curtir IF , economicamente falando é uma país fraco.


    Eu vejo que muitas pessoas quando vão se mudar para determinado país não estudam as perspectivas econômicas e de emprego local.

    Geralmente ouvem falar que nos anos 90 um fulano foi para lá e fez carreira, mas acredite em 20 anos muita coisa muda num país ou região para melhor ou pior.


    Logo por tudo que estudei sobre a economia da zona do euro, só quero mesmo para turismo.


    Felizmente ou infelizmente para uns EUA ainda é um potencial econômica mundial. E com uma visão mais pro empreendedorismo do que muitas países na zona do Europa.

    E como considero Alemanha único país com futuro econômico na zona do euro. Todo resto dispensaria em caso de trabalho ou empreendedorismo.








    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mestre você está equivocado em relação à União Européia!

      Concordo com você que os PIGS (Portugal, Itália, Grécia e Espanha) estão na berlinda com uma economia frouxa e alto endividamento público, mas ainda sim temos outras potências na Europa além da Alemanha, como o Reino Unido, França e o incrível caso da Irlanda, que em 2015 teve o maior crescimento da história com impressionantes 26% do PIB devido à nova política de CORTAR IMPOSTOS e atrair CAPITAL ESTRANGEIRO.

      Acredito que a Europa está caminhando para o que chamamos de "Estados Unidos da Europa", e que de facto o Brexit é impossível, será postergado ad infinitum e nunca ocorrerá.

      Para você ter uma ideia, a União Européia contribui para 25% de toda produção científica do mundo com apenas 5% da população mundial e se combinados possuem o 3º maior e mais bem equipada forças armadas do mundo, sem contar que a economia da União Européia combinada é equiparável à dos Estados Unidos e China.

      Portanto embora pessoalmente não goste de Portugal por causa daquele sotaque horrendo e do modo de falar estilo Camões deles, ainda sim acredito que no longo prazo se a Europa conseguir resolver a crise dos refugiados, unificar suas políticas fiscais, econômicas, caminhando para um tipo de federalismo entre os estados membros, ela será (e de certa forma já é), um destino tão atrativo ou mais que os Estados Unidos.

      Veja que até no Brasil ou Estados Unidos há disparidades econômicas entre os Estados, São Paulo e Rio de Janeiro carregando o país nas costas ou Texas, California e Nova Iorque carregando o país nas costas, sempre vai haver aqueles estados "fillers" que estão ali só para sugar recursos da federação, que é o que acontece com a União Européia no Caso de Portugal e Grécia, com a Alemanha e Reino Unido carregando a União Européia nas Costas.

      Gosto muito das suas análises Mestre e as discussões com você sempre são ricas, gostaria que olhasse a Europa com mais carinho, já que não é só de Estados Unidos que o mundo precisa.

      O ideal seria o Mercosul ser uma potência também, mas não vamos nos aborrecer com esses assuntos chatos e cansativos né. Imagina só a Potência que seria o Mercosul se juntássemos a impecável administração Chilena, produção agrícola e agropecuária Brasileira e Petrolífera Venezuelana em um único mercado livre sul americano, bem administrado, com baixos impostos e sem corrupção ?!

      Aí ninguém nem pensava em imigrar não é mesmo ?

      Fico por aqui e parabéns COREY por permitir discussões por aqui.

      Ass: GATÃO

      Excluir
    2. Olha não compartilho da sua visão quanto França e Inglaterra.

      Vamos aos dados:
      França:

      Dívidas, gastos e afins.

      https://tradingeconomics.com/france/government-debt-to-gdp/forecast


      Gastos governamentais

      https://tradingeconomics.com/france/government-spending/forecast

      Receita do governo da França:

      https://tradingeconomics.com/france/government-revenues/forecast


      Despesa fiscal:

      https://tradingeconomics.com/france/fiscal-expenditure/forecast


      Agora vamos a carga tributária para bancar este populismo barato dos últimos governos.


      Impostos corporativos = Alíquota similar ao Brasil. ( 33%) franca vs ( 34%) Brasil

      https://tradingeconomics.com/france/corporate-tax-rate


      Imposto de renda na franca: 50%
      Atualmente caiu para: 45%


      Seguro social: 59,20%

      Andaram esquerdando muito e olha que aconteceu:

      https://infograficos.oglobo.globo.com/mundo/pontos-chaves-da-crise-politica-francesa.html

      Crítica em cima das políticas de austeridade: Bom mesmo é ficar torrando como se o mundo foste acabar amanhã, expandindo governo e carga tributária para bancar esta zona toda.

      Efeitos colaterais:

      O viés dos intelectuais franceses:

      http://br.rfi.fr/franca/20170406-nem-macron-nem-le-pen-devem-mudar-cenario-de-crise-na-franca-diz-filosofo-alain-bad-3


      http://domtotal.com/noticia/1231175/2018/02/o-socialismo-frances-entrou-em-crise-terminal/


      http://anovademocracia.com.br/no-189/6992-mais-exploracao-guerras-protestos-e-crises-o-novo-governo-e-a-situacao-na-franca



      O estado colapsou? Que tal aumentar mais .

      Já estudou sobre demografia? E porque estados sócias democratas precisam de cada vez mais imigrantes para bancar seus déficits consecutivos?


      Sabe porque Irlanda esta recebendo uma massa de investimento da zona do euro?

      https://olhardigital.com.br/pro/noticia/com-poucos-impostos-irlanda-atrai-gigantes-da-tecnologia/71655


      Irlanda se tornou uma especie de Paraguai da zona do euro, consequentemente as empresas estão realocando filiais para Irlanda por causa da crescente tributação nos demais países da zona do euro, e também pelo encurtamento das margens das empresas devido elevada carga tributária.


      Não se apaixone pela Europa amigo:
      O único governo das cinco grandes nações que esta com fiscal mais ou menos em dia é a Alemanha.

      Claro que existe países bom para se viver na Europa , mas todos possuem custos de vida elevados.

      - Suíça
      - Dinamarca

      ETc

      Resumo não morro nem um pouco de amor por estes países não.

      Agora os dados da Inglaterra estão indo para mesma linha da França.


      E com esta juventude leite com pera europeia não coloco minha mão no fogo por nenhum dos países.

      Principalmente porque a curva de impostos endividamento já chegou no máximo.


      Até a china tem mais futuro que a zona do euro, caso continuem fazendo políticas econômicas populistas.

      Quem vai investir nestes países? A matriz mesmo das filias de empresas estão indo para o exterior.



      Lógico que não vou explicar porque foi possível manter este arranjo no passado e será difícil manter no futuro.


      Isso é bem evidente: O países da zona do euro estão empobrecendo e as empresas estão indo para Ásia e demais zonas de comercio mundial.

      Outro ponto crucial:
      - O que foi no passado não significa o que será no futuro.

      Tem que olhar o presente para projetar o futuro, me diga como um país vai dar certo indo por este caminho?

      Efeito colaterais:


      Favelas de paris.

      http://horadopovo.org.br/favelas-voltam-a-proliferar-na-franca-inclusive-em-paris/

      https://www.youtube.com/watch?v=dGAp96LzaYE

      https://exame.abril.com.br/economia/trabalhadores-na-franca-fazem-greve-contra-reformas-de-macron/





      Excluir
    3. O assistencialismo e a questão cultural tem tudo pra derrubar a Europa nos próximos anos.

      Além do fato dos países europeus e do povo europeu ter muitas diferenças entre eles e eles mesmo muitas vezes não gostam das interferências dos vizinhos, e uma relação as vezes meio problemática.

      Excluir
    4. Mas foi exatamente essa rivalidade predominante entre os estados americanos que permitiu que eles competissem entre si para ver quem era o melhor e fez a economia americana ser o que é hoje!

      Tanto nos Estados Unidos quanto na Europa há muito assistencialismo embora as pessoas não acreditem, de fato, os Estados Unidos tem políticas que por muitas vezes foi muito mais "socialista" que a própria União Soviética. Mas por que lá dá certo e no Brasil não ? hummmmm....

      E por fim, até nós temos rivalidade (Paulista vs Cariocas), Sulistas que detestam nordestinos, então é normal que nos Estados Unidos o pessoal do norte deteste os do Sul (REDNECKS) e na Europa, Franceses, Ingleses e Alemães não tem as melhores relações diplomáticas entre eles, sempre achando que são melhores que os outros.

      Então acredito que esses fatos que você bem colocou não são problemas.

      Ass: GATÃO

      Excluir
    5. "Eu vejo que muitas pessoas quando vão se mudar para determinado país não estudam as perspectivas econômicas e de emprego local."

      Já te falo uma coisa: o que temos de informação na internet é a ponta do iceberg da realidade, só estando no lugar pra saber. Sinceramente não me preocupava com a situação econômica nem do Brasil quando estava lá, que dirá de onde estou hoje... Certos comnhecimentos são irrelevantes na prática. Se a perspectiva de vida for boa, pouco importa quem é o presidente, que tipo de regime de governo ele faz, etc. Se amanhão estiver ruim, é só procurar um lugar melhor. As pessoas se prendem muito à lugares, não deveria ser assim. Vejo nos EUA mesmo, pessoas que moram em Detroit choramingando pq não há empregos, porra, enfia suas coisas dentro do Camry 96 e se manda pra outro estado onde há mais oportunidades. Ficar preso à um local esperando mudanças e adequações é besteira.

      "Concordo com você que os PIGS (Portugal, Itália, Grécia e Espanha) estão na berlinda com uma economia frouxa e alto endividamento público,"

      Mais uma vez, pouco importa a economia e endividamento público... Se fosse assim não teria gente fazendo fortuna na África.

      O assistencialismo nos EUA é gigante, o que muda é a cultura: muitas pessoas tem vergonha de receber auxílio do governo, mas isso tem mudado, infelizmente...

      Excluir
    6. bom o corey barrou meu comentário com os dados economicos.

      Então não há muito que o eu possa fazer aqui.

      Discordo completamente do pensamento do corey, é por estas estas e outras que a coisa esta indo para o buraco a nível mundial.

      Vai pensando que econômico não importa kKK
      Cada uma kKK

      Excluir
    7. MD, acho que vc acompanha meu blog a tempo suficiente pra saber que não bloquearia um comentário seu, ele estava no span provavelmente pelo monte de dados que vc colocou. Da próxima dá um toque que eu procuro, ok?

      Só barro comentários ofensivos e mesmo assim se forem anônimos.

      Excluir
    8. Você pode discordar de mim, mas vamos ser francos, na prática tudo isso que vc relatou influencia no quê a vida do pacato cidadão? Vai dizer que morar na França é pior que no Brasil?

      Excluir
  19. Corey vai seguir os mesmos passos do finado rover. Rover vendeu empresa no Brasil e foi empreender nos EUA.

    Provavelmente corey já conhece o canal do Carlinhos troll que foi para EUA como pião e hoje vive de empreendedorismo.

    O um dos poucos que fala como é empreendedorismo na região da florida, dificuldade , vantagens , desvantagens e afins.





    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carlinho Troll é uma inspiração (embora não concorde com o estilo de vida torrador de dinheiro que ele tem), acaba de vender a empresa, estou curioso pra saber o que ele fará daqui pra frente.

      O Rover deve estar muito bem, fez tudo com cautela e planejamento...

      Excluir
  20. Nunca fui a América, mas gosto de geografia e fico muitas vezes imaginando onde gostaria de morar num país tão grande...
    Acho que evitaria toda a metade norte do país por causa do inverno mais rigoroso.
    Evitaria a Flórida e os estados do sul e regiao central ("cinturão da Bíblia") por causa dos tornados e furacões = Kansas, metade leste do Texas, Tenessse, Alabama, etc.
    Logo sobraria a Califórnia (liberal demais pra mim...) e os estados do meio-oeste= Nevada, Arizona, Novo Mexico, oeste do Texas.

    De toda a forma, acredito que deva ter feito uma escolha bem consciente, abraços e sucesso!
    (Sabe o que lembrei agora: um filme antigo, de comedia, com Richard Pryor, chamado "Moving" - 1988. O cara mudava com a familia de uma cidade grande para Idaho. Taí uma boa sugestao, rs.)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A geografia americana é um caso muito interessante e na minha opinião ajudou muito no desenvolvimento do país. O fato de ter grandes planícies permitiu um desenvolvimento mais homogêneo das cidades, o que acho muito interessante.

      AbraçO!

      Corey

      Excluir
  21. O corey vai morar no velho oeste: Montana

    Montana é um dos 50 estados dos Estados Unidos, localizado na Região dos Estados das Montanhas Rochosas. Sua capital localiza-se na cidade chamada Helena. Montana é o quarto maior estado norte-americano em área, e o terceiro maior dos 48 estados contíguos. Apenas Alasca, Texas e a Califórnia são maiores. Apesar disto, Montana é um dos estados menos povoados do país, com uma população de 902 195 habitantes, de acordo com o censo americano de 2000, e uma densidade demográfica de 2,39 hab/km², respectivamente a sétima e a terceira menor do país.

    Zoeiras a parte: Com exceção dos furacões, Texas é uma um dos estado bem forte no que tange economia.


    O estados com economia mais forte:

    Califórnia
    Texas
    Nova iorque
    Florida


    https://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_de_estados_dos_Estados_Unidos_por_PIB


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho um conhecido no Texas, não sai de lá pra nada. Está estabelecido, documentado e empreendendo.

      Excluir
  22. Já fui apaixonado pelos EUA e morei como intercambista quando moleque, na época perdi a oportunidade de ficar por lá e continuar os estudos e me arrendo até hoje. Porém perdi o tesão total de morar no EUA não sei pq, acho um povo esquisito e um país muito frio (no sentido de relação interpessoal), acabei me apaixonando pela Ásia onde as pessoas ainda são "ingênuas e amigáveis" igual Tailândia e Indonésia. Mas boa sorte, morei no Texas quando moleque e não recomendo, brasileiro lá é tratado como mexicano, já Flórida é aquela história, dependendo de onde vc for é meio que America latina, até coisa roubada do meu carro eu já tive por lá. Se eu pudesse escolher ia para uma região afastada onde a galera nunca ouviu falar do Brasil, tipo Alasca....rs

    Sr. IF365

    Blog do Sr.IF365 | Acompanhe meus últimos 365 dias antes da IF e Aposentadoria Antecipada
    www.srif365.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "já Flórida é aquela história, dependendo de onde vc for é meio que America latina, até coisa roubada do meu carro eu já tive por lá."

      Se até você que é latino não simpatiza em morar num ambiente latino, porque os americanos vão simpatizar?

      Excluir
    2. "Se até você que é latino não simpatiza em morar num ambiente latino, porque os americanos vão simpatizar?"

      Falou tudo! Acho q ninguém simpatiza com pilantragem...

      Excluir
  23. Adeus Babanias? kkkk...
    Também tenho esse sonho, motivo pelo qual acompanharei seus relatos!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  24. Corey, quando postar mais relatos sobre sua vida nos EUA não deixe de comentar as vantagens e desvantagens de morar aí, os pontos bons e ruins sem dó de meter o dedo na ferida.

    ResponderExcluir
  25. chuto em visto de turismo para las vegas.

    ResponderExcluir

Os comentários desse blog são moderados, ou seja, passam pelo meu controle antes de serem publicados. Esse é o motivo pelo qual seu comentário não aparecerá logo após você clicar em "Publicar", portanto não precisa postar 2 ou 3 vezes! Posso demorar, mas publicarei e responderei todos os comentários que não contenham trolagens, intrigas, propagandas e baixo nível.