segunda-feira, 2 de julho de 2018

Receitas e Despesas Junho/2018

A partir desse mês voltarei com as postagens de acompanhamento de receitas, despesas e investimentos. A de receitas e despesas sairão todo começo de mês e a de investimentos após o dia 16, que é quando faço o remanejo dos aluguéis dos FIIs. Sem muita enrolação, vamos lá:






























Junho foi um mês atípico, tive despesas altas que não devem (espero que não) se repetir nos próximos meses, destaque para a bolada de quase € 400 que gastei no dentista. Infelizmente a genética não me favoreceu (tampouco os quilos de antibióticos que tomei na infância) e meus dentes são zoados, é praticamente impossível passar mais de 6 meses sem algum tipo de intervenção, pra completar precisei de uma coroa, o que encareceu bastante. Vou fazer um post a respeito de dentistas em Portugal. Houve também uma despesa com manutenção regular do carro, compra de alguns artigos para o pet e despesas com a carta de condução da Bia (despesas essas que estão na categoria "outros"). Além disso tive uma paulada de gás para pagar, já que acumulou tudo desde que cheguei aqui e somente agora fui ter acesso à conta para pagar, paciência... O lazer também foi puxado porque fizemos alguns passeios e compramos ingressos para um show que iremos mês que vem, as despesas de lazer não devem diminuir, afinal é algo que queremos focar.

Esse foi o primeiro mês que Bia e eu recebemos nossos salários integrais, porém para julho devo receber um pouco mais referente à algumas horas extras que realizei. Devido às despesas altas não foi possível atingir o break-even, mas paciência...

Esse mês mandei € 1.500,00 do Brasil seguindo a estratégia de formar um bom colchão em Euros e estimular a formação de crédito, esse valor deve permanecer igual nos próximos 3 meses depois irei diminuir para € 1.000,00. É muito difícil tirar dinheiro do Brasil onde posso reinvestir e aumentar o bolo e mandar pra cá onde ficará parado na conta corrente ou rendendo 0,00000000000001% na poupança, ainda não sei como trabalhar isso... Aliás nem sei ao certo o que fazer com esse dinheiro que encontra-se parado na conta, provavelmente vou abrir outra conta e colocar esse excedente lá até decidir o que fazer. Ia colocar na poupança mas pra render nada e ainda por cima imobilizar esse dinheiro por meses acaba sendo preferível deixar numa conta corrente mesmo.

No geral estou tranquilo em relação à receitas e despesas.

48 comentários:

  1. Corey, como diabos vocês ganham essa miséria de salário ? Nem se fosse meio período iria ganhar só isso, meu amigo que trabalha de panfleteiro e de plaqueiro em Dublin (meio período com uma plaquinha de propaganda pendurada no pescoço) não recebe menos que € 1200 mensais e quando ele trabalha período integral é no mínimo o dobro disso.

    O cenário de empregos e salários está ruim aí no interior de Portugal ? Faz um post falando sobre isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que é melhor, vermelho ou amarelo? É esse tipo de comparação que vc está fazendo...

      Excluir
    2. Vamos lá Corey, seja honesto consigo mesmo e responda essa pergunta, ganhando 800 pila por mês e gastando 400 só em aluguel te leva 50% do salário, se vc não tivesse a Bia pra complementar renda, ou algum de vcs ficar sem trabalhar, essa conta no longo prazo é insustentável ainda mais com essa renda passiva baixa de 1500 euros que está sujeita a variação cambial. Se o Real continuar se desvalorizando vocês vão contar cada vez menos com esse dinheiro. Talvez você não seja tão IF como nós pensávamos que fosse :(

      Excluir
    3. Custo de vida em Dublin deve ser o dobro do que da cidade que o Corey vive.

      Aliás, o custo de moradia deve ser até beirar o triplo...

      Excluir
    4. Anônimo ,vc está completamente certo. Financeiramente falando a vida aqui só é sustentável pq o casal trabalha, igual como era no Brasil. A diferença é que no Brasil minha renda passiva tem mais força, lá no Brasil eu sou IF, cá em Portugal não. Mesmo tendo mais de 1500 euros de passiva (não mando tudo pra cá) quando envolve câmbio jamais será sustentável, a não ser se o cara tiver renda sei lá, quatro vezes maior que o necessário.

      Não sei ao certo o custo de vida em Dublin, sei que um amigo mora num quarto e paga 500 euros, um casal de conhecidos mora num excelente apto e paga 1000.

      Abraço

      Corey

      Excluir
    5. O cara realmente nao tem noção de Europa Corey

      Excluir
    6. Corey, vc que curte nomadismo digital sabe que renda passiva sofre em câmbio de moedas mais fortes que o real, como é o caso do Euro, Libra e Dólar, e viver em países mais desenvolvidos com moeda forte pode ser sofrivel, mas considere também países onde o Real é mais forte, como o caso de Argentina e Thailandia por exemplo, você multiplicaria essa grana ao invés de diminuir como está fazendo.

      A 4 anos atrás considerei seriamente me mudar pra Argentina após uma visita à linda e charmosa Bariloche colonizada por suíços, pois na época, a paridade do Real era de 3,5x a mais que o peso argentino (hoje é maior), na época tinha mais ou menos 3 mil de renda passiva o que se transformaria em 10500 pesos.

      Acabei desistindo por 2 motivos, primeiro foi a burocracia imensensa de se abrir uma conta em um banco em Buenos Aires e conseguir transferir dinheiro mensalmente, por causa de limites mensais e bloqueios de posse de dolar e transferência internacional a dupla conversão de real pra dólar e de dólar pra peso, se eu quisesse morar em Buenos Aires, poderia fazer a gambi de simplesmente cruzar a fronteira todo mês para sacar dinheiro vivo em reais e trocar na capital por pesos mensalmente, mas como queria Bariloche, essa estratégia me foi inviável.

      O segundo motivo foi a violência, uma amiga minha Argentina foi roubada por criminosos armados várias vezes na estrada e eu mesmo fui abordado por caras mal encarados na rua diversas vezes querendo dinheiro, simplesmente não me senti seguro em morar lá mesmo com a conversão favorável.

      O bom da Argentina é poder residir e trabalhar legalmente por causa do Mercosul, não precisa nem de passaporte pra viajar pra lá, só o RG.

      Thailandia é a mesma coisa, muitos nômades digitais mudando pra lá, só que travam em vistos, travam na questão da violência e de golpes mas em contrapartida tem praias maravilhosas, câmbio favoravel e a capital mundial da putaria barata: Pattaya

      Excluir
    7. Corey faça as contas imagina um casal pagar € 1000 de aluguel em Dublin mas ganhar cada um de salário €2400 trabalhando período integral em empregos aleatórios totalizando uma renda mensal de €4800.

      O aluguel nesse caso acaba se tornando apenas 21% da renda enquanto no seu caso é 27%, o que aumenta um pouco mais o poder de compra.

      Pode não parecer muita a diferença, mas estamos falando da acalorada e chuvosa Dublin vs uma cidade aleatória no interior de Portugal né.

      Excluir
    8. Não sei de onde tiraram que eu quero viver da minha renda passiva... como disse no último post estou trazendo parte dela mensalmente pra PT com objetivo de formar um colchão e construir crédito. Não tenho objetivo de parar de trabalhar agora!!! Tb não sei de onde saiu a ideia que imigrei pra ganhar dinheiro...

      Amigo da Argentina, entendo que há países com a moeda mais fraca e que teoricamente isso quer dizer que precisamos de menos pra viver. É exatamente por isso que o caribe tá cheio de americano. Porém não podemos simplesmente converter e ficar feliz por 1 real comprar trocentas moedas, isso não é garantia de poder de compra, veja o caso do Japão, 1 iene hoje é R$ 0,03, isso quer dizer que a moeda é fraca?

      Se fosse pra imigrar pra América do Sul sabem pra onde eu iria? Chile? Argentina? Uruguai? Não... iria para o Paraguai, o patinho feio da América do Sul porém um país hospitaleiro, nosso real tem poder de compra e está em crescimento, o que se traduz em oportunidades.

      Tailândia já não está tao barato como antes, o mesmo pra Filipinas, tudo devido à onde de americanos aposentados nesses países.

      Anônimo do cálculo da % do aluguel. Se esses cálculos fossem relevantes eu teria ficado no Brasil, onde pagava 15% da renda familiar de aluguel...

      "mas estamos falando da acalorada e chuvosa Dublin vs uma cidade aleatória no interior de Portugal né." - exatamente! Não há comparação entre qualidade de vida no interior de Portugal e uma capital como Dublin, Portugal ganha de 1000 a zero nesse quesito.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    9. As pessoas tem que entender que cada um é cada um; temos vidas diferentes e objetivos diferentes. O que você ganha em qualidade de vida, perde em outro ponto, por exemplo.
      Nunca pesquisei, mas de maneira sucinta, é chato mandar grana para outro país?
      Legal os posts, Corey! Continue :)

      Excluir
    10. "Nunca pesquisei, mas de maneira sucinta, é chato mandar grana para outro país?"

      Muito fácil, gera-se um boleto no site da transferwise ou remessa on line, paga-se em real e recebe-se no exterior na moeda local em 2 dias.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    11. E como declarar isso no imposto de renda no Brasil?Transferwise

      Excluir
  2. Muito bom, o post q eu estava esperando! São só vcs dois ou tem filhos? Estava tentando extrair essa informação de quanto custa morar aí dos meus pais mas os "velhos" piraram, acho que estão gastando muito com restaurantes e viagens pq tudo é novidade. Já vc me parece já ter estabelecido uma vida normal. Minha renda passiva hoje projetada é de 3.100 euros, quem sabe eu já não poderia largar tudo aqui e ir morar em Portugal já que ao contrário de vc a única coisa que a genética me favoreceu foram os dentes, nunca tive q fazer uma obturação na vida, já o resto do corpo completamente zoado...rs

    Obrigado por compartilhar, fiquei curioso p saber que tipo de trabalho vcs fazem... poderia dizer se é "part time" ou integral? De nível superior? Achei a grana baixa também.... mas se vcs se sentem bem trabalhando, aí não tem preço.

    Sr. IF365

    Blog do Sr.IF365 | Acompanhe meus últimos 365 dias antes da IF e Aposentadoria Antecipada
    www.srif365.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 3000 euros por mês vc vive como um rei aqui em Portugal. Nosso salário é acima do salário mínimo que líquido dá uns 500 euros. O trabalho é full time e não tem a ver com nossa formação, essa semana sai o post sobre isso.

      AbraçO!

      Corey

      Excluir
    2. Faz sentido, custo de vida mais baixo salários mais baixos... não tem mágica, se alguém encontrar um lugar barato de viver q que pague bons salários me avisa.

      Abraço.

      Sr. IF365

      Blog do Sr.IF365 | Acompanhe meus últimos 365 dias antes da IF e Aposentadoria Antecipada
      www.srif365.com

      Excluir
  3. Tem sim SR.IF365, pesquisa sobre Berlin, baixo valores de aluguéis, comida e vestuário (praticamente a mesma coisa que Portugal por exemplo) e o triplo do salário que o Corey ganha pra fazer funções aleatórias. Dublin apesar de ser um pouquinho mais cara (20% a mais), ainda sim o salário é uns 20% maior, o que dá na mesma que Berlin na prática.

    Pesquisa e compara a paridade no poder de compra entre essas cidades e veja se não chega na mesma conclusão.

    Berlin tem o melhor custo x beneficio da EU seguido por Dublin nesse sentido.

    Sempre considerei que os Brasileiros escolhem Portugal pura e simplesmente por falta de vontade de aprender outro idioma. Tem muita gente preguiçosa mesmo, inclusive entre as pessoas ricas globais, acredito que esse seja o perfil do Corey mesmo, não que seja ruim, mas tem coisa melhor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom saber, imagino que Portugal ofereça facilidades para brasileiros viverem legalmente, coisa que a Alemanha não oferece. De um jeito ou de outro R$ 8700,00 para um casal não é pouca coisa, acho q por ter visto o valor em Euros me deu a impressão de ser pouco. Ninguém disse q o caminho p IF é fácil....


      Sr. IF365

      Blog do Sr.IF365 | Acompanhe meus últimos 365 dias antes da IF e Aposentadoria Antecipada
      www.srif365.com

      Excluir
    2. Não se trata de comparação, esses são meus gastos e ponto final. Não moro nem jamais quero morar na Alemanha, isso nunca passou pela minha cabeça, logo não faz sentido ficar comparando essas coisas.

      O aluguel em Berlim poderia custar 100 euros e o salário 5000 que não iria, isso é irrelevante. Não sei qual qualidade de vida eu teria num país cuja língua é das mais difíceis de aprender e uma vez aprendida só serve pra morar nele (assim como o italiano), um país frio pra kct, com pessoas estranhas... Não gosto da Alemanha, prefiro Brasil.

      IF365, quando vc olha os números absolutos parece realmente pouco, antes de vir eu lia as pessoas dizendo que ganhavam "600" e me assustava mas na prática é muito dinheiro. Hoje mesmo fui no mercado, gastei 40 euros e sai com o carrinho cheio, incluíndo vinho, camarão e outras coisas inacessíveis no Brasil.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  4. No seu aluguel de 400 está incluido o rateamento de despesas do condiminio do prédio? Ou você mora em casa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, inclui o condomínio (que o proprietário paga, não chega à 20 euros).

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. Esta cultura de condomínio que se desenvolveu no Brasil é algo vergonhoso... 500 reais, 1000 reais, 1500 reais.... fica parecendo que o prédio irá cair em um mês se os condôminos não pagarem este 2o aluguel.

      Excluir
    3. Renato, no Brasil qq condomínio por mais merda que seja tem porteiros, salões diversos, piscina... Onde moro só tem 2 elevadores e interfone, mais nada.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  5. Corey, vc pretende falar sobre seu trabalho?

    Relação com sua formação ou experiencia no BR, etc...

    Se esse é teu salário cheio, vc tá recebendo o mínimo lá... fiquei curioso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, o post sobre trabalho sai provavelmente na sexta.

      Esse é meu salário líquido, o que caiu na conta.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  6. Nossa como é caro o Gas ai hein bixo!! e tudo isso com PET? que pet vc tem, o Garfield?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O gás foi de 3 meses, recebi a conta somente do mês passado hoje, 43 euros, caro mesmo.

      O pet foi um gasto extraordinário, teve vacina e um comedouro hi-tech que compramos.

      Abraço!

      Corey

      Excluir

  7. ôoooo 09:03


    Berlim? Barato? Não foi essa minha impressão. Eu pagava mais que o Corey num studio. Era num bairro bom mas meu studio era pequeno.

    Outra coisa, Alemanha tem muito imposto. Imposto da Igreja, sério.
    Imposto por TV.

    É uma cidade magnifica, história, arte e cultura em cada esquina. Bom sistema de saúde, transporte público excelente.

    Agora...enfrenta um inverno lá e tenta aprender alemão.
    Morei 6 meses lá e tinha estudado 3 anos aqui antes de ir e sou descendente de alemão.
    Com tudo isso, falo e escrevo feito uma criança de 7 anos.

    Alemanha é Primeiro Mundo e Berlim é incrível só que paraíso na terra não é.

    E Portugal virou até modinha agora, ingleses e alemães aposentam e vão morar em Lisboa ou no Porto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo que vejo Portugal está realmente se firmando como refúgio para Europeus do Centro e Norte do continente depois de aposentados. Creio que pelo baixo custo de vida, bom clima e relativa segurança.

      Anon 15:04 fale mais sobre Berlim.
      A cidade é segura?
      Tem muitos imigrantes? Existem guetos?

      Pelo que eu saiba as empresas Alemãs estão espalhadas pelo território do país e não concentradas na capital ou em 2 ou 3 cidades.
      Sei que na região de Dortmund/Gelsenkirchen há uma atividade econômica forte, assim como na Bavária e em Stuttgart.
      Enfim, conte sua opinião.

      Excluir
    2. @anom Alemão, não faz jus a sua descendência então, igual o Corey, quem tem passaporte Alemão ou Italiano etc tem a obrigação moral de no mínimo ser fluente na língua do seu passaporte.

      Se não aguenta o frio de Berlin, imagina se você consideraria um país que fica 9 meses no ano abaixo de neve como o Canadá por exemplo, tem gente que gosta, admito que é questão de gosto.

      Uma tia minha verdadeiramente Alemã, oriunda do interior do RS que aprendeu a falar alemão fluente desde pequena vive em Lichtenberg (Berlin), trabalha como garçonete, paga € 270 no Studio dela primeiro andar de um prédio antigo, bonito e bem conservado, da última vez que fui visitá-la achei interessante o lugar apesar de não ser em Kreuzberg ou Mitte, conseguia chegar nos lugares principais em 30 minutos de ônibus com baldeação pela M10 e U8 ou U2.

      Apesar do flat dela não acomodar mais que 2 pessoas, ela me informou que há um certificado do governo para subsidiar o aluguel de pessoas de baixa renda no seu primeiro ano que se mudar pra Berlin, o Wohnberechtigungsschein, que ajudou ela no começo quando não ganhava tanto.

      No Reino Unido também há uma licença que você paga pra quem quer assistir TV e não tem jeito mesmo, se você quer qualidade de vida com transporte, segurança, educação e saúde de qualidade tem que pagar os 40%, 50% que seja de Imposto de renda retido na fonte, se você ganhar menos que 17k EUR no ano, você recebe de volta todo o imposto pago na sua declaração de IR.

      Entendo o seu lado, não há nada na vida que seja perfeito, tudo tem seus prós e contras e depende de ponto de vista, já que o que pode ser bom para mim, pode ser ruim pra você.

      Por fim, o Corey sempre falou aqui que morar um pouco afastado do centro ou em periferias não é um bicho de sete cabeças, mas muitas pessoas por quererem ter uma vida de princeso não abrem mão do glamour dos bairros centrais e depois reclamam dos aluguéis. Em países desenvolvidos, o transporte é tão eficiente que em meia hora você chega nos pontos principais enquanto em SP seriam 3h ou mais por exemplo na mesma situação.

      Espero ter contribuído com a discussão já que o Corey é um dos únicos que não apagam comentários com ideias contrárias à dele como o VDD ou o VDC fazem.

      Abraços.

      Excluir
    3. Não tenho tesão nem em aprender italiano que como um anônimo disse, tenho obrigação moral de saber... que dirá alemão, não mesmo! E tem gente que diz ser possível viver na Alemanha somente com inglês, tenta falar inglês com um alemão, ele até fala mas quero ver entender...

      "Pelo que eu saiba as empresas Alemãs estão espalhadas pelo território do país e não concentradas na capital ou em 2 ou 3 cidades." - Portugal é a mesma coisa.

      Alemanha deve ser muito bom mesmo, pra quem gosta de frio e principalmente é fluente na língua, coisa rara de se encontrar por aí...

      Em PT até onde sei o máximo de IR retido é 22% até os 2000 euros mensais pra quem é casado sem filhos, o meu ficou mês passado em 8,4%, ainda não sei como funciona o retorno.

      "Por fim, o Corey sempre falou aqui que morar um pouco afastado do centro ou em periferias não é um bicho de sete cabeças, mas muitas pessoas por quererem ter uma vida de princeso não abrem mão do glamour dos bairros centrais e depois reclamam dos aluguéis. Em países desenvolvidos, o transporte é tão eficiente que em meia hora você chega nos pontos principais enquanto em SP seriam 3h ou mais por exemplo na mesma situação." - só não concordo com a parte do transporte, não é bem assim. Pelo menos aqui no interior de PT praticamente não existe transporte público, depende-se de carro. Eu achava que ia morar na Europa sem carro mas pelo menos por enquanto meu sonho não se realizou.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    4. Cara, se um brasuca qq me ouvir falando alemão. "Vai pensar, ele é fluente". Não sou, e estudar a lingua me dá consciência disso.

      Consigo pedir comida num restaurante, perguntar se aquele onibus passa em tal lugar. Essas coisas.

      Só que um alemão nativo em dois minutos de conversa comigo saberia que eu sou estrangeiro, pelo sotaque, pelo ritmo da fala, pelo uso de expressões quadradinhas demais, pelo errinhos gramaticais.

      Consigo ler bem, até livros. Só que escrever...

      Não é fácil, aprender lingua estrangeiro principalmente depois de uma certa idade não é fácil.

      Obrigação moral de saber a lingua do passaporte. Olha...estudar e ter interesse com certeza. Ser fluente não é questão de vontade.

      Dedicação e esforço, vai ter levar até um nível. O resto vai do seu ouvido, do talento para aprender linguas, de reproduzir sons que não são comuns em sua lingua nativa.

      Alemão vc "vibra" mais a garganta que no Portugues, a lingua vai mais para o ceu da boca, é dificil explicar.

      Sobre frio...olha tem gente que se acostuma bem. Acho que hj é mais fácil. Video game, internet.

      Agora, tem gente que fica doente, precisa tomar Vitamina E, vc vê que não é frescura, é algo biológico. Acho que a falta de luz do sol afeta mais que o frio em si para muita gente.

      Excluir
    5. "Alemão vc "vibra" mais a garganta que no Portugues, a lingua vai mais para o ceu da boca, é dificil explicar." - se for igual ao "R" do italiano me fodi, pq tenho problemas de dicção e esse som simplesmente não sai da minha garganta. Engraçado que o "th" do inglês que a esmagadora maioria dos brasileiros não consegue pronunciar corretamente eu faço de boa mas essa porra de "R" forçado é impossível.

      No Canadá vendem umas luzes que simulam a luz solar pra ser usada no inverno.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  8. Corey, obrigado pelo post.
    Vc esta seguindo o “mesmo padrao” de consumo que tinha no brasil?
    Quanto vc gastava em média no brasil?
    Relativamente ao custo de vida, esses quase 2k de euros que gastou ai em portugal representariam quanto em reais, se ainda estivesse morando em SP?
    Minha meta é atingir 3k de euros de renda passiva + uma moradia de 200/250 k de euros ai. Acho que isto é suficiente para um casal, filho e um dog, não?

    Abs!

    Ps: anonimo que esta tentando comparar portugal e dublin, acho que vc não está fazendo uma comparaçao mto boa. O salario é diferente, assim como o custo de vida em ambos os lugares. Na hora de mudar pro exterior, tem gente que busca mais $$$, mas tbm tem gente que procura uma vida mais light. Portugal, com ctz, é um bom lugar para se viver bem com pouco... o salário é baixo, mas permite ter uma vida bastante digna!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não considero Portugal uma escolha ruim não pra começar, mas admitam que vocês só sonham com Portugal por incapacidade/preguiça de aprender uma nova língua já que tem opções melhores pra se viver na Europa para quem tem passaporte Europeu. Tem gente que não gosta de estudar mesmo, dá muito trabalho e precisa de muito esforço pra ter fluência :(

      Excluir
    2. Anon, vc está assumindo mtas premissas.
      - como vc consegue identificar preguiça / incapacidade de alguem que vc não conhece?
      - o que é viver melhor na europa? O melhor pra vc é melhor para todo mundo?

      Excluir
    3. Vc esta seguindo o “mesmo padrao” de consumo que tinha no brasil? - NÃO, definitivamente não! Estou esbanjando bem mais no mercado e com lazer.

      Quanto vc gastava em média no brasil? - https://coreyinvestidor.blogspot.com/2018/02/receitas-e-despesas-2017.html

      Relativamente ao custo de vida, esses quase 2k de euros que gastou ai em portugal representariam quanto em reais, se ainda estivesse morando em SP? - difícil responder, vou chutar uns R$ 6K

      Minha meta é atingir 3k de euros de renda passiva + uma moradia de 200/250 k de euros ai. Acho que isto é suficiente para um casal, filho e um dog, não? - vida de rei, jovem!!! Só o que vc economiza com o filho aqui... pense, ensino público decente, faculdade top média de 2k euros por ano, plano de saúde (se quiser pagar), 30 euros pra família toda (mais as franquias). 250k euros vc compra uma mansão aqui na região onde moro...

      "Ps: anonimo que esta tentando comparar portugal e dublin, acho que vc não está fazendo uma comparaçao mto boa. O salario é diferente, assim como o custo de vida em ambos os lugares. Na hora de mudar pro exterior, tem gente que busca mais $$$, mas tbm tem gente que procura uma vida mais light. Portugal, com ctz, é um bom lugar para se viver bem com pouco... o salário é baixo, mas permite ter uma vida bastante digna!" - sensatez!!!

      "mas admitam que vocês só sonham com Portugal por incapacidade/preguiça de aprender uma nova língua já que tem opções melhores pra se viver na Europa para quem tem passaporte Europeu." - nunca neguei que a língua é algo que favorece e um dos motivos de ter vindo pra cá, mas se vc pensa que isso resolve todos os problemas está muito enganado. Entendo melhor o inglês norte americano que boa parte dos portugueses falando, facilita mais pra vc ser entendido que entender. O português PT é dificílimo de compreender.

      "- o que é viver melhor na europa? O melhor pra vc é melhor para todo mundo?" - há pessoas que consideram melhor somente onde se ganha mais dinheiro, ignorando todo o resto como custo de vida, clima, idioma, etc.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  9. Corey, muito obrigado por compartilhar tudo isso. Meu projeto é quase coincidente com o que você fez e os seus relatos vão ser de um valor inestimável. Muito obrigado, mesmo.

    Sobre sua conta para poupança/investimento: O Banco BNI Europa divulga uma conta remunerada de 1%/a.a. "limpo" a partir de mil euros. É mixaria para nossos padrões, mas talvez seja uma boa opção aí.

    Abraço e parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por nada! Somente retribuo toda informação que a internet me dá de graça.

      Ando vendo essas contas, acontece que quase todas cobram tarifas de manutenção. Preciso ver se vale a pena. Valeu pela dica!

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  10. Olá Corey,
    Cheguei ao seu blog hoje.
    Vejo que veio morar para Portugal e que é aqui que de momento tenta "buscar dinheiro com qualidade de vida".

    Na sua publicação refere transferência do brasil 1.500, que entrada é essa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, entenda melhor aqui:
      https://coreyinvestidor.blogspot.com/2018/06/investimentos-no-brasil.html

      Excluir
  11. Olá c

    Já está até com o orçamento em Euro hein kkkkk

    Tem que comprar um bankitivity pra fazer esses controles aí.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande VdD, estou indo com calma na eurização, rsrs!

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  12. Brasileiro quer levar vantagem em tudo mesmo hein, só no jeitinho

    ResponderExcluir
  13. Bacana seu orçamento Corey, bem em linha com o que já tinha visto alguns youtubers em Portugal falando.

    Pelo valor da conta de gás acho que vc está no norte, em Braga, Guimarães, algo assim, só não deve ser no Algarve.

    Eu acho que o pessoal nunca morou fora pra teorizar tanto, sinceramente, esquecem que Portugal é nossa pátria-mãe e que o Brasil já foi Reino Unido de Brasil, Portugal e Algarve, além de que toda a corte portuguesa veio morar aqui juntamente com a família real no momento que mais precisaram.

    Comparar Portugal com Irlanda (outro povo totalmente diferente 100%) ou Alemanha (idem e pior ainda) é coisa que não dá nem pra começar. Passar IF na Thailandia, Indonésia ou sei lá o quê: Além do puta choque cultural, ainda estará em país de oitavo mundo, com aqueles ratos querendo lhe roubar o tempo todo (o pessoal não se toca disso e nem sabe o que é segurança pessoal). Tenho um amigo que tinha um casal de amigos que foram passar lua de mel na Europa, pararam em Marrocos, sequestraram a noiva, nunca mais foi vista, a polícia do Marrocos disse que pelas características do sequestro foi gente do Estado Islâmico que a levou (embora ninguém aqui tenha falado no Marrocos, estou falando em relação à moeda/segurança). Vejam o caso do Mcfee que foi morar em Belize e era o tempo todo atormentado por gangs de locais, o cara endoidou ainda mais, se encheu de seguranças e se encastelou num forte (com todos os milhões de dolares que tinha).

    IF em país de oitavo mundo é fora de cogitação. Tem que ser muito idiota pra pensar isso, sério mesmo.

    Portugal é uma das nações mais pacíficas do mundo, com taxas de crimes baixíssimas e segurança pessoal lá em cima.

    Falando sobre imóvel: Imóvel é despesa pra sempre, em qualquer lugar do mundo, até no Brasil, se o Corey pagava 1000 reais de aluguel no Brasil e está pagando 400 euros em Portugal, na verdade ele pagava equivalente a 235 euros no Brasil, e agora pagando 165 euros a mais, pra morar em Portugal (que ganho hein?).

    Meu ap que moro no Brasil consigo alugar por 2k, o que me dá 459 euros convertendo, ou seja, tendo um ap próprio e quitado no Br se alugar dá pra pagar um aluguel em Portugal.

    Corey, vc nao falou, mas em Portugal se ganham 14 salários por ano, e teve muito não recorrente aí na sua conta, e pra fechar, o primeiro ano de mudança é o mais caro, pois no mercado vc vai comprar coisas pra casa, lençol, panela, vassoura, vasilha pro cachorro, etc... e essas coisas de casa que a pessoa só compra uma vez na hora que se muda e depois passa anos sem comprar.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Frugal!

      A conta de gás foi de 3 meses acumulados, recebi a do mês, 42 euros. Pago caro pq é encanado e a empresa que me fornece é a mais cara, mas mudar pra mais barata não compensa pq cobram uns 300 euros entre instalação e vistorias, como não sei quanto tempo ficarei aqui...

      Com certeza essa galera que fica teorizando é imigrante de YouTube, vê alguns vídeos, lê uns blogs e acha que manja. Só na hora que vc chega no país é que vai entender.

      Concordo contigo, se for pra morar nas bocadas da Ásia prefiro voltar ao Brasil. Tudo lá deve se complicado a começar pelo fuso horário em relação ao Brasil.

      Quem nunca esteve em Portugal não entende o que é SEGURANÇA, a gente é tão acostumado com a violência do Brasil que sequer imagina que dá pra viver sem.

      "Corey, vc nao falou, mas em Portugal se ganham 14 salários por ano, e teve muito não recorrente aí na sua conta" - exatamente, e por se tratar de um país de viés de esquerda, os benefícios trabalhistas são muito bons (do ponto de vista do empregado, como eu). Por exemplo, 3h extra que eu faço acaba dando quase um dia de salário.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  14. Corey,
    Belo post e muito esclarecedor.
    Moro na Itália e esta conta de gás (que para você acumulou) aqui é bem mais alta e olha que sou econômico!!
    Parabéns por terem escolhido um local que traz paz e tranquilidade para vocês. Tenho muita vontade de conhecer Portugal, já disseram que quando eu conhecer, não vou querer voltar!!

    Quanto ao rendimento da poupança, vergonhoso. Também queria deixar a minha reserva de emergência rendendo um pouco, mas 0,01% a.a. é muito descarado, hahah. Se descobrir algo, compartilhe!

    Um abraço,
    @-@ Ativos for Change

    ResponderExcluir

Os comentários desse blog são moderados, ou seja, passam pelo meu controle antes de serem publicados. Esse é o motivo pelo qual seu comentário não aparecerá logo após você clicar em "Publicar", portanto não precisa postar 2 ou 3 vezes! Posso demorar, mas publicarei e responderei todos os comentários que não contenham trolagens, intrigas, propagandas e baixo nível.