terça-feira, 12 de janeiro de 2016

É o Fim do Sonho Americano?

Como todos sabem um dos meus objetivos de vida é sair do Brasil, sendo que o país que mais me agrada por diversos motivos é os Estados Unidos. Ok, você pode usar mil argumentos, muitos deles extremamente relevantes mas o fato é que os EUA são um país foda pra morar: liberdade econômica, segurança pública, dinheiro que gira rápido, relativa estabilidade para o imigrante mesmo que ilegal, etc. Nenhum país me atrai tanto e encaixa com meu estilo de vida como os EUA.

Quando comecei as pesquisas sobre imigração o plano que me parecia mais viável era emigrar através do visto L1 que permite o estabelecimento de um executivo de empresa brasileira nos EUA levando ao Green Card após 2 anos. Esse plano se mostrou totalmente inviável devido a forte instabilidade que seria manter uma empresa no Brasil enquanto estivesse nos EUA. Manter empresa no Brasil já é uma atividade de extremo risco mesmo com o empresário em cima, imaginem com o proprietário a 10.000 milhas de distância... Simplesmente não dá!

Esquecendo o L1 o plano B seria ir para estudar, validar meu diploma, arrumar um emprego, um sponsor e finalmente conseguir a residência. Nesse caso os EUA perderiam feio para o Canadá. Ok, não conheço as terras nevadas do norte mas com certeza não seria nenhum sacrifício trocar os EUA pelo Canadá, sendo que nesse caso as vantagens seriam várias: dólar canadense tem valor inferior ao americano, o canadense parece ser mais aberto a imigrantes qualificados, minha esposa e eu poderíamos trabalhar legalmente durante o curso, etc. Por que esse plano perdeu brilho na minha mente? É algo sem muita segurança, não há garantia alguma que daria certo devido a diversos motivos como: não sei se meu inglês conseguiria chegar ao nível acadêmico, não sei se eu aguentaria o tranco de estudar tudo de novo ainda mais em outro idioma. Não vou ser hipócrita: já tenho mais de 30 anos, tudo fica mais difícil. Eu correria o risco de ter um grande fracasso não só pessoal quanto e principalmente financeiro. Ideia descartada.

Mesmo tendo meus planos A e B descartados não fiquei triste, claro que fazer um monte de planos e vê-lo afundar não é legal mas se tem uma coisa que aprendi na vida é que nossos planos sairão diferentes do que imaginamos em 99,99% das vezes. Não esquento mais a cabeça com isso, não faço mais planos detalhados. Minha estratégia agora é colocar a vida num rumo e deixar rolar, se eu vejo que aquele caminho está errado, faço uma curva e vou em outra direção. E assim vou indo, por tentativa e erro. Outra coisa que tento sempre fazer é tocar o plano mais simples. Menos é mais, sempre!

No começo desse ano veio o golpe de misericórdia dos planos emigratórios de muita gente: a volta da taxação do envio de dinheiro ao exterior. Pouco se comentou sobre isso, confesso que não entendi ao certo do que se trata. SINTA-SE LIVRE PRA ME CORRIGIR SE ESTIVER ERRADO. Brother, agora pra mandar grana pra fora você pagará 25% de IR, sem contar com a cotação altíssima do dólar. Vamos fazer uma conta de padeiro?

Você tem R$ 1.000,00 para mandar aos EUA
Menos 25% de IR agora você tem R$ 750,00
A cotação do dólar fechado em 11/1/16: USD 1 = R$ 4,05
(considerando que você conseguiria fazer a remessa exatamente pelo dólar comercial e sem pagar nenhuma taxa)
Seus R$ 1.000,00 se transformaram em USD 185,00 ou seja, você está pagando na verdade R$ 5,40 por dólar NA MELHOR DAS HIPÓTESES

Acho que não preciso explicar muita coisa pra demonstrar que isso é totalmente inviável, ou melhor, no meu modo de pensar é inviável. Eu precisaria ter muita, mais muita grana sobrando pra tocar um plano de emigração (ou imigração, nunca sei saporra!). Veja que para ter USD 100.000,00 é preciso ter quase R$ 600.000,00, sendo que 100k de verdinhas não quer dizer muita coisa... Qualquer faculdade nos EUA custará isso, abrir um boteco custará mais que isso. Sinceramente não vejo viabilidade financeira nesse plano.

Beleza que há maneiras "não ortodoxas" de mandar dinheiro pra fora e fugir da tributação. Pode ser ilegal, mas não é imoral. Você pode, por exemplo, trocar reais por dólares com moradores dos EUA que enviam dinheiro ao Brasil. Ele deposita dólar na sua conta americana e você deposita reais na conta brasileira dele. Se você é morador de Governador Valadares já deve fazer isso a um bom tempo, rsrs! Mas isso esbarra na legalidade do dinheiro, você não conseguirá provar a origem do dinheiro lá fora e possivelmente terá problemas aqui também. Dependendo da quantia fica mais barato pegar um avião e levar em cash... Maneiras existem mas vamos ser francos, é tudo gambiarra.

Aí você me pergunta: "Corey, seu sonho americano acabou?" Eu respondo que depende. Novamente digo que não fiquei triste nem revoltado com essa notícia, não espero flores do governo, jamais vou esperar... Aliás fui Poliana e agradeci aos céus por não estar no meio de um plano, precisando mandar grana pra lá de qualquer jeito, etc. Não comecei nada ainda, portanto tudo fica mais fácil, aliás, tudo pode ficar ainda mais fácil depois dessa notícia. Há outras maneiras de morar nos EUA: com visto de turista dá pra ficar até 1 ano (prorrogando), visto de estudante de inglês pode ser renovado várias vezes, tem gente que fica mais de 5, 6 anos com visto de estudante. E por aí vai....

O fato é que o sonho americano engomadinho realmente pode ter acabado. Cada dia que passa a imigração baseada em investimento se torna mais cara e inviável, perceba que esse tipo de estratégia mais que dobrou de preço nos últimos 12 meses. É burrice um cara normal, não rico, sem habilidades especiais com eu ficar dando murro em ponta de faca e querer contornar os obstáculos. Nem todos obstáculos que aparecem na vida devem ser contornados, as vezes é melhor dar marcha ré e arrumar um caminho novo. Esses discursos de "siga seu sonho" nem sempre funciona na prática. Eu prefiro dizer: "adapte seu sonho". Sonhar é bom, colocar sonhos em práticas é melhor ainda mas não se deve fechar os olhos para a viabilidade deles, é mais fácil adaptar e picar o pau!


52 comentários:

  1. Se por um lado acho inteligente sua atitude de se adaptar conforme as circunstâncias, de outro acredito que lhe falte um pouco mais de persistência para alcançar seus sonhos.
    A alternativa do estudo foi descartada apenas porque acredita que demanda muito esforço.
    Se o problema for apenas esse, ótimo: enfrente-o, pois o sucesso dependerá apenas de você.
    Você sim buscar caminhos mais simples sempre que eles aparecerem, mas não pode desistir da jornada apenas porque está no mais difícil.
    Se seu inglês não lhe parece bom o suficiente para uma graduação no exterior então intensifique seus estudos até que ele seja adequado.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo que devemos ter persistência, mas persistir em algo infrutífero não é legal. A alternativa de estudo foi descartada não somente pelo esforço. Se fosse algo que realmente eu quisesse eu faria exatamente o que vc disse, mas essa seria uma opção somente para emigrar, ou seja, eu não estaria estudando pra buscar uma formação específica e sim para conseguir documentos no futuro, o que não é garantido, logo não vale a pena (no meu caso).

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  2. Para mandar dinheiro use bitcoin, simples e seguro.
    Depois pesquise um pouco.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O pobretão comprou um pouco de liwcoins (irmã do bitcoins) e perdeu a grana bonito...

      Excluir
    2. Eu tbm n sei operar essas bitcoins, mas conheço quem sabe e o cara faz mágica com o câmbio!

      Excluir
  3. Corey...parece que envio de dinheiro para o exterior com a finalidade de investimento não é tributado...vi isso no blog do investidor internacional.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o que eu disse, posso estar errado, não achei nada explicando certinho

      Excluir
  4. Corey,

    Qual seu email de contato do blog para te mandar um raciocinio que tive aqui sobre essa mudança de pais e pedir sua opinião?

    Obrigado

    ResponderExcluir
  5. Corey,

    No seu caso, vc deveria abrir uma conta nos EUA e enviar o dinheiro de uma conta sua no Brasil. A natureza da operação de câmbio seria a de "Disponibilidade no Exterior". Nesse caso, não há incidência de IR, mas somente de IOF-câmbio (0,38%). Nem poderia haver IR pois não há acréscimo patrimonial ou auferimento de renda. As hipóteses que perderam isenção do IR são outras, envolvendo remessas para terceiros.

    Abraços e boa sorte!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado amigo! Eu tenho uma conta nos EUA, sempre enviei sem cobrança alguma além das taxas e 0,38% de IOF. Pelo que entendi essa cobrança será tb em cima desses envios.

      Excluir
    2. Sou o mesmo Anônimo de cima. Olha, sou advogado e trabalho com isso. Consulte o banco ou corretora que você usa. Creio que não haverá IR nessa hipótese. Se houver, manda msg aqui que te contato no particular para resolver seu problema na justiça! hahaha

      Excluir
    3. Update: meu banco me informou que não há cobrança entre a mesma titularidade

      Excluir
  6. Corey, a solução nesse caso seria usar bitcoin. Você compra os bitcoins em uma exchange brasileira, depois manda para uma carteira em uma exchange americana e vende por dólares. É muito simples, pode confiar.

    ResponderExcluir
  7. "o fato é que os EUA são um país foda pra morar".
    No livro que conta a história do Arnold schwarzenegger, ele diz que sempre queria estar no topo. E isso incluia ser americano. Achei fantástico.
    Não tem como não gostar dos americanos. Os caras sabem fazer as coisas. Quando estive lá, uma ponte havia caído nas proximidades de Memphis. Os caras fizeram uma ponte em dois dias, com a ajuda do exército. Dois detalhes: um, que a ponte era sobre o rio Mississipi, tipo o Amazonas aqui. Dois, que era uma ponte, não era uma gambiarra não.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Presenciei algo semelhante no Texas. Uma carreta destruiu a alça de acesso de uma interstate. Passei de manhã e estava interditado, com a carreta tombada e o guardrail de concreto destruído. A tarde tinha uma turma que, penso eu, eram de presidiários (todos de uniforme laranja) trabalhando. As 18h não havia nem sinal do acidente que ocorrera umas 12h antes. São fodas e ponto final!

      Excluir
  8. Corrigindo: A ponte foi construída em 2 semanas.

    ResponderExcluir
  9. Olá Corey! Não haveria outros países? Chile? Argentina? Europa?

    Uma forma de transferir recursos sem pagar estes 25% (eu pensei que seria 40%), seria através de bitcoins ... Eu particularmente conheço pouco, mas transferindo daqui para lá, você pagaria apenas as taxas para comprar os bitcoins aqui no Brasil e a taxa para um saque lá nos Estados Unidos.

    Inclusive isto daria um ótimo negócio: Transferidor de Bitcoins ... Mas, isto não seria visto com bons olhos pelo governo. Imagina você cobrar uma taxa de 5% em transferências, ao invés dos famigerados 25% do governo ...

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala VdC!

      Embora os EUA me atraiam mais tenho sim olhos para outros países, vou escrever sobre isso no futuro.

      Preciso estudar o lance dos bitcoins... Não sei nem por onde começar.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. Corey, o Rover(free lifestyle) tem um artigo sobre bitcoin. Confere la no blog dele.

      Excluir
    3. A Argentina com o Macri já começa a dar sinais de que logo logo vai deixar o Bostil pra trás na economia.

      Excluir
  10. Já pensou em simplesmente vender as lojas, aplicar o dinheiro em NTNB semestrais para garantir o poder de compra e ir morar numa cidade menor e mais barata?

    O brasileiro não merece o emprego que recebe dos seus empregadores, e o governo brasileiro não merece o sangue e a vida que você gasta para sustentá-los

    Você sendo minimalista, não sei porque ainda tenta enriquecer para sustentar esse sistema

    Bem, escrevi falando para você, mas é como se tivesse falando comigo mesmo.. difícil ver todos os seus sonhos sendo destruídos um a um..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, já pensei. Essa é uma ideia tb. Sem dúvidas o minimalismo me ajudaria muito nesse plano, mas por ser relativamente jovem acho que posso arriscar um pouco mais e buscar o que realmente tenho vontade que é sair do Brasil.

      Não estou tentando enriquecer, isso é loucura.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  11. É meu caro, esse governo canalha, ferrando com a vida de todas as pessoas de bem.

    Gostei de como você argumentou sobre a questão de adaptar os sonhos. Por mais duro que seja, as vezes é necessário e mais saudável. Aqueles que dizem para você correr atrás do seu sonho, custe o que custar, ou que, conquiste ou morra tentando, são sempre abastados ou pessoas bem sucedidas, que em muitos casos, conseguiram sucesso mais por sorte, do que por trabalho.

    Isso não quer dizer que elas estejam erradas, elas estão certas em parte, mas o fato, é que nem sempre é possível alcançar tudo o que desejamos, por mais que tentemos. Nem todos poderão ser diretores, presidentes, rock stars, porque simplesmente, não há espaço para isso, e há vida além, disso tudo.

    Há inúmeras opções para se viver bem, e melhor. E eu acredito que essa fase negra vai passar, basta esse governo nefasto cair, e ele vai cair cedo ou tarde, nenhum império é para sempre. E acredito que em 2019, começaremos uma recuperação fenomenal, quando a esquerda cair.

    Então por hoje, o que podemos fazer é comprar e comprar. A bolsa está em liquidação.

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, quem tem esse discurso lindo é pq se deu bem ou teve sorte ou vende muitos livros/palestras. A vida não é cor de rosa, mas tb não é uma tempestade eterna.

      È o que vc disse, não há vagas pra todos terem sucesso, se contentar com a média não tem nada de errado.

      Sobre a economia eu concordo que mais cedo ou mais tarde vai ter uma recuperação, mas na minha opinião o pior do Brasil é o povo. Esse é o motivo pelo qual não saímos da bosta.

      AbraçO!

      Corey

      Excluir
  12. é amigo Corey com o cambio nesse patamar acho inviável qualquer plano de migração, único plano que daria certo é ir com visto de turista e trabalhar na construção civil que paga bem mais é um trampo violento, não é pra qualquer um.
    grande abraço,
    Manu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Manu!

      Essa estratégia é perfeitamente factível pra quem encara o trabalho como uma maneira de ganhar dinheiro. Trabalho braçal nunca matou ninguém, escritório e sedentarismo sim. Isso vai de cada um mas eu faria trabalho braçal sem o menor problema.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  13. Cara, acompanho o seu blog a quase dois anos e dá pra ver como você está amadurecendo, se tornando mais pragmático.

    Eu tenho uma dúvida em relação à Bia. Ela também participa e decide os planos ou você é que dá a última palavra? O que ela pensa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela participa de todas as decisões, aliás é ela que me coloca nos trilhos 100% das vezes pq sempre me perco no meio do caminho. A palavra final acaba sendo minha mas com forte influência dela.

      Excluir
  14. Meus planos são mais simples. Construir mais casinhas, ter um colchão em títulos, auferir 8k em aluguei e morar em uma cidade do interior que tenha praia.

    Imagine, tudo que quero, compro pela NET. Pescaria e fazer trilha seriam meu hobby.

    EUA quando o dólar baixar, e se baixar, irei passear apenas.

    Já vivo uma vida minimalista, sem ostentação, sou um verdadeiro FDM para os outros.

    Meu único "erro", é querer ser um servidor padrão.

    Obs.: Estou com zero vacância e inadimplência a anos no seguimento de casas populares.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala VdA!

      Cara, 8k ainda é uma excelente renda pra uma família, numa cidade barata da pra viver muito bem, até com um certo luxo.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. Já alcancei 6,3k. Acredito que em mais 3 anos atinja a meta.

      Neste plano - viver em uma cidade do interior - não estou contanto com meu salário atual e futuro.

      É renda sem trabalhar mesmo.

      Excluir
    3. Essa já é uma excelente renda, questão de tempo pra vc chegar na sua meta.

      Excluir
  15. Boas,

    Já ouviu falar em Austrália?

    Pense nisso ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha opinião sobre Australia: http://coreyinvestidor.blogspot.com.br/2014/03/imigracao-resumao-de-onde-e-como-imigrar.html

      Excluir
  16. Blz Corey,

    Vc parece está postergando sua ida para os EUA, sempre te algo atrapalhando, ora o governo, ora o dólar, ora o tipo de visto para morar e por aí vai.
    Você disse acima que tem disposição para trabalho pesado, então cara, daqui a pouco você bate os 50 anos e continua aqui planejando como ir para os EUA.
    Dá a impressão que você não quer sair do Brasil, sempre tem algo impedindo.
    Pensa nisso e boa sorte nos seus planos.

    Abçs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você está coberto de razão! Mas é o que eu disse no texto, esse golpe pode não ter sido de todo ruim e pode me fazer adotar o caminho mais simples e ir antes do que o esperado...

      Excluir
    2. Corey, tenho 46 anos e acabei de criar meu blog inspirado em vocês, blogueiros de finanças. Acompanho com interesse o desenrolar dos seus projetos,até porque tive que modificar em muito, os meus na área financeira. Um abraço!

      Excluir
  17. Opa Corey, eh difícil mesmo. Migrar é sair do lugar. Emigrar eh quando vc sai. Imigrar eh quando vc chega. Então depende do ponto de vista, vc seria um emigrante brasileiro se sair daqui e um imigrante brasileiro chegando lá.

    Tb tou bolado com essa transferencia ae.
    TE coloquei no meu blogroll. abraço

    ResponderExcluir
  18. Corey,
    Esses 25% é para manutenção de residente. Era a mais usada pq não tinha exigência de documentação. Se vc mandar como investimento só paga imposto quando o $ voltar pro Bostil...e qdo ele vai voltar? Pois é ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, preciso ver melhor isso aí, vou mandar um email pro meu banco americano e ver o que eles me falam.

      Excluir
    2. http://idg.receita.fazenda.gov.br/noticias/ascom/2016/janeiro/receita-regulamenta-tributacao-de-remessas-ao-exterior

      Direto do site da receita: transferências para conta de mesma titularidade não paga IR.

      Abraço
      Eduardo

      Excluir
  19. Corey, conhecer seus pontos fracos pode ser sua principal virtude.
    Apenas saiba que os astros nunca vão estar completamente alinhados, nunca vai estar tudo perfeito. É fazer agora com os recursos que você tem a mão.
    Se você sente que tem que ir, vai logo, n espere as cosias se alinharem perfeitamente pois elas não vão. Trabalho na construção civil no U.S. tem de monte e paga bem. Vai do jeito que der.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é verdade, nunca existirá o cenário ideal e ficar esperando por isso é burrice.

      Onde vc está? MA, FL?

      Excluir
  20. Corey muitas coisas neste texto batem com o que penso. Engraçado que bem hj conversava com uma pessoa sobre esse tal seguir seus sonhos, persistir cegamente. Falei com esta pessoa que existem variáveis e tão ou mais intelingente que persistir é adaptar seus caminhos.

    Sandra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, seguir os sonhos cegamente pode ser burrice.

      Excluir
  21. Ah sei q não é o sonho dos sonhos mas, a Bia toparia ficar ilegal e ir empurrando junto com vc?

    Sandra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sandra, pela Bia a gente ia até pelo México, ela não esquenta com isso... Eu que sou mais pé no chão.

      Excluir
  22. Se for pelo México, boa sorte, já fui duas vezes e vou de novo em dois meses.
    Forte Abraço

    ResponderExcluir

Os comentários desse blog são moderados, ou seja, passam pelo meu controle antes de serem publicados. Esse é o motivo pelo qual seu comentário não aparecerá logo após você clicar em "Publicar", portanto não precisa postar 2 ou 3 vezes! Posso demorar, mas publicarei e responderei todos os comentários que não contenham trolagens, intrigas, propagandas e baixo nível.