sábado, 1 de agosto de 2015

Resumo - Julho/2015

Primeiramente gostaria de me desculpar por não ter participado mais da discussão do meu último post sobre o Gap. Acontece que comecei a receber comentários que no meu ver não tinham nada a ver com a proposta do texto, reli o texto e conclui que fiz cagada, escrevi de uma maneira que realmente dá entender outra coisa. Resumindo o que realmente quis dizer: eu sinto falta do convívio com pessoas no trabalho. Agradeço as dezenas de dicas de como fazer amigos, mas o que realmente sinto falta é relacionado ao trabalho, de resto a vida social vai muito bem. Então acabei deixando pra lá os comentários. O segundo motivo é que estou numa fase agitada (mais a baixo).

Julho foi um mês extremamente tenso, muitos problemas de ordem burocrática nas lojas, muita incompetência pra um cara só consertar... Estou passando por uma fase hard core, não estou nenhum pouco contente com minha situação profissional afinal as lojas estão me dando muito trabalho, um trabalho que muitas vezes simplesmente não sei o que fazer. Como já disse antes, ESTOU empresário, não SOU empresário.

Se por um lado a situação me deprime, por outro serve de incentivo pra mudanças. Sou o cara das mudanças, não gosto de ficar preso a uma situação por muito tempo e jamais faço algo que não posso voltar atrás, essa é uma das razões que não tenho filhos nem tatuagens, por exemplo. Acho que ter uma rota de fuga em 100% das situações é importantíssimo e isso é o que procuro fazer no meu dia-a-dia. Os problemas me fazem pensar em soluções que nem sempre são tão claras, mas ao menos me obrigam a exercitar o cérebro e criar cenários que podem ser seguidos. Jamais fico esperando alguma coisa cair do céu ou me acomodo com algo que não está me deixando contente. Pode ser que essa característica me faça sofrer mais que o normal e também possa ter me colocado em situações não ideais, mas é a aquela velha história: melhor se arrepender por ter feito que por não ter tentado.

Essa é a lição que tiro de julho: não importa o problema, o que importa mesmo é a solução.

Estarei ausente nas próximas semanas, vou me dedicar a um "projeto" novo que na verdade já estou mergulhado de cabeça. Como sempre faço nessas ocasiões, farei jejum de internet e me dedicarei 100% a essa novidade. Estou contente por mais uma vez conseguir agir perante as coisas que não me fazem bem e buscar aquilo que tenho vontade e esse projeto faz parte disso. Novidades em breve.

6 comentários:

  1. Fala Corey,
    Entendi perfeitamente seu ultimo Post. E me identifiquei com o caso pois desde que eu me tornei autônomo em 2013, o meu círculo de convívio caiu bastante. Alguns dias ou até semanas passo dentro do escritório solitariamente.
    Eu até gosto disso mas não é totalmente saudável.
    Sucesso no seu novo desafio.
    Abracos,
    S&P

    ResponderExcluir
  2. Corey,

    Desejo todo o sucesso do mundo nesse novo projeto. Aguardo ansiosamente por novidades a respeito dele.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Boa sorte nessa sua nova empreitada Corey.
    Está pensando em deixar a loja de lado?

    Abs

    ResponderExcluir
  4. Hey Corey!

    Depois de ver os perrengues que você acaba passando eu fico pensando se me tornar empresário realmente é algo que quero.

    Mas você sempre cita em voltar a trabalhar na sua área de formação. Por curiosidade, você se formou em qual curso? Bem... caso não queira responder, não tem problemas.

    Ahh... boa sorte nesse empreendimento e que dê tudo certo pra ti!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Corey, boa sorte na nova empreitada. Tenho muito respeito pelas pessoas que tem coragem de serem empresários em um país onde nada os ajuda. Por enquanto fico com investimentos menos arriscados que esse.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  6. CAro Corey, você já pensou em morar em Portugal ao invés de EUA?
    Dei uma lida no blog abaixo e achei bem interessante. Quem sabe não é pra você?!

    http://www.eurodicas.com.br/como-viver-em-portugal-depois-de-aposentar/

    ResponderExcluir

Os comentários desse blog são moderados, ou seja, passam pelo meu controle antes de serem publicados. Esse é o motivo pelo qual seu comentário não aparecerá logo após você clicar em "Publicar", portanto não precisa postar 2 ou 3 vezes! Posso demorar, mas publicarei e responderei todos os comentários que não contenham trolagens, intrigas, propagandas e baixo nível.