domingo, 2 de dezembro de 2018

Receitas e Despesas Novembro/2018 + Investimentos + Vida Pessoal

Bom dezembro à todos!!! Como estão? Ansiosos para ter um novo presidente?

Novembro foi um mês meio complicado pra mim, aliás, todo novembro é assim, sempre tenho até medo do que possa acontecer e por isso mesmo acaba sempre rolando umas coisas sinistras na minha vida. Mas antes de mais nada vamos aos números...

Receitas e Despesas


Novembro foi um mês atribulado, principalmente em relação à saúde. Todos em casa ficaram doentes, destaque para as despesas com veterinário que ficou altíssima porque além de doente e precisar de diversos exames além de uma visita do vet à domicílio, o cachorro também precisou de rações especiais. Mais uma vez repito: pense 1 milhão de vezes antes de arrumar um pet. Bia teve problemas gástricos graves o que requeriu uma visita de emergência ao hospital, resumidamente o serviço de saúde pública português é satisfatório, ela ficou umas 8 horas no hospital porém foi medicada logo que chegou, o tempo de demora foi para obter o resultados dos exames e um diagnóstico definitivo. Pelo menos o médico não disse que era virose e mandou pra casa... Ela saiu de lá até com o nome da bactéria que tinha pêgo, pagou € 23,75 pela consulta, todos os exames e medicação que tomou no hospital.. Quase todos os remédios que ela precisou foram subsidiados, inclusive um antibiótico que ela chegou a pagar quase R$ 100,00 no Brasil, aqui saiu por € 1,78. Embora tenha pêgo a mesma bactéria que a Bia não cheguei a ficar tão ruim e não foi preciso recorrer à emergência, o médico da empresa me examinou, receitou medicamentos que ele mesmo tinha de amostra grátis (não paguei nada) e me deu 5 dias de baixa em casa, custo zero. Agora Bia e eu estamos bem, o cachorro nem tanto mas se recuperando.

Decidimos tirar o escorpião do bolso e investir um pouco no nosso conforto, compramos alguns móveis e tranqueiras pra casa, por isso os € 450,01 nessa categoria. Embora já tenha pêgo frio de 5ºC ainda não comprei nenhuma roupa de inverno pra mim além de uma pantufa, as do Brasil estão dando conta por enquanto. Bia comprou algumas com a "mesada" dela (categoria outros). Esperamos um aumento na conta de luz e gás devido ao uso do ar condicionado e aquecedor de água, porque ninguém merece lavar louça no inverno usando água gelada. Sempre fui amante de calor porém esses dias de outono onde a temperatura não passa de 15ºC estão deliciosos. As coisas mudam...

Recebi esse mês o proporcional do subsídio de natal (13º) e o de férias, Bia já o recebia em duodécimos então não houve aumento no valor, muito pelo contrário, o contrato dela terminou e decidiu não renova-lo (devido à diversos motivos), então houve uma queda no valor recebido por ela. Ano que vem procurará outra coisa, sem stress.

Investimentos

Mesma coisa do mês passado, sem novidades. Entretanto a ideia de comprar um imóvel aqui em Portugal tem voltado à minha cabeça. Mesmo se me mudar do país isso pode continuar a ser um bom negócio. Vamos dar tempo ao tempo.

Vida Pessoal

Como disse, esse mês foi tenso principalmente em relação ao fator saúde, mas também houve outras coisas que não vem ao caso agora. Tudo é uma questão de ter paciência, coisa que nunca tive muita mas agora estou sendo obrigado a aprender a ter. Novembro é um mês complicado e dezembro também costuma ser porque não tenho muito saco pra essa época de festas, vamos ver como será aqui em Portugal.

Falando em Portugal, estou novamente de bem com a imigração, acho que a bad que bateu dois meses atrás foi embora e a vontade de voltar ao Brasil diminuiu muito. Estou mais de boa com isso. No trabalho tudo continua bem, estou cada dia mais entrosado com os colegas de trabalho, mais adaptado às minhas funções, etc. Mais uma vez a tal paciência tem se mostrado o melhor remédio.

Mês passado recebi um comentário muito pertinente o qual gostaria de dar uma breve resposta aqui nesse post:
Corey, a pergunta é realmente por curiosidade e não tenho o intuito de te ofender, no entanto é algo que vejo em muitos brasileiros morando na Europa. Não acha que é um pouco de hipocrisia viver na Europa, onde nos países o Estado garante tanta coisa para o cidadão, e votar em uma pessoa que é contra tudo isso ?Não acha meio hipócrita viver num lugar que tem um governo de esquerda, tipo Portugal, e votar num cara de direita? Sendo que você foi aí porque escolheu e sabia que o governo era de esquerda, ou seja, você escolheu morar num país com governo comunista.Votei no B17, mas estou com a consciência limpa por morar nos EUA.MAKE BRAZIL GREAT AGAIN!
Vamos lá, isso é bem simples de responder: não sou "de esquerda" nem "de direita", sou "de qualidade". Portugal tem um governo de esquerda e políticas de esquerda como a maioria dos países europeus entretanto possui uma esquerda de qualidade. Não sou contra políticas de esquerda, pelo contrario, discordo de muita coisa que acontece nos EUA mesmo sendo paga pau assumido deles. 
Um exemplo é a saúde americana que é uma pouca vergonha em todos os aspectos, veja que uma das maiores preocupações dos blogueiros de finanças americanos é a saúde, nêgo se caga de medo de ter um câncer não pelo risco iminente de morte e sim pela conta que deve pagar. Medicamentos nos EUA são descaradamente caros, outro dia vi um vídeo sobre os americanos que vão comprar remédios no México, uma senhora paga USD 45,00 em 1 comprimido que no México custa USD 1,00 (em Portugal é € 0,20 sem subsídio do governo!!!). Os direitos trabalhistas americanos também são uma piada: quase não tem férias, uma mulher acaba de parir e deve voltar ao trabalho, nêgo que tiver uma doença incapacitante está quase sempre fodido, etc... 

O que quero dizer é o seguinte: não existe lugar perfeito e devemos focar naquilo que valorizamos mais em determinado momento. Aqui em Portugal acho legal ter um governo mais paternalista porque estou numa fase da vida que não quero ter muitas preocupações, logo se tiver alguém cuidando de alguns aspectos da minha vida, ok, é um favor. Portugal oferece um custo/benefício muito bom em todos os aspectos. 

Mas isso tudo que disse acima não explica o real motivo de alguém como eu apoiar o Bolsonaro. Se trata de uma batalha do bem contra o mal, é tão óbvio que acredito ser desnecessário explicar. Muita gente votou no 17 não por apoia-lo e sim por não aguentar mais o PT e ver nesse cara algo diferente que pode sim trazer algum sopro de ar fresco no cheiro de esgoto que o Brasil tem. E veja que o caboclo nem assumiu e já está mexendo os pauzinhos... A esperança continua.

O que muita gente não entende é que não é preciso apoiar completamente algo, ser "torcedor" de algo para ficar daquele lado. Sou 100% a favor do aborto  e mesmo assim apoio o Bolsonaro. Não sou comunista e apoio o governo de esquerda português. Somos uma geração mimada com uma mania nojenta de querer tudo do nosso jeito. Não é assim que funciona, temos que nos adaptar e achar um caminho que mais se aproxime com nossos objetivos. Resumindo: não é hipocrisia, é racionalidade e desapego de crenças.

Feliz Natal à todos! Grande abraço!

Corey

26 comentários:

  1. Bem que eu estranhei quando olhei a sua contabilidade sem ler o post, achei que o pet comia tanto quanto a sua família!rs

    Quanto mais leio seus posts mais tenho certeza de que Portugal estará nos meus planos para 2020... nunca foi um país que me atraiu mas assim como vc quero tranquilidade para viver. Eu ia visitar os meus pais por aí mês passado e finalmente conhecer Portugal mas mudamos de planos na ultima hora.

    Sr. IF365
    www.srif365.com

    ResponderExcluir
  2. Corey você é louco kkkkkkk, que pensamentos conflitantes não?

    ResponderExcluir
  3. Desejo melhoras na saúde do cachorro.

    Quanto a saudade que você tenha com o Brasil, acredito que ela só irá reduzir com o tempo, talvez com a chegada do inverno europeu você sinta algum desagrado com o frio ou com a mudanças nas rotinas que fazem parte da vida do pessoal aí dos países gelados, no caso de Portugal nem tão gelado assim comparando-se aos escandinavos.

    Eu acredito que a maioria das pessoas não é de direita ou de esquerda. Se a pessoa está em uma situação financeira boa ela se declara de direita: reclama que paga impostos, quer Estado mínimo, acha que cada um tem que cuidar de si mesmo e por aí vai; se ela se declara de esquerda: reclama da distribuição de renda, que o Estado não a atende, acha que temos que nos cuidarmos coletivamente e por aí vai. De praxe quando alguém vem com discurso de esquerda ou direita eu geralmente ignoro, pois sei que na real o discurso não é daquilo o que é melhor, e sim daquilo que satisfaz melhor os interessas particulares daquele que invoca o discurso.

    Sejam felizes,
    Maluco

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Interessante seu comentário, e vou somar a isto, que o espirito latino torna tudo algo cheio de paixões, e a política é assim, não conseguem nem falar de economia sem ser cheio de paixão, ou seja, desprivado de equilíbrio e racionalidade.
      Infelizmente, hoje em dia, e eu mesma tenho que ter cuidado com isso, pensamos que temos que levantar bandeiras, ter uma carteirinha, comprar toda a agenda de algo.
      Religiosamente e filosoficamente eu sou 100% contra o aborto, mas tenho plena consciência de que não posso querer enfiar na cabeça de ninguém minha forma de ver.
      Sandra

      Excluir
    2. Maluco, não sei... até agora estou apaixonado pelo friozinho, vamos ver qd chegar o inverno mesmo.

      Tb acho isso, a maioria das pessoas se coloca numa posição de acordo com suas necessidades, mas poucas assumem isso. Fiz minha vida financeira no governo do PT, seguindo essa lógica eu deveria ser petista.

      Sandra, concordo sobre essa paixão idiota que nós brasileiros temos, chega a ser ridículo pq vc vê pessoas "inteligentes" a discutir passionalmente política, religião...

      Excluir
  4. Olá Corey, quanto tempo.... Para seu animal fica a dica: Seguro PET . Cobre tudo e vale muito mais a pena financeiramente.

    Fica a dica.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quanto tempo Forreta... Mais um da antiga blogsfera que vejo por aqui, como o Sr. Foda Low Cost.
      Como estão as finanças? Tá indo tudo bem?
      Gostaria de saber se os velhos blogueiros conseguiram êxito em suas jornadas.

      Excluir
    2. Forreta, bom te ver aqui! Meu pet é idoso, não aceitam.

      Excluir
  5. Bom dia, Corey. Muito legal seu post. Acredito que próximo ano eu alcanço minha IF, e Portugal deve ser meu provável destino, por diversos motivos que vc mesmo já descreveu em outros posts.
    Qual é o seu ponto de vista sobre o governo português? Eu procurei alguns sites para tentar entender melhor sobre ele, mas é bem difícil tirar uma conclusão geral... Qual é sua opinião no médio/longo prazo, sobre as políticas aplicadas no país atualmente?? Acho que esse assunto daria um belo post.

    No mais, agradeço suas postagens, elas apresentam um material precioso e gratuito.

    Tudo de bom para vc e sua família.

    Att

    Eduardo Mendes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eduardo:

      "Qual é o seu ponto de vista sobre o governo português?" "Qual é sua opinião no médio/longo prazo, sobre as políticas aplicadas no país atualmente?? " - nenhuma! Ignoro completamente esse assunto. Toco minha vida sem me preocupar com o que não tenho controle.

      Excluir
  6. Voltei ao seu post só para reler a parte que vc fala dos Estados Unidos, como todo brasileiro já sonhei em morar lá mas com o tempo fui abrindo os olhos para coisas do tipo que vc comentou, acho q a única coisa boa de se trabalhar lá é que o período de aviso prévio é de duas semanas e não esses três meses que eu estou enfrentando, parece que não acaba nunca!rs De um jeito ou de outro não me vejo nunca morando nos EUA, passar férias tudo bem... já morar nem pensar.

    Sr. IF365
    www.srif365.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha 365, eu ainda tenho vontade de passar uns 6 meses nos EUA, mas morar definitivo não é mais pra mim... Na minha opinião o risco/benefício de viver nos EUA não compensa. Se ganha muito dinheiro mas pode se perder tudo a qq momento por um câncer, por exemplo.

      Excluir
  7. Corey, vc acha que Portugal vale a pena pra quem ainda não alcançou a IF? Sei lá, eu tenho uma visão de Portugal como um país pra idosos, semi-aposentados ou pessoas com IF (ou quase, rs), ou seja, um país MUITO tranquilo, com boa qualidade de vida, mas poucas perspectivas profissionais ou para empreender. Será que minha visão está equivocada?
    Minha esposa tem o passaporte alemão e já há algum tempo temos refletivo em Portugal como possibilidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, pode ser que sua visão esteja equivocada ou pode ser que esteja certa, acho que depende de vários fatores. Aqui no interior por incrível que pareça há sim muitas oportunidades profissionais desde que a pessoa esteja disposta a morar fora das grandes cidades ou se deslocar bastante pra trabalhar, e quando digo oportunidades profissionais quero dizer TRABALHO e não EMPREGO, entende?

      Melhor maneira de concluir e vir pra cá, alugar um carro e rodar o país.

      Excluir
  8. Corey,

    O sistema de saúde parece ser muito bom. 8 horas em um hospital por 23 euros! A diferença de preços é assustadora se comparamos com o Brasil. Assim como em todas as outras questões apresentadas, o dinheiro rende de verdade, além dos produtos terem qualidade muito melhor.

    Ainda bem que vocês 2 já estão bem. Desejo melhoras ao seu cachorro!

    Boa semana,
    Simplicidade e Harmonia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não considero mal... Algumas pessoas acham que sistema de saúde e hotelaria é a mesma coisa. Hospital é pra vc ser atendido e não pra passar férias, desde que haja dignidade penso estar valendo...

      Excluir
  9. Também tive uma Pet mas tive que desfazer, sinto até home muita dor de consciência. Todavia sabia das despesas altas se ficasse doente.

    Eu e minha família temos um ótimo plano médico subsidiado pelo ente federativo. Penso muito na saúde deles.

    Outra coisa, fico muito balançado em morar em um país de alto IDH e pela barreira linguística ser menor, Portugal esta no meu radar a tempos.

    Tenho pesquisado como eu faria para poder usufruir dos meus alugueis aqui no Brasil, sei que a Receita abocanha boa parte declarada.

    Estou programando uma viagem de turismo para conhecer Portugal e uns 3 outros países.

    Alias, depois de atingir uma estabilidade financeira, tenho viajado muito, sendo essa uma das razões que me fez parar de construir, por enquanto. Construção exige dedicação, ainda mais quando é de pobre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. VdA, bem vindo de volta.

      Então, o grande problema é que quando vc recebe aluguéis informalmente deve necessariamente colocar num banco pra conseguir mandar pro exterior, logo pode ter problemas sim. É uma questão de ponderar os prós e contras. De qq maneira não recomendo à ninguém que se mude pra país algum dependendo 100% da renda proveniente do Brasil. O câmbio é só um dos problemas inerentes à isso.

      Excluir
  10. Fala Corey! Tem horas que acontecem essas barras que nem o do seu pet, mas pelo menos não fechou no vermelho por pouco. Eu também passei um certo desconforto com minhas dívidas, mas consegui pagar quase todas, vou entrar 2019 limpo. Um abraço, amigo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se fechar no vermelho tenho colchão de segurança e de onde tirar renda então tá de boa...

      Excluir
  11. Fico impressionado com o quanto gasta com bicho, sem ofensa. Eu não tenho nenhum, acho que nunca teria tanta paciência quanto inve$timento em comparação ao que vejo com seus relatos, e não só contigo. Muita gente por aí dá um valor enorme, acho que nunca irei entender justamente por nunca ter tido um. Acho que não tenho aptidão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rapaz, gasta-se absurdamente muito e esse é mais um motivo que me levou a não querer filhos. Se gasto pra caralho com um cachorro, imagino com criança...

      Ter pet é uma delícia mas é uma furada imensa, jamais entre nessa se tiver opção. Meu pet me fez (e faz) crescer muito como ser humano entretanto quando ele se for não terei mais. As limitações, gastos e apego são muito altos.

      Excluir
  12. E aí, Corey!

    Tudo na vida requer equilíbrio, não é mesmo? Muitas pessoas são ferrenhas no ponto de comparar a política de esquerda do Brasil com a do restante do mundo.
    Concordo contigo sobre o B17; éramos nós contra o PT. FIM!

    E que venham novos ares, ao menos as escolhas estão sendo de acordo com a capacidade técnica e não apenas conchavos políticos.

    Abs!

    Papai dos Investimentos
    http://papaidosinvestimentos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Equilíbrio é uma palavra pouco usada e colocada em prática no Brasil. Aqui em Portugal é justamente o contrário, por ser tudo tão equilibrado é que a qualidade de vida é superior.

      Excluir

Os comentários desse blog são moderados, ou seja, passam pelo meu controle antes de serem publicados. Esse é o motivo pelo qual seu comentário não aparecerá logo após você clicar em "Publicar", portanto não precisa postar 2 ou 3 vezes! Posso demorar, mas publicarei e responderei todos os comentários que não contenham trolagens, intrigas, propagandas e baixo nível.