sexta-feira, 24 de agosto de 2018

Aretha Franklin - Dieta da Informação?

Quem acompanha o blog deve saber que sou adepto da "dieta da informação" que basicamente é evitar noticiário em geral com o objetivo de não absorver informações inúteis aos dia-a-dia  mas que acabam por prejudicar a saúde por ocupar espaço no HD cerebral.

Pois bem, essa minha tática ia bem até agora à pouco quando o YouTube me sugeriu um vídeo sobre Aretha Franklin. Até aí tudo bem, gosto da música negra americana, em especial das cantoras negras americanas. Cliquei no vídeo e o deixei em segundo plano, foi então que percebi que se tratava de um tributo à essa cantora. Aretha Franklin faleceu dia 16/8 e só fui saber hoje, 24/8.

Claro que pra quem é fã de determinado estilo de música a perda de uma figura importante é sempre triste, mas além disso o que me deixou triste é perceber que talvez a dieta da informação esteja passando um pouco dos limites. Estou ficando cada vez mais isolado do mundo, ainda mais agora que moro fora do Brasil e acabo sendo menos influenciado por notícias e assuntos que acabariam por chegar até a mim de um jeito ou de outro... Isso não é legal...

Tudo na vida tem o lado ruim, o lado bom e é preciso equilíbrio. A dieta da informação me faz bem mas com certeza deve ser revista, não está legal do jeito que está.

Como tributo à Aretha Franklin deixo alguns vídeos:

1- A última performance pública, em novembro do ano passado. Veja como certas pessoas não são simples seres humanos, mesmo debilitada por câncer sua voz ainda emocionava.



2- Nos anos 70. Sem comentários.



RIP Aretha.

37 comentários:

  1. Meu ritual é o seguinte:
    Passo os olhos no UOL e G1. Não clico em nada do tipo fofoca, novela, futebol e aquelas noticias do tipo mundo bizarro.

    Passo por economia e dou uma lida em alguns arquivos. Só. Deu. Vou cuidar da minha vida.

    Grupo de whats evito o máximo. Grupo de família silencio e dou uma olhada no banheiro qdo estou cagando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem essa passada de olhos eu dou, talvez comece a fazer isso...

      "Grupo de whats evito o máximo. Grupo de família silencio e dou uma olhada no banheiro qdo estou cagando." - faço exatamente a mesma coisa, e não interajo em nenhum, rsrs!

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  2. Essa notícia da morte dela você ficaria sabendo se entrasse em qualquer portal de notícias, de qualquer país. Então tanto faz estar morando em Portugal ou no Brasil (nesse aspecto).

    Sinceramente, o que muda em sua vida saber da morte dela só hoje ou há uma semana atrás? Nada. Então, segue o jogo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A morte dela não significa muita coisa mesmo mas acho que vc não entendeu o que quis dizer: por me bloquear de ter informações acabo deixando de saber coisas que talvez fossem importantes ou relevantes.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. Entendo o que quis dizer mas concordo com o anônimo acima. E kiko saber da morte dela somente agora? Eu soube que alguém famoso da música tinha morrido recentemente, nem sabia que era ela e, na vdd, nem sei direito quem ela era. E quero continuar sem saber.

      Excluir
    3. Aí que tá. Se uma coisa for importante mesmo pra sua vida, vc vai ficar sabendo, acompanhando jornal ou não.

      E legal acompanhar. Mas é perda de tempo...

      Excluir
  3. Seguindo uma dica sua eu faço dieta de informação desde a época do impeachment.
    Como funciona minha dieta: no Whatsapp participo de 2 grupos, um do setor que trabalho e outro da empresa. O do setor é só sobre trabalho. O da empresa rola de tudo. O que faço? Não acompanho. Pulo sempre pra última postagem.
    Facebook não acesso a anos. Instagram não tenho. Twitter não sei nem como funciona.
    Assino uma newsletter sobre economia e investimentos do portal infomoney, mas na maioria das vezes só leio o tópico e acompanho alguns blogs. Fico sabendo das notícias importantes através das conversas do pessoal do setor que trabalho.
    Não assisto canais de notícia. Gosto de canais de filmes, esportes radicais, o off é o meu preferido, e culinária.
    A mais de 2 anos praticando jejum e super satisfeito.

    ResponderExcluir
  4. Nossa, além de viajão ainda alienado! kkkkk

    ResponderExcluir
  5. Como a Dieta de Informação Salvou Minha Vida

    "Sou uma pessoa encanada com as coisas, fico muito preocupado com problemas, foco muito em coisas ruins de vez em quando. Tenho tendências depressivas, tenho fases extremamente preguiçosas e pessimistas. Se numa fase dessas eu começar a entupir minha cabeça com informações inúteis, histórias de crimes e briguinha direita x esquerda, é perigoso eu me afundar numa maré de merda e nunca mais sair dela sozinho. Portanto eu pratico a dieta de informação diariamente. Abandonei os noticiários, jornais e portais da internet. Uso Outlook só pra não precisar entrar nos portais. Sai de grupos de putaria do Whatsapp. Não participo de conversas cujo tema seja infrutífero. Prefiro ficar de bobeira, com a boca cheia de dentes esperando a morte chegar que assistir TV aberta e seus programas de merda. Mesmo o conhecimento que eu julgava ter sobre diversos temas hoje em dia eu me considero um analfabeto. Quando comecei o blog, me achava fodão por saber meia dúzia de coisas sobre a bolsa, achava que a sofisticação do assunto viria com o tempo. Engano meu! Eu simplesmente não sei porra nenhuma sobre renda variável e pior, não tenho vontade de aprender. Vejo os posts de gente grande aqui da blogosfera e me sinto um bosta por não entender bulhufas, mas ao mesmo tempo sei que estou no caminho certo porque estou fazendo aquilo que domino, que é o empreendedorismo. Cada um no seu quadrado!

    Abaixo um trecho do livro "A dieta da informação" (que não li). Acho muito válido pra refletir...
    "

    Fonte: https://coreyinvestidor.blogspot.com/2015/04/como-dieta-de-informacao-salvou-minha.html

    Resumo - Março/2015: "Olha, se eu fosse me basear pelo noticiário estaria me suicidando, mas como me baseio por fatos reais, estou extremamente feliz economicamente falando."

    Fonte: https://coreyinvestidor.blogspot.com/2015/04/resumo-marco2015.html

    _______________________________________________________

    Minha opinião: você chegou mais longe que a maioria pq focou em suas melhores qualidade.

    a morte de Aretha Franklin é triste, mas não muda a vida de quase ninguém.

    Corey sempre buscou dinheiro com qualidade de vida e não com excesso de informação. Ler jornal? vai ler um livro.

    Minha sugestão de lista:
    https://toolsoftitans.tools/index.html

    Por fim:

    “A Internet é o maior criador individual de ignorância já inventado pela humanidade, assim como o maior eliminador individual dessa mesma ignorância. É nossa habilidade de filtrar que elimina o primeiro e fortalece o último.”


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa publicação Scant, gostei da sua pesquisa. Verificando nela acho que eu sou um dos seguidores mais antigos do Corey.

      Tenha sucesso,
      Maluco

      Excluir
    2. Valeu, transformei a pesquisa em um post:

      https://acervost.blogspot.com/2018/08/o-habito-da-dieta-de-informacao-caso.html

      abs!

      Excluir
    3. Maluco, sim vc é um dos mais antigos na ativa...

      Scant, vc sempre me faz refletir sobre meu passado versus presente. Obrigado mais uma vez.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  6. Grande Corey!
    Qnt mais o cabôco envelhece mais fica chato, eu sou assim.
    Já começa que eu acho que 90% dos jornalistas e escritores de portais são comprados ou mau intencionados, ou ambos, portanto leio poucos artigos. Clicar em notícias de futebol, fofocas e etc é coisa de quem não tem o que fazer. Eu só leio muita pouca coisa na área economica ou finanças. Rede social que gosto muito é o Quora, outra é o bom e velho Youtube, sigo alguns youtubers brasileiros que estao em portugal e outros em outros lugares pelo mundo, digamos assim, blogueiros viajantes ou nômades digitais. O resto considero lixo.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Frugal, uso muito YT, tanto pra coisas úteis quanto para adquirir conhecimento inútil, de resto Bia e eu temos uma conta no Facebook mas com foco em usar determinados grupos, nada de postagens de foto de comida.

      Grande abraço!

      Corey

      Excluir
  7. Boa noite Corey, não vejo dessa forma, não acho que a dieta da informação esteja passando dos limites.
    Que limites? Não existe uma regra, nós é que criamos essa ideia de que devemos estar bem informados.
    Abrimos mão de informações interessantes, porém que não fazem a menor diferença.
    Pode ter certeza, a informação que te interessa, vai ser encontrada por você, mais cedo ou mais tarde.

    No meu caso, penso que devo ser egoísta nessa parte, priorizando apenas o que realmente me interessa. Noticiários, novelas, não gosto e não assisto, e vejo que 99% da população assiste.
    Só assisto filmes. Não que eu seja grande coisa por causa disso, mas não tenho paciência pra ficar falando assuntos corriqueiros, fofocas de novelas e programas da globo, ou tragédias anunciadas no jornal nacional.

    Mas é complicado né! Tem que respeitar, o brasileiro em sua maioria preza pela novela e pela Opinião do Wilian bonner.

    Abraços,


    Pretoriano

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pretoriano, pela quantidade de comentários dizendo a mesma coisa acredito que não soube me expressar bem. Usei o exemplo da Aretha por usar mas poderia ser outro. O que quis dizer é que cheguei à um ponto que mesmo informações "relevantes" não chegam até a mim e isso pode ser algo que me prejudique de alguma coisa, ademais é mais um exercício de reflexão mesmo.

      Tb sou extremamente egoísta em vários setores da minha vida, e quer saber, não acho egoísmo tão ruim assim...

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  8. Notícias eu ainda não consegui cortar, não sou do tipo de pessoa que fica com a TV ligada o dia todo na CNN ou BandNews e nem fico ouvindo CBN no carro, mas minha pagina inicial no computador é o UOL. Já redes sociais a melhor coisa que eu fiz foi acabar com elas no começo desse mês, não sinto o menor falta de saber oq meus amigos almoçaram ontem ou quem comprou carro novo!rs


    Sr. IF365

    Blog do Sr.IF365 | Acompanhe meus últimos 365 dias antes da IF e Aposentadoria Antecipada
    www.srif365.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 365, notícias são 99,99% das vezes inúteis, principalmente as de economia, na verdade pouco importa o que está acontecendo. Para o investidor médio ter uma carteira mais pro lado conservador já é o bastante e o único tipo de controle que consegue ter.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  9. Ah não sei não, hein Corey. Acho que os benefícios da dieta de informação são maiores que os malefícios.

    Mas realmente adotar uma postura mais equilibrada talvez seja melhor se isso estiver mesmo te incomodando.

    Eu atualmente me mantenho só nos meus interesses (jogos eletrônicos, filmes, quadrinhos e outras coisas que eu gosto). Claro que cuidando de limitar o tempo para não atrapalhar a vida pessoal e financeira.

    O que eu mais limitei mesmo é as notícias sobre política. Eu ainda acompanho para não ficar totalmente alienado, mas se você focar demais nisso fica louco com o tanto de safadeza que os políticos de todos os partidos perpetuam tanto no Brasil quanto no exterior.

    Televisão então é algo que faz anos que eu não assisto mais. Esses noticiários me faziam mal de tanto inundar com notícias de crimes, de criminosos não sendo punidos pela lei, de trapalhadas e desmandos do governo, de aumento de impostos, proibições, censuras e etc. Enfim, não consigo me lembrar de uma única vez que eu tenha visto uma notícia positiva para a população rs

    Eu sou alguém bem otimista em relação a internet. Ao mesmo tempo que ela nos inunda de informação e distrações ela permite que sejamos mais ativos na seleção da nossa informação e entretenimento.

    Por exemplo, se você for assistir um filme de duas horas, mesmo na TV a cabo você perderá em torno de 1 hora só nos intervalos comerciais. Quando que na internet por meio dos serviços de streaming isso felizmente não acontece porque os anúncios são curtos e muitas vezes facilmente bloqueáveis.

    Na hora de escolher se informar sobre algum assunto então, é muito mais fácil encontrar lugares em que os jornalistas e blogueiros são mais honestos e menos ativistas.

    Mas é isso no fim é você que vai ter que decidir o quanto do seu tempo você esta disposto a gastar com isso tudo.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza os benefícios são maiores, mas não se trata de acabar com isso e sim de equilibrar. Hj percebo que é tudo 8 ou 80, quando me mudei pra Portugal a primeira coisa que me perguntaram foi sobre a saída definitiva do Brasil, como se o fato de estar morando na Europa simplesmente eliminasse o Brasil da minha vida e fosse algo definitivo.

      Não acompanho absolutamente nada sobre política, pra lembrar quem é o presidente normalmente tenho que parar e pensar certinho pra não falar bobagem. Política é completamente irrelevante na vida da maioria das pessoas.

      Tb sou otimista com a internet, não há nada mais democrático no mundo. Se sua vontade é saber sobre os crimes violentos da sua cidade, ok, vc encontra. Se quer aprender chinês de graça, vai encontrar tb...

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  10. hehe, eu fiquei sabendo do falecimento, gostava dela, tenho até CD aqui em casa.
    Sobre a questão da dieta, já pensou em acessar o twitter? Para mim é hoje a melhor fonte para ficar a par dos assuntos e de uma forma bem rápida.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Twitter é uma coisa que não entra na minha cabeça. Existe desde os tempos de Orkut mas nunca me interessei e não conheço uma pessoa sequer que use, é muito bizarro, rsrs!

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  11. Corey, vc não é IF? Ralar de peão em Portugal? Pra 800 euros?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qual sua dúvida especificamente? Vamos discuti-la...

      Excluir
  12. há há há

    Corey Parabéns pelos ses últimos posts, em especial o que você fala que Portugal é um país bem socialista (coisa que qualquer um que pesquisar pode evidênciareceber a veracidade dos fatos relatados por você).

    Com todo o respeito kkkk nesse post vc "cagou" kkkkk e atrapalhou a boa sequência kkkk

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lamento amigo, mas esse é um blog, não um portal, não tenho compromisso algum.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. AHAHA
      Corey, você é extraordinário.
      Mantenha esse humor sempre.

      Boa continuação de uma cidade portuguesa, "quiçá" perto de si

      Excluir
    3. eita! ficou bravo kkkkk

      Excluir
  13. Olá Corey

    O que você acha de entrar como sócio investidor (depois de ter uma análise da viabilidade do negócio, do perfil do sócio operador, se ele é de confiança, depois de consultar um advogado para tratar das questões legais, da participação de cada um, da divisão das cotas e do lucro) de uma empresa que já está em funcionamento e por algum motivo precisa de um aporte financeiro para continuar ou aumentar seus lucros?

    E se o caso fosse de eu ser o sócio investidor e outra pessoa o sócio operador,(tomando também todos os cuidados que descrevi acima) de uma empresa que ainda está nos plano de negócio?

    Este seu post de 2012 é muito bom, e deu me ajudou em algumas coisas que não tinha pensado!

    http://coreyinvestidor.blogspot.com/2012/04/empreendedorismo-um-pouco-sobre.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que pode ser um bom negócio "depois de ter uma análise da viabilidade do negócio, do perfil do sócio operador, se ele é de confiança, depois de consultar um advogado para tratar das questões legais, da participação de cada um, da divisão das cotas e do lucro".

      "E se o caso fosse de eu ser o sócio investidor e outra pessoa o sócio operador,(tomando também todos os cuidados que descrevi acima) de uma empresa que ainda está nos plano de negócio?" - não sou do tipo de empreendedor que abre lojas, que começa coisas no papel. Tenho sempre que começar com algo que já está em funcionamento mas isso não quer dizer que é errado começar do zero, é apenas uma posição pessoal mesmo.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. Obrigado pela resposta Corey.
      Abç!

      Excluir
  14. Na minha percepção a dieta de informação nos ajuda a manter o foco. E foco é justamente isso: ignorar o desnecessário. Gostaria de uma ajuda dos camaradas: em 2017 qual informação jornalística foi importante para um indivíduo comum?
    Além da dieta de informação, outra coisa que eu não abro mão é do minimalismo que me ajuda a definir prioridades na minha vida.

    Um abraço,
    Maluco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "em 2017 qual informação jornalística foi importante para um indivíduo comum?" - juro que tentei lembrar mas não consegui pensar em nada...

      Excluir

  15. Houve uma época que eu era “110%” “bitolável". Eu ficava horas ruminando sobre tais e tais temas, entrava em looping, me angustiava, sempre fui de ler muito, analisar; e me aprofundava nas coisas, então conheci seu blog e o conceito de dieta de informação, e dentro do meu mundo em particular e daquilo que me angustiava consegui melhorar, digo praticamente me curar, de tal modo que hoje posso ter contato (com cautela) a certos conteúdos sem bitolar novamente. Disse tudo isto para agradecê-lo mesmo. Mas eu entendi perfeitamente seu ponto, hoje eu estou no tal meio termo, não consumo todo o volume de informação disponível, não vejo jornais televisivos e tenho plena consciência de que como você mesmo fala, na vida do brasileiro médio as mudanças de fulano para ciclano na política fazem pouca diferente, o jogo é ir tocando o barco, mas já me informo de certa forma, mas com certo desprendimento, acho que é isso, desprendimento. Você se informar mas de forma desprendida, entendendo que aquilo não mudará muita coisa, e que se você leu sobre tal notícia não significa que está super bem informado e que se não abriu um portal no dia não significa que está perdendo tudo que está acontecendo.
    A propósito gosto d+ das músicas da Aretha Franklin, ela teve uma história de vida bem difícil, espero que ela esteja bem agora; independente de como creiam.

    Abraços.

    Sandra

    ResponderExcluir
  16. Às vezes estou dormindo ou trabalhando na casa dos meus pais (não moro mais com eles) e escuto o som da abertura do RJ-TV... meu deus, chega a dar nervoso! É só desgraça e são as mesmas desgraças que eu via quando era criança: gente sendo assaltada ou morta, operação da PM com bala perdida, hospital público caindo aos pedaços, gente que morreu sem atendimento do SUS, político roubando e saindo impune... tem dias que eu não suporto e peço pra eles trocarem de canal mesmo que eu não esteja vendo, só ouvindo de longe o som, me faz mal a cabeça.

    ResponderExcluir
  17. Corey, mais uma vez Parabéns por abordar um assunto de tamanha relevância em seu blog.

    Tive uma experiencia em 2015/2016 muito desagradável em relação ao excesso de informação, noticiarios ruins, que só falava de crise, mortes, assaltos, desgraças etc... No qual, devido a isso tive diversas crises de pânico e entrei em uma depressao fudida.

    Era tão abitolado com isso, que qualquer noticia de doença, podia ser na áfrica ou ásia, eu ja me resguardava todo e até me imunizada de tanto pavor que eu ficava daquilo afetar a vida minha e da minha familia, foi uma fase muito dificil, no qual tive apoio de diversos especialistas para sair daquela situação...

    Pois bem, para nao ficar longo o comentário... Hoje tenho face só de amigos e familiares, não sigo ninguem, ou seja, nao tem nada na timeline, twitter e instagram deletei da minha vida e Tv praticamente nao assisto. Grupo de Whatsapp nao tenho nenhum a uns 2 anos, toda vez que algum infeliz me inclui e saio na hora e só uso em caso de extrema necessidade essa ferramenta.

    Internet acesso apenas o que me interessa, que são os blogs, apesar da Blogsfera ter caido muito, mas muito de qualidade de uns anos para cá, salvam-se alguns blogueiros e o resto pode juntar tudo numa lata de lixo que não dá uma linha de conteudo útil...

    Espero que chegue uma nova safra e melhore o nível, pois, está muito ruim mesmo.

    No mais, espero que nao reconsidera essa decisão de sair da dieta de informação, pois, te acompanho a anos e percebo o quanto seu humor e sua vida melhoraram, voce está um cara muito mais leve e despreocupado, vivendo e refazendo sua vida do seu modo!

    ResponderExcluir
  18. Corey, se vc fosse empreender no ramo alimentício, tipo restaurante, lanchonete, pastelaria, etc. Onde vc escolheria montar o negocio, Brasil ou Portugal?

    ResponderExcluir

Os comentários desse blog são moderados, ou seja, passam pelo meu controle antes de serem publicados. Esse é o motivo pelo qual seu comentário não aparecerá logo após você clicar em "Publicar", portanto não precisa postar 2 ou 3 vezes! Posso demorar, mas publicarei e responderei todos os comentários que não contenham trolagens, intrigas, propagandas e baixo nível.