sexta-feira, 22 de maio de 2015

Sobre Ciúmes, Pseudocasamentos e Finanças de Casal

Faz tempo que quero tocar nesse assunto aqui no blog, sempre que escrevo algo relacionado a casamento, a minha vida com a Bia alguém toca no assunto ciúmes e separação de bens com frases do tipo:

"Corey, você não tem medo de levar um chifre da sua esposa? Ela tem Facebook e você não..."
"Corey, você não se preocupa pelo fato da sua esposa trabalhar numa empresa com outros homens?"
"Corey, como você protege seu patrimônio de um eventual divórcio?"

Meu amigo Izzy Nobre fez um ótimo vídeo sobre esse assunto, ele resume bem o que penso sobre isso, invista 8 minutos do seu tempo e assista:


Acredito que esse medo exacerbado da traição é algo intrínseco da cultura brasileira porque a grande maioria dos homens traem suas esposas, logo, eles tem medo de serem traídos. Nisso caímos em algo bem incoerente (e já estou esperando os comentários me apedrejando): o cara pode ficar com várias, é o fodão por sair contando vantagem para os amigo que comeu fulana e ciclana, mas sua mulher não... ela não pode dar uma pulada de cerca... Hipocrisia e machismo juntos numa pessoa só! E pior que a grande maioria dos homens pensa assim!

Se você é mulher e está lendo esse texto, saiba que as chances de seu marido já ter te traído são de no mínimo 9 em 10.

Eu realmente não tenho ciúmes da Bia, sabemos separar sexo de amor e somos muito felizes dessa maneira, como sempre digo, siga o caminho contrário da manada e as chances de sucesso se multiplicarão exponencialmente. É isso que fazemos, temos um relacionamento baseado na verdade e nos acertamos dentro disso, no fim das contas é um jogo ganha/ganha.

Outra pergunta clássica que recebo é: "Corey, você não tem medo da Bia se apaixonar por outro cara e te deixar?". Brother, se isso acontecer, melhor pra ela que estará ao lado de uma pessoa mais interessante que eu e melhor pra mim que estarei sem uma pessoa que não gosta mais de mim. Simples, muito simples... Não tem porque querer impedir isso! O importante é ser feliz, porra! Claro que se isso acontecesse eu sofreria bastante, mas também pode acontecer a história contrária, por que não? O importante é a racionalidade imperar sempre.

Agora o medinho de todo homem: divisão de patrimônio. Eu penso assim, se eu estou casado, se essa pessoa está do meu lado, se ela contribuiu mesmo que indiretamente na formação do patrimônio então por que caralhos ela não tem direito de parte desse patrimônio numa possível separação? Isso chama-se justiça. Se você não topa dividir seu patrimônio com sua esposa você é no mínimo egoísta e injusto, pra não dizer que você é um grande filho da puta mesmo! Num casamento de verdade os dois caminham juntos no mesmo sentido, um ampara o outro quando necessário, um faz absolutamente qualquer coisa pra ajudar o outro desde limpar a bunda da pessoa amada quando enferma ou doar um rim pra ela, então não vejo porque ser mesquinho e ficar com mi mi mi pra dividir patrimônio numa possível separação. Se você não for capaz de dividir seu patrimônio, nem doar um rim a sua esposa/marido, há algo muito errado no seu casamento e talvez seja melhor reavaliar já antes que seja tarde.

Não vejo razão pra ter ciúmes porque não vejo razão pra desconfiança se o casamento for realmente sério e verdadeiro, porém o fato é que pouquíssimos casamentos possuem essa característica. A grande maioria dos casamentos que conheço se resumem nos passos abaixo:

  • Namoro, noivado de 5, 6 anos
  • Compra e decoração de um apartamento da MRV de 40m² onde a noiva quer gastar mundos e fundos com decoração luxuosa pra mostrar pros parentes
  • Casamento numa chácara ou buffet ao custo de R$ 20.000,00
  • Luz de mel em Paris
  • Discussões, brigas, e demais tretas
  • Nascimento do primeiro filho do casal
  • Separação antes do primeiro aniversário da criança
Nesses casamentos normalmente o marido não sabe quanto a esposa ganha e vice-versa. Quando o marido pega uma gripe, sai correndo pra casa da mamãe e por lá fica a té se recuperar. A esposa quer ter aquela batedeira Kitchen-aid fodástica mas não é capaz de usa-la pra fazer um bolo de surpresa pro marido. Ninguém se preocupa com as finanças da casa, cada um paga uma parte das contas e deu... Simplesmente não há entrosamento, não há carinho, não há amor! 

Sou uma pessoa extremamente egoísta, não sou hipócrita em falar que me preocupo com a situação do Congo porque eu não me preocupo mesmo! Tenho minha vida e me importo com o que está relacionado a ela. Tenho minhas maneiras de ajudar o próximo, uma delas acredito que seja o blog onde consigo expor minhas ideias que podem ajudar as pessoas. Porém, quando o assunto é dividir patrimônio eu acharia justíssimo fazer se necessário, até porque dinheiro, mermão, dinheiro vai e vem, não tem muito o que você possa fazer sobre isso. Dinheiro é algo relativamente fácil de ganhar, por isso me preocupo mais em ganhar conhecimento que é um bem mais difícil de conseguir e também de perder.

Falando sobre dinheiro e casamentos, esse ano estamos testando o sistema socialista lá em casa. Bia e eu não dividimos mais despesas, nós simplesmente colocamos ganhos e custos tudo na mesma cesta. Facilitou horrores o controle financeiro, perco bem menos tempo controlando o que entra e sai, além disso passamos a usar prioritariamente o cartão de crédito, também com intuito de facilitar a contabilidade e ganhar pontos pra trocar por passagens. Aí você vai falar: "Corey, você provavelmente ganha mais então você sustenta a Bia". Eu não sustento a Bia, mas sim, é verdade, eu ganho mais, e esse é o motivo pelo qual o socialismo é a coisa mais idiota numa sociedade, o que contribui mais vai levar o que contribui menos nas costas, o problema é que se você é o mais forte, é obrigado a sustentar o mais fraco que você nem conhece. Agora, dentro de uma casa, num casamento de verdade, onde ambos são apenas um, onde ambos trabalham em prol de uma só coisa, não há motivo pra não ter um regime socialista.

Bom, é isso o que eu gostaria de falar hoje. E você, o que pensa a respeito desses tópicos?

27 comentários:

  1. Legal o seu post, muita gente pensa de maneira mais liberal hoje em dia. Por causa da internet, dos testes de DNA e outras coisas, muitos casais vivem de forma mais liberal sem problemas.

    Mas é sempre bom lembrar que casamento deve ser lucrativo em todos os sentidos, sem esquecer da parte financeira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que o que não pode acontecer é uma das partes ser parasita, não contribuir de maneira alguma e ficar chupinhando o outro. Mas aí entra o que eu disse, um casal de verdade é formado por 2 pessoas trabalhando junto em prol de um único objetivo, logo num casamento de verdade o parasitismo não acontece.

      Excluir
  2. Corey, mandou muito bem! O pessoal da blogosfera sai falando mal de relacionamento, que mulher não presta, que homem também não presta. O que não presta são pessoas imaturas juntas. Assim como o egoísmo exacerbado, onde um quer dominar o outro e não ajudar/acompanhar.

    Pra muitos funcionam o esquema de liberdade sexual que nem o seu. Para outros não. Para outros só quem tem liberdade sexual é o homem. Porque não se divertir juntos? A sociedade é muito hipócrita.

    Mas o fato é que a harmonia é a alma do negócio no num relacionamento. Havendo harmonia e entendimento, até relacionamentos à distância duram bastante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, o problema é a imaturidade, coisa que a cada dia que passa está pior, principalmente entre os homens. Acredito que cada casal deve achar o arranjo que é legal pra ambas (ou mais de 2) partes. Casamento não tem nada a ver com papel assinado, igreja, casa própria, filhos, nada a ver...

      Excluir
  3. Corey aqui em casa o modo de agir é similar:
    Alguma Observações que faço desde adolescente sobre nossa sociedade.
    1 O indivíduo não sabe nem o que quer da vida e já quer casar e ter filhos.
    2 O indivíduo não sabe avaliar com quem esta se comprometendo arruma uma bonitinha fútil para ostentar para os amigos e depois paga a conta.
    3 Conhece a pessoa de um jeito e depois insiste para pessoa mudar seu modo de agir e de pensar, mas que burrice se a pessoa não lhe agrada não fique com ela!! Este lance de opostos se atraem é uma perfeito bullshit... se você não tem afinidade isso vai gerar conflitos.
    4 Casa com metidinha patricete do arem e depois quer cobrar controle de gastos domésticos,casa com mulher desinteressada por carreira ou estudo e depois quer cobrar que ela tenha está qualidade.
    Falta muita racionalidade nas escolhas da sociedade!!
    Aqui em casa eu e minha esposa aportamos e economizamos, ou seja tudo que fazemos tem como objetivo um conjunto... Nunca me vi casado com alguém que não aprova meu estilo de vida frugal de investidor, em caso de separação é divisão de bens e ponto final.Quem arrumar vagabunda para sustenta e depois reclama que esta sendo extorquido nada mais é que outro vagabundo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu Deus, que baita comentário! Assino em baixo, vc pensa exatamente como eu penso!

      Concordo com tudo o que vc disse, principalmente com o fato da maioria da molecada não saber o que quer da vida e já pensar em casar, saber de onde a mulher vem tb é muito importante, jamais mudará uma gastona, isso não existe.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  4. Engraçado que você fala em remar contra a maré na primeira parte (ciúme) e na segunda faz justamente o que todos os casais fazem (comunhão universal/separação parcial de bens - comunismo/socialismo no casamento).

    Estes aspectos devem ser estabelecidos de comum acordo pelo casal, só cabe a eles decidir o grau de ciúmes e a divisão/união do patrimônio.

    Pessoalmente entendo que o ciúme é importante, mas deve ser moderado, não pode atuar como sentimento de posse, mas de cuidado e atenção. Eu também prefiro ser largado do que estar com alguém que não goste de mim e de preferência o mais rápido possível.

    A parte financeira está umbilicalmente relacionada à continuidade do relacionamento, já que a regra é que o marido/homem sustente ou ao menos dê um suporte maior à esposa do que do que o contrário, então ocorre da esposa não mais gostar do marido e permanecer no relacionamento simplesmente pelo fator econômico (essa é a regra na sociedade).

    Um fato também marcante é o homem se sacrificar mais no trabalho (por que você acha que homens ganham mais? Você realmente vai pagar o mesmo a um empregado homem que se mata/faz horas extras/se esforça do que uma mulher que ocupa o mesmo cargo, porém não faz nada a mais e só pensa em parir?) e a mulher curtir mais a vida (mulher vive mais, quase 10 anos, pq trabalha menos! trabalho=estresse), aí no final tem gente que se surpreende com atitudes insanas de alguns homens quando são largados por um provedor melhor...

    Entretanto homens liberais que sustentam suas esposas são cada vez mais comuns, aí é escolha de cada um também.

    Enfim, cada um tem um ego, um plano de vida e suas próprias escolhas, de minha parte eu jamais vou sustentar uma mulher, pois se está comigo é por amor e não por comodismo/conforto econômico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ciúmes e parte financeira do casal são cosias completamente diferentes, por isso não sigo uma coerência. Só acho que essa mesquinharia por causa de patrimônio é algo errado. A partir da hora que o casal é de verdade, ou seja, um tá alí pelo outro, não é pra ter esse tipo de mesquinharia.

      Com certeza isso deve ser decidido pelo casal, mas vamos e venhamos, nem sempre essa decisão será a mais justa.

      Mulher no geral ganha menos e vai continuar ganhando e não vejo nada de errado nisso. Já escrevi sobre isso e repito: eu não contrato mulher em idade fértil. O micro empresário não consegue arcar com isso!!! No meu caso particular eu ganho mais pq sou empreendedor, Bia é funcionária do setor privado, então logo ela vai ganhar menos que eu. Se eu tivesse seguido carreira na minha área de formação provavelmente ganharíamos igual.

      Eu tb acho que não sustentaria uma pessoa pro resto da vida. Com certeza o faria por algum período de tempo se fosse necessário, mas na prática ninguém é absolutamente impedido de trabalhar.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. Para o anon aew de cima KKk
      Minha esposa ganha mais do que como isso se configura?
      Casamento é opção não é obrigação!! Nenhum homem é obrigado a sustentar mulher parasita e o mesmo vale para mulher, mulher hoje que não trabalha é quase um crime para finanças do casal! existe 2 opções:case com uma mulher competente que entende economia que sabe algo sobre finanças e que partilha de sua visão de frugalidade agregando valor ao casamento... ou fique solteiro, pois ninguém é obrigado a se casar...Em vez de conhecer essas baladeiras porque tu não procura no ramo das mulheres intelectuais e competentes, embora seja minoria ainda existe!! Que tal se envolver um pouco por afinidades e intelectualidade... Se você analisar por este prisma tem um monte de homem interesseiro querendo casar com patricinhas ricas e encostar em suas fortunas , não é muito diferente das mulheres parasitas que encontramos ao montes.Simples assim fique com mulheres do seu nível intelectual ou financeiro. Agora caso queira pegar as cabeças de ventos que tem aos montes nesses ambientes de balada não venha amaldiçoar o mundo, pois você é culpado pela escolha que fez nada além de você.
      E se for rico faça um casamento por contrato e estipule valores antes de se casar.
      Antes de me casar fiz um levamento de quanto iria precisar para despesas e depois do planejamento levantamos o capital: incrível é que ninguém tem mais , ela entrou com a metade eu com a outra metade. Ela sempre aportou junto comigo e alguns meses ela aporta mais do que eu pois sua renda é maior. Eu sou liberal no bom sentido da palavra, quer larga pega a grana e vaza. só deixa metade que vou ali comprar algumas ações.

      Excluir
  5. Fucking awesome! Corey, vc falou que se vc ou sua mulher se apaixonarem por outra(o), é a vida, bola pra frente. Mas de verdade, vc coagita essa possibilidade? Só eu que penso que meu casamento é pra sempre? Tenho muita convicção que daqui a 50 anos continuarei com minha atual esposa. Vc pensa assim também? E vc faz parte dos 10% ou 90%? Eu faço parte dos 10% com muito orgulho, encho o peito pra falar que sou fiel rsrsrs.

    ResponderExcluir
  6. Olá corey tudo bem ? Cara penso exatamente como você , na questão sexual do casamento , na financeira um pouco diferente kkk . Bom estou passando por uma crise e queria saber se você poderia me dar um conselho .

    Faz alguns anos que conheci minha atual namorada , eu sempre fui o putão ia para baladas pegava geral , ficava com varias e etc , até que conheci minha atual namorada , eu era o tipo de cara sem futuro , depois de conhece-la mudei muito me tornei um jovem com objetivos e metas bem definidos , sonho em ser um empreendedor , depois de acabar minha faculdade quero me casar com ela .

    Mas ai que está o problema , minha familia é protestante fazem decadas ( meus bisavos eram , meus avòs e agora meu pai e minha mãe ) eu nunca fui muito amistoso com essa religião , mas sempre fui levando , o problema é que minha namorada é bissexual , eu não vejo nenhum problema nisso . mas , para minha fámilia isso é o fim , e os conflitos na minha casa só aumentaram depois que eu falei que queria me casar com ela .

    Aqui em casa meu pai já falou que caso eu case com ela , ele nunca mais vai olhar para minha cara , minha mãe já disse que só dou desgosto para ela , e que minha namorada é possuida por demonios , eu realmente não sei o que fazer , por um lado minha mãe sempre cuidou de mim ( meu pai sempre me deixou meio de lado em prol de minha irmã ) do outro minha namorada que já me ajudou inumeras vezes , quando fiquei com dengue , ela sempre ia me visitar no hospital e copiava a materia pra mim , sempre me apoiou nos meus sonhos e objetivos e etc . Tá ai cara não sei o que fazer , têm como me aconselhar nesse caso ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ui, mamãe e papai não quer, mimimi. Cresça rapaz, foda-se o que seus pais pensam, eles só tem controle da sua vida até os 18 anos, aliás vc nem deveria dar satisfação pra eles

      Excluir
    2. Anon, Sempre valorize seus Pais, mas essa é uma situação muito delicada, eu sou do tipo que sempre valorizo aqueles que me ajudaram e acredito que seus Pais sempre estiveram do seu lado, será que agora vale a pena se aventurar mesmo que do outro lado tenha uma pessoa a qual achas que vale apena? Pense, reflita e decida, afinal a vida é sua.

      Excluir
    3. Antes de mais nada é preciso valorizar sua independência.

      Se vc tem uma namorada bissexual isso significa que as chances de ter mais diversão em casa são infinitamente maiores do que par aum cara casado com mulher comum. Logo, é mais vantagem valorizá-la do que ficar preocupado com seus pais.

      Outra coisa é o casal ter palnos financeiros, usar o Excel para planejar aportes e, principalmente, os rendimentos dos investimentos. Os fiis são uma maravilha por botarem dinheiro na mão do investidor todosanto mês. Do ponto de vista psicológico, e maravilhoso.


      Depois de uns anos, se vcs estiverem ricos, toda sua família vai abaixar a cabeça e te pedir favores. O dinheiro comanda o mundo, ele vence tudo.

      Excluir
  7. Olá Corey

    Parabéns pela coragem e expor seu estilo de vida para que outros possam apreciar e até mesmo seguir.

    Como blog de finanças, discordo de seu texto, pois como vc mesmo disse, a maioria dos casamentos de hoje em dia é diferente do seu. Ou seja, vc está dando dicas para a exceção e não para a regra.

    A regra é de casamentos mal planejados e de separação/traição precoces. Então, acredito, as dicas deveriam servir para a maioria. Como devemos presumir que é difícil fugir daquilo que persegue o comportamento da maioria e que não podemos controlar e prever a mente das mulheres, seus familiares etc.......acredito que o ideal é se precaver e preferir o casamento com separação total de bens.

    Mesmo que vc considere sua mulher uma boa esposa e tenha amigos nessa condição, a verdade é que a grande maioria das mulheres disponíveis são traumatizadas por ex namorados cafajestes, são muito interesseiras e com pouca tendência à fidelidade. Por mais que vc dê conselhos, os jovens que leêm seu blog são numerosos e nem todos conseguiriam garimpar as exceções que alguns apontam existir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se a maioria da população é burraq, pra que escrever coisas que agradem a esse povo sem leitura, limitado por tv e revistas? É preciso escrever coisa que agradem ao dono do blog. Se servir para aumentar o dinheiro dos leitores, aí será bom.

      Muitos jovens não ligam para fidelidade, eles estão preocupados com a família e com os amigos, com a imagem no bairro. Isso é querer viver como Big Brother.

      O mais importante é ter vontade de ficar rico, independente se a mulher foi prostituta ou se é virgem. O valor da mulher vem do companheirismo e da contribuição para a a riqueza.

      Excluir
    2. Hj em dia a traição ocorre fácil por causa do facebook/tinder etc. É melhor o homem se concentrar em ficar rico, muito rico.Assim pode sair do Brasil, pode viver melhor.

      Quem perde tempo com passado de mulher fica paranoico.

      Excluir
  8. Pô Corey,concordo que quem trai e não age sob preceitos morais não possa pedir o mesmo aos outros,pois seria hipocrisia. Mas porque no seu texto vc só direcionou a traição aos homens? As mulheres traem tanto quanto e possuem mais facilidade para tal.

    Quanto ao resto ,então quer dizer que caso vcs queiram ter um envolvimento não emocional,apenas sexual o outro permite e fica de boa? Vc já pensava assim antes ou essa forma de relacionamento vc já praticava com outras?

    Abraço

    ResponderExcluir
  9. Separação de bens só rola com uma condição financeira de elite , toda documentação e contratos são caros. O ideal para pobre em inicio de carreira, antes de se casar:crie uma planilha com metas e valores. Cada parte entra com metade, deste modo mesmo com separação de bens ninguém sai perdendo.
    Procure mulheres do nível social agregando valor para aportes financeiros, mulheres com objetivos similares ao seus, mesmo que sua mulher entre com um pouco menos no montante você pode ter controle e trabalhar com o dinheiro dela nas aplicações. O que não pode é você levar tudo nas contas simples assim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só são caros se a pessoa não tiver conhecimento jurídico e tiver que contratar advogado. Com alguma inteligência, livros de direito de família e o google são suficientes. O custo é praticamente o mesmo que um registro de casamento ou união estável normal.

      Excluir
  10. Grande Corey,

    Sou old school... Na verdade sempre fui. Tentei mudar no meu último relacionamento e o resultado foi o término dele. Quero uma mulher para ser a mãe dos meus filhos e para casar, de uma maneira logicamente não tradicional. Comunhão parcial de bens e pronto.

    Ahhh, mas e se ela se separar de você? Se separar, acho justo que o patrimônio seja dividido, porque sinceramente acredito que ambos conseguiram que o patrimônio tenha se multiplicado. Não sou nenhum Rockfeller para alguém querer minha fortuna, que se baseia em uma moto e alguns trocados.

    Sobre o homem ser putão e a mulher não, pra mim isso ai é culpa da própria sociedade como um todo e por conta das mulheres aceitarem homens assim. Nunca fui pegador, sempre fui na minha, porque sinceramente não tenho saco e paciência para gerenciar multiplas mulheres. Prefiro gastar meu tempo escolhendo uma mulher que se encaixe no que eu acho que são valores necessários em uma pessoa e pronto.

    Sobre traição é algo que eu ja disse várias vezes. Se eu conheço uma pessoa, e sei que ela trai/traiu a pessoa com quem ela está, NUNCA confiarei naquela pessoa. Porque eu penso, se você trai a sua esposa/esposo, na qual você jurou amor, como quer que eu confie ao me jurar lealdade?

    O que acontece hoje em dia é que realmente, ninguém tem valores, todo mundo tem preço. Dizer, eu não traio minha mulher, ahhh mas se uma gostosa quiser dar pra mim, eu como. Você não tem valor, você tem preço. Eu amo minha mulher, mas se um dia ela não puder mais andar, ai eu largo dela. Você não tem valor, você tem preço. Todo mundo hoje em dia tem preço, basta você saber a moeda e qual a quantia.

    Uta!

    ResponderExcluir
  11. O certo é o cara casar depois dos 35 e ter dinheiro guardado/investido. Com isso ele poderar casar com uma mais nova obediente e econômica. Casar cedo com mulher gastona é pedir para morrer pobre e ferrado.


    Devemos também lembrar que as elites cultas e inteligentes estão preocupadas em fazer mais e mais riqueza. Chifres são coisas sem muita importância. Quem manda é dinheiro. De outro lado, os pobres semi analfabetos que veem tv aberta, Faustão lixo, ficam obcecados em ser chifrudos, se fossem menos burros, seriam menos pobres.

    ResponderExcluir
  12. Desde o Egito Antigo casamento sempr efoi contrato, sempre serviu para unir dinheiro com dinheiro.

    As classes altas, mais ricas e mais cultas sempre foram mais inteligentes em relação ao sexo, havia liberdade para festas, as esposas tinham sexo fora de casa, mas evitavam engravidar para não comprometer a herança e o dinheiro.


    Os pobres sempre foram burros e fofoqueiros, ficavam e ficam até hoje preocupados com quem levou chifre, quem fez o quê. Em vez de estudar para sair da pobreza se ocupa da vida alheia e continua pobre.

    Ao rapaz que tme namorada bissexual, ele deve estimular esse lado dela, convidar as parceiras dela sempre para passar o fim de semana.

    ResponderExcluir
  13. Um casal aportando 8k por mês chega ao primeiro milhão muito mais rápido que um homem solteiro aportando 3k no sufoco.

    Casal unido gera riquezas e dividendos.

    ResponderExcluir
  14. Que diferença de qualidade de conteúdo comparado a um blog do tal de ''fracassadão'', onde só existe infantilidade e mimimi.

    ResponderExcluir
  15. Corey penso mais ou menos como tu mas te faço duas perguntas:
    A Bia sabe da existência desse blog?
    Vcs frequentam casas de swing?

    ResponderExcluir
  16. Isso não é regime socialista, é um regime cristão, ou seja, os dois são uma só carne, um dá a vida pelo outro. Regime socialista é uma entidade externa te controlando e igualando todos para baixo.

    ResponderExcluir

Os comentários desse blog são moderados, ou seja, passam pelo meu controle antes de serem publicados. Esse é o motivo pelo qual seu comentário não aparecerá logo após você clicar em "Publicar", portanto não precisa postar 2 ou 3 vezes! Posso demorar, mas publicarei e responderei todos os comentários que não contenham trolagens, intrigas, propagandas e baixo nível.