terça-feira, 29 de setembro de 2015

É Seguro Investir no Brasil?

A pergunta-título desse post vem martelando na minha cabeça nos últimos tempos. Estamos passando por um momento tão tenso, cheio de possibilidades bizarras que podem nos foder a qualquer momento que estou seriamente preocupado com isso.

O governo está com fome de dinheiro, está levantando as mais horripilantes propostas pra elevar a arrecadação: CPMF, aumento de IPI, aumento de impostos sobre grandes riquezas, cortes em programas sociais/cabrestos populares como o Minha Casa Minha Vida e Farmácia Popular, etc. Quem garante que não taxarão proventos de FIIs, LCI e LCA (esses estão bem próximos de serem taxados), quem garante que não confiscarão poupança como nosso querido Collor fez... Algum de vocês consegue afirmar categoricamente que esses investimentos estão a salvo da mão de bosta do governo? Acredito que ninguém em sã consciência afirmará uma coisa dessas...

E aqui surge mais um obstáculo: vale a pena continuar investindo num plano de independência financeira num cenário onde além de insegurança econômica também temos insegurança tributária. Quem garante que seu magnífico plano de independência financeira continuará funcionando no futuro? Veja meu caso, que abri mão da IF em troca de emigrar, se manter a grana no Brasil corro o risco de sofrer com a caneta pesada do governo, se mandar para o exterior estarei mandando uma merreca devido a alta do dólar. O que devo fazer? Estou me perguntando isso a todos os minutos!

As vezes paro pra pensar que estou trabalhando duro a troco de nada, pois meu plano de emigração está cada vez mais distante devido ao enfraquecimento da nossa moeda, ao mesmo tempo que se eu ficasse no Brasil, minha grana não teria um destino sólido muito menos em algo que gerasse renda passiva interessante. Não tenho medo do mercado mas sim do governo, ele como sempre está tirando minhas opções. O que fazer com a grana? Comprar tudo em imóvel e loca-los para ao menos bancar as despesas? Essa é uma possibilidade que está passando na minha cabeça, aliás, vender tudo e enfiar em imóveis me parece a coisa mais sensata a fazer nesse momento. É óbvio que sei que imóveis não são sempre bons negócios, aliás, dificilmente imóveis são bons negócios, mas em virtude da insegurança que estou sentido, passo a dar valor aos ensinamentos dos mais velhos que sempre dizem: "terra é sempre terra, tijolo não derrete na chuva nem no sol". Sou obrigado a concordar...

Sinceramente não sei o que fazer, só sei que nunca senti tanta insegurança para mexer as peças do jogo da vida como no atual momento. Me sinto perdido. E você o que pensa sobre esse assunto?

88 comentários:

  1. É Corey, agora que o servidor pode trabalhar até os 75 anos, estou tranquilo. Operação cara crachá.

    ResponderExcluir
  2. Resumindo a decepção do Pobretão e muitos anons nas ações, antes deixassem o seu rico $$$ na Poupança ou tivessem investidos em imóveis; não teriam tido tantas dores de cabeça mesmo não lucrando quase nada. Teriam tempo para si e qualidade de vida.

    Anon das Casas de Aluguel.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, quem tem imóveis de aluguel podem ganhar pouco mas é um ganho consistente e de baixo risco.

      Excluir
    2. Nunca simpatizei com aluguel. Pelo menos aluguel de imóveis residenciais: há risco do inquilino parar de pagar, alguns inquilinos destroem o imóvel etc.

      Hater Revoltado

      Excluir
  3. Corey, concordo com você quando cita que lci e lca serão taxadas. Cedo ou tarde isso vai acontecer. É muito mais fácil para o governo aumentar os impostos de uma minoria em detrimento das bolsas. Sinceramente, esse é o momento de formar um patrimônio de bens físicos como vc citou. É muito mais fácil para o governo retirar um dinheiro que estão em seus próprios bancos do que bens físicos. Todavia, o capitalismo sempre passou por quedas na economia, vide crises de 29 e 2008, e quem investiu em ações consolidadas lucrou muito depois. São casos a se pensar.
    "Depois da tempestade vem a bonança"
    Um abraço


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É esse o ponto que eu queria chegar com o post: "É muito mais fácil para o governo retirar um dinheiro que estão em seus próprios bancos do que bens físicos." - e mesmo se não for dinheiro diretamente ele pode taxar o que tb pode foder com tudo.

      Excluir
  4. Ótimo post Corey. Uma pergunta, você pretende emigrar como investidor, estudante ou trabalhador comum?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Inicialmente o plano era como investidor, agora a ideia é como estudante.

      Excluir
    2. De que maneira você pretende conseguir um visto de permanência no país indo lá para estudar? Quando terminar o seu período de estudos terá que voltar para o Brasil.

      Outra coisa, esse investimento estudo no exterior vai aumentar sua renda aqui no Brasil quando você voltar?

      Excluir
    3. De que maneira você pretende conseguir um visto de permanência no país indo lá para estudar? - visto de estudante

      Quando terminar o seu período de estudos terá que voltar para o Brasil. - não, pq aplicarei para uma permissão de trabalho

      Outra coisa, esse investimento estudo no exterior vai aumentar sua renda aqui no Brasil quando você voltar? - não vou voltar

      Excluir
  5. Corey,

    Minha opinião é que estamos no inicio do desinflar da bolha imobiliária. Não é hora de se investir em imóveis.

    Vc não está colocando na sua análise algo importante: os juros reais neste momento não estão baixos. Sim, há crise, mas quem está investindo está tendo seu poder de compra não só mantido como ampliado. Manter-se junto à Selic seria minha recomendação.

    Realmente, no seu caso, há um dilema que talvez retarde sua emigração, ainda mais nas condições mais seguras e legais que vc quer fazer...

    Renato C

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renato:

      O problema não é o ganho, sem dúvida estamos num bom momento, principalmente na RF, o problema é a segurança em ter dinheiro em instituições bancárias e o perigo do governo mudar as regras no meio do jogo. Essa é minha contestação.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  6. Acho que você está dando muita volta pra emigrar. Por ex. Paga logo um college de 2 anos ou mais no Canadá, entra com aquele visto que permite trabalhar, trabalha no melhor que você achar lá enquanto estuda, vai construindo uma 'carreira' (emprego mesmo) depois aplica para o processo de residência., tipo Canadian Experience Class. Eu sei que você não quer ser empregado, mas será por um tempo somente. O que eu quero dizer é: Faça aquilo que aquela molecada nova faz para emigrar, o direto ao ponto , não fica tentando complicar demais, usar seu sucesso como empreendedor nublar seus planos... O processo que falei é só um exemplo, eu sou ignorante ainda nesses de morar fora legalmente, mas acho que você entendeu o ponto. Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ser que sim, mas o problema é que não tenho nem inglês nem grana suficiente pra isso, prefiro fazer as coisas com um pouco mais de cautela.

      Excluir
    2. Corey, não tenho acompanhado suas ultimas postagens, mas como assim não tem grana?

      Lembro que você tinha proventos dos seus investimentos, aluguel de um apartamento e proventos dos seus empreendimentos.

      Excluir
    3. Não tenho grana líquida, minha grana está em FII, apartamento alugado e nas empresas. Comprei uma loja recentemente o que me deixou descapitalizado.

      Excluir
  7. e o problema que os banqueiros e pessoas poderosas estao apoiando o governo

    http://spotniks.com/apenas-dois-grupos-apoiam-o-governo-dilma-os-banqueiros-e-a-esquerda/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As pessoas não se preocupam com esse tipo de coisa.

      Excluir
  8. Corey,

    Todos nós estamos preocupados, não tem jeito. Sempre que olho o rendimento de minha carteira e o noticiário político-econômico também reflito sobre que tipo de besteira estou fazendo com meu dinheiro que tanto me custa poupar. Mas depois de refletir bastante sobre as perspectivas deste triste país que vivemos, cheguei à conclusão de que o cenário é desastroso apenas para o curto prazo.

    Acredito que essa grave crise que estamos vivendo e que ainda irá se agravar ainda mais irá contribuir para uma melhora no cenário de longo prazo. Dilma Rousseff está fazendo um excelente trabalho para acabar com a hegemonia dos canalhas esquerdistas na política brasileira. Ela jogou o país nessa crise e agora está encurralada, se cometer algum deslize pesado que irrite ainda mais a população, tem grande chances de cair.

    Enquanto isso, estamos vendo a ascensão de diversos defensores da liberdade, da diminuição do poder do estado, da redução drástica dos impostos e do incentivo à iniciativa privada. Essa ascensão só está sendo possível porque a crise política e econômica criou o ambiente perfeito para a aceitação destas ideias.

    Apesar da mediocridade cultural e ideológica, o Brasil tem enorme potencial de crescimento, um grande mercado, abundância em recursos e administradores muito talentosos. Não posso prever o futuro, mas acredito que o próximo presidente não será um completo irresponsável, e qualquer administração minimamente prudente já alavancaria demais a nossa economia. As empresas carregam um fardo muito pesado, é fácil para o governo mudar a realidade econômica, caso queira, em um país com estado tão imenso, ineficiente e com cargas tributária tão altas.

    Pensando racionalmente, não vejo motivos para parar de comprar nada. Apesar da enorme queda no preço das ações, inúmeras empresas continuam lucrando mês após mês, inclusive várias de delas você é sócio. Empresas que lucram e não devem não podem quebrar.

    Acho que o nosso futuro não é tão negro assim. Óbvio que não sou um crédulo irracional (ao menos espero), não estou nada satisfeito momentaneamente, detesto nosso governo e tenho crises de confiança rotineiras como todo investidor... mas acho que devemos nos manter firmes, atentos e nos unir para afastar essa insegurança. Seremos recompensados por isso!

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótimo comentário.. tenho uma opinião muito parecida. No curto prazo, estamos vivendo um cenário desastroso. Mas temos que ver um lado positivo disso tudo. Também creio que a Dilma, com sua incompetência, está prestando um serviço ao país, já que nas próximas eleições o PT estará enfraquecido, e abre-se espaço para um partido com ideias mais ao centro. Hoje há muito mais espaço para discutir o próprio tamanho do estado, com menos resistência a esse discurso. Penso que o próximo governo pode adotar medidas muito mais responsáveis na condução do país. É certo que confiança não se constrói de um dia pro outro.. leva tempo. Um dos maiores problemas do brasil é justamente essa insegurança jurídica que paralisa muito as pessoas, os investimentos.. cada hora as regras mudam, você não tem segurança de fazer nada, e quando faz é sempre com o pé atrás, achando que o governo pode mudar tudo de uma hora pra outra. Veja essas trocas de ministros... os caras duram meses no cargo, não dá pra desenvolver qualquer trabalho sério na pasta. E pior, são colocados lá pessoas por mero interesse político e de partidos, e não por competência. Ainda assim, eu tenho esperança de que um próximo governo, a médio prazo, daqui a 4 ou 5 anos, possa melhorar bastante as coisas. Essa crise pode ser uma oportunidade, pro país enxergar que as coisas não podem continuar como estão. Meu sonho é que essa incompetente sofra impeachment. No curto prazo pode ser bem ruim, até desastroso, mas a médio prazo as coisas tendem a se normalizar e até melhorar muito.

      Excluir
    2. O grande porém é que o curto prazo pode ser apocalíptico. Imagine que vc tenha 100k na poupança, 100k em LCI e 100k em FII. O governo confisca sua poupaça, taxa seu LCI e seus FIIs. O que vc faz? Entendeu o ponto onde quero chegar?

      "Ela jogou o país nessa crise e agora está encurralada, se cometer algum deslize pesado que irrite ainda mais a população, tem grande chances de cair." - o que a população faria?

      "Enquanto isso, estamos vendo a ascensão de diversos defensores da liberdade, da diminuição do poder do estado, da redução drástica dos impostos e do incentivo à iniciativa privada." - tb percebo isso, inclusive sou um desses libertários, porém somos 1 em 1kk, não há como uma minoria absoluta ter alguma relevância.

      "Apesar da mediocridade cultural e ideológica, o Brasil tem enorme potencial de crescimento, um grande mercado, abundância em recursos e administradores muito talentosos." - somos assim desde 1500 e até agora nada...

      "Não posso prever o futuro, mas acredito que o próximo presidente não será um completo irresponsável," - o que garante que não?

      "Pensando racionalmente, não vejo motivos para parar de comprar nada. Apesar da enorme queda no preço das ações, inúmeras empresas continuam lucrando mês após mês, inclusive várias de delas você é sócio. Empresas que lucram e não devem não podem quebrar." - concordo, mas repito: o problema não é o MERCADO e sim o GOVERNO. Ele pode virar esse jogo e desabar tudo do dia pra noite se quiser, e tem sinalizado isso.

      "Um dos maiores problemas do brasil é justamente essa insegurança jurídica que paralisa muito as pessoas, os investimentos.. cada hora as regras mudam, você não tem segurança de fazer nada, e quando faz é sempre com o pé atrás, " -é exatamente isso que venho repetindo a um bom tempo, a gente não tem segurança de se planejar no longo prazo.

      Excluir
  9. Não tenho muita intimidade com as palavras, mas vamos lá...

    Sobre a dificuldade de saber o que fazer com o patrimônio em momentos como o que estamos passando, eu digo que é muito complicado, assim como você falou sobre não ter medo do Sr. Mercado e ainda temos de lidar com a Dona Dilma, infeliz mulher dos infernos aqui na terra!

    Tomemos por base um governo como este, na questão dos extintores:
    Primeiramente tinha que ter, se não tivesse era multa!
    Em segundo momento mudou-se o tipo de extintor, toda a merda de prazo, prazo prorrogado, a ameaça das multas novamente...
    Finalmente chegaram a conclusão que não havia a necessidade e nem haveria a obrigatoriedade em relação ao mesmo!

    E mesmo que o que eu tenha escrito sobre os extintores não esteja totalmente certo, digo que basicamente tenho a nítida impressão de que estamos em um país nada sério, infelizmente, se as pessoas "gabaritadas" não tem capacidade para decidir sobre ter ou ter extintor em um veiculo, imagina sobre ter capacidade de comandar um país como o Brasil, torto e mal criado por natureza.

    Feliz de você amigo, que pode pensar em até mesmo sair do Brasil, ou sobre fazer isto ou aquilo com o patrimônio, não é mesmo?

    Você falou sobre investir em algo sólido, e eu concordo talvez seja altamente recomendável, mas também terá dificuldade em acertar o momento certo, porque não temos ideia em que ponto da crise estamos!

    Ainda digo, que antes de melhorar, piora!

    Mas é difícil falar mais, cada um tem noção exata do que tem e até onde pode chegar com o que tem.

    Boa sorte em qualquer decisão que vá tomar Corey!

    Um tchau.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza.. concordo. E te dou mais um exemplo bizarro. Esse programa farmácia do trabalhador. Eu sei de caso de pessoas em cidades de interior, que abriram farmácia só pra participar desse programa, pois com os subsídios nos remédios, há muito mercado. Estou falando de cidades bem pequenas, de interior. O cara investe, faz toda uma fachada da loja voltada para o programa, adesivos, etc... e em 2016 o governo zera o repasse para esse programa, ou seja, não haverá mais subsídio. Eu não estou dizendo que é bom ou ruim o programa, se tinha que continuar ou acabar... o problema é que eles fazem tudo assim, sem planejamento, sem continuidade. Começa uma coisa hoje e você não sabe se mês que vem continua ou não. Isso gera uma insegurança jurídica tremenda para o país.

      Excluir
    2. A questão dos extintores pode ser uma besteira mas sinaliza a maneira que o governo age, ou seja, sem pensar, impulsivamente. Se faz isso com extintores pode fazer com qq coisa. É igual aquela história, se o cara rouba uma bala, pode roubar um banco.

      Sim, me sinto previlegiado por ter esse tipo de preocupação, mas acontece que não deveria ser assim.

      Esse lance da farmácia popular pode quebrar não só o pessoal do interior, aqui na capital tem muito empresário de farmácia que investiu pesado nisso. Muitos podem se enrolar. Mais um excelente exemplo da "preocupação" que o governo tem com as coisas.

      Excluir
    3. É isso, é isso mesmo!
      Tem remédios em que havia desconto de até 90%, e decidem que vão zerar o desconto, porque não fazem ao menos de maneira gradual?
      Pura crueldade.
      Mudam as regras do jogo de maneria violenta, e o pior é que você e eu poderíamos ficar trocando casos como este por muitos posts, é triste!

      A nossa indignação é deste tamanho, fico imaginando então como se sentem as pessoas que usam de verdade estes serviços...

      Mas amigo é isto, boa sorte na vida!

      Excluir
    4. Eles tocam a rola no cu do povo e que se foda o resto. Como vc disse chega a ser cruel.

      Excluir
  10. Sei o que você esta sentindo, eu invisto todos os meses no Tesouro Direto e cada semana eles deixam as taxa mais atrativas, tenho uma mistura de alegria pelos valores e ao mesmo tempo fico preocupado,e se futuramente o governo meter a mão, e todas essas taxas seriam apenas uma isca para os pequenos investidores. Falei do TD porque ele esta diretamente ligado ao governo, tenho receio em todas as minhas aplicações. Fico me sentindo como um palhaço.

    Alguns anos pensei em comprar um imóvel, não comprei, fico pensando que talvez se tivesse comprado poderia estar um pouco mais tranquilo em relação aonde eu apliquei dinheiro.

    Sinceramente acho que o governo tem a mentalidade da grande maioria da população que dinheiro é feito para gastar, e que investir é perda de tempo já que não sabemos o dia de amanha, acho que o governo pensa dessa maneira. E por pensar assim os investidores são quem pagam as contas dos gastadores no final.

    Abraços e boa sorte nas suas decisões.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Fico me sentindo como um palhaço." - somos 2. É exatamente assim que me vejo, um palhaço por não ter certeza de onde estou colocando minhas horas de vida em forma de dinheiro.

      Sei lá, posso estar errado, mas um imóvel por pior que seja, por mais caro que tenha sido comprado, traz segurança nessas horas.

      Excluir
  11. É hora de manter a coragem e continuar firme nas lojas, a Dilma deve cair , segura as pontas mais uns anos e vaza daqui!

    ResponderExcluir
  12. Corey, gostaria de lhe parabenizar pelo blog, sempre me proporciona uma leitura agradável.

    Tenho uma questão fora do assunto do post, há um tempo atrás você estava estressado com as lojas e falou que era
    "humanamente impossível ser microempresário no Brasil sem viver a base de comprimidos" e que cogitava até largar tudo para viver uma vida simples.

    Atualmente estou desempregado, estou decidindo entre abrir uma empresa ou continuar na CLT. Sei que isso depende de vários fatores de cada um, mas o que você recomendaria?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc mesmo respondeu, isso depende de diversos fatores, cada caso é um caso.

      Obrigado pelas palavras!

      Excluir
  13. Fala Corey.

    É uma situação delicada, se o governo for nos foder, será até o ano que vem no mais tardar até 2018, eu sinceramente estou querendo que a situação melhore, assim como todo brasileiro informado está(porque tem gente que está cagando e andando pra situação do país), penso num futuro sair fora do Brasil, mas no momento atual, acredito que o melhor a se fazer é blindar patrimônio, essa questão do imóvel é sim uma alternativa interessante.

    Temos que nos proteger ao máximo e evitar também ser dependente dos entornos públicos, vide deixar dinheiro na caixa economica pra evitar um possível congelamento, e se tiver que guardar que seja em entidade privada (aka itau, bradesco etc...). Eu faria isso. outro ponto é que como a situação está ruim, possivelmente poderiam aparecer bons negócios no ramo imobiliário de pessoas que estariam com a corda no pescoço querendo se livrar do bem para pagar dívidas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É claro que queremos que melhore, eu gostaria muito de dar a cara pra bater e falar que a Dilma deu a volta por cima e foi a melhor governante que já tivemos. Até vestiria vermelho se esse dia chegasse.

      Vc disse o termo correto: blindagem de patrimônio, acho que isso é o que devemos fazer nesse momento. foda-se rentabilidade, o importante é blindar.

      Excluir
  14. Corey, essas mudanças aleatórias nas regras do jogo realmente causam insegurança jurídica/tributária e atrapalham o planejamento a longo prazo para quem sonha a IF.

    Imagino que tem muita gente com o cu na mão pois comprou LCI/LCA com carência/vencimento em 3 anos e agora corre o risco de ser tributado.

    Especificamente sobre LCI/LCA e FII, até onde eu sei os três são isentos como forma de incentivo ao setor imobiliário (e ao agronegócio no caso da LCA), então se o Governo já acenou que quer tributar LCI, é perfeitamente possível que um dia o FII seja a próxima vítima, né?

    Não tenho resposta para essas questões que você levantou no post, mas o jeito é tentar sobreviver, vou continuar tentando acumular o máximo de patrimônio possível pois essa certamente é a melhor estratégia em qualquer cenário.

    Abraço e qualquer dia visite meu blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Madruga, não é que atrapalha, eu diria que impede o planejamento pra quem busca a IF, ouso a dizer que IF no Brasil é impossível juridicamente falando. Na teoria é fácil, mas na prática...

      Excluir
  15. Corey, as mudanças de regras no meio do jogo, quando feitas, são aplicadas na base do "direito adquirido", isto é, quem já estava no jogo permanece com os direitos. Assim tem sido o entendimento quanto aos investimentos.

    Sobre o dinheiro em instituições bancárias, temos bancos absurdamente grandes no Brasil e um ambiente bancário sólido, seguro. Sou jovem, certamente mais que vc, contudo este seu receio se refere mais a uma hecatombe do que a um risco real, ao meu ver.

    Renato C

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não confiaria em "direito adquirido", não acho que há o que obrigue a isso.

      Temos bancos grandes, mas o problema não são eles o problema é o GOVERNO que pode mudar as regras pelas quais eles funcionam, entende?

      Nos anos 90 tb tínhamos bancos fortes e as poupanças foram confiscadas...

      Quem garante que uma hecatombe não está pra acontecer? Olhe em volta: Argentina, Venezuela, se aquilo não é hecatombe eu não sei o que é...

      Excluir
  16. Corey,
    Tbm to na de abandonar o barco. Mando todo mês dólares para uma conta lá fora. Parei de investir aqui. Na verdade o que vai vencendo de LCI's e LCA's não renovo mais. Troco por dólares e mando. Se estou comprando na alta? Azar! O que eu não admito mais é viver em um país que não é sério. É duro ver o patrimônio ser dividido por 4 mas é a vida. Vou emigrar não só de país mas de conforto já que hoje sou rico no Brasil e vou ter que recomeçar tudo de novo em outro lugar.

    Pretendo sair em no máximo 2 anos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc não está errado, o meu problema é que minha grana é contada, na atual conjuntura não conseguiria fazer muita coisa com o que tenho. Se não for de maneira segura eu não faço, ou seja, se não houver onde me segurar caso tudo der errado eu não irei. Meu lema é nunca quebrar.

      Excluir
  17. Pare de mimimi, o Brazil é um paraíso para os investidores, mas ficar deixando dinheiro só aqui tb não é boa política, rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ser mi mi mi UB, mas gostaria que alguém me provasse isso...

      Excluir
  18. Cara interessante seu post, devo criar um parecidissimo com este, pois hoje desanimei mesmo ao ver que perdi ja 10% do que investi em FIIs em menos de 3 meses. Por mais que eu tenha comprado pela renda que eles geram, desanima saber que ja estou em grande prejuizo. Da vontade de vender tudo de FII e colocar na poupanca mesmo, ganha menos mas e ganho certeiro sem prejuizo, pois enche o saco lutar para fazer dinheiro e nos investimentos em bolsa sempre estar correndo atras do prejuizo. Parece que nunca melhora, e eu invisto desde 2012 por ai, fiquei um tempo fora, mas a realidade e que a bolsa que eu entro para ganhar dinheiro sempre tira meu dinheiro, que foi conquistado atraves de salario e construcoes. Ou seja, para que continuar me estressando em bolsa se e na construcao que eu ganho dinheiro? Felizmente grande parte do meu capital esta na poupanca e em imoveis mesmo, se continuar assim ha grandes chances de eu vender as cotas de FII e nao voltar nunca mais (ainda mais com a possibilidade de taxacao nos alugueis). Passa la no meu blog, abraco. Viver de Construcao

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, tenho bastante FII, confesso que não gosto de ve-los negativos, aliás, acho que nunca os verei positivo pq compre na época errada, mas isso não me incomoda tanto pq me dão uma renda bacana que é o que me interessa no fim das contas. Comprei FII com ideia de nunca vende-los e ainda não mudei de opinião. Se vc se da melhor com imóveis físicos, que assim seja, cada um na sua.

      Excluir
  19. e quando eu falava em investir em dolar, euro, moedas, disseram que era viagem minha...
    quando eu dizia q não investiria em FII's, me zoavam...
    bem, estou com boa parte do meu patrimonio em moedas e offshore e não reclamo de nada :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, mas investimentos sao para longo prazo, hoje os FIIs estao em queda, quando abaixar a taxa selic e eles subirem p/ quem investiu nesta baixa tera muito mais patrimonio por comprar mais cotas por menos dinheiro. Cada um faz a sua escolha.

      Excluir
    2. Tá bom, mas como disse acima, será que esse longo prazo vai chegar?

      Excluir
  20. Eu acho que vc tá amarelando Corey. Tu fica sempre pagando de fodao e agora tá com medinho?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leva na boa Corey, o sour do seu trabalho está ajudando milhares de pessoas a sairem da miséria e entrarem na nova classe média.

      Excluir
  21. O governo não pode confiscar a poupança, a Constituição não permite, o Congresso tem de aceitar antes. Pode no máximo cobrar IR.

    Comprar imóvel para alugar não é maravilhoso pois a alíquota do imposto de renda pode aumentar. O inquilino pode quebrar tudo, pode surgir uma boca de fumo ou uma igreja evangélica do lado do imóvel.

    Comprar fiis e ações de dividendos no exterior parece uma boa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em 89 tb não podia, certo? Aluguel vc não paga o IR e pronto, foda-se (é uma alternativa que muita gente faz). Sim, pode zoar o imóvel, mas é o risco que deve-se encarar.

      FIIs do exterior parece uma boa mesmo.

      Excluir
  22. Qual seu objetivo no exterior?


    Comprar uma loja e administrar?

    Viver de renda passiva?

    Trabalhar em qualquer coisa ?


    No meu caso, se eu ganhar US$ 8k por mês renda passiva, posso morar me qualquer lugar do mundo com US$ 4k. Nunca mais trabalho, só vou me preocupar em correr na praia e em reinvestir os dividendos.



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em primeiro momento era ter uma empresa, o que se demonstrou inviável, agora penso em estudar algo em demanda e ficar. Se eu ganhar pra sobreviver ja me dou por contente.,

      Excluir
  23. Vc pode fazer um concurso público.

    Muitos ex empresários hoje são fiscais , estão ganhando 12k, tranquilos, com renda para o resto da vida.

    Imagine vc e sua mulher ganhando 24k ? Com concursos vcs podem conseguir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não nasci pra mamar nas tetas do estado. Quanto menos eu depender do estado, melhor.

      Excluir
    2. desculpe, mas 12k hj em dia não eh grande coisa....

      Excluir
    3. Típica conversa de parasita.
      DÁ NOJO esses vermes que acham lindo arrotar que ganham 10k, 12k como se isso fosse mérito deles.
      Olhe SEU FILHO DA PUTA se não fosse esse governo SOCIALISTA DE MERDA que força a classe empreendedora e o brasil que trabalha a sustentar parasitas como vc ninguém PRECISARIA sonhar em ir embora fugindo dessa economia fodida e desse país desgraçado que só arranca pra sustentar meia dúzia de vagabundos como tu.

      Excluir
  24. Cara, eu não quero te assustar mais do que ja esta, eu sou um bosta e tambem nao sei o que fazer mas vamos la.
    Meu pai tem 70 anos e sempre enfio todo grana dele em imoveis, salas e aps, uma maravilha.......ate que ele se aposentou e começou viver disso...hum.....cara manter o capital é phoda!!! é iptu dos imoveis, condominios quando nao tem inquilino, incomodação com imobiliarias que um dia foram boas e nos dias de hoje estao quebrando e metendo a mao na grana..noss, é um stress que o velho ta querendo vender tudo!!!!!!!
    dica....NÃO SEI SE ESTOU CERTO, quer inverstir em imoveis, investe em pavilioes e salas comercias terreas!!!! e terrenos!!!! o resto é só pra bosta, apzinho pra aluga por $900 ta fora""!!!!

    Giovani, casado, falido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo é muito relativo, não estou falando que vou fazer isso mas é algo a se pensar. Assim como seu pai tá de saco cheio, tem gente muito bem e contente com investimento em imóveis.

      Excluir
    2. Ai que tá, é relativo sim!, mas as escolhas é que vão fazer a diferença!! meu pai ta de saco cheio!!???sim, tem gente muito bem e contente com investimento em imoveis? sim!, a questão é escolha! a escolha dos imoveis certos entende, como voce disse é relativo, não postei isso por mal, se fizers as escolhas certas, eu particularmente acho um puta negocio terrenos, pavilhoes e salas terreas!

      Excluir
    3. Entendi o que vc quis dizer. Cada caso é um caso, não existe fórmula mágica, abraço!

      Excluir
    4. Concordo, meu marido que é estrangeiro, e modéstia a parte eh um homem inteligentíssimo e trabalha nessa área ( real estante/leasing/property) e tem uma visão diferente da nossa, sempre afirmou que é preciso investir em terras. Apartamento é besteira, ele mesmo acha que a maior burrada da vida dele, foi comprar um e, agora está pelejando para se livrar do mesmo. Isso porque o apartamento se encontra em uma cidade de 1 mundo.
      Aqui no Brasil temos um conceito d propriedade muito distinto do resto do mundo. Achamos que apartamento é propriedade, quando não é. Quem é dono da terra? É muito importante possuir terras, casas e se a mesma tiver água potável, melhor ainda.

      Excluir
    5. Anon 05:45hs está certa.No APR quem é dono da terra? Desde que o mundo é mundo, terra sempre foi valorizada e provocou e provoca até guerras.

      Excluir
  25. Ahhh fora o ITBI!!!!!! na hora de compra/venda.

    ResponderExcluir
  26. Fala Corey. Falando rapidamente aqui.
    Como vc disse acima: tudo eh relativo. Tem o exemplo acima e tem mais 2 que lhe repasso.
    1. mae da minha sogra. Nem sabe quanto dinheiro tem na conta e os netos tem cartão de crédito sem limite. Tem inúmeros imoveis em São Paulo, seu capital está protegido e ela paga bem para uma pessoa providenciar tudo para ela. (Mas eh caso atípico.... Como ela eh bem velha o investimento desse caso se resume a uma vida de investimentos de longo prazo e em momentos que são Paulo não eh oq eh hoje)
    2. Pai de um amigo. A mesma coisa. Tem inúmeros imoveis residenciais e comerciais. Tem imóvel até sem alugar, mas um imóvel compensa o outro. E Tbm paga um advogado para negociar tudo... O cara so recebe - e tbm imagino que nem sabe o que recebe e de qual imóvel recebe (tbm eh situação atipica... O cara eh senhor e tbm de São paulo....ou seja, adquirir muitos imóveis quando são Paulo não era o que eh hoje).
    Rendas aqui eu falo de 50/120k por mês... Estacionamentos, prédios comerciais, coisa grande.

    Sua situação não deve se enquadrar no exemplos acima. A curto prazo não da pra ganhar com imóveis o tanto que se ganha nesses exemplos.

    Historicamente, no Brasil, pela inviabilidade do governo confiscar um imóvel, o governo nunca "meteu" a mão nos imóveis como já o fez na poupança e como faz em ativos financeiros, tributando-os.
    Para PROTEÇÃO de patrimônio (não disse valorização) a história do Brasil mostra que imóvel eh uma opção interessante - como disse, o governo nunca tirou da população as suas casas. Já?
    Agora, questões como valorização, manutenção, depreciação do bem, renda de aluguel, etc etc etc..... eh outra discussão. Oq falo aqui eh de proteção.

    Recomenda-se manter parte do patrimônio em ativo não financeiro e outros sustentam que diversificar no patrimônio eh justamente vc alocar parte em ativo não financeiro e ativo financeiro.ou seja, se vc aloca 50% em renda fixa e 50% em renda variável isso não eh diversificação, pois seu patrimônio inteiro está alocado em ativo financeiro.
    Na Europa tende a acontecer que quem possui entre 2 a 5M de euros em patrimônio tem aos menos 1/3 disso em imóveis. E a proporção vai diminuindo conforme o patrimônio aumenta e a proporção aumenta para quem tem patrimônio menor (fonte: o capital do séc xxi, Thomás pikkety) Pretendo aplicar esse raciocínio até determinado valor.
    Eh isso....
    Desculpe os erros, estou no celular e está ruim para digitar.
    Abraco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Mineiro!

      Estou a anos luz desses exemplos que vc deu e como foi muito bem colocado, essas pessoas formaram patrimônio em imóveis em outra época completamente diferente que essa que estamos vivendo.

      Meu exemplo de vender tudo e enfiar em imóvel foi mais um devaneio, algo que passa na minha cabeça mas que não necessariamente será feito.

      Concordo qd vc diz que imóvel é proteção de patrimônio, foi justamente isso que eu quis levantar com o tópico: será que não deveríamos pensar em proteção de patrimônio (ou blindagem como o colega citou acima) nesse momento complicado que estamos passando? Acredito que sim, mas cada um é cada um, garanto que terá um monte de gente ganhando dinheiro e isso é bom!

      Tb concordo com vc nesse lance de "diversificação" 50/50 rf e rv. Isso não é nada diversificado por se tratar de investimento financeiro. Nesse aspecto até que estou bem, pois tenho meus FIIs, imóvel físico e minhas lojas.

      Grande abraçO!

      Corey

      Excluir
  27. Corey,
    Você pode vender seu tempo, mas não pode compra-lo de volta!
    Você está trabalhando muito (3 lojas) para ganhar dinheiro e alcançar o objetivo de emigração, contudo, me parece que ultrapassou o limite do saudável, e assim as coisas parecem não fazer sentido. O esforço parece em vão. Acho que se você relaxar mais, se cobrar menos, você vai se sentir melhor e o medo vai passar. Não acredite em pote de ouro no final do arco-íris. O importante é a travessia. Está ruim e vai piorar? Depende! Só depende da forma com que vamos reagir. Algumas vezes é preciso dar um passo pra trás, ter mais paciência. A subida do dólar pode atrasar consideravelmente os planos. Mas não tem como ter controle sobre isso. Já aconteceu. É claro que dá pra diversificar, abrir conta no exterior, juntar em dólar, porém, sem o rendimento daqui. Pense sobre isso! Sobre o tempo! Abraço! Gaivotao

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem dúvidas, ultrapassei o limite do saudável. Até aí, tudo bem pq isso é por pouco tempo, o problema é que não estou vendo um bom futuro para o fruto desse sacrifício.

      Vc tem razão, o importante é a travessia e não estou gostando dela.

      Excluir
  28. Se o desespero e desconfiança pegaram até você, uma pessoa aparentemente calma e centrada, é porque é a hora certa de investir e auferir ganhos com o pânico instaurado.
    Os maiores cânones dos investimentos dizem que é na crise que surgem as maiores oportunidades, e eu vou apostar minhas fichas nisso. Acalme-se! Leia as manchetes de 15/20 anos atrás e verá que nada mudou em terno de desconfiança em relação ao governo, no entanto, quem poupou e aplicou visando o longo prazo invariavelmente teve retornos.
    Se você tivesse 50 ou 60 anos, teria razão de se preocupar, mas um horizonte ruim de 4 ou 5 anos (até mesmo 10 pra mim, que tenho 27 anos), representa uma janela de oportunidades.
    Renato

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, não sou tão centrado assim, sou humano... Sem dúvidas a crise traz oportunidade, tô vendo várias empresas a venda que são uma boa oportunidade mas acontece que não tenho perfil de risco, logo tenho medo sim.

      Excluir
  29. Fala Corey


    Isso é algo que tira meu sono tbm. Todos os dias penso nisso, temos que ter paciência nos nossos planos, é claro, mas a ameaça que esse governo representa para tantas pessoas que trabalharam duro e conseguiram acumular um certo patrimonio é assustadora.

    Esse é uma coisa que tbm me deixa perdido. Eu tenho alguns dólares, mas são uma parcela insignificante do meu patrimônio todo. Dói no coração ver que meu patrimonio hoje vale a metade do que valia dois anos atrás por causa da desvalorização do Real frente ao dólar.

    Só nos resta esperar e não dar nenhum passo precipitado. Viver no Brasil é uma punição.


    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Rover!

      Estou te devendo uma visita... Pois é, isso tá tirando meu sono, estou trabalhando tanto, vendo o fruto desse trabalho mas não sei até que ponto esse fruto gerará mais frutos. Estou chegando a conclusão que o certo é torrar tudo o que se ganha e pronto...

      Estou esperando, mas isso é assustador...

      Abração!

      Corey

      Excluir
  30. Sobre imóveis, não aconselho comprarem imóveis pronto ou na planta de grande incorporadoras. Sempre investi em periferia, compro casa ou terreno e depois construas diversos quarto/sala. Fico livre de fiscalização e como os alugueis são pulverizados e de baixo valor, não sofro com a vacância e nem com depredação, pois todas casas são pequeninas. Só alugo para casal sem filho e mulher solteira, a qual sempre, sempre, sempre terá um pagador por ela. Já teve casos de serem mais de 3 em épocas distintas para a mesma mulher.
    Resumo do investimento: Casa simples de 80k mais com bom terreno, divido, bato mais 3 lages e construo no mínimo mais 6 quarto/sala. 220k total.
    Para pagar material mais barato, aconselho abrir uma MEI de Material de construção, compra direto dos representantes e material grosso contrata caçambas. O F**** é acertar com pedreiro, nada é garantido, conseguindo é só alegria.
    Tiro em média 2,1k, é pouco mas é garantido.

    Anon das Casas de Aluguel.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso que vc faz é ótimo, quanto menos o governo levar, melhor. Nada mais é que legítima defesa, eu faria sem o menor pudor se tivesse chance. Essa sua ideia é de se estudar...

      Excluir
  31. Não há o menor risco de confisco da poupança. 1°Não há necessidade. Em 91 a situação era outra e bem pior.
    2° Seria o fim do partido que fizesse isso.
    O risco de tributação de lci e fii é real. Mas se vc levar em consideração que o retorno médio de um fii é maior que o de um imóvel físico e que a diversificação é bem maior, podendo comprar vários fundos com dezenas de imóveis, considero fii muito mais seguro que imóvel físico.
    A crise é profunda, mas o Brasil vai sobreviver. E tão logo um governo um pouco mais racional assuma, fará o mínimo de ajuste necessário.
    Não espero muito do Brasil, mas não acho que irá piorar muito.
    Eu sempre disse que o PT não tem esse poder todo que pintam. Sempre foi refém do PMDB. E agora com o fim dos pixulecos e com o esvaziamento do partido, o PT está enfraquecendo.
    E tá se desgastando mais a cada dia. Cada dia no poder é uma tormenta para o partido, que se torna mais impopular e odiado.
    Eu diria a vc pra continuar comprando fii, títulos públicos e, o mais importante, continue investindo em si próprio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Podem não confiscar a poupança, mas vão arrumar outro jeito de te roubarem, seja na CPMF, ou aumento e criação de outras tarifas.

      Quando o governo precisa desesperadamente de dinheiro, ele é capaz de tudo.

      Excluir
  32. Corey, sobre imóvel.

    Cara, para ganhar $ com isso hj o cabra tem que ter o feeling, a experiência.

    É o sujeito que bate o olho num casarão que tá em inventário e joga um valor baixo mas aceitável para os herdeiros e reforma/divide a casa para alugar para 4 inquilinos diferentes.

    É o cara que tem os contatos para comprar um ponto comercial bom. Repara só imóvel comercial bom nunca anuncia para vender.

    O cara que pega um terreno e constroí três casinhas de quarto/sala/cozinha e banheiro.

    Tem umas coisas que são furada. Apto (exceto perto de faculdade/bairro muito valorizado tipo Paulista). Um mês que vc fica sem inquilino e vc paga o iptu e condomínio e seu lucro anual vai para o espaço.
    Galpão. Olha depende muito da economia. Muito. Exceto coisa muito bem localizada e com especificidades tipo piso especial para cargas extremamente pesadas, pé direito bem alto para usos específicos.

    Se o sujeito acertar a expansão urbana também pode ganhar dinheiro.

    Olha, mercado imobiliário para ganhar $ o nego precisa ser bom. Da mesma forma, para ganhar na Bolsa precisa ser bom.

    Não tem $ fácil em imóvel, não. Esse povo que comprou apto na planta para revender qdo a construtora entrega. Sei não, vi caso de cara que comprou por 400k em 2012 e agora em 2015. A construtora está oferecendo apto no mesmo prédio pelos mesmos 400k. E o sujeito pagou INCC durante a construção e agora que entregou não consegue vender (pede 450k) e está pagando IPTU e condomínio.
    Vai colocar para alugar mas vai ter que colocar piso, box, essas coisas. Vai colocar mais $. Sei não, não parece bom negócio.

    Uma curiosidade, se tu quer vazar daqui para que imobilizar capital? Imóvel tem liquidez baixa.

    Câmbio é uma gangorra. Uma hora essa merda vai virar.Pode demorar alguns anos mas vai. Aí vc começa a remeter para CAN ou EUA.

    Acho que vc tá fazendo o certo, Corey. Pegando ativos reais qdo eles estão desvalorizados pela crise. Agora, é sobreviver a esse tsunami de merda e qdo a bosta baixar um pouco. Sugar tudo das lojas, vender e vazar.

    ResponderExcluir
  33. Por isso o investidor americano fica feliz com ganhos anuais de 4% em REITs e nos temos que ter uma cereja "maior" em FIIs na faixa de 12%-15% a.a.

    Simplesmente pelo risco Brasil e inflação


    Ah como gostaria de ganhar 3%-4% em bons REITs americanos.
    Mil vez do que ganhar 12% em um bom FII aqui

    ResponderExcluir
  34. Cara.. eu sinto a mesma sensação, é muito triste ver o que fizeram com o país, e o que ainda pretendem fazer
    Hoje em dia eu vejo várias discurssões sobre "direitos" dos meus pseudoamigos esquerdistas que beiram a insanidade
    Para eles a situação do país está totalmente normal e é tudo manipulação da mídia golpista e do Eduardo cunha!
    '-'

    Não sou como você que é empresário, então sendo funcionário, fiz exatamente o que todo script para enriquecimento manda:
    - trabalhar
    - estudar
    - poupar
    - investir

    Cheguei num patamar legal! Quando finalmente me vislumbrava chegando na IF entre 2 e 4 anos.. Sabe o que aconteceu?
    É ver todo o meu esforço indo para o ralo de forma assustadora
    Basta olhar para a argentina e a destruição da moeda deles, é como eu me sinto

    Às vezes fico pensando se sinceramente não seria melhor simplesmente abandonar tudo aqui e tentar novamente lá fora
    O problema é que eu não queria ficar longe da minha família, e tenho certeza que minha esposa não iria aguentar..

    Enfim, me sinto refém de uma quadrilha situada em Brasília, e de tantas outras situadas nos estados e municípios

    Sem perspectivas, vendo o sonho arruinado
    A sensação que não adianta nada tentar enriquecer aqui porque a toda hora os lacaios do governo estão olhando para você esperando você você uma

    Nessas horas dá vontade de tocar o foda-se e ter um dia de fúria
    Não é possível que as outras pessoas de bem desse país não se sintam assim
    De mãos atadas sem poder fazer nada

    Nunca entendi o motivo do povo querer se separar do Brasil..
    Hoje em dia eu entendo perfeitamente, é a vontade que eu tenho agora :/

    Desculpa pelo vitimismo, mas é porque quando eu li o seu texto caiu exatamente na sensação que eu estou sentindo a meses..
    Bem, vou lá para mais um dia de labuta e tentar esquecer meus problemas através de trabalho..
    Abraço!

    ResponderExcluir
  35. Olá Corey !

    Bom se vc realmente está pensando em emigrar, mas continua a investir e expandir negócios no BR chega a ser uma contradição.

    Note que se vc tivesse transferido toda a sua grana pro USA antes de abrir a Terceira loja estaria bem confortável agora.

    Porque 3 lojas ? Se vc tem esse estilo minimalista não precisa de 3 lojas precisa apenas de uma , poderia vender as outras 2 e enviar a grana para o Tio Sam e manteria a loja numero 1 apenas para te servir de subsídio para obter o visto L1.

    Só que agora o esforço será bem maior porque o BR está em crise e o valor do dólar muito alto. A tendencia do dolar é ficar por ai para mais, então não conte que ele vai cair. Note que na crise, independente do quão bom seu negócio está indo vc terá dificuldades em vender, porque a disponibilidade do dinheiro está menor e ainda quem tem dinheiro quer comprar barganhas na crise, quem tem dinheiro não vai pagar o que vc quer, a oferta aumenta e de gente mais desesperada para vender do que vc.

    Além disso vc aparentemente trabalha bastante. Vc seria um ativo de ouro na terra do Tio Sam. Eles querem pessoas produtivas e trabalhadoras para ajudar a nação deles enriquecer. Vc está desperdiçando tempo em uma nação que não valoriza o hard working/no pain no gain. Ta perdendo tempo e cada vez ficará mais difícil para vc emigrar, escuta o que estou te falando. Mesmo sendo um estrangeiro suas chances serão boas no primeiro mundo.

    Sabe a história do sapo que fica numa panela ? Vamos lá se vc coloca o sapo numa panela com água fria e depois coloca essa panela para ferver, note que o sapo continua nela até a água ferver e ele acaba morrendo, porque não percebe e acaba se acostumando com a fervura. Pula fora da Panela Corey !

    Finalmente se vc for ficar no BR para ter uma vida minimalista, não compensa ser um empresário. Na boa, sem desmerecer as outras profissões mas vc precisa de algo mais sossegado tipo ser um porteiro de prédio. Vai ganhar o suficiente para viver e não terá que esquentar a cabeça. Eventualmente vai ter um problema quando forem tentar roubar o prédio. Tem várias profissões sossegadas e que lhe fornecerão um dinheiro que vai satisfazer seus padrões.

    Mas de novo se vc não for pras cabeças na mudança infelizmente vai acabar ficando no BR.

    Eu to mandando tudo que posso para o USA em termos de USS, em breve estarei lá via modalidade L1.
    No USA vc tem muitas opções de renda, vc fala em FIs lá também existe coisas do tipo e tem muitas ações que pagam excelentes dividendos, diferentemente do BR. Lá se vc tiver uma carteira com boas pagadoras de dividendos dá uma graninha legal.

    em 2007 eu tive uma chance de emigrar pois trabalhava numa multinacional, deixei de abraçar essa chance para me aventurar no mundo empresarial brasileiro, na época de ouro. Agora vê o resultado ?

    Bom Corey só passei pra avisar que se vc não tomar uma attitude radical não espere nada de diferente na sua vida. Tenho um amigo que foi pras cabeças para o Canada, sem falar uma palavra em ingles. Já faz um ano, passou no ILTS agora levou filhas, sogra, irmã e cunhado. Trabalho ele tem a vontade lá, nos falamos semanalmente por whatsapp. Agora eu me pergunto ele é muito, mas muito menos capacitado do que vc aparentemente e do que eu e já arrumoou a vida certinho dele em 1 ano. Motivo ? Não tinha nada a perder no BR e mandou bala, com filha e o caramba. Admiro esse cara. Quanto mais coisas vc tiver no BR mais dificil sera vc largar o osso.

    Arranja um partner lá pra construir e vender casas, compra uma empresa já em funcionamento, sei lá.

    Se vc já sobreviveu como empresário no BR lá vc vai sobreviver com certeza. Vá em NY, tá cheio de restaurante (modalidade buffet ) que os donos são chineses, nem sabem falar ingles e estão no caixa atendendo a freguesia. Eles conseguem porque vc não ?

    abs

    ResponderExcluir
  36. Sobre os FIIS que esqueci de comentar. Eles não abriram ainda para o Mercado a piroca que está ocorrendo com os imóveis que eles possuem. Vamos dizer que eu tenho informação privilegiada porque um FI é dono de onde possuo uma empresa. O négócio está feio pra cacete, a vacância está enorme e a inadimplência idem, tanto para sala commercial quando para shoppings. Quando isso começar a aparecer no relatorio dos FIs ( sim porque estão postergando a apresentação dos péssimos resultados devido a N dispositivos que possuem) e o valor de pagamento de rendimentos diminuir ai vc vai ver suas cotas ficarem negativas. O FI que conheco está dizendo nos seus relatórios que a taxa de vacância do empreendimento é de 6% e na verdade a taxa está de 15% de vacância, isso vai aparecer uma hora e os quotistas ficarão em pânico. Agora eu sei disso porque eu tenho quotas desse FI e coincidentemente também tenho uma empresa no empreendimento deles.



    ResponderExcluir
  37. "É seguro investir no Brasil?"

    Você ainda tem alguma dúvida de que não. :)

    ResponderExcluir
  38. A única alternativa que vejo, é investir no colchão (literalmente). Tento imaginar como será nosso futuro e não vejo nada além de morte.

    É sério, tenho medo da nossa economia estiver tão ruim, que as pessoas morreram de inanição. Evito pensar nessas coisas, mas tudo que eu vejo para o futuro, é um cenário apocalíptico.

    ResponderExcluir

Os comentários desse blog são moderados, ou seja, passam pelo meu controle antes de serem publicados. Esse é o motivo pelo qual seu comentário não aparecerá logo após você clicar em "Publicar", portanto não precisa postar 2 ou 3 vezes! Posso demorar, mas publicarei e responderei todos os comentários que não contenham trolagens, intrigas, propagandas e baixo nível.