segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Como vão meus investimentos?

Esse blog foi criado com o objetivo de compartilhar informações sobre investimentos, renda passiva, independência financeira, etc. Com o passar dos anos ele se tornou um espelho do que passa pela minha cabeça e o assunto investimento não é mais o principal a muito, muito tempo. Parei de divulgar os resultados dos meus investimentos, isso foi bom por espantar os haters e o pessoal da dor de cotovelo, mas também me prejudicou porque parei de acompanhar meus números de perto.

Fazem pelo menos 2 anos que meus investimentos estão no piloto automático, não me preocupo muito como estão meus ativos e não tenho o menor orgulho disso. Eu estou completamente errado! Vou dar algumas desculpas para esse desleixo: foco nas empresas que é de onde vem minha grana, foco na qualidade de vida (invés de me preocupar pra onde está indo cada real que gasto), preguiça, desleixo, relaxo, preguiça, desleixo, relaxo... Ok, a verdade é que acho muito chato acompanhar ativos, ler relatórios e o kct... O prazer que um dia senti nisso foi passageiro e não me pertence mais. tenho plena consciência que perco dinheiro diariamente por causa disso, mas, anyway, não tenho muita vontade de mudar isso, talvez porque time que está ganhando não se mexe... NÃO FAÇA ISSO EM CASA AMIGUINHO! Sou o pior exemplo da blogosfera!

Bom, de qualquer maneira meu objetivo em investir continua o mesmo desde o começo do blog: geração de fluxo de caixa. Ganho de capital eu faço pelos flippings com empresas e outros negócios. Na minha opinião dinheiro aportado deve gerar fluxo de caixa, ponto final. Por isso minha grana está alocada 100% em ativos que geram renda mensal: fundos imobiliários e imóveis de locação. Sim, eu sei, essa alocação é temerária, mas é minha atual realidade. Se eu pretendo mudar isso? Sim. Quando? Não faço ideia, nem como fazer...

Os FIIs me geram cerca de 0,85% ao mês, lembrando que grande parte da carteira foi comprada num momento de alta (2012/13) o que reflete em uma menor rentabilidade. Se não fosse pelo risco eu ficaria 100% em FIIs. É lindo abrir a conta da corretora todo dia 1º e ver lá uma grana legal esperando pra ser transferida sem você ter mexido uma palha pra isso. A carteira tem 15 ativos. Recentemente fiz um mega aporte nela e usei um critério muito sofisticado pra escolha dos fundos: distribui proporcionalmente aos ativos que já estavam na carteira. É cômico e trágico, eu sei. Sorry...

Os imóveis de locação não foram comprados com esse objetivo: meu apartamento onde morei anos e saí devido aos vizinhos malucos, outros imóveis que peguei em rolos... Enfim, não tem muita coisa que preste nessa carteira, mas o importante é que estão todos locados gerando 0,5% ao mês. Dentro dessa carteira tenho também um teste que resolvi fazer de maneira puramente empírica e temerária: um imóvelzinho no exterior, que me gera uma rendinha de 0,7%/mês após taxas de administração e impostos. Esses imóveis foram barganhas? Tirando o apartamento onde morei que foi comprado antes da alta dos imóveis o resto foi "comprado" pelo preço de mercado mesmo, não teve nenhum grande negócio pra eu me orgulhar. Um dos apartamentos ficou 3 meses vazio me gerando custos, tive despesas de papelada, etc. Enfim, não tem nenhum grande negócio. Poderia vender e investir em algo mais rentável? Sem dúvidas! Mas estão alugados, gerando renda... preguiça da porra em anunciar, esperar, negociar, vender, escolher investimentos... Sem contar o fator psicológico de ter dinheiro lastreado em algo físico como um apartamento.

Não tenho tido muito tempo pra acompanhar a blogosfera mas dia desses estava dando uma olhada no blog do veterano Viver de Renda e descobri que ele está alocado 100% em renda fixa. Confesso que fiquei mais tranquilo pela minha posição em relação a alocação de ativos, acho que a atitude de cautela e conservadorismo é normal depois que você atinge a IF (com certeza ele sabe muito bem o que está fazendo ao contrário de mim (eu?)).

Enfim, eu que um dia me achei fodão como o sabichão das finanças estou alocado de uma maneira comodista e arriscada. Vou repetir: NÃO FAÇA ISSO, NÃO FAÇA O QUE FAÇO! É bom deixar claro!

34 comentários:

  1. À casa no exterior é nos EUA?

    ResponderExcluir
  2. Tb costumo dizer: faça o que eu digo mas não faça o que eu faço, rs.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Fala Corey!

    Por outro lado, você direciona seus esforços para o que faz melhor: gerar fluxo de caixa e ganhar dinheiro com as suas empresas. Acho que isso é mais importante do que ficar acompanhando investimentos 100% do tempo pra saber se rendeu 0,1% a mais.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, mas acho que nem 8 nem 80... Eu sou muito relaxado...

      Excluir
  4. Corey,

    Não sei se você já o tem, mas seria bom ter um colchão de segurança, alocado à renda fixa, poupudo. Ter investimentos que gerem renda passiva são ótimos, mas ter uma Quantia (com q maiúsculo) disponível também é bacana.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, eu tenho. Na verdade eu uso uma técnica ensinada pela velha Ostra (tá por aí?): é um colchão inflável. Quando recebo minha renda passiva ela vai pra uma poupança que será usada ano que vem, esse ano uso grana da renda passiva que recebi ano passado, ou seja, sempre tenho 1 ano de reserva.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  5. Corey,

    Um dos posts mais autênticos e sinceros da blogosfera ultimamente. Parabéns.

    Honestamente eu também tenho me sentido desmotivado com os aspectos financeiros e com o tempo gasto para acompanhamento. Eu gostaria de deixar mais no piloto automático sem a necessidade de acompanhamento com muita periodicidade. Para isso a melhor opção seria a RF mesmo, como fez o VR, mas ainda não estou preparado para viver esta "emoção".

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala EI!

      Eu realmente gostaria de ter mais atenção com meus investimentos mas não tá rolando...

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  6. Grande Corey!

    Conhecendo o conteúdo do seu blog, imagino que para ter pego esses apartamentos em rolo, provavelmente foi na venda de uma loja, falo isso pois já passei pelo mesmo e o mais brabo que se não for desse jeito, não vende a loja rsrs.

    Corey, preciso de uma opinião sua: Moro no interior, em uma excelente cidade, tenho uma empresa bem estruturada (me gera de 7 a 10k por mês), mas tô pensando em largar tudo e ir viver com minha namorada, que mora em uma capital do nordeste, a qual é uma das piores do pais em questão de infraestrutura e $$ per capita.

    Como você pensa fora da caixa, você arriscaria a segurança da empresa por uma mulher (no caso, por amor)? No meu ramo, a princípio, seria inviável ter uma empresa lá e/ou gerir a que tenho remotamente, sendo que provavelmente compraria uma empresa de outro ramo nesta cidade e tocaria no peito e na raça... Você já trocou de ramo ou suas empresas são sempre no mesmo? Acha que a formula de tocar um ramo se aplica no outro?

    Desculpe me estender, estou no dilema da minha vida!

    Um abraço.

    Att.,

    Investidor Caipira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Caipira!

      Exatamente, foi assim que os imóveis apareceram.

      Cara, difícil dar opinião... Muita gente vai te falar que vc é louco, que mulher é tudo fdp e que é melhor só comer putas (o que não é totalmente errado). Eu te digo uma coisa: minha esposa me fortalece e o que temos conquistamos juntos mesmo ela não ter trabalhado tão diretamente nas minhas empresas (o que faz agora), sem ela com certeza não estaria onde estou.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. cara em lugar dr vc mudar de vida (e largar um negocio ja estruturado) pq ela nao vai viver com vc onde vc ja esta bem adaptado e com boa renda?

      vc vai ter que trocar uma vida em ordem por um risco em uma cidade fodida sendo que ela pode ir viver com vc que ja esta em ordem?

      complicado isso hein.

      Excluir
    3. Quanta ingenuidade cara...

      Se me disser que ela tem patrimônio alto, renda alta, e quer comprar um imóvel no nome dos dois e casar contigo em comunhão parcial, aí tudo bem.

      Se não for esse o caso então você vai ser o único se sacrificando e renunciando ao que conquistou. Se está estabilizado e bem de vida, te pergunto: de que vale esse "amor" se apenas VOCÊ tem que renunciar ao que conquistou?

      Acorde

      Excluir
  7. Cara, sua mulher pode morar com vc aqui, até vcs juntarem uns 400k, depois vcs pode morar em qualquer cidade do Nordeste.

    Se vc tem o dinheiro, vc deve ditar as regras. Mulher precisa ouvir e entender o homem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Mulher precisa ouvir e entender o homem."

      típico cara feio, mal sucedido, mal amado... e que arrumou uma mulher mais feia que ele, pior sucedida que ele e mais mal amada que ele!!!!!!

      vomitei!!!! (e deve ter o pau pequeno ainda)

      Excluir
    2. Se olharmos somente do ponto de vista financeiro e fizermos as contas. Quem só come puta tem menos risco financeiro que cara casado.

      O homem deve lutar primeiro pelos seus milhões, o dinheiro manda no mundo.

      Excluir
    3. tirando o que ele disse sobre "mulher ter que ouvir o homem", não parece ter erro algum nesse conselho.

      Excluir
  8. Não demorei nem um ano pra saber que os melhores investimentos p se ter renda passiva é investir em renda fixa

    ResponderExcluir
  9. Corey, é engraçado. Você acha que está lidando mal com seus investimentos, mas está indo muito bem na verdade. Há uma pesquisa famosa que diz que quanto mais o investidor mexe nos seus investimentos, menor é a rentabilidade dele. Esse controle milimétrico (obsessão) é perda de tempo e dinheiro. Continue assim: aportando todo mês, sem se preocupar com variações malucas de cotação e você vai longe com mais e mais fluxo de caixa. E sua ideia de dividir proporcionalmente o grande aporte foi uma sábia decisão. Veja, se aportasse em apenas um fundo, seu risco aumentaria, ficaria muito concentrado (tecnicamente, você diminuiu o desvio padrão, minimizou o risco não sistêmico). Cara, simplicidade é uma virtude.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, pode até ser mas não me sinto seguro com essa "estratégia" (que de estratégia não tem nada, rsrs). Concordo que qto mais se mexe pior fica mas tenho dúvidas se não deveria ao menos dar uma mexida.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  10. Corey,

    Poderia fazer uma postagem sobre esse imóvel no exterior. Queria saber como foi a compra e como é gerir um imóvel de tão longe. Acho que seria útil para várias pessoas.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem muito o que falar, é um imóvel pequeno e simples pra locação mesmo. Comprei através de uma imobiliária que faz todo o trabalho de administração, o contador deles faz minha contabilidade. No fim do mês depositam o dinheiro do aluguel descontados as taxas e impostos na minha conta. bem simples.

      Excluir
    2. Conseguiu financiar por lá, Corey? Fez LLC?
      Q q achou do processo?
      Conta um pouqinho mais...bem interessante....
      Abraços,
      pepe

      Excluir
    3. Comprei a vista. Sim, LLC. Processo extremamente simples e barato, vou falar mais num post sobre isso.

      Excluir
  11. Olá Corey, também tenho feito como você.

    Busco a IF, mas já busquei muito mais do que hoje. Costumava ficar fissurado pensando na melhor ação, melhor oportunidade. Pura insanidade.

    Outra coisa, costumava pensar em largar tudo assim que atingisse a IF, o que jamais vai acontecer. Quando isso acontecer vou continuar trabalhando, talvez em outros projetos, mas só me dei conta agora. Fica até mais prazeroso, pois o dinheiro que entra, entra como lucro, visto que as despesas fixas já foram pagas com renda passiva.
    E é bom trabalhar para me dar alguns luxos também. Trabalhar por mais tempo é sempre bom, ocupa e mente, e gera lucro.

    Um tempo atrás eu estava numa neura, cada real ganho, era poupado e 100% investido. Você não percebe, mas vai aos poucos se tornando mesquinho, anotando gastos de tudo, quando vê, deixa de comer uma coxinha, pra não prejudicar a vida financeira. Patético.

    Venho comprando ações mensalmente, mas sem stress também. Estou comprando como aposentadoria mesmo.

    Futuramente pretendo construir um prédio de aluguel em outro terreno que possuo, ou criar uma pousada ou algo do tipo.

    Assim como você, também possuo negócio próprio (escritório de engenharia), e é lá que estou focado.

    Às vezes você faz 1k líquido num dia trabalhado. Quanto tempo/volume de capital necessitaria para isso? Na minha função de micro-investidor, não perco muito tempo cuidando dos investimentos.

    É ler os quadros do bastter, ver as empresas que dão lucro e não possuem dívidas (já montei uma carteira e venho comprando mensalmente), seguir com o minimalismo, e tornar a vida mais prática e enxuta possível.

    Não fico acompanhando evolução patrimonial também, foda-se.
    Viva o piloto automático.

    Abraços

    Pretoriano

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, é bem por aí mesmo... Não dá pra ficar controlando todo e qualquer gasto pro resto da vida, no fim das contas o que importa é quanto sobra no bolso, se esse valor for confortável, ótimo.

      Não tenho ações por me considerar inapto pra analisar empresas. Sei lá, por ter certa experiência no comércio acredito que nem 50% do que realmente ocorre numa empresa é possível de ser colocado no papel e que é preciso ter vivência no ramo e dentro da empresa pra poder efetivamente entender o que está acontecendo...

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  12. Corey como vc escolhe / escolheu seus FIIs? Segue alguma carteira recomendada?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha carteira foi iniciada em 2012, nem lembro mais o critério que usei... desde então fui reforçando os mesmos fundos, exclui uns 2 e coloquei 2 no lugar.

      Excluir
  13. Fala Corey


    Uma verdade que não quer calar é o seguinte. Não sei você, mas eu já recebi muito email, mensagem no facebook e comentario no blog de gente perguntando "como investir".

    Mas a grande verdade é que antes de querer investir, fazer e acontecer pra gerar renda passiva é preciso ganhar dinheiro. Tem nego querendo fazer mágica com investimentos ganhando salário de R$ 1500, 2 mil por mês. Ao invés de investir esse pouco em algo que possa gerar mais dinheiro, a maioria já quer enfiar em investimentos pra gerar renda passiva. Vai gerar renda é claro, mas será merreca. E tempo é algo muito importante nessa equação.

    Eu tenho FIIs também, mas é pouca coisa. Mais pra "brincar" mesmo. Valor menor que o de um carro popular investido nisso. Tirando um pouco de dinheiro que tenho lá fora já há algum tempo, eu deixo quase todo meu patrimonio em LCI e LCA. A boa e velha renda fixa. E sai das ações no meio do ano passado. Eu sei que estou perdendo em não ganhar mais em outros tipos de investimentos, mas é como você disse, segurança hoje em dia as vezes é mais importante que rendimento, dependendo do patrimônio acumulado.

    Já perguntaram ai nos comentários, e você já respondeu. Fiquei curioso sobre o imóvel nos EUA. Não é claro em saber onde é (isso é coisa que não nos interessa, é pessoal), mas saber como funciona o ato de ser landlord. Talvez seu próximo post poderia ser quanto a isso. Se não invadir sua privacidade, é claro. Fica a ideia.


    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Rover!

      Verdade, acho nobre a atitude de colocar as contas em ordem e começar a investir mas se o cara realmente quer IF ou ter um grande patrimônio, não tem jeito, tem que ganhar mais, bem mais...

      Vc corrobora pra ideia que depois de um determinado patrimônio a tendência é partir pra RF mesmo. Ações nem me atrevo, tive pouca experiência, não perdi dinheiro mas tb não curti, não é pra mim.

      Sobre o imóvel vou fazer sim um post a respeito... Mas prepare-se: será assustador, rsrs!

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  14. Legal o post, apesar de eu estar fazendo o inverso. Tenho comprado mais EZTC3, FIBR3 pois estas ações estão com números lindos. Dívida zero e dividendos interessantes.

    Mas acredito que o investidor deve se planejar para todos os cenários econômicos e planejar também suas atitudes para a vida em geral.

    Vale a pena ter uma verba separada para passar um mês na Europa, ou para ficar 15 dias em Fernando de Noronha controlando a empresa e "trabalhando" remotamente. Tudo isso exige, além do dinheiro, umas horas de planejamento.

    Mas, em geral, as atitudes de quem já conquistou a IF são diferentes de quem ainda quer chegar lá.

    ResponderExcluir
  15. Fala amigo Corey, tenho um blog de beta também. Dá uma força aí e adiciona no seu blogroll, estarei adicionando você também. Abraço!

    pobre-diabo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Os comentários desse blog são moderados, ou seja, passam pelo meu controle antes de serem publicados. Esse é o motivo pelo qual seu comentário não aparecerá logo após você clicar em "Publicar", portanto não precisa postar 2 ou 3 vezes! Posso demorar, mas publicarei e responderei todos os comentários que não contenham trolagens, intrigas, propagandas e baixo nível.