quarta-feira, 8 de julho de 2015

Desabafo: A Frustrante Vida do Microempresário Brasileiro

ATENÇÃO: POSTAGEM VITIMISTA, OFENSIVA E PESSIMISTA

Esse blog existe a quase 3 anos e meio, obviamente são poucos os que me acompanham desde o começo, mas quem o faz sabe que já tive altos e baixos na vida de microempresário, já fui muito feliz por fechar negócios novos na perspectiva de ganhar um bom dinheiro, afinal esse deve ser o único motivo pra um trouxa ser empresário nessa porra de país de merda. Já tive que me desfazer de um negócio promissor, que me geraria renda passiva interessante, simplesmente porque algum politico desgraçado assinou uma folha de papel e no fim das contas isso somente beneficiou meia dúzia que toparam entrar no "esquema". Não entrei no esquema, deixei de ganhar uma puta grana... Calculo que ao menos 50% do tempo que invisto nos meus negócios são destinados a resolução de problemas indiretos do negócio, ou seja, não é pra resolver questões pontuais do negócio em si, como fazer uma escala de funcionários ou negociar com fornecedores, esse tempo é usado pra ir até repartições públicas, tentar entender uma legislação nova, implorar para um contador fazer algum documento...

Nos últimos tempos tenho encarado muitos desafios que não deveria encarar. São problemas em ambas as lojas que não deveriam acontecer se as coisas fossem mais sérias. Gostaria muito, mas muito mesmo de explicar detalhadamente esses problemas de maneira a expor o tamanho da ineficiência brasileira, não só do estado mas também de muita empresa privada e principalmente prestadores de serviço. Infelizmente não posso me expor dessa maneira aqui, mas acredite, não existe nada mais frustrante que ter que lidar com essas questões.

Cada dia que passo tenho mais ódio de funcionário público. Se você é funça, não é nem professor nem policial, saiba que você é um sub-profissional, por melhor que faça seu trabalho, uma puta tem mais valor na sociedade que você porque o trabalho dela é nobre no sentido de evitar que muitos crimes sexuais aconteçam, por exemplo. Se você é funcionário público, vendeu sua alma pro estado, essa coisa abominável, ineficaz, uma máquina de problemas sem igual. Você dedica sua vida a contribuir com a ineficiência estatal a troco de estabilidade. Aí nêgo vai vir aqui falar "mi mi mi eu sou servidor público e faço meu trabalho direito, não sou acomodado como os mais velhos", "mi mi mi, não fazemos melhor porque não temos estrutura". VAI SE FODER! Você foi todo feliz prestar uma merda de concurso que só serve pra separar os macacos mais espertos dos mais burros sabendo exatamente como o ambiente do funcionalismo público era... Ninguém te enganou! E se hoje você está cheio de energia, daqui a 10 anos estará igual aos "velhos" da sua repartição. Toda vez que tenho que ir a uma repartição pública e fico lá por mais de 20 minutos sinto uma vontade imensa de suicídio tamanho é o baixo astral desses lugares. Peço desculpas pela sinceridade, se algum amigo se ofendeu, lamento, essa é minha opinião. Não estou aqui pra agradar, sorry!

Por causa da ineficiência do estado, ineficiência de contador, ineficiência de consultor e ineficiência de algumas empresas privadas estou pagando milhares de reais de multas/taxas que não deveriam ser pagas ou estão sendo pagas em duplicidade pra liberar papéis/certidões/carimbos/assinaturas que preciso pra manter minhas lojas abertas. Não há onde correr, todo mundo faz um monte de cagada e a bosta cai toda na minha cabeça, a postergação de tarefas culmina numa avalanche de merda/vômito que vem parar em cima de mim. Puta que pariu, é inacreditável como as pessoas simplesmente não se importam de fazer aquilo que são pagas pra fazer. A pior parte é que simplesmente não sei durante quanto tempo vou conseguir manter as lojas funcionando, tudo muda todo dia, não dá pra acompanhar tudo, não há perspectiva de estabilidade. Isso porque não estou nem falando sobre o futuro da economia do país...

Semana passada fiz exames de rotina, resultado: hipertensão (novamente) e alterações em colesterol/glicemia. Isso porque na minha cabeça hoje levo uma vida mais tranquila do que já foi, faço exercícios regularmente e tenho uma dieta ao menos razoável (não como muita porcaria). Segundo o próprio médico (amigo meu de infância, que me conhece muito bem) isso tudo é fruto de stress. O próximo passo o que é? Começar a brochar? Ter um infarto? Derrame? Não mermão, isso não... Não vou permitir isso! Estou aqui, sem conseguir dormir, olhando pra essa receita médica, preenchida frente e verso. Puta merda, tenho 30 e poucos, não tá certo esse negócio não! Vou entrar nessa espiral decrescente de saúde física e mental? Teocú!

Estou tirando todo dinheiro possível das minhas lojas, no prazo máximo de um ano venderei as duas. Se não der pra emigrar, foda-se, fico aqui. Vendo carro, vou morar numa kit na República, arrumo um emprego perto do metrô e deu! Vou viver uma vida simples mas rica, rica de saúde mental. É humanamente impossível ser microempresário no Brasil sem viver a base de comprimidos!

Sei que esse foi um post chato, inconveniente e que não agrega nada a blogosfera, mas esse é meu espaço, o único lugar que posso ser eu mesmo, falar o que quiser e tirar de dentro de mim o que está me corroendo.

91 comentários:

  1. Que triste é ler coisas assim todos os dias, para mim que quero ser empresário.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É a realidade, ser empresário está longe de ser um mar de rosas, só vale a pena se for pra ganhar bem mais que com um emprego normal.

      Excluir
  2. Sou funcionário público e busco contribuir com a automatização e desburocratização do trabalho. Isso a longo prazo diminui a quantidade de gente e dá agilidade ao cidadão. Sinto muito se está frustrado e acho que tudo no Estado é uma bosta. Mas pode-se falar muitas coisas ruins do setor privado também. E se eu vende minha alma pro Estado em troca de estabilidade, você vendeu sua alma para suas lojas ou cliente em troca de dinheiro e em breve vai vender sua alma para os EUA em troca de qualidade de vida. Cada um busca o melhor pra si, não vejo como você é melhor do que eu por causa disso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Disse tudo meu caro. Esse tal de Corey se acha o "ixperto demais", sendo que, na verdade é um babaca!

      Excluir
    2. O Corey falou sobre as ineficiências do setor privado, té bem claro no texto mas é óbvio que o setor público é a parte mais podre da história. Você parece ser mais um iludido em começo de carreira no funcionalismo público. O Corey, o Rover e o BBB são sim melhores que você porque eles geram empregos pra pessoas como eu e juntos pagamos o seu salário. Ele tá certo, puta tem mais valor na sociedade que vocês, elas pelo menos prestam um serviço as claras.

      Excluir
    3. Claro que a galerinha do "ahhh, mas EU sou diferente, EU sou foda, EU contribuo positivamente como funça" ia aparecer mais cedo ou mais tarde. Isso pode até existir mas é igual cabeça de bacalhau, todo mundo sabe que existe mas ninguém nunca viu.

      Excluir
    4. Preconceito é preconceito. Eu também poderia dizer que toda pessoa da iniciativa privada é corrupto e só pensa em dinheiro.

      Excluir
    5. Amigo Funça: como o anônimo disse vc parece ser um funça recruta, que ainda tem esperanças de mudar alguma coisa no sistema. Sim, eu vendo minha alma em troca de dinheiro mas no meio desse caminho emprego gente, proporciono oportunidade pra muitas famílias e acima de tudo pago os impostos que sustenta gente como vc.

      Matheus: babaca é quem entra na casa dos outros (blog) pra ofender o proprietário sem nenhum argumento.

      Anônimo 10:54, tem razão, eu falei que os problemas não são apenas do setor público, tá na cara e sim, somos superiores aos funcionários públicos pq são pessoas como a gente que fazem a economia girar.

      Anônimo 11:11, não há nada de errado com preconceito, o errado é a discriminação. Não discrimino ninguém por ser funcionário público. Preconceito é algo natural e surge por uma causa óbvia: se grande parte dos Funças são folgados e acomodados, os que não são levarão fama. Simples!

      Excluir
    6. Olá, Pobretão, acompanho seu blog pq acho divertido e os comentários tb o são, no entanto, qdo vc diz que odei os funcionários públicos vc na verdade deixa transparecer uma certa inveja deles, pois no fundo o que vc deseja é não trabalhar mais, não colaborar com nada e nem ninguém, quer cuidar apenas de si e dane-se o resto. Tenho certeza de que se vc pudesse arranjaria um emprego público que paga bem e não faz nada sem escrúpulo algum.
      Todavia sua incapacidade de se concentrar nos estudos o impede de ser aprovado em qualquer concurso e o condena a essa vidinha na iniciativa privada. E quanto à sua capacidade de poupar, pode-se dizer que ela é mais um comportamento de "não fazer" nada do que criar renda e valor como o Corey faz com suas lojas. Vc entendeu? Sua maior qualidade, nesse quesito, é não fazer nada, não ter outra aptidão qualquer.
      Aguardo a réplica para devolver-lhe a tréplica, isto é, se o Corey aprovar meu comentário.
      Abs.
      Funça

      Excluir
    7. Quanto delírio no seu post. Muita gente quer ter uma vida tranquila, sem ficar parasitando os outros virando funcionário público. Questão de princípios. É uma aberrazção total o que ocorre no Brasil de um povo pagar aos funcionários públicos uma renda maior do que a sua própria. Com estabilidade então, vira uma coisa completamente imoral. Agora quem não tem senso crítico reage dessa forma mesmo. "Me criticou, coitadinho, tem inveja de mim".

      Excluir
  3. Aliás, é justamente por ser impossível ser empresário ou funcionário de empresa privada (no meu setor é um bosta) é que me tornei servidor público. Vou te contar como é ser empregado de empresa privada no meu setor: nunca conseguiria ganhar mais de 5 mil, isso depois de pelo menos 6 anos de experiência, já cheguei a fazer 15 horas por dia sem ganhar nada em troca, nem ser valorizado na hora de negociar salário, normal na área ter que trocar de emprego pra ganhar salário, pq não se aumenta salário mesmo que vc seja ótimo no que faz (vi várias vezes profissionais fodas, que carregavam vários projetos nas costas, com 5 a 7 anos de empresa ter que sair pq não eram valorizados). E assim por diante. Entendo sua frustração, mas ela deveria ser dirigida AO GOVERNO, e não aos servidores públicos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tiro sua razão, aliás, vejo todo o sentido em quem é concurseiro. Essas pessoas só estão buscando uma vida mais confortável e não há nada de errado com isso, porém é preciso saber que sim, estará contribuindo para a manutenção da merda toda e sim, estará sendo parasita.

      Não falei sobre governo ou sobre política no texto, falei sobre frustração, logo a crítica foi aos que me deixam frustrados e prejudicam meu trabalho.

      Excluir
    2. E tudo só é assim pois vivemos em um país corporativista onde os governantes são colocados lá por grandes empresários que querem ferrar as coisas para a concorrência e pra todo mundo... olha quem financia a campanha da Dilma, veja se não são os mega empresários.

      Excluir
    3. Amigo, nos Estados Unidos a influência das empresas no governo é MUITO, MAS MUITO MESMO maior que no Brasil. Essa fantasia de que o problema é a participação das empresas é cartilha comunista cuja influência na sua vida você não consegue compreender.

      O motivo de a iniciativa privada **no BRASIL** não funcionar direito, enquanto nos países civilizados funciona, é que aqui a iniciativa privada tem que ficar sustentando um Estado inchado, corrupto, e com servidores públicos com salários acima da própria inciativa privada, coisa absurda. E esse sistema caro que a iniciativa privada tem que sustentar puxa o país inteiro pra baixo e só favorece políticos desonestoes, bandido que abre empresa pra fazer negócio em parceria com os políticos desonetos, e outros tipos de parasitas.

      Excluir
  4. Onde eu assino?

    Meu amigo, não é à toa que o maior índice de aposentadoria por invalidez mental está no funcionalismo público! E ser empresário nesse país só pra ganhar grana mesmo e viver hipertenso, broxa e cardíaco! Mas tem que ser né, pra viver com um pouco de decência.

    John Milton

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. John, é o que falo, não dá pra ser empresário, tem que ESTAR empresário. Ter empresa aqui é coisa pra poucos anos, não dá pra segurar a onda por muito tempo sem ficar maluco.

      Excluir
  5. Olá, Corey!
    Me solidarizei com seu post, embora seja funcionário público. Optei por este caminho e te digo sem peso na conciência: optei pelo caminho mais fácil. Sei da importância do microempreendedor para esse país, no entanto, não creio ter o traquejo necessário para evitar e superar as barreiras impostas por esse governo intervencionista e com tendencias bolivaristas. Em resumo, sigo a ótica: se vc não pode contra eles, una-se a eles.
    Dito isto, vou além e te faço a proposta: Seja um hipócrita, como eu, e, após fechar suas lojas, arrume um concurso e vá mamar nas tetas do governo. Provavelmente ganhará menos que empreendendo,mas terá a vida relativamente sossegada que almeja.

    Eu leio impassível os comentários em detrimento do funcionalismo público pois sei que é verdade. E sabe do que mais? tô pouco me fodendo. Sou apenas um fruto (vítima) desse governo de merda. É foder ou ser fodido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você é o tipo de gente que admiro. Vc sabe onde está metido e consegue visualizar a realidade sem ficar com frescurinha tentando tapar o sol com peneira. Como disse num coment acima, não tiro a razão de quem é funça, é algo racional.

      Infelizmente não tenho saúde pra ser um Funça, cada um sabe até onde tolera coisas fora de seus princípios. Eu não toleraria ser Funça. posso ganhar dinheiro como empregado de empresas privadas sem problema algum.

      Excluir
  6. Post feito em momento turbulento!

    Espero que após atempestade venha a bonança!

    ResponderExcluir
  7. Cara, voce tem se mostrado uma pessoa insegura e indecisa. Primeiro faz mil e um planos pra emigrar, depois já diz que não é bem assim...Isso é desequilibrio emocional. E essa mania de criticar funcionário público é ridicula. Eu sou funcionário do TJ, encho o rabo de dinheiro mesmo e me esforço na medida que acho conveniente e foda-se o contribuinte porque quem criou esse sistema não fui eu, apenas usei as regras do sitema pra me beneficiar. O problema todo é que nego não percebe que o brasil é um sistema de duas castas: A de funcionários públicos / polítcos / mega empresários que vivem de sugar o resto da sociedade, simples assim. Veja como exemplo o Soulsurfer, que encheu o rabo de dinheiro sendo funcionário publico e agora tem um blog onde esfrega na cara de voces as viagens que faz pelo mundo durante os três meses de férias que ele tira do emprego. O negócio é voces pararem de reclamar e ir estudar pra concurso público também, ou então vão ser apenas mais um otário na senzala dos chimpazés chamada Brasil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E se juntar a essa canalhice toda?

      Excluir
    2. Claro que sou indeciso e inseguro! Não tenho a menor vergonha de dizer isso e ser assim, afinal por ter essas características consigo ter uma vida menos presa a ideais e coisas pré estabelecidas, por esse motivo estou onde estou.

      Sua descrição de porque é funcionário público é um ótimo exemplo da mentalidade brasileira de levar vantagem em tudo, mesmo se for pra fazer coisa errada. Parabéns, vc está no país certo e no emprego certo!

      Excluir
  8. Bom dia Corey.

    Encontrei a Blogsfera de finanças via o Pobretão.

    Mas, hoje em dia, leio seu blog e o blog do Rover pois são menos vitimistas.

    Compreendo seu desabafo e espero que essas postagens vitimistas sejam

    esporádicas.

    Temos que criticar o que está errado sim, mas não fazer dos blogs repositório de lamentações.



    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode revirar meu blog, verá que essas postagens são exceções. Esse é meu espaço, aqui posso ser eu mesmo, então escrevo o que quero.

      Excluir
    2. Fiz o mesmo trajeto que vc

      Pobretao quando fala apenas de dinheiro é um blog bom

      começou falar de mulher, estilo de vida só sai merda

      recentemente tive que ler la :

      ''evite sair a noite'' 'va á praia dias de semana antes das 8 da manha ''

      o nível de doença la ta alto

      rover e corey >>>>>>> all

      Excluir
    3. O Pobreta é capitalista, não está errado dentro da proposta dele. Ninguém pode negar que a blogosfera existe por causa dele que conseguiu unir os antigos blogueiros e repaginar a ideia. Não gosto do tipo de postagem dele, não gosto do perfil de comentarista que ele atrai, mas e daí? Não tenho problema com ele...

      Vc deve tá falando sobre o último post dele, né? Eu achei até sensato, por mais absurdo que possa parecer faz todo o sentido.

      Excluir
  9. Já fui funcionária pública no BR e simplesmente ODIEI ficar ali naquele ambiente, rodeada de pessoas frustradas e infelizes (deve ser o tédio de não ter nada pra fazer o dia todo), aguentei menos de 1 ano - achei que era negativo para a minha saúde mental e me afastei do funcionalismo. Acho que vc deveria colocar suas energias em cair fora do Brasil mesmo, foi o que eu fiz e não me arrependo. Sendo que hoje sou microempresária num país onde funcionário público não tem estabilidade.

    Pense na sua saúde e aproveite o blog para desabafar tudo o que tiver vontade, talvez seja até terapêutico?! Antes reclamar no blog do que torrar os ouvidos do cônjuge :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns pela iniciativa, pela ação de não se acomodar e buscar algo melhor pra sua vida. São poucas as pessoas que realmente tem coragem de fazer isso que vc fez. Boa sorte e obrigado pela força!

      Excluir
  10. Não adianta chorar. Pode berrar à vontade, sua vida vai continuar sendo um lixo.
    Quem mandou ser um romântico? Isso aqui é Brasil.
    Se não pode com eles, junte-se a eles. Tive empresa, desisti, estudei e passei em concurso público. Passei a ganhar o triplo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha vida não é um lixo, está longe disso. Lamento, mas não vou ficar chorando que sou pobre feio e gordo pq eu não sou. Sou classe média, tenho um carro bom, moro num bairro bacana, tenho dinheiro investido, tenho uma esposa linda, estou em forma, falo inglês... Minha vida é ótima, acima da média da grande maioria das pessoas que conheço, PORÉM, não me acomodo.

      Excluir
  11. Sou funcionário público e concordo com TUDO que você disse.
    E tenho planos de sair desse país lixo.

    Sei que viveria muito melhor trabalhando como um simples atendente do McDonalds
    num país rico do que sendo funcionário público no bostil.

    O problema é que é difícil conseguir ser aceito como imigrante nesses países.
    Se não eu já tinha vazado há muito tempo! Aceitaria qualquer trabalho lixo
    e depois calmamente iria melhorando de vida, ainda mais. Pois mesmo com um emprego
    lixo de lá eu já começaria melhor do que estou aqui nesse lixo de país hoje.

    Mas digo que a culpa não é só do governo e dos funcionários públicos.
    É também da mentalidade da maioria dos brasileiros que amam ter um
    estado esquerdista. É só fazer uma enquete, por exemplo, sobre privatizar
    a petrobras ou flexibilizar a CLT, a maioria vai discordar!
    Assim não dá pro país ser desenvolvido se ele não tem leis similares
    à dos países desenvolvidos. É impossível.

    Peço desculpas por estar parasitando empresários e pessoas que gostariam de
    ter um país desenvolvido e sabem muito bem como isso seria possível (liberais,
    capitalistas, libertários, anarcocapitalistas, direitistas, minarquistas, etc), pena que são minoria.

    Mas não devo desculpas à maioria do povo que tem uma mentalidade esquerdista/socialista
    no campo econômico. Essa gente é culpada pela própria desgraça.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo, se os governo dos EUA me desse um Green card hoje eu iria a pé pra lá e trabalharia de chapeiro nos MC por 7 dolares a hora sem o menor problema e com um sorriso no rosto!

      Sem dúvida a culpa é da mentalidade dos brasileiros que querem tudo na mão, sem esquentar a cabeça com porra nenhuma.

      Como já disse acima, o problema não é ser funcionário público, o problema é não enxergar a parasitagem.

      Excluir
  12. Eu também não sou muito fã dessa raça não...
    Só sei que aqui no rio funças tem um medo que se pela de polícia.
    Uma vez um merdas desses tentou impedir eu e meu parça de usar um caixa eletronico lá no centro, devido uma greve lá. Tinha mulheres grevistas então já sabe né, os manginolóides estavam todos querendo mostrar serviço pra se amostrar pra elas. Bem, eu parti pra dentro e até pensei que o caixa tivesse ruim só que o sem noção almofadinha colocou a mão em mim e deu um puxão na minha camisa, virei com um socão que ele caiu igual o boateng. Nisso os amiguinhos deles e mulheres ficaram tentando intimidar dizendo que ia ser preso, chamar policia etc puxei a brilhosa e jogei nos dentes, ficou silencio total, ele sabe que se eu atravessasse ele ali, nada ia acontecer...
    Usei o caixa e sai.
    Outra vez numa agencia, tava sendo maltratadão por um mangina de aliança no dedo, quando dei a identidade começou a falar fino.

    A questão é que aqui não tem jeito, roubar e chupinhar é mais lucro. Apesar de que uma vez tendo sucesso como empresário vc fica bem de vida. Só que empresário tem que empurrar coisas pra debaixo do tapete, ou então ser camelo e etc, alguns amigos meus tem box em camelodromos.
    Eu já parei com essa história de honra, se eu morrer ninguém vai ligar, então pq vou ligar pro povo
    Só paro carro de mulher e de escravoceta (homem com mulher no carona) em blitz. Se quiser ajudar o guarda de coração beleza, se não quiser guincho ou ficar um tempão lá esperando em pé.

    Balrog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A merda é que é impossível ser 100% honesto.

      Excluir
    2. Balrog, vc tem orgulho de viver assim? Vai ensinar isso para seus filhos?
      Ter um distintivo transforma alguém em superhomem?

      Estou funça, penso em viver de dividendos de ações e de fiis. Nunca roubei, nunca pedi dinheiro para nada.

      Corey, já pensou que deve mudar de contador ou contratar um, nada de escritório terceirizado que faz serviço de quarta categoria.

      Excluir
  13. Olá Corey

    Acompanho seu blog desde o início, vi você passando por várias fases, esta com certeza está sendo difícil dado aos constantes problemas da burrocracia brasileira que está travando seus planos. Mas tudo na vida é passageiro, não abandone seus planos afinal você já subiu muitos degraus na escada da vida pra querer descer agora.

    Não se decepcione!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala MC!

      É isso mesmo, os constantes problemas com a burocracia me fazem perder o foco nos negócios e a cada dia isso só aumenta. Vc demora meses pra resolver algo, logo surge outro problema que levará meses, telefonemas, emails...

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  14. Esse ódio contra os servidores públicos pode estar te trazendo fluidos ruins em seus negócios, tente tratar os funças com bondade que isso te retornará em lucro, tenho dois negócios e os e os servidores são meus parceiros.......a polícia está sempre do lado da minha loja, os fiscais nunca me multaram, ......cara leve a vida com sabedoria. Investidor da lanchonete ( amigo dos funças)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo, eu trato todos com respeito, por isso sou visto como idiota por aí. Além do mais não podemos "desacatar' funça por causa daquele negócio idiota de ir preso (até isso, meu Deus...).Tenho amigos e parentes funça, trato todos de boa...

      Excluir
    2. Acha mesmo que alguém fica em regime fechado por desgastar funça?
      Kkkkk não tem cadeia nem pra quem tá roubando.

      Excluir
    3. Realmente, prisão não dá, mas pode causar um gasto...
      Meu pai desacatou umas GPs que não queriam trabalhar....resultado:
      passados alguns dias o oficial de justiça bateu em casa, meu pai pagou 8 cestas básicas e ficou tudo certo!

      Excluir
  15. Nosso Brasil tá atolado na merda, e alguns tem a cara de pau de dizer q eh tratamento com lama terapêutica. Entendam que o empresário é visto como opressor, explorador e a culpa não é de uma ou outra pessoa ou grupo, é todo o sistema esquerdoso que consegue estragar tudo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente! Essa visão que um microempresário que tira, sei lá, 5, 6 conto por mês é rico explorador é de cair o cu da bunda!

      Excluir
  16. Eu uso o sistema a meu favor.
    Meu pai me ensinou que nós devemos fazer de tudo para não depender do Estado.
    O que eu fiz?
    Estudei e me tornei servidor público federal com um excelente salário.
    Não dependo do Estado para nada.
    Meu subsídio cobre todas as minhas necessidades com folga.
    Cumpro as atribuições do meu cargo, apesar de saber que 90% do que faço não serve para nada.
    Ao invés de criticar servidor público, me tornei um. Não estou dizendo que é o seu caso (pela história do seu blog, acho que não), mas a maioria que critica, na realidade é doido para ser um, mas não consegue.
    São os frustradinhos que descarregam suas frustrações na internet.
    Valeu!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem dúvida muita gente critica pq na verdade gostaria de estar do outro lado. Ainda bem que vc sabe onde está metido.

      Excluir
  17. Se gaba de ser melhor, mas não passaria em uma prova para ganhar 5k.

    ResponderExcluir
  18. Tô com o anónimo la de cima,profissão ladrão.

    ResponderExcluir
  19. Corey, que tal ter um contador exclusivo? Um cara que entenda de verdade da legislação ?

    O Brasil é mais difícil para o pequeno empresário, já as multinacionais como BMW, Audi e outras estão vindo para cá para lucrar mais. Elas sabem que precisam de um departamento jurídico bom, contabilidade boa.

    Acho que não precisa contratar advogado como funcionário, mas um contador BOM iria te ajudar, um officeboy tb, assim seu tempo seria gasto com empresa e não com burocracia.

    Se vc paga 12k de multas por mês, melhor pagar 8k para contador e boy.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, isso é inviável. Não tenho o tamanho de uma Audi, não tenho serviço pra um contador full time e mesmo se tivesse, onde achar um cara bom, de confiança, honesto, entendido e que fosse ganhar, sei lá, 2k? Meu, se eu colocar um cara pra ganhar que seja 3k vou ter que pagar com o meu próprio bolso, aí que a coisa não compensa mesmo!

      Excluir
    2. Amigo, qualquer um que venha de fora do país e ofereça vagas de fábrica tem 10000000000 de incentivos que nenhum ME tem. É muito mais fácil, por incrível que pareça. Até isenção fiscal esses caras tem, e os micro e pequenos que tem pagar as contas.

      Excluir
  20. Eu fico pensando: se a crise piorar mesmo por aqui,será que os Funças não vão ser demitidos não, como na Europa?

    ResponderExcluir
  21. No seu próprio post você acabou justificando a razão porque muitos optam pelo concurso público nessa porcaria de país... saúde, qualidade de vida, menos pressão, estabilidade, salário bom, ingresso sem necessidade de chupar as bolas de ninguém sem precisar ter determinada aparência, relativa igualdade sem precisar ser puxa-saco, horários mais tranquilos etc.

    Sem contar que essa história de que os servidores ficam sem energia é pura balela, talvez até fiquem no trabalho por ter que trabalhar pra esse governo e esse povo de merda, mas no geral o pessoal é bem ativo e cheio de desafios externos, diversões e hobbies, bem melhores que os similares na iniciativa privada, além disso bem mais qualificados.

    É o que sempre falo... já que estamos em um país que mais parece uma latrina, que pelo menos estejamos na tampa e não dentro da privada com o cocô!

    Estou em uma profissão que favorece muito o empreendedorismo e com minha qualidade técnica eu teria ganhos pelo menos 3 vezes maiores em qualquer país descente do mundo, todavia nasci aqui e como não tenho aptidão pra ser networkista, politiqueiro e nem passar os outros pra trás (o que também poderia me dar um ganho financeiro bem melhor até no brasil), fiz minha opção pelo serviço público não pela estabilidade, mas pelo bom pagamento e tranquilidade, pode me criticar... diferentemente do brasileiro médio minha autocrítica é bem alta, sou meu maior crítico.

    Pode tentar me culpar pelo que o Brasil é, mas é pura ilusão... esse país é o resultado de um coletivo, que aliás, no geral, pensa bem diferente de mim, não tenho nem dúvidas de que se eu fosse o padrão mediano este lugar seria de longe a melhor nação do mundo... mas não vou me sacrificar por consumistas bandidos babacas, pois só tenho uma vida... se eu faço meu trabalho bem? Penso que sim, e isso não é muito bom pra vocês, pois meu serviço é basicamente forçar empresas/empregadores a respeitar os direitos do trabalhador... então já viu, posso ver muito de perto o caráter médio do empresário brasileiro e posso dizer que é deplorável com o consumidor, com seus funcionários e com a sociedade em geral, incluindo o meio ambiente etc, afinal, em última instância, são eles quem financiam e literalmente colocam no poder essas porcarias de governantes que temos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo, como eu já disse, não vejo nada de errado em ser funcionário público desde que a pessoa entenda que é sim de uma categoria inferior no que diz respeito a importância na sociedade e que sim, é parasita do sistema ridículo e falido. Tem um monte de funça que tem essa consciência (veja os comentários acima).

      Sem dúvida tem muito cara de empresa privada que se acha fodão mas trabalha 100 horas por semana pra puxar saco de chefe em troca de estabilidade/promoção. Isso tb é ridículo.

      "posso ver muito de perto o caráter médio do empresário brasileiro e posso dizer que é deplorável com o consumidor, com seus funcionários e com a sociedade em geral, incluindo o meio ambiente etc," - sem a menor dúvida, vc está 100% certo! Acredito que a grande maioria dos empresários faz cagada, desrespeita leis e é corrupta. Eu tb sou, não estou tirando o meu da reta, mas é justamente por não suportar ter que lidar com isso é que travo uma batalha diária com minha moral em troca de alguns trocados... Tenho consciência do submundo do empreendedorismo assim como os funças deveriam ter consciência do submundo do funcionalismo público. Pelo menos durmo tranquilo por saber que bem ou mal estou ajudando pessoas ao emprega-las e pagar bem, ajudando o país através dos impostos. Diferente da grande maioria dos funças cujo trabalho é somente contribuir pra travar a vida dos outros.

      Excluir
  22. Corey, oq vc define como uma dieta "não ruim"?

    Pq se for seguir a pirâmide alimentar, desculpe te informar mas vc foi enganado. Essa pirâmide alimentar se baseia num estudo FALHO e RIDÍCULO (refutado 17328913721 vezes) da década de 1950 que o ESTADO (quem mais né) resolveu adotar como verdade absoluta, coincidindo com o aumento absurdo na taxa de obesidade e doenças relacionadas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Finalmente um comentário diretamente relacionado ao propósito do texto.

      Digo que minha dieta não é tão ruim pq não como muita porcaria tipo industrializados, alimentos gordurosos todos os dias, etc. Como comida normal, arroz, feijão, massas, carnes. Não como saladas e legumes, mas como frutas. Não acredito em regras alimentares, mas acho que a comida mais saudável é aquilo que minha avó comia qd criança, então tento evitar o resto. Praticamente 100% do que como é feito em casa a partir de ingredientes de qualidade.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. Faz algum tempo que pesquiso sobre dietas e isso que o anom falou é verdade...

      Muita coisa que pensamos que faz bem na verdade esta acabando com a gente... Com certeza vale a pena voce tentar muda sua dieta para paleo ou low-carb, há grandes chances de melhorar sua saude...

      Pesquise no blog do Dr Souto

      Excluir
    3. Vale muito a pena ler: www.lowcarb-paleo.com.br
      Pegue umas postagens que o título parece interessante.
      Sério mesmo, vale muito a pena.

      Excluir
    4. Corey, "nao comer coisas gordurosas" é burrice.

      Baseia-se em mitos propagados graças a piramide alimentar, que como expliquei, decorre de um estudo grotesco.

      Já foi mais do que provado que gordura (as naturais, a do ovo, da manteiga de verdade, das carnes, etc) não causam colesterol alto nem engordam.

      O log do dr. souto que indicaram acima explica tudo perfeitamente, com centenas de estudos comprovando tudo o que ele fala, o cara é foda.

      Eu mesmo perdi aproximadamente 25kg graças a dieta paleo low-carb, além de ter mais energia e saúde agora. Na verdade devo ter peridido mais que 25, pq também ganhei musculo. Mais uns 5 kg e terei um tanquinho, já que ele já está começando a aparecer. Isso tudo esse ano e fazendo uma dieta bem mais ou menos, já que sexta sabado e domingo geralmente eu bebo e como o que der na telha, e isso inclui mcdonalds e tal.

      Boa sorte e abraços.

      Excluir
  23. sugiro a leitura do blog lowcarb paleo do dr. souto e do marks daily apple.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já dei uma olhada sobre isso mas sinceramente não tenho saco pra seguir essas regras.

      Excluir
    2. Mas não tem esse tanto de regra, essa que é a beleza da coisa!
      Basicamente é parar de comer farinha enche bucho e açúcar viciante. Só diminuindo essas coisas sua vida alimentar (e de quebra o resto da sua vida) já melhora bastante.

      Excluir
    3. Não tem muita regra, é bem fácil na verdade> corte qualquer coisa que não é natural. Frita tudo na banha ou na manteiga. Coma frango, carne (de verdade não hamburgueres que 90% é soja imunda estrogenizante), ovo, bacon e salada O QUANTO QUISER, a hora que quiser. Frutas com moderação sugiro no pós treino com alguma proteina (eu faço uma vitamina com frutas + ovos, nem se sente o ovo e fica gostoso na realidade). É bem simples comer na dieta paleo, qualquer restaurante por quilo que vc vá te permite isso, vc nao precisa contar calorias, gramas nem porra nenhuma. Evite tudo que for industrializado, grãos (em especial trigo e soja) e tá tudo certo.

      Excluir
  24. Já pensou em tocar o foda-se para o governo e empurrar com a barriga o quanto der sugando ao máximo? Tipo parar de pagar imposto, usar isso para embolsar o lucro no máximo e a hora que a casa tiver pra cair vc some do país?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E quando a União, Estado e Município cair matando nas suas costas com execuções fiscais que bloqueiam todas as suas contas e investimentos e penhoram seus bens? E, ainda mais, podendo ser indiciado criminalmente?

      John Milton

      Excluir
    2. Não, não pensei... Isso é crime, simples assim! Qd vc entra num negócio deve seguir as regras dele, concordando ou não. Se não concorda, sai fora, é isso que vou fazer.

      Excluir
    3. Corey, não é bem assim "deve seguir a regra". Vc não entrou em negocio nenhum, vc nasceu no brasil e é coagido a dar seu dinheiro. Moralmente não há problema nenhum em sonegar. è como dizer que há prolema moral em se negar a entregar eus pertences a um assaltante.

      Anon 16:33, a justiça só bloqueia seus bens DEPOIS de ajuizar o processo (execução fiscal), vc ser citado, não pagar, etc.

      Obviamente que o objetivo seria sumir VC E SUA GRANA logo antes de isso acontecer, o que é bem simples, receber a citação e tirar a grana da conta.

      Quanto a ser crime, não pagar o imposto não é crime, o que é crime é "sonegar", art 1º da lei 4729/65:

      Art 1º Constitui crime de sonegação fiscal: (Vide Decreto-Lei nº 1.060, de 1969)

      I - prestar declaração falsa ou omitir, total ou parcialmente, informação que deva ser produzida a agentes das pessoas jurídicas de direito público interno, com a intenção de eximir-se, total ou parcialmente, do pagamento de tributos, taxas e quaisquer adicionais devidos por lei;

      II - inserir elementos inexatos ou omitir, rendimentos ou operações de qualquer natureza em documentos ou livros exigidos pelas leis fiscais, com a intenção de exonerar-se do pagamento de tributos devidos à Fazenda Pública;

      III - alterar faturas e quaisquer documentos relativos a operações mercantis com o propósito de fraudar a Fazenda Pública;

      IV - fornecer ou emitir documentos graciosos ou alterar despesas, majorando-as, com o objetivo de obter dedução de tributos devidos à Fazenda Pública, sem prejuízo das sanções administrativas cabíveis.

      V - Exigir, pagar ou receber, para si ou para o contribuinte beneficiário da paga, qualquer percentagem sôbre a parcela dedutível ou deduzida do impôsto sôbre a renda como incentivo fiscal.




      Além disso, como dizia um amigo meu, criminalista, "só é crime se provarem q vc fez".

      Excluir
  25. " Penso que sim, e isso não é muito bom pra vocês, pois meu serviço é basicamente forçar empresas/empregadores a respeitar os direitos do trabalhador... então já viu, posso ver muito de perto o caráter médio do empresário brasileiro e posso dizer que é deplorável com o consumidor, com seus funcionários e com a sociedade em geral, incluindo o meio ambiente etc, afinal, em última instância, são eles quem financiam e literalmente colocam no poder essas porcarias de governantes que temos"

    Comentario perfeito de anon aí de cima. E ainda tem empresário recalcado que quer criticar o governo e os funcionarios públicos só porque não tem a moleza que querem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A SS tb era usada pra forçar os cidadães a cumprir as leis nazistas, imagino a consideração que un oficial da SS teria sobre o povo, principalmente a classe media alemã/polonesa/austríaca e tcheca.. Deve ser a igual a de vcs..dentro da lei que vcs vivem e são obrigados a "forçar" suas considerações são iguais, nada muda, quanto mais intervencionista, mesmo com leis esdruluxas e inumanas, os fiscais "enforcers" sentem que estão lidando com pessoas inferiores e indignas.

      Excluir
  26. Corey, já disse que vc é um herói, já fui um, vi que minha vida e saúde estavam acabando, enquanto meus funcionários tinham férias, meu contador todo final de semana tava na praia e meus adv viajando...ganhei uma gastrite que nunca mais vou "curar", mas poupei, vendi perdendo mesmo, fiz meu capital e dei banana pra todos( mas paguei todos, não tive uma trabalhista). Como o cara lida com uma fiscalização que manda vc fazer X, ai vem outro órgão e manda vc fazer o contrario de X? Que palhaçada, e nenhuma quer da o braço a torcer, vc vai escolher so quem vai te multar. Fora os corruptos que só dificultam pra ganhar oferecendo soluções, o meu despachante na época era(é) um notório malandro ladrão, por ele me conhecer desde pequeno, tinha uma consideração cmg (só me roubava menos), se ele te contar as histórias do que tinha que fazer, vc vê a nojeira que é por dentro do serviço público e dos políticos, não é de graça, se beneficiam muito com isso. Fora que todo funcionário publico que conheci é ou era alcoólatra.
    Vc quer melhorar sua saúde? Seu humor? Vc sabe oq tem que fazer, melhor ter um carrinho de cachorro quente, uma banca camelô, uma palhoça na praia, que ter CNPJ e gerar empregos.
    Empresario no Brasil só da certo tendo os contatos de juizes e políticos, tipico de regimes socialistas e oligárquicos, amigos do rei. Na minha cidade natal tem um empresa que virou nacional, mas só quem conhece sabe quantos ex funcionários morreram misteriosamente assim que saíram, políticos comprados ou vendidos, colocavam as fiscalizações contra os concorrentes... Só assim, vc ta disposto a isso? Eu não!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É exatamente isso que estou passando. Uma repartição me empurra pra outra que empurra pra uma, que manda preencher isso e aquilo, manda fazer novamente porque tá errado, aí a primeira tava certa, faz novamente, não aceitam pq passou do prazo, aí já é outro formulário, mal elaborado, com margem pra erro...

      Excluir
  27. Cara, para de chorar, vc é cum CHORÃO! Que se foda os funça, que se foda as iniciativas privadas. Vc acha que terá tudo na mão na hora que quer? Parece até criança, querendo o pirulito, mas a mamãe não deixa mais pq acabou de escovar os dentes. Segue seu rumo. Se está insatisfeito, vende as porras das lojas que vc tem, faz um caixa, tenta gerar renda, procure um emprego pra engordar este bolo e faça a porra de um plano de sair do pais daqui 2 ou 3 anos!
    Para de chorar, pq a única vitima aqui é vc! Valeu?

    ResponderExcluir
  28. Putz Corey, fiquei com uma dor no estômago só de ler o que você escreveu.
    Nunca fiz um exame, mas certamente devo ter uma gastrite nervosa devido à alta carga de estresse que sofro todos os dias.
    Não sofro de hipertensão, mas sei que é um negócio perigoso, é preciso ter cuidado.

    Cara, esse país é um lixo sem igual.
    O funça trabalha 30 horas por dia, pega 60 dias de férias ano (somando férias, recesso e emendando feriadões), faz um trabalho que é a cara dele e ainda por cima pede aumento salarial pros otários aqui terem que pagar.
    Não bastasse tudo isso, insatisfeitos com o valor do roubo que nos fazem todos os dias, ainda nos exigem mais do que podemos pagar.
    É um sistema FDP.

    Nos chamam de gananciosos, corruptos e sonegadores quando a verdade é justamente o oposto. Bandido é o governo que estupra quem produz, quem gera valor, quem cria empregos, quem sustenta essa porra toda.
    A vontade que dá é de jogar as chaves da loja na cara dessa turma e mandar eles administrarem para ver se conseguiriam manter o negócio funcionando. Certamente negariam, pois sabem que não tem culhões para isso.

    Deveríamos todos fechar as portas, demitir todo mundo e fazer greve até o governo quebrar.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande BBB!

      Meu problema é que o histórico familiar pra essas doenças genéticas é bem sinistro, tenho que me cuidar, já tive uma crise hipertensiva com 20 e poucos anos, fui parar no hospital e tudo, tomei remédios durante um tempo. Advinha a causa? A loja antiga! Dp desse episódio acabei vendendo-a.

      O que vc disse é absoluta verdade, a gente é visto como a parte desgraçada da história, exploradores folgados. Se jogar a chave da loja pra esses caras tocarem duvido que passe do 6º mês...

      Tá foda...
      Abração!

      Corey

      Excluir
    2. Lendo o Pare de Acreditar no Governo, vc vê que o Brasil no inicio do seculo 20, fechou a porta pro empreendedorismo e o livre mercado, o marco inicial foi D. Pedro 2º (Contudo, o melhor governante que já teve nessa bosta) fudendo com o Barão de Mauá, por inveja do sucesso do cara, bem dizer roubaram o Banco do Brasil dele. Mas já mostrou, que o empresario que quer crescer tem que "agradar" o governante, e o PT levou isso pra outro nível, como sabemos .

      Excluir
  29. Cara na boa,
    não pense que se vc só vender suas lojas a dor de cabeça e estresse acabarão.
    O verdadeiro estresse é cruzar com bostileiros todo o dia. O povo brasileiro está muito atrasado, isso aqui não tem mais volta.
    Você é privilegiado....você tem dinheiro cara....EUA, Canadá, Austrália, Nova Zelândia é o que há.
    Não gaste sua saúde mental com esses anencéfalos

    Abs
    Anon Sincero

    ResponderExcluir
  30. Tenho pensado em empreender como MEI, sou funcionário público municipal de baixo escalão. Entendo a raiva pelas diversas situações que os empreendedores passam.
    Mas vamos com calma, a culpa de todos os perrengues que vocês passam não causadas apenas por funcionários públicos. Sei que tem serviços públicos defasados e ineficientes, mas tá cheio de empresa particular defasada e ineficiente.
    Tá cheio de empresário querendo levar vantagem em cima de clientes, funcionários que atendem mal, não entendem bem do produto ou serviço que vendem, querem te empurrar coisas desnecessárias, supostas vantagens etc.
    E sim tem muita gente capaz no funcionalismo.
    Não me considero melhor ou pior que ninguém.
    Existem bons e maus empresários e empresas piores ou melhores e o mesmo se aplica ao funcionalismo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo, avalie outras opções além do MEI. Como MEI você assume o risco da atividade de maneira pessoal e ilimitada. Em outras palavras, se sua empresa não der certo os credores vão voar em cima do seu patrimônio pessoal igual urubus.

      Excluir
    2. A diferença é que o seu salário é ROUBADO, e dos empresários as pessoas compram VOLUNTARIAMENTE.

      Excluir
  31. Sou funça recém concursado e tento dar o meu melhor porque foi foda passar e porque eu não tinha nada antes daqui. Dei orgulho para os meus e quero ser um pessoa que faz o seu trabalho direito, geralmente sempre fico depois da hora, mesmo que no computador resolvendo minhas coisas, faço o que me pedem. Trabalho em uma universidade da qual também estudo e procuro atender tanto alunos e professores com cordialidade. É verdade que o serviço público é muito burocrático e fudido, mas se cada um der o melhor de si nesse mar de bosta talvez de pelo menos para empilhar bem alto e por um milho na ponta. Não tenho interesse em continuar lá por muito tempo, penso em empreender, mas ainda não tenho maturidade nem grana. Acredito que nos centros urbanos onde todo mundo é maluco e parece ter dado uma fungada no cu de um mendigo no café da manha seja assim mesmo.

    ResponderExcluir
  32. 4° parágrafo do post: "...não há perspectiva de estabilidade".
    Ora meu amigo Corey, se quisesse estabilidade tu terias feito um concurso público.
    Vc quer, nada mais nada menos, a mesma coisa que todo chimpanzé concurseiro busca: estabilidade.
    Quer queira quer nao, vc foi contraditório ao criticar alguém que buscou oq vc busca nesse momento de "mimimi".
    Se deseja é estabilidade, e com isso qualidade de vida, poderia estar ganhando facilmente R$400.000,00/ano se tivesse estudado para um concurso público. Para tanto nao precisaria abandonar o plano de emigrar, mas poderia ter escolhido uma maneira mais estável de conseguir os seus sonhos.
    Eu gostaria de ser empresário. Mas vc acha que eu vou me submeter a um subemprego ganhando uma mixaria, trabalhar igual um burro para poder juntar uma grana p/ abrir meu negócio e correr o risco de ser demitido de uma hora para outra? Sem noção, né?! Nem preciso dizer a minha decisão!
    vc ta na chuva é pra se molhar! agora assuma os riscos e pronto!
    Jogar a culpa no funcionário público é apenas escolher um bode espiatório em alguém que só cumpre o que lhe é determinado. Se o seu empregado procrastina o serviço na empresa a culpa é dele? Não! É sua!
    O serviço privado é tão bom e eficiente que eu lhe pago para cancelar a minha NET.
    Abraço!
    vc só teve um mês ruim.. relaxe!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas 400k/ano é exagero também né... sendo honesto não tem tantos que ganham isso.

      Excluir
  33. Minha mae é funça, e é super tranquilo o trabalho dela, foram por ponto com digital essa semana no serviço dela, antes ela sempre tinha alguém q batia o ponto antes de ela chegar , na universidade federal que estudo tudo é burocratico fora a falta de qualidade da maioria dos professores.
    Penso em ser empreendedor tbm corey, voce mesmo sendo anonimo é uma influencia positiva, desanima não velho, força que logo mais voce estará nos USA em uma nova empreitada.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  34. Esses caras querem ser empresário e ficar rico na moleza! Quer ganhar dinheiro tem que se fuder mesmo, se aborrecer, pagar imposto, perder tempo em repartição, nunca vi intuem ficar rico deitado na rede.
    Quer ter funcionário e não se aborrecer, ganhar dinheiro e não pagar imposto, quer ser empresário, mas manja porta nenhuma de direito ou contabilidade.

    O cara não se prepara faz merda e mal assessorado e a culpa é dos funça!

    A culpa é sempre dos outros, os acertos do empresário fodão.

    ResponderExcluir
  35. https://www.youtube.com/watch?v=zdP7X_Lulq8

    Servidores desinteressados... nem todos!

    ResponderExcluir
  36. Temos um problema gravíssimo no país. Como diz Capitão Nascimento: O sistema existe para resolver os problemas do próprio sistema.

    O Estado suga o empreendedor. O empreendedor, na tentativa de sobreviver suga os funcionários. Os funcionários sugados, mal remunerados e estuprados de todas as formas busca uma saída, o emprego público.

    Cada vez mais pessoas buscam a estabilidade pública e a maioria acha que está fazendo um trabalho nobre e útil.

    A insegurança para o empreendedorismo gerada pelo governo fode com todos. A coisa está se retroalimentando.

    A desregulamentação de todos os setores é a solução!

    Sou funça, votei contra o PT. Amaioria dos meus colegas, meu pai inclusive, votaram contra o PSDB pois tem medo da privatização. Os funças tentam se proteger com medo de perder a boquinha.

    Por mim privatiza tudo!

    ResponderExcluir
  37. Olá, corey de fato esse país é uma merda e infelizmente não vai melhorar, o populismo e as esquerdices no geral agradam geral e o fim de tudo é o país acabar de quebrar. Uma coisa que me ajudou a mehorar o humor que gostaria de compartilhar é o chá de alecrim - dá uma olhad aqui - http://www.noticiasnaturais.com/2015/02/16-beneficios-que-voce-precisa-conhecer-sobre-o-alecrim/

    Veja outros artigos desse site especialmente o artigo sobre o açucar, que eu garanto alguma coisa vai melhorar na sua saúde.
    Att.

    ResponderExcluir
  38. Corey

    O Brasil é pior que um campo de concentração nazista ou um Gulag soviético.
    Lá existiam experimentos insanos e você sabia que ia morrer logo.

    Aqui na latrina Brasil os experimentos são iguais e você não sabe quando vai morrer. Só sabe que a morte será lenta

    ResponderExcluir
  39. Cresci vendo meu pai ser estuprado pela iniciativa privada. Trabalhando 60h por semana, sendo enganado e roubado pelos próprios patrões em comissões e salários prometidos, foi demitido algumas vezes no auge (para colocar um novato com condições salariais e comissões inferiores) ou em momentos de crise... além dos salários pífios e muitas outras mazelas que não vou detalhar.
    Comecei também na iniciativa privada, da mesma forma, sendo fodido pelo pelo sistema e pelo empresariado, que na grande maioria dos casos não faz caixa dos lucros para momentos difíceis ou nem mesmo dividem entre os funcionários a participação destes... não! só te sugam e sugam... e só dividem os prejuízos... a maioria dos empreendedores brasileiros são egoístas... quando tudo vai bem, só comem putas, compram iates e ficam ostentando mesmo.
    Tentei ser um um empreendedor... mas a burocracia e o sistema te fodem novamente... importar e exportar nesse país é super complicado... sem fomento... tributos, taxas... fiscais e contadores malandros... criminalidade... especulação imobiliária... uma legislação confusa, complexa e com constantes mudanças... o câmbio maluco... comecei muito bem... fui pioneiro no ramo de atuação e ralava muito... mas fui engolido pelo sistema e pelos gigantes grupos... tive que sair de cena...
    E o que me restou? Fui ser funça mesmo, passei em um bom concurso. Tenho vergonha? Sim... Tento fazer a diferença, contribuir para a sociedade, mas o sistema te fode novamente, a zona de conforto te fode... tenho a real noção que somos parasitas da sociedade, ajudamos a afundar o barco, em um governo inchado, centralizador, ineficiente, burocrático e engessado.
    Sem mais opções, penso em sair do país, para ver se consigo viver em um país livre, com pessoas de livre pensamento e opinião, viver do meu próprio suor, sem ser estuprado e nem ser um parasita.
    Poder sair sem medo na rua ou de alguém invadir sua casa, sem medo de cair em golpes e pegadinhas, sem um governo que toma 50% do que é seu e não te dá nada em troca, sem 60mil assassinatos por ano, sem fura-filas, sem "jeitinho brasileiro", sem bonobos.

    ResponderExcluir

Os comentários desse blog são moderados, ou seja, passam pelo meu controle antes de serem publicados. Esse é o motivo pelo qual seu comentário não aparecerá logo após você clicar em "Publicar", portanto não precisa postar 2 ou 3 vezes! Posso demorar, mas publicarei e responderei todos os comentários que não contenham trolagens, intrigas, propagandas e baixo nível.