sexta-feira, 28 de julho de 2017

Corey Empregado - Meu Emprego de Bosta

Peço desculpas por não ter conseguido acompanhar e responder os comentários do último post, foi falta de tempo mesmo. Tentarei dar mais atenção a esse.
Continuando a saga sobre meu emprego hoje vou falar sobre o que deu errado na minha contratação e como me fodi aceitando esse trabalho.

Durante o processo de contratação fui informado sobre as vagas disponíveis, salários e atividades do cargo. Concordei em aceitar o trabalho porque na minha cabeça haveria possibilidade de crescimento rápido e salário compatível, se tudo fosse como explicado na seleção estaria ok, porém a coisa começou a mudar no primeiro dia...

Durante a seleção fui informado que passaria por treinamento durante 5 dias antes de assumir meu cargo, achei isso ótimo, afinal minha experiência é pouca e aprender como a empresa funciona antes de dar a cara pra bater é sempre uma boa ideia. Logo após assinar os papéis fui informado que teria treinamento in loco o que se traduz como: "vou te jogar no setor e você vai aprendendo com o pessoal lá conforme eles vão trabalhando". Fiquei meio chateado e preocupado, afinal não era bem aquilo que eu esperava, mas ok, bola pra frente... Chegando no setor fui recebido friamente pela equipe, quanta diferença das minhas experiências anteriores (voluntário e temporário) onde a galera era animada, brincalhona e pronta pra ajudar. Aqui encontrei uma equipe de cara fechada, sem muita paciência pra ensinar. No decorrer do dia descobri alguns detalhes desconcertantes:

1- Eles estavam com o saco cheio de treinar novatos, toda semana vários novatos eram enviados ao setor para receber treinamento dos outros colegas sendo que esses não são treinadores tampouco foram contratados como tal. Também não havia critérios de treinamento, eu era obrigado a acompanhar o trabalho de alguém e logo em seguida realizar o mesmo trabalho de maneira correta (ou não correta, ninguém estava realmente preocupado com a qualidade do serviço). Sobre o treinamento de 5 dias? Isso simplesmente era um mito, ninguém na empresa recebeu treinamento formal...

2- Descobri que junto com minhas tarefas operacionais eu teria várias, VÁRIAS, VÁRIAS, VÁRIAS, VÁRIAS, tarefas administrativas e gerenciais, ou seja, teria inúmeras responsabilidades seríssimas pelas quais não seria pago e pior, nem ao menos seria treinado a realizar sendo que fazer alguma dessas coisas de maneira errada significa uma cagada descomunal.

3- Devido a essas tarefas "extras" eu perderia o direito de hora de almoço, devido a impossibilidade de me ausentar do setor, não poderia faltar de maneira alguma sob o risco de simplesmente ter que fechar o setor. Eu seria peça chave de toda a operação e isso é vendido pela empresa como algo "nobre" o que deixa os colegas de função muito orgulhosos e de peito cheio por ter tal responsabilidade.

Saí daquele primeiro dia de trabalho totalmente perplexo e perdido. Me perguntei inúmeras vezes: "que caralho eu tô fazendo?", "onde fui me meter?", "o que fazer agora?". Percebi imediatamente que me fodi imensamente, fui pesquisar o que fazer... Obviamente não há condições de continuar trabalhando dessa maneira, ainda mais pra mim que não preciso do emprego pra sobreviver. Descobri que se pedir demissão antes do fim do período de experiência serei obrigado a pagar uma indenização para a empresa o que me recuso a fazer. Eles já foram filhos da puta o suficiente comigo e ainda por cima vão levar meu dinheiro? Nem fodendo!

Decidi ao menos me fazer ouvir, pulei hierarquia e soltei os cachorros com o gerente fudidão da empresa, disse tudo o que aconteceu sobre a diferença entre seleção e realidade. Ele se fez de indignado, disse que não sabia que o RH estava omitindo informações, que iria tomar providências e o cacete... Óbvio que não acreditei em uma só palavra que ele disse...

No decorrer dos dias de trabalho a coisa ficou ainda pior:

1- Após o "treinamento" fui para o meu setor e descobri que eu era o mais experiente do grupo. Sim, eu com poucos meses de experiência na função era o que mais sabia sobre o trabalho, todo o resto do setor era totalmente inexperiente com exceção do gerente que mais ou menos sabe o que está fazendo (é uma pessoa dedicada mas que esbarra nas ineficiências da empresa). Mas ser inexperiente não é o bastante, as pessoas são incapazes, despreparadas para as funções. Vou tentar explicar: imagine um tradutor que não sabe ler e escrever. É mais ou menos esse o nível dos meus colegas de trabalho.

2- O setor possui inúmeros problemas de infraestrutura que atrapalham muito o resultado do trabalho, junte a isso pessoas mais perdidas que cachorro em mudança e veja o tamanho da lambança. A empresa tenta se destacar em meio a concorrência porém esses sabem o que fazem, possuem experiência e profissionais de dentro, já a minha possui profissionais catados de qualquer jeito no mercado. Imagine um açougueiro administrando uma livraria, é bem isso...

3- O tal cargo de gerência que me foi prometido num médio prazo na verdade é uma tremenda furada, ganha-se praticamente nada mediante o tamanho da carga de trabalho. O tal gestor deve viver em função da empresa, lidando com todos os problemas por, com sorte, 5k. A empresa não fornece a estrutura necessária para que o gestor realize um trabalho decente, na verdade o cara tem que se virar nos 30, adquirir conhecimento por conta própria, desenvolver sua própria estratégia sem ajuda alguma dos superiores. Os superiores ao gestor somente fazem cobranças e dão broncas. VTNC, jamais aceitaria isso, 1 dia que trabalhasse dessa maneira seria demitido ou preso...

A empresa faz uma lavagem cerebral nos funcionários, fazendo-os acreditar que são importantes, que fazem a diferença... Os gerentes são elevados a semi-deuses perante a direção, são bajulados com elogios, destacam a "importância" de seus trabalhos, etc. Mas na prática são peões que trocam a vida por uma merreca. Entendo que para pessoas "normais", 4 mil reais é dinheiro pra caralho e que conseguir um cargo que paga isso sem praticamente ter experiência é algo mágico, entendo que elas idolatrem a empresa que lhe dá essa "oportunidade"... É incrível como as pessoas vivem na corrida dos ratos, na matrix e nem se dão conta....

É realmente muito fácil atingir um nível de gerência dentro da minha empresa, basta você estar disposto a trocar sua vida por no máximo 5k. Não precisa ser capacitado, ter experiência, saber liderar, nada disso! Basta querer... Muito bizarro isso...

Engraçado que minha breve passagem pela concorrência (quando fui temporário ano passado) me deixou uma imagem totalmente diferente, eles eram uma empresa forte, organizada, com funcionários relativamente motivados (ao menos trabalhavam 80% direito e não brigavam entre si). Não é a toa que são um dos líderes do setor. Possuem crescimento orgânico tanto do ponto de vista do tamanho da empresa quanto do trabalho dos funcionários. Ninguém vira gerente em menos de 3 anos de casa e na minha opinião isso está certo. Não faz sentido o cara ter 3 meses de experiência na função e ser convidado pra ser gerente, pior, não receber nenhum tipo de treinamento e ter que assumir uma equipe e setor. É assim que ocorre na minha empresa. Claro que sou a favor da meritocracia e não acredito que cargos devam ser oferecidos por tempo de casa mas acontece que certas coisas, certos conhecimentos e experiências só se adquire com o fator tempo, é impossível ser de outra maneira e no meu trabalho é assim, não dá pra virar gerente da noite pro dia, não há como saber 100% das nuances do negócio sem alguns anos de experiência dentro da empresa. Pelo menos na minha concepção o gerente deve ser capaz de realizar 100% das tarefas do setor.

Aqui entra mais um erro meu, antes de começar a trabalhar não entendia como era isso e achei que eu mesmo poderia ser gestor em pouco tempo... me enganei. Me iludi achando que essa oportunidade de ser gestor em pouco tempo seria uma boa ideia, mais uma vez fui pego pela inexperiência em trabalhar de empregado numa grande empresa. Na verdade não quero ser gestor, muito menos nessa empresa bagunçada. Quero trabalhar no operacional mesmo e num lugar sério.

Tirei algumas lições disso tudo. Entre elas vai um conselho a você que investe em ações baseado em relatórios. Grandes empresas mentem, usam artifícios ridículos para demonstrar resultados que nem sempre são reais, papel aceita tudo (ou pdf aceita tudo), acreditar no que elas falam não é 100% seguro. Pude verificar isso de dentro, e se um tonto de baixo escalão como eu consegue perceber certas coisas, imagine o que realmente acontece lá em cima, nas salas da diretoria...

Ainda estou perdido, provavelmente vou esperar o prazo da experiência e pedir as contas, não quero pagar indenização pra esses escrotos, e pior, os fdps colocaram um período de experiência de 90 dias, só pra amarrar o peão... O pouco que consigo fazer da parte operacional é muito legal, todo o resto é um saco, estou naquela de ir trabalhar pensando na hora de sair, pior que não consigo fazer um trabalho porco, não consigo ser com eles do jeito que são comigo. Pelo menos estou com a consciência tranquila que estou fazendo a coisa certa, estou sendo ético e honesto com meu trabalho mesmo a empresa sendo mentirosa e desonesta comigo.

157 comentários:

  1. É por essas e outras que estou satisfeito com minha IF de 3k mensal. Não preciso passar mais por essas merdas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tb estou satisfeito com a minha, mas quero uma ocupação.

      Excluir
    2. Com todo o respeito, 3 k não é independência financeira alguma. No máximo uma graninha pra sobrevivência .

      Excluir
    3. Depende de onde o cara vive. É relativo.

      3k pra quem não é esbanjador está de muito bom tamanho. Agora se quiser comprar honda civic, tv de led 50 polegadas, jantares em restaurantes caros... ai não né filhão.

      Agora para quem se contenta com um carro sei lá palio 1.3, tv 32 polegadas, saídas no final de semana para restaurantes ai sim consegue viver muito bem. Afinal mais que isso já não passa de uma ilusão da matrix.

      Excluir
    4. Kkkk
      IF de 3 k
      IF alla Corey

      Excluir
    5. 3k é pouco mas pode ser suficiente, ninguém sabe como é o padrão de vida do cara.

      Excluir
    6. Sou o Anôn 28 de julho de 2017 12:35

      Senhores, moro em Balneário Camboriú, apartamento próprio e quitado, carro Onix 2014, solteiro, aderente ao low profile, minimalismo e princípios da frugalidade. Meu maior gasto é com musculação(alimentação e AES).

      A IF é de 3K, sim, poderia ser maior, mas os 3k já pagam minha vida. Faço outras coisas(o leva minha renda para +-5K), mas NÃO DENTRO DO ESCRAVISMO DA CLT. CLT é escravidão, sinceramente 8h por dia, 2k no fim do mês, você é maluco ou o que?

      Vivo e vivo muito bem,dentro daquilo que considero razoável, não passo vergonha com o padrão que tenho. Interior, senhores, interior de Santa Catarina. Sim, aqui tem praia, mulheres de qualidade acessíveis e tudo que você imaginar.

      Cara, eu transo, eu me alimento, eu treino, eu dou risada, vou a praia, pago minhas contas e fico de boa. Preciso de mais?

      O MINDSET do Interior é diferenciado. As exigências sociais são menores.

      Agora se vocês ficam com masturbações mentais de IF de 20K mensal, boa sorte, com certeza o caminho vai ser longo.

      Essa discussão rende e rende bastante...

      Excluir
    7. Legal voltar aqui pra explicar melhor...

      Comentarista da blogosfera tem a mente fechada em certas coisas:

      1- Brasil é igual São Paulo capital, logo não se mora por menos de 2k de aluguel por mês, não se come por menos de 30 por refeição.

      2- Só existe área de TI, todos trabalham em TI. Médicos, enfermeiros, mecânicos, carpinteiros... isso tudo não existe e se existe não ganha tão bem quanto TI.

      3- Mulher é tudo puta e ao menos que se tenha uma BMW série 7 não se consegue competir com playboys muito menos comer panicats. (enquanto isso o cara é feio, tetinha e recusa comer mulheres do seu nível)

      Excluir
    8. Concluindo, o cara bebe, come e caga. Por isso é independente financeiramente. Pára, né! Quer dizer que não tem ambição de conhecer outras culturas, viajar, frequentar Bons lugares, ter conforto, etc? Isso é ser independente? Pelamordi

      Excluir
    9. E não sou de São Paulo não!

      Excluir
    10. Eu não entendo essa molecada...
      Trabalham anos a fio ganhando R$1.500,00/R$2.500,00, mas adquirir IF de R$3.000,00 está ruim!
      E não é só a molecada. Ora, nego vive a vida de boa com 40 ou 50% do salário e aporta o resto; mas a aposentadoria tem que vim com 150% do salário...
      Não entendo essa matemática.

      Excluir
    11. Saiam da bolha da classe média, não é preciso muito dinheiro pra viver bem, mesmo no Brasil. Aposto que o brother aí tem mais qualidade de vida lá no sul que a gente em SP.

      Excluir
    12. Olá,

      3k é IF pra monge franciscano.

      Não tem margem de segurança nenhuma caso precise pagar um plano de saúde na velhice ou mesmo comprar remédios mais caros em caso de necessidade.

      Se um dia casar e tiver filhos também os custos aumentam bastante.

      Durante a faculdade eu vivia fácil com 600 reais mensais, mas nem por isso achava que isso era IF.

      Você deve ser novo. Sonhe mais alto.

      Abçs!

      Excluir
    13. Sou o anon de 22:53.
      Sou casado, vivo na região metropolitana de BH, ganho por volta de 13k líquidos por mês, aporto 10k e, portanto, passo o mês com 3k.
      Minha IF virá quando atingir o 1,2 Mi, o que, de acordo com a TSR de 4%, me permitirá viver com R$4mil mensais.
      Ora, se vivo como quero com 3mil, com R$4mil eu tô bonito na praça.
      Então não entenda meu discurso como o de alguém que ganha mal e por isso reduziu as expectativas. O verdadeiro conceito da frugalidade não é você viver frustrado por viver com pouco, e sim ter este pouco como o suficiente para as suas necessidades (e acredito que eu e o Corey estamos nesse grupo).

      Mantenho a pergunta para quem almeja os famosos R$10.000,00 de IF: Você ganha R$10k atualmente? Você gasta R$10k em suas necessidades básicas atualmente?
      ENTÃO POR QUE DIABOS VOCÊ PRECISA DE R$10.000,00 PRA SE APOSENTAR?

      Excluir
    14. Esse negocio de IF com 20k começou com o pobretao que sonhava com vida de rico viajando para varios países, gastando mil reais em baladas todo fim de semana, comendo GPs de 500 reais/hora e andando de camaro.

      O anon disse tudo, os caras ganham um salário mensal de 1k/2k sendo estuprado de segunda a sexta e diz que 3k de renda não é uma IF kkkk.

      Excluir
    15. Segundo dados do IBE apresentados mês passado, considerando todas as atividades econômicas, o salário médio mensal do brasileiro em 2015 foi de R$ 2.480,36. Então 3K de IF é mais que suficiente para grande maioria dos brasileiros. Para mim não daria, gasto o dobro disto, mas porque sou casado e tenho filho. Para alguém solteiro é perfeitamente condizente. Hoje, se somar o que recebo de dividendos mais o que recebo no meu blog já pago minhas despesas, mas só irei me considerar financeiramente independente quando os dividendos forem superiores a 2x meus gastos. E como bem disse nosso colega Corey, o objetivo não é parar de trabalhar e sim dormir tranquilo sem preocupação de onde irei tirar dinheiro para pagar as contas.

      abraço!

      Excluir
  2. Cara essa situação é foda...
    Antes de tudo, uma pergunta: Você ctou no post um trabalho temporário ano passado, não me lembro de ter visto alguma citação desse trabalho. Você não se dedicava só a sua empresa?

    Voltando ao post, se a empresa agiu errado com você desde o começo não vejo motivos, especialmente para quem atingiu a IF continuar nesse emprego.
    Quanto a trocar a vida por 4, 5k, você sabe que o brasileiro médio troca a vida por 1,5, 2, 3K infelizmente essa é a realidade, os que fogem muito disso são pontos fora da curva.
    O mundo do trabalho é complexo, empregadores muitas vezes exigem muito em troca de muito pouco, sei que o custo do funcionário para empresa é maior do que o salário dele, mas mesmo assim, passar por testes, dinâmicas de grupo ridículas, ter que aturar colegas malas (em alguns casos) fora atingimentos de metas e outros para ganhar até 2 ou 3k, muitas vezes sem chances claras de desenvolvimento não é muito gratificante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se vc ver os posts do ano passado observará que houve um gap de alguns meses sem posts, durante esse período viajei e fiz esses trabalhos.

      Infelizmente é triste como as pessoas são "obrigadas" a se vender. Obrigadas entre aspas pq muitas vezes o comportamento financeiro delas que obriga se escravizar. Vejo isso dentro do meu setor mesmo, gente que ganha 2k e anda de carro novo, meu gerente ganha uns 4k e paga 2k de aluguel pq não "quer se submeter a morar numa kitnet ou dividir apartamento". Então...

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. A galera vive no mundo de Alice. Acha que vai ao trabalho passear. Trabalho se fosse sensacional você pagaria pra trabalhar. Quanto ao treinamento, depende muito da função. Com meia hora você aprende a encaixar ou apertar meia dúzia de parafusos. Confesso que achei o post confuso, com meias verdades

      Excluir
    3. Parafusos sim, mas no meu caso não é bem assim... a coisa é bem mais séria pra ser tratada com descaso.

      Excluir
    4. Empresário sofre no Brasil! O funcionário entra querendo promoção, aumento, benefícios, treinamentos mil, pouca responsabilidade, plano de carreira, promessa de melhoria, etc. se for desapontado, se for contrariado, se tiver um colega chato, etc. vai falar mal da empresa pro resto da vida, entrar na justiça do trabalho, pedir direitos, danos morais, etc. Ainda bem que a reforma trabalhista está aí!

      Excluir
    5. É isso mesmo, vejo diariamente isso no trabalho porém acho que o nível do funcionário é compatível com a empresa.

      Ok que minha empresa era pequena, nunca empreguei mais de 20 pessoas ao mesmo tempo porém a maior queixa dos colegas empresários sempre foi pessoal enquanto esse sempre foi o meu menor problema. Claro que tive alguns funcionários problemáticos mas no geral eles eram muito bons, rendiam o esperado, trabalhavam de bem com vida, jamais teve qualquer tipo de briga entre eles. Quero dizer que cada empresa atrai o tipo de funcionário que merece e esse é um dos motivos pelos quais não ficarei no atual emprego, empresa e eu somos incompatíveis.

      Sobre a reforma trabalhista acredito que demorará muito pra população aceitar e perceber que os benefícios superam e muito os malefícios.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  3. Corey, boa tarde.

    Lembrando que essa indenização é limitada a rescisão ser "zerada", ou seja você não vai sair devendo mas provavelmente não vai receber nada rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que seja, mas mesmo assim não vou dar o gostinho a eles...

      Excluir
    2. Isso mesmo Corey, você não vai deixar a empresa com um boleto de recisão pra pagar, eles simplesmente vão zerar qualquer coisa que devam à você, como proporcional de férias, décimo terceiro, adiantamento, etc.

      Já trabalhei em várias empresas onde sempre tem um palhacitos que entra, fica menos de uma semana e sai sem remórcio algum. "Sujam" a carteira de trabalho mas definitivamente não fazem o que não querem.

      Excluir
    3. Vou aguentando enquanto dá...

      Excluir
  4. Sinceramente, fico questionando como um negócio pode OPERAR dessa forma?

    Dá lucro no fim do mês? Quem paga a conta? Quem são os clientes dessa pocilga(segundo sua descrição, suponho que seja o governo)? Bizarro o que acontece nas empresas em Pindorama.

    Eu trabalhei em uma terceirizada dentro de repartição pública, eramos 27 pessoas. Acredite apenas uns sete serviam para alguma coisa, o resto não conseguia sequer enunciar as atribuições, eu inclusive, que não fazia porra nenhuma(minha época de estagiário).

    Assim a banda toca, já diria o velho Vampeta: "Vocês fingem que me pagam e eu finjo que trabalho".

    Outra, faça um acordo e pule fora do barco. Essa história de indenização é balela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faço os mesmos questionamentos... vejo tanto dinheiro indo pelo ralo que fico assustado. Eles fazem tudo da maneira mais complexa e cara possível enquanto isso falta papel higiênico no setor. Viagens de avião pra cima e pra baixo são rotina, aluguel de carros top pra diretores tb... enfim, eficiência não é a palavra por lá.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  5. Corey Vitimista! É o novo Pobretão? Cara, foi você que quis isso, e agora a culpa é da empresa e blablablá.

    Bem vindo a selva da CLT. Ou você pensou que ia trabalhar em um ambiente no estilo da Apple?

    Agora cospe no prato, você sabe que a maioria dos brasileiros trabalha apenas, e apenas para sobreviver, por que fazer pouco caso do salário de 5k?

    Você por acaso é multimilionário? Esse seu papinho de trabalhar por prazer, para ter experiência é MENTIRA. Você que é a grana no fim do mês. Pelo jeito vai arregar e ficar com a IF que já têm, é o melhor caminho mesmo.

    Destruidor de Ilusões

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais um motivo pra jamais revelar minha situação financeira durante uma seleção, se na internet onde minha vida e histórico são expostos as pessoas não acreditam que quero trabalhar pq gosto do trabalho, imagino se soltar isso pra um desconhecido...

      Qual o problema em achar que seria diferente? Como eu ia saber? Fazem 10 anos que não trabalhava clt e jamais trabalhei em empresa grande...

      Excluir
    2. Se fosse no estilo da apple seria demitido quando o "Jobs" da empresa visse q o Corey não tem um iPhone. kkkk

      Excluir
    3. Anônimo 13:31 você está correto. O cara quer dar uma de independente, blá-blá-blá....
      Aceita um tal emprego que, segundo ele, é de imensa responsabilidade ! Kkk
      Pra 3 k por mês? Conta a da chapeuzinho vermelho , agora!

      Excluir
    4. Se o emprego paga 3k e eu quero trabalhar naquilo não há o que fazer, somente aceitar! Simples de entender...

      Excluir
    5. Haterzinho, haterzinho...

      Vive no mundinho onde 90k/mês é o mínimo para se comer mulher.

      Haterzinho, se vc ler os comentários de qualquer um aqui que tem um mínimo de experiência no mundo real e não através da tela do pc. Tu vai ver que a experiência do Corey não é tão incomum assim.

      Excluir
    6. Bom ler comentários sensatos!

      Excluir
    7. Anônimo 10:36, você é bem puxa saquinho! A experiência do corey é super comum no mundo dos que só sabem reclamar!

      Excluir
  6. Olá Corey,

    Também quase pedi demissão no primeiro dia de um dos meus empregos. Isso é muito complicado quando a gente descobre que o trabalho é diferente do que falaram.

    Sobre a rescisão. Depois que passou o período de experiência você vai ter que cumprir o aviso prévio ou pagá-lo. Nesse caso você pedindo demissão. Já durante a experiência o empregador pode cobrar ou não. Vê isso aí com o pessoal do RH.
    Boa sorte aí.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pretendo sair faltando uns 3 dias pra acabar a experiência pq assim ainda tenho alguma margem pra não me enrolarem. Já chequei com o RH mas são tão desorganizados que houve 3 respostas totalmente diferentes...

      Excluir
    2. O correto é: CLT - Art. 480 - Havendo termo estipulado, o empregado não se poderá desligar do contrato, sem justa causa, sob pena de ser obrigado a indenizar o empregador dos prejuízos que desse fato lhe resultarem.

      Você não precisa dar aviso nenhum, apenas indenizar eventual prejuízo com a saída que precisa ser comprovado. A não ser que exista cláusula asseguratória do direito recíproco de rescisão (art. 481, CLT).

      Excluir
    3. Do jeito que é bagunçado meu receio é quererem me cobrar o que não devo e acabar pagando pra acabar logo com a história.

      Excluir
  7. Você citou a deseroganização da empresa em que está trabalhando.

    Acho que isso não é tão incomum, pelo menos não no Brasil. Se você acompanhar um pouco as publicações voltadas ao mercado empresarial e de finanças achará sem muita dificuldade casos de empresas pequenas e médias e até algumas grandes totalmente enroladas.

    Da mesma forma que uma pessoa pode se perder em suas finanças graças à dívidas, maus investimentos, desperdício etc, pode acontecer com empresas.
    Num momento de retração do mercado como acontece de 2014 pra cá muitas dessas empresas não aguentam e fecham as portas ou em alguns casos são vendidas para outras empresas.
    Tem muitos casos assim, empresas aparentemente consolidadas no mercado que "de repente" mandam metade dos funcionários embora ou começam a atrasar salários, vendem parte de suas unidades, vendem alguma marca etc.
    Quando a situação da empresa é divulgada vê-se que a empresa estava com muitas dívidas, sofrendo processos etc. Em muitos casos uma bagunça generalizada difícil até de acreditar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, juro que na minha cabeça empresas grandes jamais seriam assim pq pensava o seguinte: se eu sem conhecimento algum de gestão, contabilidade, rh e demais assuntos relacionados a empreendedorismo consegui manter empresas com relativo sucesso e organização, pq uma empresa grande seria bagunçada? Me enganei tremendamente!

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  8. Corey,

    Está na hora de vc colocar um velho plano em prática meu amigo: pocar fora do Bananil.

    Corey, Portugal tem qualidade de vida INFINITAMENTE superior ao Bostil. Além disso, o país vive um ótimo momento na economia, com previsão de crescimento de 3% em 2017, conforme destacou reportagem abaixo da BBC:

    http://www.bbc.com/portuguese/internacional-40714343


    Aproveite o bom momento e a febre do visto D2 e vá empreender em Portugal meu amigo, o processo é bem mais simplificado do que você imagina e está mais fácil do que antes!

    Aproveite cara, o tempo passa e não volta, futuramente Portugal pode restringir as "facilidades do visto D2 por exigência da UE. Este é hj o caminho mais fácil de se chegar à cidadania europeia pra quem não é descendente de nada.

    Sucesso e boa sorte!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc tem razão. Aguarde cenas dos próximos capítulos...

      Excluir
    2. http://www1.folha.uol.com.br/mundo/2017/07/1905068-numero-de-brasileiros-barrados-em-portugal-dobra-com-crise-economica.shtml

      Excluir
    3. Portugal nem bem se recuperou da crise econômica que viviam e já passer a ser destino cobiçado por alguns brasileiros...

      Não sei como países pequenos como Portugal dão conta de administrar essa questão da imigração.
      De la France, será se a França está com uma maior sensação de segurança ou as coisas ainda estão turbulentas?

      Excluir
    4. É complicado... Portugal sempre foi um destino de brasileiros por motivos óbvios, agora mais que nunca a brasileirada tá indo não pela grana e sim pela incrível qualidade de vida que se tem lá.

      Excluir
    5. O foda é se acostumar com a língua que falam em Portugal.

      Excluir
    6. Pessoal subestima isso mas é verdade, PT-PT é quase outro idioma mesmo.

      Excluir
    7. Isso de ser barrado em Portugal é para imigração ilegal.
      Quem vai com o visto corretamente autorizado só é barrado se der um tapa na cara do guarda do Serviço de Estrangeiros e Froenteiras

      Excluir
    8. Isso serve pra qq país. Veja as histórias tristes de gente deportada na imigração dos EUA, quase sempre tem coisa mal contada ou perfil errado.

      Excluir
    9. O cara chega com visto de turista com mulher e dois filhos. Cada um com 2 malas de 32 quilos (248 quilos). Com cinco dias de reserva num hotel tipo Ibis budget. As crianças chorando com saudades e diz que vai só passar nos arredores de Lisboa. Abre a mala logo em cima tem o albúm do casamento...

      Excluir
    10. Exatamente, ou o cara tem 20 anos, chega sozinho em Boston com 500 dólares, não fala inglês e diz que vai ficar na casa de um amigo.

      Excluir
  9. Corey boa tarde. Independência financeira PARA VC significa mais ou menos que 7K ao mês?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não existe valor certo,é tudo muito subjetivo e dependente de vários fatores... Pra mim que tenho despesas na casa de 5 e renda na casa de 6,5 considero que atingi a IF porém isso não quer dizer que não trabalharei mais.

      Excluir
    2. IF não tem nada a ver com RENDA.

      Se vc possui uma renda passiva que cubra os seus gastos de modo real (isto é, considerando a inflação), vc é uma pessoa financeiramente independente. Isto vale para quem vive com 2k por mês ou com quem vive com 20k por mês.

      Excluir
    3. Agora entendi melhor a pergunta do anônimo, erro meu, ele perguntou justamente para o valor que era válido para o Corey.

      Excluir
    4. Não, isso é sobreviver. Definitivamente não é ser independente. Se precisar com urgência de uma cirurgia, de viajar porque o parente ou amigo morreu em outra localidade, sei lá mais o que, o que um cara de 2 k fará ?
      Se bater o carro, se ficar doente, se precisar cuidar da mãe que adoeceu repentinamente , etc. o que um cara de 2 k fará? Não, não não! Não é independente coisa nenhuma!

      Excluir
    5. Se precisar de uma cirurgia e tiver que pagar dela o cara não vai tirar da renda de 3k, vai tirar do colchão de segurança que muito provavelmente terá.

      Se um parente de outra localidade morrer, morreu. O que posso fazer? Ir até lá vai adiantar de que?

      Se bater o carro, usa o colchão.

      Se a mãe ficar doente ele não tem obrigação alguma de ajudar (cada um deve se preparar para seu próprio futuro sem depender dos outros).

      Pra vc ver que tudo é questão de ponto de vista, cada um pensa de maneira diferente e não há verdade absoluta. Bolha, saia da bolha!

      Excluir
    6. Partindo desse pressuposto de eventualidades:
      E se a vida na terra ficar impossível nos próximos 20 anos e pra conseguir uma vaga em marte precisar de 1 bilhão então quem tem menos de 01 bilhão não é independente?

      Excluir
    7. Você que tem que deixar de falar bobagem! Os caras vêm aqui fazer colocações infundadas! Achar que é IF porque tem 2 ou 3 k de rendimento é no mínimo loucura. Quando falo de bater o carro, mãe doente, etc. são só exemplos! Não adianta rebater cada um! São zilhões de situações que a vida nos prega! O cara independente não precisa escolher em ajudar ou não! Ele simplesmente tem condições! Abra sua mente! Sugiro que você leia o livro " os segredos da mente milionária". Quem sabe você nao vai parar de chamar as pessoas de analfabetas, mandar sair da bolha, dizer que são analfabetas funcionais só porque discordaram do seu texto....

      Excluir
    8. Quanto à bolha, não é por viver isolado, e sim por discordar, mais uma vez, de você, de achar que imóvel pra aluguel é bom investimento .

      Excluir
    9. Bolha, imóvel é um péssimo investimento pra vc? Ok, não invista em imóveis. Tão simples né, não sei pra que tanta complicação...

      Excluir
  10. Corey, desculpe falar, mas não estou entendendo nada destas postagens. Você é um cara capacitado e quer se submeter a um sub-emprego e ainda espera ser tratado como um rei. Se for trabalhar em subemprego nos EUA ou em outro lugar vai ser assim também (ou pior por ser estrangeiro ainda vai sofrer de outro tipo de preconceito).

    Sua visão sobre o mercado de trabalho está muito distorcida e ainda fica fazendo papel de vítima, que a culpa é da empresa, dos gestores e dos colegas de trabalho, quando na verdade a culpa é sua por estar no lugar errado, na hora errada com perspectivas erradas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpe, mas quem usa o termo "sub-emprego" não merece muita atenção. Sei que é um termo difundido mas na prática não existe 'sub-emprego", existe simplesmente "emprego". Isso de desmerecer ou rebaixar determinados empregos é uma coisa muito feia.

      Mas continuando com sua linha de raciocínio, meu trabalho não é um "sub-emprego", é uma colocação que exige curso superior, licença e principalmente treinamentos constantes porque a responsabilidade é IMENSA. Vou usar o exemplo de TI (parece que 90% dos leitores são dessa área): se um cara faz um programa de computador que não funciona o máximo que irá acontecer é fazer a empresa perder dinheiro, eu não, se fizer algo errado fodo a porra toda mesmo.

      Sim, minha visão do mercado de trabalho é distorcida. E daí? Poderia ser diferente, estive fora por mais de 10 anos, nunca trabalhei em empresa grande (nem conheço pessoas que trabalham) como ia saber a verdade?

      "a culpa é sua por estar no lugar errado, na hora errada com perspectivas erradas."

      Concordo, estou errado mesmo mas isso não tira a culpa da empresa em fazer coisas completamente erradas.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. O cara se apega nas bobagens. Se prendeu na palavra subemprego. Que idiotice!
      O anônimo 15:37 está correto. A empresa não tem culpa de você se achar mais importante do que é. O cara quer ser tratado como semi deus ganhando 3 ou 4 k. Se fosse o "cara" de verdade não iria querer treinamento. Seria o contrário! Você treinaria a galera. Imagine as empresas x do eike contratando um executivo fera, um engenheiro top ou um médico top num hospital pedindo treinamento. Caia na real, meu caro. Você arranjou emprego de peão, e será tratado como tal.

      Excluir
    3. Se o seu emprego é de tanta responsabilidade assim, você aceitou o emprego por 3 k? Qual é? Quer enganar quem?

      Excluir
    4. Acho que vc não leu os posts sobre meu emprego ou se leu é analfabeto funcional e não entendeu. Só pode...

      Excluir
    5. Posso estar errado, mas chuto que você trabalha na área farmacêutica... produção de medicamentos?? Tem muita responsabilidade envolvida nisso aí.
      Rs... fiquei aqui pensando o que poderia ser de tanta responsabilidade assim, e me veio isso a cabeça!

      Excluir
    6. Alguém começou a sair da caixa da TI...

      Excluir
    7. Corey, aqui é o anon de 28/07 15:37

      Realmente você se apegou e se ofendeu com a palavra sub-emprego, mas não foi minha intenção desqualificar ninguém. Quis apenas facilitar o entendimento. Veja que você mesmo usou a própria palavra, tomando o cuidado para colocar entre aspas. O fato é que, por este salário, e apesar da responsabilidade, me parece um emprego para alguém com pouca qualificação (uns chamam de peão, ou qualquer emprego operacional), de qualquer forma eu gostaria de deixar este ponto de lado.

      Voltando ao ponto principal, sua postura está totalmente desconectada com a realidade. Você se posiciona como alguém disposto a aceitar um trabalho destes e espera ser tratado como gerente, ter treinamento, ser reconhecido, etc. Só o fato de você conseguir enxergar estas deficiências no processo de contratação e do inicio do trabalho, já podemos perceber que você está no lugar errado.

      Deu pra entender que você quer um trabalho operacional, mas precisa também se comportar como tal. Por outro lado, este papo de que a empresa pode querer te cobrar por sair antes do período de experiência, é sinal que você está bem por fora. Independentemente do que diz a lei, converse com o RH e certamente existe uma saída amigável para isso.
      Acho que é muito confortável você se fazer de vítima neste processo, enquanto o mais adequado seria você se sujeitar a aceitar e observar, exatamente o que se propos a fazer (lembra quando o RH te perguntou se você aceitaria se sujeitar a esta situação mesmo tendo sido empreendedor?).
      Abraços

      Excluir
  11. Corey,

    Essa é a realidade do mercado corporativo, os problemas podem variar um pouco da empresa A para a empresa B, mas, em regra, não vai mudar tanto.

    Falo sobre isso nesse post:

    http://ministrodoinvestimento.blogspot.com.br/2017/07/as-empresas-estao-matando-criatividade.html

    Você está buscando a "empresa exceção" e isso é muito difícil de achar, a pior parte é que não dá pra ficar "testando" as empresas, pois logo ficará queimado no mercado.

    Quanto maior uma empresa, maior a estrutura necessária, e mais engessada e verticalizada ela fica...talvez você ache o que procura em empresas menores, mas ganhando bem menos por isso.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Há um gap entre minha empresa e "empresa exceção" como vc disse, não quero a perfeição, mas onde trabalho está longe de ser séria.

      "Quanto maior uma empresa, maior a estrutura necessária, e mais engessada e verticalizada ela fica...talvez você ache o que procura em empresas menores, mas ganhando bem menos por isso."

      Já percebi isso e talvez é isso que faça porém no meu caso empresas pequenas pagam ainda mais porém exigem certa experiência e o trabalho é mais puxado...

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. Cara, com todo respeito Senhor Ministro, você é um funcionário público? Então vive numa bolha.

      Torça pro hospedeiro não morrer. Cuidado pro Brasil não virar um Rio.

      Excluir
  12. Olá Corey,

    Seu relato é praticamente idêntico à minha experiência no mundo corporativo quando ainda vivia no Brasil. Além da falta de estrutura e preparação dos profissionais... Não por acaso somos campeões no improviso.

    Concordo em pleno com a ressalva que você faz no final, quanto à fragilidade de relatórios. O conceito de compliance e boas práticas corporativas ainda engatinha no Brasil, já ouvi histórias cabeludas de empresas que operam na bolsa, inclusive.

    Caso queira conhecer um blog novo, fica o convite para visitar o meu site, iniciado recentemente: http://mascada-boa.blogspot.com.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A empresa investe tanto dinheiro em coisas fúteis como decoração rebuscada dos ambientes, layout moderninho e uniformes sofisticados e esquece do principal que é capacitação profissional.

      Não confio em relatório de empresa, já não confiava qd era empresário e via o quão fácil mascarar coisas, agora menos ainda.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  13. Corey,
    Está na hora de vc abrir uma nova empresa na SUA área para competir com essa empresa que vc julga ineficiente, tomar um pedacinho do mercado e ser bem sucedido mais uma vez. Essa é a única mensagem que consigo entender dessa trilogia de posts...
    Leandro

    ResponderExcluir
  14. Corey você considera a independência financeira só com os juros reais ou sobre todo o juros dos seus investimentos? O erro de muitos é considerar o total dos rendimentos como renda, quando parte é pura reposição da inflação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um cara pra ter um rendimento de 6 k por mês , descontando a reposicao e perdas deverá ter no mínimo uns 1,8 kk investidos. O resto é balela. Se for menos, com uma retirada de 6 k, com o tempo perderá o principal.

      Excluir
    2. Tem mais, se for 6 k de aluguel é pior ainda. Precisará de 3kk em imóveis rendendo aluguel. Imóvel hj rende 0,2% ao mês. Descontando IR, taxa de vacancia, manutenção de propriedade (fundo de reserva), taxa de imobiliária , caso tenha, etc.

      Excluir
    3. Alguém aqui sabe qual meu patrimônio?

      "Imóvel hj rende 0,2% ao mês. Descontando IR, taxa de vacancia, manutenção de propriedade (fundo de reserva), taxa de imobiliária , caso tenha, etc." - sabe de nada inocente...

      Excluir
    4. Realmente...
      A pessoa tem o imóvel, sabe quanto custou e quanto rende e precisa vir um anônimo pra explicar pra ele que ele só ganha 0,2%. A iluminação vem de fontes engraçadas...

      Sardinhaanônima

      Excluir
    5. Você sabe mais que o resto do Brasil! Mais que a humanidade. Você é melhor que o sami dana! Aluguel não tá rendendo bosta nenhuma pra ninguém , só você consegue fazer a multiplicação dos pães! Um semi deus do negócio

      Excluir
    6. Caramba, não tinha me dado conta que realmente sou um sabidão... acabo de descobrir que somente eu no mundo inteiro ganha dinheiro com imóveis, rsrs! Nossa, como sou fodão, rsrs!

      Excluir
  15. Cara eu fui trabalhar uma vez em uma multi como peão mesmo. A empresa é uma montadora de veículos.

    Com um dia queria pedir para sair. E só consegui tomar coragem com um mês e meio. Nem perguntei nada sobre direitos e experiência, nem faculdade tinha na época. Apenas avisei ao gerente que amanhã não voltaria mais. E assim o fiz.
    No final me ligaram para buscar a CT e pagaram ainda parte da participação dos lucros referente ao período. Era um bom dinheiro na época, fiquei muito feliz.

    Dois anos depois voltei para a empresa como técnico de informática em uma terceirizada. Depois passei no concurso e hoje faço o que gosto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A vida é engraçada, hoje mesmo recebi uma proposta desconcertante e que tem a ver com essa sua história, aguarde o próximo post...

      Excluir
  16. Respondendo ao anônimo acima que me perguntou sobre a situação de segurança aqui da França.
    Pois bem, cara, a mídia vende uma situação de caos que não existe. A França é um país muito seguro, o nível de homicídio aqui é 30 vezes menor do que o Brasil e no mesmo nível que o resto da Europa Ocidental. Roubos apenas batedores de carteiras em locais turísticos.
    A percepção de segurança é muito grande em todo o país com exceção dos seguintes locais: 1-zonas turísticas de Paris - você vê MUITO policiamento, mas ainda assim sente um certo receio com relação à ameaça terrorista.
    2-Saint Dennis - cidade francesa periférica de Paris repleta de muçulmanos. Lá de fato não é apenas batedores de carteiras. Há muitos furtos e mazelas de todas as espécies.
    3-Marselha- esta cidade de fato é perigosa.
    4-Locais muito turísticos das principais cidades.

    Perceba que os locais "potencialmente perigosos" são "ilhas" dentro do país, que de modo geral é muito seguro. Mesmo nestes locais o nível de policiamento é muito alto e as meididas de segurança e contrassegurança são altíssimas. Diferentemente do Brasil, onde você pode ser assaltado em qualquer local a qualquer hora. Morre por dia no Brasil o que morreu na França nos atentados terroristas. Ainda assim o terrorismo é muito temido aqui na França, sobretudo em Paris.

    Pelas minhas andanças pela Europa,trocaria de boa a França ou Alemanha por Portugal, pelo custo de vida e tranquilidade do país.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De La France, obrigado pela resposta.
      Pelo que vem sendo divulgado pela mídia e pela internet dá a impressão que as principais cidades da Europa estão num momento de insegurança como não estavam desde a segunda guerra mundial.

      Excluir
    2. Quem desdenha quer comprar.

      Excluir
    3. Legal seu depoimento, sou muito cismado com a mídia, melhor dizendo, não acredito em jornalista (pra mim isso nem profissão é).

      Excluir
  17. Rpz, quer uma ocupação?
    Vai fazer jiu jitsu, entra num clube de leitura, vai aprender idiomas, programação, jogar xadrez, etc.
    Se já tem if pra que porra vai arrumar emprego pelo amor de Deus?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carai, não posso ter um trabalho como hobby? Qual a diferença de fazer artesanato e trabalhar? Jiiu jitsu? Ficar se esfregando com outro cara? Não, obrigado, prefiro trabalhar mesmo!

      Excluir
    2. É simples! Essa pseudo independência financeira não o satisfaz . IF com 2 ou 3 salários mínimos no mês é piada! Se tivesse satisfeito o cara não saía de casa por 3 k

      Excluir
    3. Outra coisa, você disse fazer jiu-jítsu como um exemplo qualquer de ocupação. O cara se apega na palavrinha e rebate o jiu-jítsu . É muita limitação!

      Excluir
    4. Calma meu filho, tá descontrolado? Quer um Rivotril?

      "Se tivesse satisfeito o cara não saía de casa por 3 k"

      De que caralhos vc tá falando?

      Excluir
    5. Estou dizendo que se fosse verdade que sua responsabilidade é tão grande assim, você não sairia de casa pra ganhar pouco dinheiro. Quer que eu desenhe?

      Excluir
    6. Não preciso de Rivotril, não estou nervoso, só fiz algumas constatações !

      Excluir
  18. Corey, falei aqui numa boa no post passado que teria grandes chances de você largar a empresa. Cara, isso é comum. Tem muita empresa ineficiente no país já que o governo é protecionista e impede a concorrência externa. Se eu fosse você, tentaria ir pra top do setor que você elogiou. Aguenta aí os 3 meses pra não pagar indenização e vaza.

    O pessoal mesmo ganhando 4k nesse ambiente pode sair da corrida dos ratos com um pouco de inteligência, só não fazer bobagem: casar, ter filhos etc, mas eles preferem torrar a grana com bobagens e continuar no ciclo vicioso.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Casar, ter filho é fazer bobagem. Vc então é fruto de... Bobagem. E fruto de abacateiro, abacateiro é.

      Excluir
    2. Você não entendeu, cara. Fazer isso enquanto não estiver com estabilidade financeira é bobagem. Tem exceções, é claro, acho que o Corey é uma delas no começo da vida dele. Casou com uma mulher que não o levou pro buraco.

      Excluir
    3. Há basicamente 3 coisas que destroem a vida financeira de uma pessoa:

      1- Ter filho cedo, sem o menor preparo financeiro
      2- Casar com uma pessoa consumista e que não é parceira
      3- Torrar dinheiro com lixos da Apple, sapatos, roupas e demais coisas do gênero.

      Se uma pessoa evitar esses 3 erros terá grandes chances de ter uma vida tranquila, aconteça o que acontecer, ganhe o que ganhar.

      Tenho muita sorte por ter casado bem, mas tenho consciência que sou exceção.

      Excluir
  19. Não sei como ainda não disseram que você só está indo trabalhar para na aguentar a esposa em casa kkk

    ResponderExcluir
  20. Corey, ser empregado é fria, gelada...

    ResponderExcluir
  21. Em tudo que eu li um pouco em seu blog... quero lhe dizer bem vindo ao outro lado da moeda... kkkkkk

    ResponderExcluir
  22. Corey, acredito seriamente que trabalhamos na mesma empresa.

    ResponderExcluir
  23. Corey, entendo perfeitamente sua colocação. Logo quando me formei, tentei durante 2 anos vida digna na iniciativa privada. E infelizmente, na minha área de atuação, não existia. Sempre fui dedicado nos estudos e chegou um momento em que decidi desistir de ser celetista. Hoje em dia sou "funça" (como a blogosfera diz rss), recebo um salário digno, faço o meu serviço com maestria (dentro dos limites do funcionalismo público) e sou feliz no que faço.

    Ser empregado no Brasil, no meu ponto de vista e pela minha experiência, não vale a pena.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Trm muitas profissões que simplesmente não tem emprego, é triste.

      Excluir
  24. Oi Corey, já tive um blog a respeito de investimentos aqui, mas desisti alguns meses depois após ficar lendo os comentários dos leitores da blogosfera. Infelizmente a maioria não entende que cada um tem suas próprias expectativas de vida e rotinas totalmente distintas, relacionamentos as vezes complicados com familiares e amigos etc... a estratégia de cada um depende de como o mundo gira ao seu redor e como nos adaptamos ao meio... sou engenheiro e hoje tenho um salário de 20K líquido e patrimônio de 2.1 MM (apenas imóveis). Minha renda em aluguel é de apenas 3,5K, pois vivo no imóvel mais caro e uso outros 2 em viagens... minha mensagem é que ganhar 20K não me fez mais feliz, muito pelo contrário, isso apenas me passa mais tranquilidade quando vou dormir a noite. Realmente somos escravos do trabalho para vivermos com dignidade, pois o mundo é muito cruel com quem não tem dinheiro... mas a vida é assim, meu pai sempre trabalhou demais e hoje vive bem... ninguém pode me questionar se fiz os melhores investimentos ou se deveria estar satisfeito com o meu salário, pois ninguem sabe o que passei pra chegar aqui. No meu ponto de vista, preferia estar ganhando 5K em uma cidade pequena do que 20K em uma cidade grande. Esse é o meu ponto de vista. Pretendo trabalhar apenas mais 3 anos e largar tudo. Como todo mundo, tenho receio do futuro, visto o país que vivemos... mas dou mais valor a estar junto dos amigos e familiares no dia a dia do que ter um carro de 200K na garagem e não poder sair com medo de assalto. Abs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quanta bobagem! Aquele velho papo de que dinheiro não traz felicidade e blá-blá-blá ! Idiotice pura! Pegue seu dinheiro e doe para uma instituição de caridade. Ou então largue agora e vá pro interior pra ganhar pouco. Não espere três anos pra ser feliz.
      Dinheiro não traz felicidade, mas dá tranquilidade pra ele dormir! Kkk
      Melhor ser feliz sem dormir, não é não?!!

      Excluir
    2. No geral meu blog atrai bons comentaristas, pessoas que sabem discutir com educação, porém algumas vezes rola uns trolls ou gente que não é capaz de entender que cada pessoa é uma pessoa.

      Gostei do seu ponto de vista sobre salário bom, concordo que traz mais tranquilidade que felicidade.

      Cada um decide o que é melhor pra si, ficar impondo opinioes, tentar convencer as pessoas de algo é uma atitude imatura.

      Abraço

      Corey

      Excluir
    3. Anônimo 17:01, perceba q esse discurso que vc acha bobagem é muito comum entre aqueles q possuem um pouco mais de dinheiro. Seriam tidos eles hipócritas? Acredito q é preciso chegar nessa situação antes de dizer que estão errados.

      Excluir
    4. Meu caro, com todo o respeito, sem me achar melhor do que ninguém , tenho uma renda de 40 k bruto, líquido beira os 30. (Verdadeiramente) Não levo vida de rei. Vida normal. Sem Mercedes ou audi. Porém, confortável. É justamente por ver as facilidades que o dinheiro oferece é que acho ridículo esse discurso do politicamente correto de que dinheiro não traz felicidade. Se não traz é porque o cara já seria um infeliz pobre. Você poder contar com um bom plano de saúde, comer comida saudável, orgânica, frequentar bons lugares, etc. é muito bom e ajuda a ter menos stress. Aí o cara luta pra ganhar bem e vem com essa de que dinheiro não importa! Faça-me mil favores. Quero abandonar tudo! Prefiro pouquinho na casinha do interior! Kkk é de rir é muito!

      Excluir
    5. Complementando, por isso acho que o cara ganhar 2 ou 3 k de rendimento pouquíssimo para qualidade de vida. Sem exagerar. Um bobo aí veio falar de que se o planeta ficar inabitável teria que ter milhões pra ser independente! Kkk besta demais! Não merece sequer ser rebatido.

      Excluir
    6. Antes que digam que orgânicos não são importantes, eu digo que foi só um exemplo! Poderia ser qualquer coisa.
      Outro exemplo é poder pagar uma boa escola para os filhos sem depender das escolas públicas. Uma segunda língua para os filhos ou sei lá. Agora, vou respeitar a falta de ambição daqueles que vão morar na casinha de sapê por gosto pessoal e deixar os filhos na lavoura de subsistência . Mas respeito muito mais os que vivem assim por não ter tido oportunidade .

      Excluir
    7. Concordo que comer bem, frequentar lugares legais, ter bom plano de saude e dinheiro pra cobrir demais despesas é sim legal e sim melhora a qualidade de vida. Porém tem o outro lado, pra ganhar, digamos, 40k com toda certeza existe uma alta carga de estresse. Uma alternativa a isso é se estressar menos, ganhar menos e ter que gastar menos pra "ser feliz". Percebe onde quero chegar? Óbvio que dinheiro é bom, em última instância é isso que importa, por isso que durante mais de uma década trabalhei duro nas minhas lojas, pra ter dinheiro pra sossegar e finalmente fazer algo que gosto. Dois começos de infarto têm que ter valido a pena.

      Abraço

      Corey

      Excluir
    8. Eu. Falei sobre o planeta ficar inabitável. Foi ironia. Desculpa não ter desenhado. 2 ou 3 k também concordo que é pouco. Mas achar que 6 a 8 k não é suficiente é uma visão muito limitada do que é felicidade.

      Sardinhaanônima

      Excluir
    9. Talvez a limitação seja sua de entender a vida de uma maneira mais completa, proporcionando saúde , qualidade de vida à família, etc. Mas também não vou desenhar pra você, não perderei tempo tentando te explicar. Fique aí com sua visão! Tá valendo.

      Excluir
  25. Corey, creio que a volta ao status de empregado esteja sendo um duro choque de realidade.
    Bem, desculpe-me a sinceridade, mas vejo com certo exagero o discurso de que tudo é ruim, todos são toscos e todos são exploradores.
    Certamente quando era o empresário em questão deve ter tido um ou outro funcionário que pensava assim, e estou seguro que achava que ele estava equivocado quanto ao pensamento.
    Vida corporativa, trabalho num mundo competitivo e emprego é bem assim mesmo. Não está vivenciando nada além da realidade. Saia deste emprego, entre em outro, vai achar outros tantos defeitos e boçalidades.
    Caso realmente não precise e esteja seguro de sua indp financeira, melhor. Será menos dolorido.
    No mais desejo sorte, busque ver algum aspecto positivo (deve haver algo) e vislumbre outro estilo para você já que empreender não lhe parece interessante e ser CLT tampouco.
    Bom final de semana, aproveite com sua esposa e amigos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Guardião

      Sim, está sendo um choque de realidade e juro que não há exagero, o que relatei é realmente o que está acontecendo e se vc soubesse o contexto provavelmente entenderia melhor.

      Perceba q em momentol algum disse q a empresa é exploradora e nem que é toda ruim, não tem isso no texto pq não acho que seja verdade. Aliás do ponto de vista da empresa acredito que eles fazem certas coisas de maneira bem interessante.

      Tb não me recordo de ter falado em competição. .. Até pq isso é algo que simplesmente não tem por lá.

      Fico assutado por vc achar boçalidade colocar pessoas despreparadas para exercer funções importantes, pela empresa mentir nas atribuições, etc. É bem triste alguém pensar assim.

      Tb nunca falei em termos de segurança com IF... as vezes sinto que o fato se ter IF causa animosidade. Isso é somente um detalhe da minha vida, algo importante e q todos buscam mas isso não me faz menos profissional ou diferente dos demais.

      Abraço

      Corey

      Excluir
  26. Está bem interessante acompanhar seus relatos, principalmente porque aqui na blogosfera estamos acostumados a achar que o caminho do sucesso é o reverso (largar o emprego e virar empresário) rsrs.

    Eu sou da área de TI, e realmente a galera de TI é bastante bitolada em algumas coisas, principalmente na busca por salários astronômicos ou de fazer um super blog de tecnologia e ganhar fama por isso. Eu gosto do que faço mas não gosto do ambiente das "comunidades" onde é uma briga de egos absurda, ostentação de currículos e workaholics insuportáveis que só pensam em trabalho.

    Enfim, a sua área parece ser realmente bem complicada, espero que sua jornada termine bem.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Nerd!

      Ostentação de currículo é tosco, rsrs! Cara, meu trabalho em si é uma delícia, é uma diversão pra mim, me sinto muito bem em realiza-lo, o q fode é quw estou na empresa errada. Acho q é um paralelo com vc gostar do trabalho mas não gostar da comunidade. ..

      Abraço

      Corey

      Excluir
  27. hahahahah boa sorte Corey, daqui a pouco estará tomando o lugar do pobretão pela quantidade de haters.

    CLT é isso mesmo. Muitas vezes esses tipos de empresas só estão ainda na ativa, pois não cumpriram a função social de falir graças a algum dispositivo governamental, ou até mesmo o financiamento ou subsídios dos mesmo.

    Já trabalhei em uma que todo mês pegava empréstimo para pagar os funcionários enquanto o cheque do governo não caia. O pior, a empresa era familiar e as vezes fazíamos um serviço de quarteirizada. Mas diferente da onde você está trabalhando, só os piões que podiam fazer corpo mole, pois no meu setor por exemplo só tinha eu e meu colega para cuidar de toda a documentação da empresa (tirando a do RH). Certidões positivas, certidões negativas, nf-es, compras, atualização de iso e certificados era tudo eu e outro mané. Só ganhando o mínimo.

    Só posso te desejar boa sorte mesmo.

    Abraços e mete o pé logo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pobre, minha empresa só não quebra pq tira dinheiro de um lado pra cobrir o outro. Como tem várias atividades distintas, o setor mais eficiente acaba cobrindo o pior.

      Grande abraço

      Corey

      Excluir
  28. O pobretão deve estar rindo pra c*r*lho

    ResponderExcluir
  29. Meu amigo, con esses posts eu irei rerornar alguns anos no seu blog onde vc mencionava sobre os parasitas do funcionalismo público.
    Vc entende agora pq nesse país de merda o setor público em alguns aspectos é um tanto "menos lixo" que o setor privado, né?
    Nao tem jeito.
    "Eu adoro desafios; nao me vejo num cargo por anos ate me aposentar".. balela. Brasil nao é assim... mta burocracia e gente burra, incapaz de escrever "exceção". Rs
    Abraco e sucesso!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mineiro, não sei se o setor público é pior ou melhor pq nunca estive dentro pra saber. Meus conceitos são puramente PREconceitos.

      Fico muito assustado com o nivel intelectual das pessoas.

      Excluir
    2. Mineiro, não sei se o setor público é pior ou melhor pq nunca estive dentro pra saber. Meus conceitos são puramente PREconceitos.

      Fico muito assustado com o nivel intelectual das pessoas.

      Excluir
  30. " Grandes empresas mentem, usam artifícios ridículos"...
    Eu complemento: grandes pessoas mentem tbm. Falam que tal investidor é "bilionário da bolsa" e muitos acham realmente que i cara é bilionário.
    Acham que o cara nao faz apostas, nao perde e nao compra micos.
    Depois ele aparece e fala da operação no mercado que deu certo, como comprando ações de empresa boa e que tantos blogueiros ja sabem antes mesmo do cara falar.
    Mentem falando que renda fixa é perda fixa, mas sabe onde investem? Renda fixa. Empresas lixo, com prejuizo no balanço.. tubarao compra parte da empresa e suga os dividendos e lucros...
    Enfim!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Penso o mesmo. Traço um paralelo com o empreendedorismo, no PEGN todo empreendedor começou sua empresa com 1 real e 3 meses depois tá quase gerando um IPO. Na prática sei que não é assim, o cara provavelmente quebou a cara inúmeras vezes, perdeu muito dinheiro e há grandes chances de estar devendo até as cuecas pra manter a empresa.

      Abraço

      Corey

      Excluir
  31. Corey,

    Você pode não enxergar no momento, mas o fato de ter atingido a IF e saber que você não precisa estar ali é algo que aumentará ainda mais a sua percepção de algo negativo.

    Por mais que a empresa seja ruim, justamente pelo sentimento de que você não precisa estar ali, esta ruindade aos seus olhos fica ainda mais aumentada.

    Eu ainda acho que você deveria ter, talvez, comprado outra empresa menor, e conseguisse colocar ela lucrativa, com bons funcionários que lhe deixassem tranquilo para você aproveitar mais a vida, tipo, chegar mais tarde, sair mais cedo, no dia mais tranquilo acompanhar o movimento e faturamento de casa.

    Eu, se fosse você, teria pensado algo nesta vertente: Seu DNA é de empreendedor, não dá pra tentar, nesta altura do campeonato, mudar para CLT.

    Com sistemas automatizados, um sistema de câmera, um funcionário que ganhasse mais justamente para ser seu braço direto, eu aproveitaria a IF ganhando e gerenciando uma única e exclusiva loja, que gerasse mais lucro e pró-labore que seu atual emprego.

    Claro, eu não sou especialista em lojas, posso ter falado uma idiotice, mas é o que eu penso rs.

    Pense nisto, algo dentro de você esta pedindo "socorro, me tire desta porcaria de empresa".

    Abração e sucesso, estamos todos na torcida pra que você encontre o que procura: Felicidade.

    VDC

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande VdC!

      Cara eu realmente nunca gostei de empreender, mas foi essa a maneira que achei pra ganhar dinheiro, usei a oportunidade que tive. Sou um cara comum que deu certo, só isso.

      Sobre sua sugestão, meu antigo ramo está sofrendo muito com concorrencia das grandes redes, lembra do meu post sobre como o comércio pequeno está sendo exterminado? Pois é, acontece com meu ramo tb.

      Pra voltar a empreender tem q ser algo bem específico.

      Abraço e obrigado pela torcida,

      Corey

      Excluir
    2. Você parece ser ex dono de farmácia.

      Excluir
  32. Essa sua história ao mesmo tempo é engraçada e triste.
    Também já trabalhei numa empresa parecida, todo mundo desanimado, muitos chefes, etc.
    Não vale a pena perder nosso tempo de vida num lugar assim, ainda mais você que não precisa.
    Pelo menos que sirva de aprendizagem né....
    Boa sorte nesse tempo que ainda falta...rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não vale a pena mesmo... aguarde cenas dos próximos capítulos...

      Excluir
  33. Cara você deveria era ter feito trabalho voluntário para ocupar seu tempo. Já pensou em ajudar em causas dos animais, idosos, crianças, moradores de rua? Visto que você já está na Independência Financeira, poderia agora estar gerando valor de volta para sociedade em forma de filantropia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não só pensei como faço... estou preparando um post a respeito, aguarde!

      Excluir
  34. Corey sobre morar sozinho depois dos 20 vc acha q vale a pena ou e melhor continuar morando com os pais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mano vc tem q colocar na balança, morar sozinho vai te custar mto dinheiro, tempo e energia, pra vc que é jovem vc precisa desses 3 fatores para se desenvolver, mas se seus pais foram uns filhos das puta q nao te deixam em paz, nem fazem silencio qnd vc precisa estudar, analise ir morar sozinho para que vc consiga se desenvolver e estudar. Na casa dos pais pense q sua mãe é sua empregada, de uma graninha pra ela pra ela fazer com boa vontade(alguma precisam desse incentivo) as coisas basicas como comida e limpeza( vc nao imagina qto tempo e energia essas 2 coisas te tomam, tempo q deveria ser investido em estudos e concentração). Por fim, avalie o q vai ajudar vc crescer. Eu mesmo tenho meus pais do meu lado e nao me vejo saindo de casa tão cedo.
      abraços

      Excluir
  35. Amigo,

    Eu conheço gente que na declaração de imposto de renda colocou até marido e filhos imaginários como dependentes. Nem preciso ter tido essa experiência para saber que as empresas mentem.

    Eu, pessoalmente, acho melhor aplicar em marcas internacionais: nestlé, coca-cola, etc quando estiverem com um preço razoável.

    Eu não consigo imaginar (com realismo) nenhuma empresa brasileira com grande sucesso no futuro. A JBS foi um brilhante exemplo disso.

    Já pensou em se aposentar nas Filipinas? É bem mais barato do que o Brasil e, com exceção de Mindanau, o povo não é tão babaca e FDP como os tailandeses.

    ResponderExcluir
  36. Pois é, depois fala mal dos empregos públicos! isso que vc está vivendo é desumano, mas e a maioria do povo se nivela por baixo, parece que tem tesão em sofrer assédio moral. Na área pública no geral tudo é mais justo, vc passa por um concurso via prova escrita.

    ResponderExcluir
  37. corey, eu admiro a sua persistência e calma pra explicar as coisas. As pessoas leem seu post e já concluem zilhoes de coisas e não perceberm que vc está apenas tentando expressar da forma mais clara possível a sua realidade e o q vc está passando. Da mesma forma q os leitores ou até mais, vc tbm está procurando respostas para as coisas. Te criticaram por não saber lidar com a CLT, para mim são apenas pessoas que sempre tiveram inveja de vc qnd eras um empreendedor de sucesso e agora estão pegando no seu calcanhar de aquiles.
    Caga pra eles.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela força amigo! É isso mesmo que vc disse, não tenho resposta pra tudo, apenas compartilho minha experiência... Não sou dessas pessoas que se importam com inveja e opinião alheia mas confesso que alguns comentários desse post me deixaram um pouco chateado, não imaginei que ia ter essa repercussão.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  38. Olá, Corey! Estava viajando e só agora tive a oportunidade de ler seus últimos três posts.

    Lembro-me como se fosse ontem da primeira semana no meu primeiro emprego. Fiquei depressivo só de pensar na possibilidade de viver aquela rotina horrorosa pelo resto da minha vida, e com uma enorme vontade de pular da janela para me livrar daquilo, rs.

    E o mais bizarro de tudo é que com o tempo eu me acostumei com aquilo e a coisa toda passou a ser não tão sofrível assim. Incrível a capacidade do ser humano de se acostumar até mesmo com coisas ruins.

    Felizmente as coisas melhoraram pro meu lado.

    Mas para a ampla maioria das pessoas, a realidade é cruel: trabalham em empregos bostas em troca de dinheiro para conseguir sobreviver, e são obrigadas a enxergar isso como uma bênção, pois a alternativa é desemprego e fome.

    Graças à IF você não precisa se submeter a isso. Esses três meses vão passar rápido e você vai sair dessa situação com mais experiência de vida e com mais dinheiro no bolso.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Madruga!

      Engraçado como as experiências de trabalho que tive ano passado foram completamente diferentes por isso acho que o problema é realmente a empresa.

      Ter conforto financeiro é algo mágico, transforma a vida da gente.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  39. Já vi que era furada quando chegaram te contratando como gerente. Na minha empresa ninguém chega no ônibus sentando na janela. Tempo de casa faz parte da meritocracia, demonstra em certo ponto comprometimento do profissional com o projeto da empresa no longo prazo.

    Enfim nem perca seu tempo aí, num lugar que já te colocam nessa posição certamente não terá oportunidades de crescimento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande VdD!

      Sim, fui ingênuo em pensar que isso seria uma vantagem. Como vc disse não faz sentido um crescimento rápido assim, ainda mais sem um backgroud legal.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  40. Olá Corey, como vc conseguiu o emprego temporário na sua área de atuação? Com excessão de trabalhos deste tipo no comércio não há divulgação em outras áreas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na minha área rola algumas vagas assim para cobrir licença maternidade/férias (no momento estou cobrindo férias), é relativamente comum, principalmente com a economia bosta do jeito que tá.

      Excluir

Os comentários desse blog são moderados, ou seja, passam pelo meu controle antes de serem publicados. Esse é o motivo pelo qual seu comentário não aparecerá logo após você clicar em "Publicar", portanto não precisa postar 2 ou 3 vezes! Posso demorar, mas publicarei e responderei todos os comentários que não contenham trolagens, intrigas, propagandas e baixo nível.