sexta-feira, 30 de agosto de 2019

Chilique Nosso de Cada Dia

Disclaimer: não sou analista de investimento, não tenho sequer conhecimento médio sobre política e economia, sou somente um Zé Ninguém falando merda na internet, portanto leve esse post somente como uma opinião e não como tentativas de empurrar a "verdade", ok?

Os dividendos serão tributados e isso será o armagedom dos investimentos brasileiros, vamos todos guardar dinheiro na renda fixa porque não vai compensar o risco de investir em ativos de renda variável que terão yield reduzidos drasticamente do dia para a noite.

Tenho visto muita gente desesperada com a tributação dos dividendos, provavelmente as mesmas pessoas que adotam outras modinhas da vez como tomar banho gelado e acordar às 5 da manhã além, é claro, de comprar ouro e falar sobre estoicismo.

Engraçado que se você já estudou alguma coisa sobre estoicismo deveria ser o primeiro a cagar pra essa treta da tributação dos dividendos. Se você ler meia página de qualquer matéria que trate sobre o assunto tributação de dividendos verá que esse assunto não é novidade, já foi proposto zilhões de vezes no passado, verá que o Brasil é um dos poucos países que não tributa dividendos, verá que o governo está dando tiro para todos os lados em busca de aumentar a arrecadação, o fantasma da CPMF está aí também assombrando a todos (acredito que grande parte da galera que frequenta aqui ainda se lembra dela), etc. O que você, Pacato Cidadão da Silva, pode fazer para controlar isso? PORRA NENHUMA!!! Isso aí amiguinho, você não tem controle sobre absolutamente nada disso, então por que caralhos fica bravinho? Ligue o foda-se e faça aquilo que está ao seu alcance.

Ah, Corey, mas evitar investir em ativos que possam ser tributados está ao meu alcance. Será que isso é certo? Se os dividendos de ações e FIIs forem tributados obviamente o yield deles cairão, logo deixarão de ser interessantes e é melhor investir em outro lugar. Onde? Na renda fixa com juros decrescentes e que em breve deve chegar aos 5% o que se traduz em uma rentabilidade de 0,40% menos IR num TD Selic ou CDB 100%? Você acha que as ações e FIIs deixarão de ser interessantes devido à tributação? Acho que não.

Veja bem, sou um cara cagão pra caralho, que deixou de ganhar rios de dinheiro por ficar fora da renda variável simplesmente por não achar que tinha expertise o suficiente para entrar. Sou um Average Joe que mesmo tendo ganhado a vida como empreendedor, não consegue entender direito a complexidade envolvida em análise de balanços de empresas e isso sempre me afastou da bolsa. Mesmo eu, cagão que sou, sei que agora não dá mais pra se manter fora da renda variável e sei também que se você não quer jogar no nível hard brasileiro com sua total imprevisibilidade, deverá estudar maneiras de investir no exterior. É esse o caminho que estou seguindo. Quando os dividendos forem tributados (e digo QUANDO e não SE forem tributados) vou ficar puto da vida porque o governo como sempre jogará uma Scania de merda nas nossas cabeças porém a vida seguirá, com retorno inferior mas seguirá.

Pessoal, vamos deixar de ter Síndrome de Pitbull e achar que somos fodões, pontos fora da curva e que porque lemos A Bola de Neve somos capazes de superar o mercado, analisar relatórios com perfeição sendo que a maioria de nós nem consegue interpretar uma receita de bolo de fubá. Eu devo ser muito burro mesmo porque vejo analistas de internet o tempo todo discutindo sobre números de relatórios, como se fosse a coisa mais fácil do mundo para se interpretar. Acho que para Zé Ruela como eu e você se dar bem no mundo dos investimentos o caminho é um só: constância, cagar pra coisas intangíveis como valuation e coisas do tipo "se eu tivesse investido 5k em Magazine Luíza no passado hoje seria milionário", se achar viável pagar algum tipo acessoria ou casa de research para auxiliar o processo, não tentar reinventar a roda (já me fodi muito na vida por tentar saídas mirabolantes) e ver as notícias ruins de maneira racional.

Uma coisa importante é aprender com caras tipo Barsi e Buffett mas sem jamais esquecer que eles criaram fortuna numa época pré-internet onde informação era escassa e havia poucos players. Não me conformo quando nêgo que tem 50k de ações quer seguir estratégia de valuation porque o Buffett o faz. Caralho, o Buffett comprava 1 dólar por 50 cents quando não havia site informação ao investidor e as informações tinham que ser garimpadas e mesmo o Buffett parece estar um pouco perdido, vide o tamanho do caixa da Berkshire Hathaway e investidores azedos devido à isso. Brother, valuation não faz muito sentido, aportar com frequência faz. Obviamente que se você conseguir comprar mais barato, vai ajudar, mas ficar esperando fundos é burrice, cague nisso e siga a vida. Pare de querer fazer aquilo que poucos conseguem fazer e siga o caminho da média, você provavelmente terá retornos medianos o que já é muito bom.

Por hoje é isso, compartilhem suas opiniões sobre os chiliques da internet e sobre a treta da tributação dos dividendos. Grande abraço!

segunda-feira, 26 de agosto de 2019

Fundos Imobiliários - Agosto/2019

Hoje venho aqui rapidinho compartilhar minha carteira atual de FIIs e propor algumas reflexões além de pedir algumas sugestões. Vamos lá!

Atualmente minha carteira de FIIs está assim distribuída:

Nos últimos tempos venho aportando mais em fundos de papel com objetivo de chegar à um percentual 50/50%. Fundos de papel me atraem mais nesse momento devido à diversificação. Além disso me desfiz de algumas carniças que tinha na carteira, como por exemplo FVBI e XPMC, não gosto de ficar movimentando a carteira mas também não vou ficar sentado em cima de ativos que não gosto mais. Ainda tenho alguns ativos mono-imóvel ou mono-inquilino, como o NSLU que me incomodam um pouco, mas nesse caso específico fico com dózinha de vender porque me deixa um yield 0,76% (muito próximo ao retorno total carteira que foi de 0,75% em agosto). Também fiz uma possível cagada de comprar SAAG (tenho dúvidas de como o setor se comportará), mas como a parcela é pequena, tá de boa.

Tenho somente 4 fundos de papel e gostaria de acrescentar mais algum, o que sugerem? A relação papel/tijolo e distribuição dos fundos de papel está assim:

A distribuição dos setores dos fundo de tijolo estão conforme o gráfico abaixo e estou meio perdido, não sei direito pra qual lado ir depois que chegar à proporção 50/50% quando terei que aportar em tijolo novamente. O objetivo é diminuir cada vez mais a participação do setor de desenvolvimento (MFII) além de diluir os outros setores que estão quase todos com um ou dois papéis apenas. Sugestões?


Venho entrado em novas ofertas sempre que possível e isso tem ajudado a baixar meus PMs que estão assim:


Entretanto essas mesmas ofertas que ajudam a baixar meu preço médio estão começando a me incomodar. Todo mundo quer lançar novas ofertas, levantar um caminhão de dinheiro, além disso há novos fundos de papel surgindo todos os dias. Ok, o mercado brasileiro de FIIs tem muito o que crescer e a atual queda dos juros empurra investidores para esses ativos, mas será que com a economia andando de lado há onde investir tanta grana que está sendo colocada nessa modalidade e gerar renda decente no fim das contas? Começo à ficar preocupado... O que acham?

No meu atual momento, dentro dos planos atuais (que estou devendo de compartilhar com vocês), fluxo de caixa periódico é cada vez mais importante e isso tem me levado à aumentar substancialmente minha carteira de FIIs. Tenho alguns CDBs vencendo a partir de janeiro e pretendo finalmente alocar em ações com foco em dividendos além de BDRs com foco em proteção, o objetivo é deixar em renda fixa somente uma reserva de oportunidade e dentro desse âmbito estou pensando em me desfazer dos títulos públicos...

Dentro do preço atual meus TDs estão me pagando cupons na ordem de 0,36% ao mês (...lágrimas...), pensei em vende-los, alocar em FIIs o suficiente para ter renda equivalente ao que os títulos me pagam atualmente e o que sobrar colocar em algum papel do setor elétrico, até para já ir testando meu sentimento em relação às ações. 

É isso por hoje, agradeço as sugestões e incentivo as discussões saudáveis. Na medida do possível vou responder a todos.

Grande abraço e boa semana!
Os comentários desse blog são moderados, ou seja, passam pelo meu controle antes de serem publicados. Esse é o motivo pelo qual seu comentário não aparecerá logo após você clicar em "Publicar", portanto não precisa postar 2 ou 3 vezes! Posso demorar, mas publicarei e responderei todos os comentários que não contenham trolagens, intrigas, propagandas e baixo nível.