segunda-feira, 25 de maio de 2015

Reflexões sobre Maturidade Masculina - Parte 2

Em janeiro, após um post sobre Marriage Strike eu publiquei o seguinte texto sobre Maturidade Masculina:

http://coreyinvestidor.blogspot.com.br/2015/01/reflexoes-sobre-maturidade-masculina.html

Agora, aconteceu a mesma coisa, após o meu último post sobre ciúmes e finanças de casal me vejo obrigado a voltar a tocar nesse assunto: a imaturidade masculina.

Prometo que essa foi a última vez que toco no assunto casamento, mulher ou coisas do gênero. Não dá, simplesmente não dá... Quando escrevo sobre esse tema que considero muito importante, chovem comentários imaturos, coisas bizarras, que parecem terem sido escritas por meninos de 10 anos de idade. Eu nem consegui responder os poucos comentários que consegui aprovar tamanho besterol e confusão que essa molecada fez em relação ao assunto.

No post de janeiro eu comentei sobre as teorias malucas que os jovens homens de hoje em dia tem em relação a mulheres, até aconselhei, dei dicas de como você pode passar de um punheteiro pra alguém que consegue ao menos conversar com o sexo oposto. Hoje quero somente complementar uma coisa, falar o porquê eu acho que a molecada chegou nesse fundo do poço de maturidade.

Na minha opinião a televisão, com suas séries e filmes, o vídeo game e as mídias sociais destruíram a capacidade masculina de lidar com mulheres, mas a raiz do problema é muito mais grave que isso, a raiz do problema se chama FAMÍLIA. Isso mesmo, família, aquela coisa tão idolatrada por todos, tão bem falada, tão declarada em posts de Facebook. A família destrói o homem! Como? Muito simples! Marmanjos totalmente dependentes de mamãe e papai, que não sabem fazer porra nenhuma numa casa (lembram-se do meu post sobre habilidades?). A grande maioria dos jovens homens que conheço são dependentes dos seus pais, mesmo com 30, 35, 30 ou mesmo 40 anos nas costas! Meu Deus do céu, isso é errado!

Saí de casa com 20 e poucos anos, me arrependo amargamente de não ter saído com 17, 18. Casa dos pais é casa dos pais, não é a sua casa. A partir do momento que você trabalha, e você deve começar a trabalhar cedo (foda-se que você estuda, 18 anos você tem obrigação de ao menos estar procurando aprender uma profissão, com 22, 23 você deverá ter uma profissão, a faculdade vem depois, o dinheiro, a independência devem vir primeiro), você tem obrigação de procurar um canto e morar sozinho ou dividir a moradia. A carga de maturidade que isso lhe trará com certeza compensará o sacrifício financeiro. Pare de mimimi de saudade, nada de ligar pra mamãe todo dia, corte o cordão umbilical. Viva sua vida e deixe seus pais viverem a deles.

Na minha opinião um dos principais motivos pelos quais a sociedade norte americana é mais evoluída que as latinas tem a ver justamente com esse desapego familiar. O jovem gringo sai de casa aos 17, normalmente trabalha ao menos durante as férias da faculdade e visita a família somente no thanksgiving. Os pais também não ficam lambendo a cria por muito tempo e em alguns estados é vergonhoso morar com os pais após os 20, mesmo se você faz faculdade na mesma cidade. Se você criar esse desapego desde cedo, garanto que vai ter muito mais sucesso em todos os aspectos da sua vida.

Bom, recado está dado. Não voltarei a tocar no assunto mulher/casamento, infelizmente meu público tão maduro quando o assunto é dinheiro não tem um pingo de maturidade pra discutir o assunto mulher. Abraço!

72 comentários:

  1. Pois é Corey você está coberto de razão!
    Nem ouso mais tocar neste assunto também, tanto nas redes sociais como no blog passo bem longe disso. Só fico observando o mimimi e rindo da imaturidade dos caras. Realmente é uma pena não ter mais sua experiência com relacionamentos relatado aqui dado a imbecilidade de muitos "Chimpanzés" mal resolvidos emocionalmente. É realmente uma pena.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Centavos, não sou melhor que ninguém, apenas diferente. Acho que poderia ajudar alguém compartilhando minhas experiências com relacionamentos, mas infelizmente a galera não está preparada pra isso, então não tocarei mais no assunto.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. Considero que caras como Corey, tem uma visão própria a respeito de relacionamentos que respeito mas não tenho pra mim. Mas quando vejo as postagens deles sobre tais temas me pergunto em que sociedade ele vive. Na minhã opinião por exemplo não casar hoje é eliminar um grande risco, não vivo de ideiais, decepções, ilusões mas de realidade. Quanto ao mestre dos centavos fala em estar resolvido emocionalmente e está no grupo do facebook do pobretão fazendo o que? Não existe o ditado que um semelhante atrai semelhante? Muitos dos caras ( julgo ser alguns do grupo ). Temos caras no grupo do pobreta que empreende, vem de família boa, mora no m² mais caro do Brasil, dirige uma bmw e isso tudo aos 27 anos e mesmo assim compartilha da opinião que mulheres são todas putas.( seria isso ser mal resolvido emocionalmente??? ). Dinheiro e saúde, o resto não importa.

      Excluir
    3. Caralho vocês são fodas , não adianta ter grana morar em mansão , se não saber trocar uma palavra com nehuma mulher , a maioria desses caras ai ricos que você falou , e o grande grosso , dos homens que formam a real sentem um odio pelo feminino o famoso nós contra elas ( nessahan em seus livros segue essa lógica . ) .

      UM cara desses não consegue ter uma conversa descente com nenhuma mulher que já pensa que , ela está o manipulando , fazendo joguinhos , manipulações e na hora da sedução temos que estar confortaveis conosco .

      Já conheci muitas gatas que têm um odio pelo masculino , e geralmente , os namoros delas não duram muito (por que sera ? ) vivendo nessa neura imbecil , de jogos , manipulaçoes , enganações .

      Eu to pouco me fudendo se as mulheres são boazinhas , putas , princesas , malvadas . é besteira examinar a ´´mente pevertida feminina ´´ o que importa pra vocês , e não serem um bando de perdedores que precisam de certa mulher para ser feliz , entenda nesse mundo ninguem é de ninguem , mulher foi feita para o divertimento e sexo não para você declara-la no imposto de renda como mais um bem pessoal .

      Excluir
  2. Fala Corey


    Enquanto lia seu artigo fui lembrando como foi duro para mim nos primeiros 3, 4 meses logo depois que terminei a faculdade, arranjei um trabalho na área e era simplesmente muito longe de casa para dar certo, tive que ir morar sozinho. Foi foda, mas depois eu vi como é bom, vc realmente cresce e até passa a dar mais valor no que os seus pais fizeram por vc, das coisas mais simples como lavar uma roupa ou louça ou coisas mais sérias como relacionamentos.

    Eu ia até citar sobre como nos EUA e Canadá quando o cidadão completa 18 anos é praticamente "despejado" de casa pelos pais. Vc acabou citando isso. As pessoas acabam tendo que crescer e amadurecer mais rápido.

    Sobre mulher, infelizmente isso vem de outros blogs onde o assunto gira única e exclusivamente em como conseguir mulher, o que precisa ganhar pra conseguir mulher e pq as mulheres são tão ruins. Coisas vitimistas e tal que não adicionam em nada pra vida do cidadão.

    Andei meio sumido essa ultima semana e preciso ler os outros artigos que vc escreveu.


    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Rover!

      Pois é, vc tocou numa coisa importante. vc acaba valorizando mais o que tem em casa. Tem muito barbado que mora com os pais, diz que ama a mãe mas não é capaz de lavar um prato sujo, reclama da comida e faz chilique qd não tem a roupa passada.

      Minha mãe nunca me mimou, sempre dei uma força pra ela (embora hj vejo que poderia ter feito muito mais) e mesmo assim senti falta qd sai de casa. Isso foi ruim? Claro que não! Pelo contrário, eu só cresci e desenvolvi novas habilidades. Hj não conheço alguém que lave um banheiro tão bem quanto eu, rsrs!

      Vitimismo aqui não! No meu blog isso não vai acontecer, que chorem em outro canto!

      Abração!

      Corey

      Excluir
    2. Depois que aprendi o trampo que dá lavar, enxugar e passar uma roupa, arrumar um bom almoço, lavar, enxugar e guardar os pratos e panelas, deixar a casa limpa, organizada e cheirosa, aprender mecanica, elétrica e encanamento básico... Nunca mais, abri o bico pra reclamar de nada enquanto estava morando com meus pais.

      1 ano antes de vir para o Canadá, sempre havia brigas, mas nelas a briga era por que eu tinha feito coisas que meus pais iriam fazer? Era obrigação deles. Negativo, obrigação deles era colocar comida na mesa enquanto eu estava estudando até o terceiro ano, depois disso, é minha obrigação ajudar em casa.

      PS: Corey, vou mandar um email pra você nesses dias, e gostaria que você respondesse, como diriam os canadeneses ASAP (As soon as possible.)

      Uta!

      Excluir
    3. A inversão de valores começa qd as pessoas desvalorizam e menosprezam o trabalho de dona de casa. Imagino o quanto minha avó que teve 7 filhos teve durante toda a vida... A gene só dá (ou ao menos deveria dar) valor a isso qd precisamos nós mesmos encarar de frente.

      Manda lá e me avisa aqui, tá ligado que eu esqueço...

      Abração!

      Corey

      Excluir
    4. Cara, ontem mesmo foi dia de faxina aqui no apê. Eu tiro um dia de semana a noite pra limpar banheiro, varrer tudo, passar pano, etc, faxina de casa mesmo. Como diz um dos meus irmãos "a lata do lixo misteriosamente para de se esvaziar sozinha quando vc vai morar sozinho".


      Abs

      Excluir
  3. Eu saí de casa aos 14 anos para estudar em Ouro Preto. Aos 17 anos estava trabalhando na Vale, Aos 18 entrei na faculdade de engenharia, aos 23 entrei na empresa que sou sócio atualmente. Aos 27 anos comecei a namorar sério. Aos 33 casei. Aos 39 tive meu primeiro filho. Aos 40 comprei meu primeiro carro. E agora o que virá? rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. UB, belíssima trajetória! É o que eu disse, vc conquistou uma profissão cedo e tenho certeza que isso acabou ajudando de alguma maneira na faculdade e depois na sua vida profissional.

      Abração!

      Corey

      Excluir
    2. Virou pai velho Uó. Cuidado pra não ficar aqueles coroas chatos com o moleque. Vejo os pais mais novos mais liberais com a cria. Saúde pra família.

      Excluir
    3. Discordo! Acho que nenhum homem deveria ser pai antes dos 35 anos, não existe homem abaixo dessa idade maduro o suficiente pra encarar um desafio desses.

      Excluir
    4. Corey é contraditório esse seu pensamento de idade para ter filho.
      Se você não quer ter filho ok. Mas idade não é determinante para isso.
      Maturidade não depende exclusivamente da idade mesmo levando em consideração que a tendência é que tenhamos mais maturidade e equilíbrio com o passar do tempo.
      E tem mais, o fato de morar só não dá atestado de maturidade a ninguém, embora eu concorde que pelas necessidades que aparecem a pessoa é obrigada a se virar em algumas ocasiões, mas é possível ter um bom nível de maturidade mesmo enquanto se é mais jovem ou se mora com os pais. Tem muito cara com 40, 50 anos de idade que saiu da casa dos pais a décadas e é dependente da esposa para fazer muitas coisas que você citou em seu texto.
      Enfim morar só é uma experiência que pode agregar muito, mas não devemos nos apegar a esses estereótipos sejam positivos ou negativos.
      Quanto a dificuldades em relacionamentos vale lembrar que pessoas esclarecidas e maduras também sofrem com esses tipo de questão.

      Excluir
    5. Esse é um blog de opinião, logo ninguém é obrigado a concordar comigo e vice-versa. Eu só acho que certas coisas só se aprende mesmo com o tempo, não tem como ser de outra maneira. Conheço muito moleque de 18 anos mais responsável que marmanjos de 40, eu mesmo me acho mais maduro que a média (foda-se a modéstia), mas com certeza aos 40 acharei que sei mais ainda sobre a vida. Com 18 anos fui empreender e quebrei a cara. Por quê? Eu até sabia o que fazer, mas não tinha experiência de vida pra encarar o desafio.

      Excluir
  4. Boa noite Corey.

    Tenho vinte e poucos, moro com os pais, filho único. Ganho meus 3,5K (o que já e mais que meus pais já conseguiram ganhar) e sei cuidar das minhas coisas. Não tenho vontade de sair de casa, nem pressão dos pais, cago para o que os outros pensam também. Se eu quiser fazer uma putaria, pé na embreagem no fim de semana, sai mais barato que aluguel.

    Acho que a prosperidade financeira típica dos EUA contribuem para o jovem sair de casa cedo. No meu caso sair seria apenas um passivo financeiro que atrasaria minha inteção de emigrar.

    Concordo com seu ponto de vista de ser necessário o jovem homem tomar ação em sua vida, principalmente em buscar trabalho. A saída de casa proporciona o amadurecimento de forma rápida, mas não é a única solução e na maioria das vezes é mais emocional do que racional (dependendo principalmente do relacionamento com os pais).

    Veja a perspectiva de um salário que um rapaz recém saído do ensino médio consegue prospectar. É dinheiro pro aluguel, alimentação, uma cerveja e olhe lá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente com o último parágrafo. Porém, acredito que, mesmo que o jovem que trabalha somente para aluguel, comida, e pouco lazer morando sozinho, pode adquirir maturidade o suficiente para procurar outros meios de ganhar mais dinheiro, e caso isso não ocorra, quer dizer que ele não era capaz, e simplesmente está vivendo a vida pacata como a grande maioria.

      Excluir
    2. Concordo com o segundo anônimo. Um jovem de 18, 20 anos não deve se preocupar com investimentos/aportes. Ele deve gastar o que ganha, o que geralmente não é muito, pra ter uma vida decente: morar sozinho, ter um carrinho ou uma moto, tomar uma com os amigos mas acima de tudo conseguir se virar com aquela grana. Se for pouco, procure algo melhor ou tenha um segundo emprego. Como disse, a faculdade normalmente atrapalha o começo da vida das pessoas, na minha opinião é errado emendar ensino médio com faculdade.

      Sim, amadurecer saindo da casa dos pais é mais emocional que racional, porém o emocional é muito importante, principalmente nessa idade.

      Excluir
  5. Moro sozinho desde os 18 e acho que foi a melhor coisa que aconteceu em minha vida.

    Morar sozinho é o que transforma criança em homem.

    Tá doente? Vai ficar doente sozinho.

    Tá passando tão mal que acha que vai morrer? Vai morrer sozinho.

    A namorada te largou? Vai sofrer sozinho.

    Gastou todo o dinheiro? Vai comer o arroz vencido que achou no fundo do armário.

    Não lavou roupa? Vai feder mais que mendigo.

    Não lavou louça? Sua pia vai feder como você nunca imaginou que algo poderia feder antes e você descobrirá novas formas de vida rastejando sobre seu prato.

    Tá com ódio da vida, do universo e tudo mais? Vai ficar com ódio sozinho.

    Tem que pegar ônibus todo dia 23h enquanto todo mundo vai pra casa de punto, hb20 etc? Foda-se.

    Pegou o ônibus errado, foi parar no terminal da puta que pariu às 0h? Vai passar frio naquela favela escrota até 5h da manhã, que é o horário do próximo ônibus.

    Tá ganhando peso por não saber cozinhar direito? Erro seu, culpa sua.

    Tá perdendo aula ou atrasando pro trabalho por ter ficado acordado de madrugada? Erro seu, culpa sua.

    Tá falhando nos estudos ou no trabalho por não ter alguém em casa mandando você fazer as coisas? Culpa sua.

    Tá sem dinheiro pra manter o padrão de vida dos miguxos? Foda-se.

    Tá deixando a liberdade virar desleixo e preguiça? Culpa sua.

    Cortaram algum serviço por falta de pagamento? Culpa sua.

    É 365 dias por ano sem mamãe pra dar beijinho na testa, sem papai pra te dar R$ 300,00 + um esporro por você ter gasto todo o seu dinheiro.

    É 365 dias por ano sabendo que um prato de comida caseira garantido no almoço de todos os dias é só uma memória da infância.

    Não existe mais desculpa, não existe lugar pra correr, não existe lugar pra se esconder: você sente como nunca sentiu antes que é 100% responsável por tudo que cativas, todos os dias do ano, da falta de roupas limpas ao desemprego.

    Você sente constrangimento de ter que pedir algum favor pra alguém.

    Você sente vergonha alheia quando pensa que tem gente de 30 anos por aí que não tem responsabilidade alguma com contas, roupas, louças, comida etc.

    Você sente vergonha alheia quando lembra que boa parte dos brasileiros com mais de 25 anos vivem da mesma forma que viviam quando tinham 12.

    Não tenho mais o que dizer sobre isso, é um aprendizado diário, importantíssimo e geralmente subestimado por aqueles que não sabem o que é a vida fora do mesmo ninho em que nasceram.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PERFEITO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Seu Madruga descreveu de maneira exemplar!!! Até fiquei com vergonha por não ter morado completamente sozinho e ter passado por essas experiências, como disse, sai de casa pra morar com a Bia e me arrependo por não ter feito antes.

      É exatamente disso que estou falando, obrigado por contribuir de maneira exemplar!

      Corey

      Excluir
    2. Sensacional comentário Seu madruga... Também fui morar sozinho muito cedo.. e já passei por tudo isso.
      A liberdade é uma excelente forma de construir o caráter de um homem.

      Grande Abraço aos dois..

      Excluir
    3. Concordo com tudo isso, a sensação de liberdade de cuidar da própria vida, ficar 100% por conta própria, é o que transforma os meninos em homens. Às vezes (principalmente no início), dá um pouco de medo (e se algo der errado?), mas depois que se acostuma é bom demais! Agora, no meu caso, maturidade mesmo só veio quando nasceu meu primeiro filho, porque daí você não é só 100% responsável por você, mas passa a ser 100% responsável por você e por outra pessoa que é totalmente dependente!

      Excluir
  6. Fala corey , moro atualmente com minha esposa e posso relatar que abandonar a casa dos pais com 18 anos é quase impossível de acontecer em nossa realidade!! demanda planejamento e sangue frio não é algo que se faça do dia para para noite. O indivíduo tem que estar munido de aportes poderosos para sobreviver nesta realidade brasileira, muito difícil sobreviver apenas por lei do esforço como antigamente.
    Em países com viés mais liberal e desenvolvido , quem tem o mínimo de vontade ganha mais dinheiro para limpar uma privada do um pós doutorado nessa latrina chamada Brasil. O que acontece é que "brazil é um inferno" Exemplo: para conseguir sair da "casa de minha mãe fui forçado a viver no modo zumbi durante 3 anos e ainda peno para conseguir uma qualidade de vida decente . Para tu ter ideia tenho 30 anos e nem carta de motorista tirei!! moro de aluguel numa kinet e pago 900 reais ao mês aporto de 2 ou 3k ao mês na frugalidade extrema. Ou seja para se conseguir finalmente dizer adeus a casa da minha mãe vivo em modo zumbi constante, o padrão Brasil beira ao absurdo.
    comparação Brasil X EUA é injusta!! Morar na casas dos pais em paises desenvolvidos é atestado de vagabundagem!! pesquise sobre a crise do SUB-Prime até mendigo conseguia ter financiamento sem histórico de crédito algum .. Um cara esforçado consegue sair de casa facilmente em um pais liberal não há como comparar com nosso Brasil.
    Aqui não se pode fazer nada com um salário de 1500 até 2000 e inflação de 8 a 10 dígitos!!1 Custos que tenho para viver no modo zumbi ao lado de minha esposa é de aproximadamente 2 mil ao mês morando e comprando do mais barato...Não vejo meios para esse Brasil da certo!! sou adepto trabalhe enquanto novo e aporte enquanto da.O Brasil é doente não há comparação, estamos em uma realidade triste... mesmo um cara se esforçando para cair fora vai precisar de muito sangue frio e bala na agulha e isto demanda tempo não acredito que que alguem consiga se manter nesse inferno sem viver quase como mendigo tudo no Brasil necessita planejamento de uns 5 anos!! se for apenas com a cara e coragem neste cenário apocalíptico em nossa economia aumentaria muito toda probabilidade de fracasso, inclusive conheço dúzias de pessoas que vão com a cara e a coragem e quase sempre volta com toda bagagem KKKK
    Apoio sua ideia de cair fora cedo , porem não acho que no "Merdil" este contexto se aplique sem alguma fatores ao seu lado como uma família que incentive aportes e frugalidade desde tenra idade.
    Acredito que antigamente era mais fácil ex: meu vó foi pião de fabrica e meu tio também com 1 ou 2 anos de trabalho cada um já tinha comprado um lote de terreno . Hoje em dia trabalhamos uma vida para comprar 1 casa financiada em 35 anos outro nível de exigência. Você pode citar alguns pontes fora da curva , mas como disse são minorias. O contexto muda e as regras do jogo também! abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na boa, se um moleque de 18 anos ganhar o suficiente pra pagar o aluguel e se sustentar está de bom tamanho, foda-se os aportes, isso é coisa pra se preocupar lá na frente, qd estiver ganhando bem.

      Existem oportunidades de ganhar dinheiro por todos os lados, mas abraça-las são outros 500, poucos encaram isso.

      Sou completamente contra frugalidade extrema, mas cada um sabe onde o calo aperta. Acho que isso é perda de tempo, gastar o suficiente, sem esbanjar traz uma qualidade de vida melhor e melhores oportunidades conforme já falei aqui no blog diverssas vezes.

      Concordo sobre a realidade brasileira, isso aqui não tem mais jeito mas discordo em relação aos 5 anos de planejamento. Aqui no Brasil simplesmente não dá pra planejar nada além de 6 meses pq tudo muda muito rápido e muda pra pior, logo é besteira perder tempo com planejamentos longos.

      Concordo sobre antigamente ser mais fácil ter as coisas, porém tudo era mais simples, as pessoas se conformavam com coisas mais simples e não existiam tantas regras que encarecem tudo como há hoje em dia. Por outro lado, hj temos informação disponível 24h por dia de graça na internet o que pode nos ajudar muito.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. Boa tarde Corey, que outras maneiras existem para um jovem de 18 anos ganhar mais dinheiro além de o trabalho formal? Por que nessa idade é difícil ter alguma habilidade para explorar. O que sobra é vender o tempo.

      Você diz que la na frente vai estar ganhando mais?

      Você poderia fazer um post sobre atividades para fazer renda extra? bicos por exemplo como: garçons, motoboy. algo que faça dinheiro rápido e que não precise de muita exigência.

      Excluir
    3. Corey, quem é assalariado e quer mudar isso, quer sair de empregoi chato só pode partir para a super frugalidade. A vida de um empresário é diferente, há como diminuir despesas e aumentar receitas mais facilmente, mas para o trabalhador que ganha menos de 8k, a regra é juntar 500k em fiis o mais rápido possível.

      Mas a vantagem hoje é poder aprender a ganhar dinheiro, aprender a investir, a achar modos de vida diferentes.

      Ainda não pretendo sair do Brasil, num primeiro momento quero morar numa pequena cidade litorânea, com pouco trânsito, com poucos crimes. Já tenho meu alvo, já visitei e gostei muito. Com a internet continuarei investindo, ganharei dinheiro longe de cidade grande, com paz e tranquilidade.


      A planilha do Excel mostra o dia e a hora da liberdade. Recomendo a todos olhar sempre, dá um ânimo saber que o dinheiro está crescendo agora e vai me pagar muito mais proventos no futuro.

      Excluir
    4. Acontece que com 18 anos todo mundo deveria ao menos estar treinando em alguma profissão, ou seja, deveriam começar a trabalhar antes disso. Considero 14 anos o ideal (comecei com 13), mas a legislação de merda impede isso. Mesmo com 16 é difícil, eu mesmo dificilmente emprego garotos dessa idade (prefiro idosos a garotos). Partindo desse princípio a coisa realmente fica complicada, mas aí que tá, os pais deveriam incentivar o trabalho, mesmo que doméstico, desde cedo e com 16 anos botar o moleque pra caçar emprego.

      Com 17 anos eu já ganhava mais de 1k por mês, o que pra época (mais de 10 anos atrás) era muito dinheiro. Desde então nunca ganhei menos, sempre tive um cresimento de renda, ano a ano.

      Fui assalariado até ir juntar com a Bia (tive emrpesa antes, mas era paralelo), logo essa desculpa de assalariado não cola. A vida de empresário não é tão simples assim. temos o fisco muito mais no nosso pé, nossa renda aumenta, a mordida do governo aumenta junto, as despesas aumentam muitas vezes mais que o faturamento, etc.

      Se o moleque focar primeiramente em ter renda razoável, lugar pra morar, um meio de transporte e uma graninha todo mês pra só depois pensar em cursar uma faculdade, de preferência dentro daquilo que já trabalha, onde terá emrpego ou aumento de renda certo após o curso, o sucesso virá rápido.

      Excluir
  7. Corey é bem maduro, mas ainda falta algo para se tornar um homem maduro completo: ter filhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem dúvida, mas abri mão de chegar a esse nível de maturidade.

      Excluir
    2. Quem tem filho no Brasil assina atestado de demente. É pedir para ser esfolado vivo e criar um futuro viciado ou uma futura maluca. Ter filhos é para quem é multimilionário ou para quem é meio idiota.

      Viva a vasectomia!!!

      Força, Corey.

      Excluir
    3. Como faz pra curtir o comentário do Anônimo acima?

      Excluir
    4. Ter filho é ser demente? Aff quanta besteira...As pessoas tem filhos dentro de suas condições. Se você acha que filho vai atrapalhar seus aportes, tem razão, mas é uma escolha da vida. Inclusive não ter também é uma escolha. Mas isso não significa que quem tem filho é demente...

      Excluir
    5. Filho é perda de dinheiro certa. Na hora do desemprego muito cara se arrepende de não ter juntado 300k, que foram gastos com moleque maconheiro e filha consumista maluca ou marmita de pleiba.

      No Brasil., só os ricos deveriam poder ter filhos. Sem grana não se vive direito.

      Excluir
    6. Colocar filho no Brasil hoje em dia é loucura total. Não é nem maturidade, é falta de responsabilidade mesmo.

      Excluir
  8. Fala Corey,
    Concordo plenamente sobre o sair de casa jovem pra buscar a independência e crescer. Quanto mais cedo você sair mais cedo a vida vai te ensinar. Família é família em qualquer lugar... Em casos extremos, se um dia precisar do seu pai ou sua mãe, sem dúvida eles estarão lá pra te ajudar. Falo por experiência própria.
    Sobre mulher o assunto é simples: quem quiser que tenha, quem não quiser não tenha. Respeito sua opinião, e se você optou por ter mulher bom pra você. O problema de algumas pessoas ou blogs é que o assunto investimentos gira em torno do "como pega muié"... Essa molecada sem "traquejo social" vai pra uma festa e não consegue chegar em uma mulher pra conversar, aí a culpa é do mundo, "hurr eu sou beta", "hurr eu não tenho carro", "hur mas quando eu for rico"... Finanças, investimentos em geral, é um assunto tão bom a ser explorado e aprofundado que sua finalidade deveria ser Independência Financeira, como ter mais prosperidade, poder viajar sempre que quiser...
    Abraço,

    Chimpa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso que falo, vc tem que tratar bem a família, respeitar, mas sem frescuras. Eles sempre estarão lá da mesma forma que vc sempre deve estar disponível pra ajuda-los desde que eles não atrapalhem sua vida.

      É isso mesmo, a molecada culpa tudo e todos pelo fracasso em lidar com mulheres qd a culpa é deles mesmo.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. Esse papo de Alfa e Beta é para retardados, se tivesse um filho com essas ideia eu dava uma surra e botava para fora de casa. Se quer desculpa para ser fracassado que vire mendigo.

      O homem deve encarar o mundo e lutar para ficar rico, simples. Quer casa melhor, carro mais bacana, viagens mais legais, arrume dinheiro. Estude, invista, empreenda.


      Mas infelizmente uns viciados em videogame e facebook ficam com desculpa de alfa, pq os alfas são bem dotados, pq os alfas são fortes, pq os alfas isso, pq os alfas aquilo. Caralho, se Bill Gates pensasse assim ia ser um fudido hoje

      Pelo pensamento dos dementes, Warren Buffet seria mangina, Arnold Schwazenegger, Stallone e muitos outros foram idiotas por quererem riqueza e mulheres. O certo da vida, na visão dos gênios, é reclamar das mulheres safadas e dos alfas que não deixam os pobrinhos magrelos fazer nada.

      Excluir
    3. Eu até entendo o conceito de alfa x beta, faz sentido sim, isso existe... Porém isso não pode servir de desculpa pra nêgo não fazer nada da vida e só reclamar. Eu mesmo seria categorizado como beta, sempre soube que vários homens eram superiores a mim seja em inteligência, físico, beleza e principalmente grana. Cresci sendo o pobre no meio dos ricos, poderia usar isso como muleta e reclamar, mas fiz justamente o contrário. Sempre quis ter mais, minha família foi forte o suficiente pra me apoiar sem passar a mão na cabeça.

      Excluir
    4. Bom post, Corey, muito bacana.


      Só que antes de existir facebook e os foruns dementes, os homens iam para luta, compravam carros, jogavam voley, surfavam, tocavam violão para pegar umas gostosas, pois SEMPRE foi nossa obrigação conquistar riqueza e buças...Se nasceu homem, vai ter de batalhar por grana, é a regra do jogo.

      Mas agora, essa geração de molengas e paspalhos fica na porra da desculpa de alfa para tudo. Isso é o culto do fracassado. Querem comer panicats, mas não malham, não empreendem, não se destacam em nada dos outros viciados em games e site de video pornô, não lutam por mais dinheiro.

      Muito moleque fica o dia inteiro no videogame, mas não quer pegar mulher feia ou gordinha, ao contrário, quer a gata mais top do bairro, aquela que o pleiba sarado pega. Quem não nasceu rico tem de lutar o triplo.

      Excluir
  9. Corey nesse ponto discordo um pouco de você o que faz o americano sair de casa aos 18 anos é a segurança financeira dos EUA, é a segurança que no mínimo se consegue empregos que paga 2k 3k ou 4k dólares que da pra aluguel despesas e sobra!! Mesmo assim a maioria dos jovens sai da casa dos país com 18 vai morar perto da facul, mas continua sendo bancado pelos papais!!! O aluguel, despesas, universidade... é pago com dinheiro que os pais economizaram pra isso a vida inteira.

    Brasileiro jovem que consegue nos vinte e poucos estar numa profissão que pague acima da média são poucos, pontos fora da curva, o normal é ganharem entre 1000 e 1500 e com um salário desses até um casal tem dificuldade pra morar sozinho. Como 90% dos pais não tem grana pra bancar os estudos universitários dos filhos a saída pro jovem é continuar morando com os país e usar o salário pra estudar. Isso ainda quem não tem pai explorador que quer o filho ajude a sustentar a casa os irmão menores... não tendo nem a chance de estudar coisa que acontece muuiiito nas favelas e classes mais baixas... O que tem de menina que casa cedo só pra sair de casa... O Brasil é um país de maioria pobre ainda por mais que diga o governo de nova classe média a verdade é que a maioria é pobre e só sobrevive com padrão de vida um pouco superior ao africano.

    Outra coisa que discordo do que você diz é a tal liberdade sexual, porra se eu estiver num relacionamento com uma mulher nunca que vou aceitar ela dar pra outros, muito melhor ficar solteiro então. Se eu não pego outras mulheres quando em relacionamento é justamente por respeitar pra ser respeitado.
    Não adianta a natureza é da maioria dos homens é ter nojo de mulher promiscua eu sinceramente agora com mais idade estou com tolerância cada vez menor, o homem tem o instinto de querer variar de mulher, mas depois que você come muita mulher, vê que não tem muita diferença entre mulheres gostosas e o importante é você ter uma química sexual e emocional com a mulher... mais fácil ficar com uma assim pouco rodada ou descabaçada por mim do que ser o ‘’garanhão’’ fazendo rodízio de vagabundas rodadaças como a maioria dos homens quer fazer ou faz. Quando se é o alpha supremo pra uma mulher é muito fácil lidar com ela, elas fazem tudo pra agradar, mudam seu jeito de pensar e agir só pra não contrariar... Mas isso infelizmente não são todos os homens que vão conseguir na vida de uma mulher por mais que leiam Nesaham alita ou saibam a real porque depende da sua condição de atratividade para as fêmeas humanas além das ações.

    Eu acho que esse mimimi masculino quanto a mulheres vai sim levar a uma mudança de comportamento em algum tempo se os homens passarem a rejeitar pra relacionamento mulheres promiscuas, mães solteiras, interesseiras... A se você soubesse da metade do que escuto da própria boca dessa mulherada mais nova, extremamente interesseiras infelizmente merecem serem desvalorizadas. Domingo em casa só um exemplo um amigo da família estava me falando dos problemas que esta tendo com a filha ‘’moça de família’’ não é baladeira nada que o namorado terminou com ela porque ela disse pro cara se ele não banca-se ela ela tinha o pai que bancava e assim ela já perdeu vários namorados, e quem diz isso é uma filha da puta formada em arquitetura 23 anos que nunca trabalhou na vida e vive nas costas do pai. Sr. Foda Low Cost.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala FLC!

      Cara, o lance de morar fora tem menos a ver com dinheiro e mais com amadurecimento. Mesmo bancado pelos pais o tanto que um jovem amadurece morando sozinho não pode ser desprezado.

      Aqui eu falo pra uma galera classe média que geralmente teve uma educação razoável e veio de famílias razoavelmente equilibradas (pelo menos essa é a minha percepção). Eu mesmo faço parte desse grupo, portanto se eu consegui arrumar trabalhos lá no final dos anos 90, começo dos 2000 que era uma época de extremo desemprego, hoje em dia qq um desse grupo tb pode faze-lo. Outra coisa, um cara jovem, solteiro, ganhando 1000, 1200 reais consegue sim sobreviver morando sozinho. Claro que ele não vai morar no melhor bairro, ter o melhor caro, mas isso é possível desde que ele esqueça essas frescuras de trocar de celular todo ano, ter vídeo games fodas e torrar a grana em balada.

      O lance da faculdade é outra falácia. Já falei diversas vezes que há possibilidade de ter uma boa renda mesmo sem curso superior. Todo mundo bate nessa tecla de faculdade, faculdade, faculdade, mas a real é que faculdade muitas vezes significa atraso de vida. Acho que faculdade é secundário e deve vir depois que o cara se acha profissionalmente como um agregado que contribuirá para um ganho maior.

      Claro que isso que estou falando serve pra um grupo de caras com a origem que descrevi acima, não serve pra massa, mas novamente, esse é o perfil de visitantes do meu blog.

      Sobre a parte das mulheres, prefiro não comentar, como disse, esse assunto não dá muito certo por aqui.

      Só sei de uma coisa, fala-se muito de mulheres promíscuas, encostadas, burras... mas ao mesmo tempo a rapaziada não se olha no espelho...

      grande abraço!

      Corey

      Excluir
    2. Só sei de uma coisa, fala-se muito de mulheres promíscuas, encostadas, burras... mas ao mesmo tempo a rapaziada não se olha no espelho...


      não precisa dizer mais nada, nego se acha o top da balada, tem a cara de pau de se dar nota ( 6,7,8.. sendo na verdade bem inferior intelectualmente , fisicamente e financeiramente) querendo exigir mulheres top.

      Excluir
  10. Eu saí de casa, fui morar sozinho, aprendi uma porrada de coisas mesmo, contudo, por falta de vontade e preguiça nao quis aprender outras tantas.
    Como vc Corey e o pessoal aí acima comentaram, o lado interessante é estar completamente livre e ao mesmo tempo fortaleçendo a responsabilidade individual, o caráter e a independencia emocional. É um aprendizado constante. Você tende a ficar mais esperto para a vida.
    Porém, às vezes você tem problemas e tem que mudar de estratégia para se adaptar e resolver a situação. Eu por exemplo, comprei carro, começei a namorar, tive experiencias boas e ruins. Levei duros golpes, sejam financeiros ou psicologicos. Neste país atualmente, é um pouco mais complicado se virar com baixa renda, tanto que voltei a morar com meus familiares temporariamente. Vou aproveitar este periodo, colocar as coisas em ordem, e assim que possível, voltar para a "selva" novamente e jogar o jogo. Acho que esse é o espírito. O modo zumbi só para emergências.

    sucesso

    Walker.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, taí, vc é um exemplo do que estou tentando falar. Vc tentou, errou, deu um passo pra trás pra depois dar dois pra frente. É disso que estou falando, experiência!

      Excluir
  11. Foda,que bom que voltou a comentar.

    Sobre seu post, acho que vamos ver um pouco do contrário do que vc falou, muitos homens vão ficar com mulheres promiscuas sem se preocupar, já que na vida o mais importante é o dinheiro. Muitos casais ricos são liberados para poderem curtir sem risco de gastar dinheiro com advogados. Na vida o mais importante é o dinheiro.

    A quantidade de sites que mostra casais liberais aumenta a cada dia. São pessoas comuns que querem mais emoção. Essa pode ser uma tendência para investidores. Mais e mais homens gostam de exibir as fotos esposas peladas na web, é uma mudança na sociedade, as pessoas viveram menos preocupadas com as tradições e com as igrejas. A função do capitalista é arrumar um jeito de lucrar sem criticar o mundo.

    O cara pode morar junto com qualquer uma que colabore na construção da riqueza. Mas depois o casal pode conversar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O cara que tem uma mente mais antenada consegue fazer amizade com gente do meio liberal, aí pode conhecer várias mulheres fantásticas.

      Excluir
  12. Corey, o post está ótimo, isso está virando uma constante, entrar no seu blog e ler algo bem pensado.

    Mas de outro lado acho muito errado vc parar de tocar no assunto mulher e relacionamentos. Já que em geral alguns de nós temos mais idade e conhecimento de mundo, podemos contribuir para diminuir preconceitos e ajudar os mais novos.


    Se as pessoas tivessem lido a bioografia do Buffet com atenção, teriam percebido que ele teve um relacionamento aberto com a falecida mulher. Os dois se gostavam , mas ela podia viajr meses sozinha, e ele, por sua vez, podia morar ocm outra mulher e transar à vontade. Ele aprendeu esse modo de vida com Ben Graham, gênio, inventor da Análise fundamentalista. Graham morou com duas mulheres debaixo do mesmo teto.


    O dinheiro sempre serviu para trazer mais coisas boas e mais prazeres. Isso inclui o sexo. Os investidores mais novos tem de pensar em evoluir e parar com esse lixo de alfa, de exibicionismo de facebook e de boate. Se fulaninho é pleiba, pegador, filho de ricos, parabéns para ele. A função do cara que pensa é querer ganhar mais grana, emigrar, ter mais sexo.

    No Brasil, muitas mulheres inteligentes da classe A arrumam parceiras para seus maridos, isso é uma forma de apimentar o relacionamento e viver melhor. Devemos imitar os ricos inteligentes e cultos e criticar a burrice e o preconceito dos pobres que se matam por ciúme.

    Força, Corey, continue assim, vamos diminuir a demência da juventude investidora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo, não quero mais falar sobre mulher aqui pq a molecada simplesmente não quer entender, ouvir opiniões diferentes daquelas que eles tem. Mulher pra eles é tudo vagabunda/interesseira/puta e ponto final! Não tenho saco de ficar lendo e apagando 40 comentários como tive que fazer ontem... Não quero esse público aqui.

      A biografia do Buffet é um livro praticamente inútil no que diz respeito a finanças, mas uma bíblia em relação a vida, quase um manual de instruções. O cara nada mais era que o tal Beta que a molecada tanto fala e mesmo assim conseguiu ter sucesso nos neócios e como vc disse, sucesso nos relacionamentos por pensar fora da caixa e largar mão de dogmas imbecis.

      O dinheiro move o mundo, em última instância tudo o que vc precisa é dinheiro, então como vc disse, se o cara tiver dinheiro ele estará um passo a frente em tudo, até em relação a relacionamentos pq ele terá chances de conhecer uma mulher tb rica e com pensamentos semelhantes ao dele.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. Qual o problema de ser simples e apagar os comments,o blog é seu e a opinião também,a molecada é muito imatura mas fazer o quê se eles são assim? Nenhuma diferença na sua vida real a opinião do anon revoltado vai ter,o quê vale são opiniões sensatas e sem extremismos,e isso temos nesse blog.

      Por favor mostre sua opinião,vc é um cara com experiência de vida e tem muito à acrescentar.

      Excluir
  13. Falou e disse. Por razões de oferta e demanda que até definiram muito do que hoje são os EUA, o trabalho braçal de baixa qualificação lá é muito melhor remunerado em comparação a no Brasil. Na Europa? Nossa, nem se fala.
    Além do mais, já morei nos EUA, numa cidade universitária, e vi que a maioria tinha tuition e dorm pago pelos pais - isso se não for a maioria avassaladora. Faculdade lá é muito cara e poucos desses jovens de 18 anos que saem da cidade para estudar têm condições de arcar com os custos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como disse acima, de onde vem o dinheiro pra bancar um jovem morando sozinho pouco importa, o importante é a experiência e amadurecimento que ele ganhará durante essa aventura.

      faculdade lá é cara, mas é de verdade, não é esses lixos que chamamos de faculdades aqui no Br. Já experimentou comparar a grade curricular de qq curso de lá com os daqui?

      Excluir
    2. Se o cara quiser crescer, ele pode ter uma atitude pró-ativa dentro de casa.
      Muitas famílias simplesmente não têm o dinheiro pra sustentar a estadia do seu filho numa república de universidade - casos que já vi até em universidades top do Brasil.

      Excluir
    3. Não tem dinheiro pra sustentar o filho na faculdade então pq teve filhos?

      Excluir
  14. Bom post, Corey.

    Mas tenho coisas a dizer, tudo depende da família, morar com pai e mãe para aportar forte pode ser bom. O grande Zé Mobral fazia isso e juntou 300k. Se o investidor souber juntar grana vai ter qualidade de vida.

    Mas, de outro lado, se viver feito tonto, na aba dos pais, vai ficar na m.. eterna, infantil e bobo.


    Quem tem estratégia de vida vive melhor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho todo o respeito pelo Mobral, financeiramente falando o cara é um dos melhores exemplos que temos, porém sinto vergonha alheia de um marmanjo com 300k morando com os pais. isso não entra na minha cabeça.

      Excluir
    2. só acho que alguém ta mandando indireta pro pobreta kkkkkkk

      Excluir
    3. O pobreta é uma piada, só defende o fracassismo, o discurso do coitadinho,por causa dele um monte de bobão acredita nesses papos de derrotados, de conversa mole , de mundo difícil.

      Se vc nasceu sem grana, lute para ficar rico. Simples.
      Quer buça, batalhe. Saia do videogame e do facebook.

      Excluir
  15. Olá,

    Gostaria da sua opinião no meu último post.

    http://www.investidorinternacional.com/2015/05/25/o-governo-brasil-e-seu-inimigo/

    Abçs!

    ResponderExcluir
  16. Tem muito "gênio" da internet que não trabalha, não estuda, não namora ex namorada de "Alfa". Enquanto isso o tempo passa e a criatura não se coça para ganhar uma grana.

    Mas a culpa é do mundo malvado, pois ele é muito cruel com os pobres betas pobrinhos da classe média brasileira, que estudaram em escolas particulares, fizeram curso de inglês, têm plano de saúde, aos 28 anos, pago pelo pai. Além disso, os pobres betas moram num condomínio que não é o mais caro da cidade, só podem assistir a filmes numa tv de 42 polegadas de led ultrapassada, enquanto os "alfas " veem tudo em tv 4k de 55 polegadas.

    O mundo é injusto, e eu agradeço a Deus por isso, posso encher meu bolso e curtir a vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quanto mais idiota no mundo, melhor pra quem é esperto.

      Excluir
  17. O homem rico inteligente e culto quer uma mulher que aumente seu dinheiro, que viva aventuras com ele, uma mulher que seja racional. O rico raciocina como ganhar mais dinheiro, coisa mais importante da vida.


    Por sua vez, o pobre burrinho, preguiçoso e limitado quer uma gostosona virgem para ele exibir no shopping da classe c, pois assim ele se vinga do mundo. E ter muito ciúme é fundamental. Pois pobre não pode pensar, só ter emoção....

    Desse jeito o mundo funciona. Só que os homens pobres deveriam se preocupar em encher MUITO o bolso, em vez de caçar virgens, ficar no facebook, frequentar foruns de derrotados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Pois pobre não pode pensar, só ter emoção...." - perfeito

      Excluir
    2. A Rede Globo e Governo não querem que os pobres pensem, Corey. Se isso acontecer, vai diminuir o número de pobres que nascem todo dia.

      Com menos pobres nascendo, como os políticos vão fazer a festa em cima do país?

      Excluir
  18. Sobre os fucking americans

    https://www.youtube.com/watch?v=uGfYiF_657E

    ResponderExcluir
  19. Morar sozinho deve ser legal, mas eu como um bom sovina, prefiro morar com meus pais, tenho uma vida muito boa, vivemos muito bem juntos. Morar com os pais não significa que os pais vão fazer tudo para você e dar mesada te cobrir a noite, é apenas um teto sem despesas. Não creio que sair de casa para passar aperto conseguindo juntar menos dinheiro por ter mais contas a pagar seja uma opção inteligente, a não ser que o convívio com os pais seja ruim ou que esse dinheiro a mais gasto não seja uma parcela importante de sua renda. Morando com meus pais tenho um lar confortável, gasto menos e vivo feliz. Se eu fosse alugar algum Apartamento , moraria em um cubículo, passando aperto, e tendo menos dinheiro no final do mês para investir, pra mim a decisão de ficar em casa é fácil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sovina, vc vai me desculpar mas isso tudo que vc relatou pra mim significa somente uma coisa: comodismo! Esse medo de gastar dinheiro deixa as pessoas mais pobres, vc tem que investir pra ter retorno, nem sempre o retorno é financeiro mas no fim pode te fazer ganhar mais. Veja o caso do meu negócio Kiyosaki...

      Excluir
  20. É que existem pessoas,principalmente homens casados,que não respeitam a opção masculina de ser solteiro e evitar qualquer compromisso com uma sociedade que a cada dia mais os desvaloriza.
    Quando um homem é casado,ou cavalheiro defensor de mulher,eele quer que os outros tbm sejam,se vc falar que não é,pronto é infantil,imaturo ou a clássica não é Omi do verdade.
    As pessoas reajem a incentivos,e quando não há incentivos é óbvio que elas não vão continuar fazendo as mesmas coisas.
    Se masculinidade é servir a sociedade e mulheres ajudar idosas sem receber nas em troca,masculidade é a última coisa que eu quero ter.
    Vou jogar PS4 no ar condicionado,enquanto os homens maduros se matam por aí pra beneficiar mulher.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou casado e não aconselho ninguém a se casar. Casamento é roleta russa, eu tive sorte, mas tenho consciência que sou minoria. Se não fosse casado provavelmente seria um solteiro convicto da vida... A grande maioria dos casado são sim uns tontos, por diversos motivos.

      Excluir
  21. http://www.papodehomem.com.br/basta-se-esforcar-que-voce-chega-la

    A tirinha, assim como o primeiro comentário são ótimos, aconselho ao pessoal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe pq essa tirinha tá errada? Pq os pais de Paula simplesmente não tinham condições de a terem e acabaram condenando-a a ter uma vida inferior. Isso é tão óbvio e ninguém percebe!!!

      Outra coisa, eu sempre comparo pessoas dentro da mesma classe social/oportunidades, coisa que a tirinha não faz.

      E assim propaga-se o vitimismo!!!

      Excluir
  22. Essa tirinha é uma das coisas mais boçais que li em toda a minha vida.

    Cada indivíduo que nasce nesse mundo, terá uma realidade diferente em virtude do país, da família e de uma série de fatores. Óbvio que quem nasceu em condição pior terá que se esforçar mais do que quem nasceu em berço de ouro. E não há nada de errado nisso. É a natureza.

    E pergunto: por que não colocou na tirinha uma coluna com a paula de um lado e uma pessoa que mora em um campo de refugiados na Eritréia de outro?

    ResponderExcluir

Os comentários desse blog são moderados, ou seja, passam pelo meu controle antes de serem publicados. Esse é o motivo pelo qual seu comentário não aparecerá logo após você clicar em "Publicar", portanto não precisa postar 2 ou 3 vezes! Posso demorar, mas publicarei e responderei todos os comentários que não contenham trolagens, intrigas, propagandas e baixo nível.