sábado, 8 de novembro de 2014

Sobre Faturamento, Ausência de Inovação, Funcionários, Treinamento e Marca

A loja nova vai bem, muito bem! Estou até desconfiado que há algo de errado, estou muito propenso a acreditar que o fator novidade está muito mais presente que o imaginado. O faturamento está muito acima do esperado, fechei os primeiros 30 dias com venda superior ao projetado para daqui 4 meses... Novembro vai no mesmo rumo, com crescimento praticamente diário. Claro que estou feliz, mas isso dá um certo receio. Até quando esse crescimento continuará? O que acontecerá daqui uns meses? Enquanto isso o faturamento da loja antiga está estacionado.

Uma coisa interessante de ser analisada é que não fiz absolutamente nada de inovador, diferente e inusitado na loja nova, ou melhor, não fiz nada além do que deveria ser padrão de todo comércio. Reformei tudo, troquei instalações comerciais por outras modernas e bonitas porém não sofisticadas como muitos dos concorrentes. A loja é clean, não tem nada de mais porém é aconchegante e formatada de maneira a facilitar a circulação dos clientes e incentivar compras por impulso. A sala comercial inteira possui ar condicionado e música ambiente. Uma coisa que eu faço e poucos concorrentes fazem e não chega a ser nada inovador é manter um estoque variado e com boa quantidade: minhas lojas sempre estão cheias de mercadoria. Isso além de mostrar para os clientes que a empresa é saudável, favorece a compra. Ninguém gosta de comprar algo que tem pouco em estoque. Talvez meu grande "diferencial" seja o atendimento. Assim como na outra loja, faço questão absoluta que toda e qualquer pessoa que coloque os pés dentro das minhas lojas sejam recebidas de maneira cordial e que os funcionários estejam disponíveis para ajudar cada potencial cliente da melhor maneira possível. Isso não quer dizer que puxo o saco de cliente, nada disso, somente cumprimentamos, agradecemos e focamos em encontrar a melhor solução para o cliente aliado a melhor lucratividade para a loja. Simples, muito simples...

Atender decentemente é simples, porém está cada dia mais difícil encontrar pessoas que consigam pronunciar as palavras bom dia, boa tarde, boa noite, obrigado... É impressionante a mediocridade das pessoas! Apesar desse problema continuo com sorte em relação a funcionários. Após certa rotatividade inicial parece que encontrei funcionários dentro do que preciso. O golpe de sorte foi reencontrar um ex-gerente que havia se desligado da minha loja anterior (aquela que vendi a 4 anos) para tocar seu próprio negócio, após quebrar devido a falta de experiência e uma passada de perna do sócio, voltou ao mercado de trabalho com a faca nos dentes e sangue nos olhos pra ganhar dinheiro. Era a peça que estava precisando no meu quebra cabeça.

Uma das coisas que aprendi com Kiyosaki foi reconhecer as fraquezas e pagar bons profissionais para realizar as tarefas nas quais somos incompetentes ou simplesmente não queremos fazer. Sou um completo zero a esquerda quando o assunto é treinamento de funcionários. Além de não gostar, não sei fazer. Não tenho paciência para ensinar, quase sempre acabo sendo grosseiro, etc. Por isso estou treinando os novos funcionários de duas maneiras: os mais qualificados, com conhecimento técnico foram enviados para a loja de um amigo que trabalha de maneira muito similar a minha e está treinando-os em troca de pagamento; os funcionários mais gerais, que não possuem conhecimento técnico e exercem funções mais genéricas estão sendo treinados pela Bia na outra loja. Ela tem expertise nessa função e está fazendo um bom trabalho. Acredito que isso tem ajudado a reter boas pessoas, tenho consciência que no passado perdi bons funcionários por não saber treina-lo adequadamente.

Esse mesmo amigo que treina meus funcionários, eu e outro amigo formamos uma sociedade que a princípio explorará uma mesma marca. Essa era uma ideia antiga que foi colocada em prática a toque de caixa devido a reinauguração da loja nova. Fizemos um brainstorm e chegamos a um nome muito interessante. Pagamos uma agência de publicidade que criou a identidade visual e a minha nova loja debutou essa nova marca, o próximo passo será implanta-la nas demais lojas: a minha loja antiga e as 3 lojas dos meus amigos. Dessa maneira pretendemos criar uma cara de rede de lojas e ao mesmo tempo manter nossa individualidade. Por enquanto está tudo acertado de boca, mas pretendemos correr atrás da formalização da parceria no começo de janeiro. Até agora estou gostando do resultado, o layout ficou muito profissional e realmente parece uma loja pertencente a um grande grupo.

Continuo com minha rotina de 16 horas de trabalho todos os dias, sinto que com meu novo gerente (agora supervisor) isso mudará em breve. Estou muito cansado fisicamente, nunca tomei tanto café na vida (nem na faculdade), mas minha cabeça está ótima! Continuo estudando inglês mas infelizmente abri mão da academia e de qualquer forma de exercício físico, estou sentindo falta, mas como disse, em breve o ritmo diminuirá. O resumo é que até agora tudo está valendo o risco...

33 comentários:

  1. acompanhando

    daqui a pouco vamo tah comprando lotes de CORY4 ou CREY3 na bolsa, kk

    ResponderExcluir
  2. Leio seu blog, e só vejo atitudes vencedoras... fico com a certeza absoluta que pra vc só será questão de tempo...
    Parabéns..

    ResponderExcluir
  3. Olá Corey,

    Sempre é bom começar com o pé direito.
    Provavelmente está será sua galinha dos ovos de ouro, embora não se possa desprezar sua antiga loja.

    Infelizmente dependemos muito da qualidade dos nosso funcionários.
    De nada adiante termos as melhores marcas, com bons preços, estoque e uma bela loja se os vendedores não contribuem de forma positiva.
    Certa vez, ao trocar um gerente de uma loja, vi meu faturamento multiplicar por 4.
    São tantos os fatores que contribuem para o sucesso de um negócio que por mais que você tenha sucesso em vários, a falta de um único elemento afeta diretamente o resultado final.

    Abraço é sucesso meu caro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala BBB!

      Olha, acho que estou na trilha certa, essas lojas podem me dar muito dinheiro lá na frente, na hora da venda...

      Sim, eu diria que somos 110% dependentes da qualidade dos funcionários e está cada vez mais difícil encontrar um mediano que dirá um excepcional.

      "São tantos os fatores que contribuem para o sucesso de um negócio que por mais que você tenha sucesso em vários, a falta de um único elemento afeta diretamente o resultado final." - fato!

      Abração!

      Corey

      Excluir
  4. Fala Corey,

    Que bom que você sabe dos pontos ruins e resolveu colocar outras pessoas para resolver o problema. Acredito que ninguém é bom em tudo, e sempre podemos contornar isso com ajuda de outras pessoas que tenham melhor capacidade naquilo que nós pecamos.

    Irei mandar um e-mail pra você pois gostaria de saber a sua opinião sobre algumas coisas :)

    Uta!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Estagiário!

      Sei perceber onde sou um fracasso, e nem esquento a cabeça, pago e resolvo. Problema que pode ser resolvido com $ não é problema.

      Não recebi o email...

      Abração!

      Corey

      Excluir
  5. Fico de cara com a forma que vc consegue gerenciar seu tempo (não sei como).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem eu! Mas a verdade é que não estou bem "gerenciando", minha vida tá uma bagunça, mas tenho esperança de conseguir por as coisas em ordem até o fim do ano.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  6. Respostas
    1. Amigo, não revelo o ramo de atuação, desculpe...

      Excluir
  7. Corey,

    Que bom que tudo vai indo certo, torcemos por você.

    Toda essa sua noção de organização de loja, e até mesmo treinamento de funcionários dariam ótimos posts sobre empreendedorismo, caso tivesse como explicar.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muita coisa dá pra explicar sim, mas estou sem tempo, sugiro que vcs indiquem o que querem saber através de perguntas, aí fica mais fácil pra eu escrever.

      ABraço!

      Corey

      Excluir
  8. Massa Corey,
    Fico feliz por você ter encontrado seu antigo gerente.
    Vamos torcer pra esse cidadão vingar mesmo. Vc merece
    Abracos,
    S&P

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá S&P!

      O cara tá com a faca no dente, até agora não tenho o que reclamar. A adaptação está indo mais rápido que o imaginado, logo ele vai me livrar de uma boa carga de trabalho.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  9. Olá Corey td bem? Sucesso pra vc em sua nova loja.
    Sou "mico" empresário e tenho uma dúvida:
    Percebo que vc lida bem com o comércio e tem experiencia nisto, desta forma vc pode realmente trazer à luz algumas questões.
    Em termos de rentabilidade qual o retorno que um investimento desses ( a loja) traz? Se puder colocar em grandezas reais melhor, se não, as Ba$ já servem de parâmetro.
    Tenho acompanhado o seu blog e vc me inspira muito, também busco a IF e até tenho pensado em fazer um blog.
    Parabéns e obrigado pelos seus textos, continue assim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amigo!

      Meu ramo deve dar ao menos 10% de lucro líquido o que representa algo em torno de 2 a 3,5% do valor venal da loja (mensal).

      Qq coisa, pergunte, abraço!

      Corey

      Excluir
  10. Hummmm sociedade??? Faca de dois gumes né? Tive azar em 2, mas minha ultima deu muito certo e a empresa vem crescendo bem... Tá aí um tópico q daria um bom post. Se os sócios não pensarem tiverem o mesmo objetivo e não reapeitarem a área de atuação do outro, bem complicado de dar certo... Mas quando dá certo são duas maos não roda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é verdade, sociedade é a salvação e maldição do negócio, basta uma divergência de objetivos para começarem os desentendimentos.

      Porém para se alavancar e alavancar o tempo disponível é uma benção!!

      Também não tive muita sorte com sócios...

      Excluir
    2. Cara, tb tenho 2 pés atrás com relação a sociedade, na realidade gosto de fazer tudo sozinho, tomando as decisões certas ou erradas e assumindo as consequências. Já tive sociedade, não foi ruim mas tb não agregou nada. Quase entrei numa sociedade com esses caras meses atrás num grande negócio no qual não teria capital pra entrar sozinho, por fim o negócio minguou. No caso atual, é uma sociedade somente de uso de marca, cada um tem suas lojas e faz o que achar melhor, porém compartilhamos uma marca e algumas vantagens decorrente ao volume, como negociações na compra de embalagens e uniformes, por exemplo. É uma sociedade vem mais simples, não tem muito como dar errado.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  11. Qual o ramo de sua loja?

    Com certeza atendimento é tudo! Conhece a empresa Zattos?!?!?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Giga!

      Não revelo o ramo, lamento. Tb não sei o que é essa Zattos, dei uma olhada rápida, é algo a ver com video games?

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. traquilo meu jovem!!!

      A Zattos é uma empresa que vende mais de UM BILHÃO anuais, e o foco é 100% o cliente, o lema deles é ``fazemos tudo pelo cliente`` eles vendem sapatos.

      Se eles não tiverem o sapato que vc procura, eles procuram quem tenha pesquisam preços e lhe ligam de volta.

      Se voce ligar e pedir ``pizza para eles`` eles vão anotar seu número e lhe dizer as pizzarias mais próximas - customer service ao extremo.

      Excluir
  12. Corey,

    Parabéns pelo sucesso na nova loja. Muitas vezes não é preciso reinventar a roda para se ter sucesso, apenas foco, saber bem a proposta do negócio, e seguir com o plano. Pelo visto é exatamente isso que você está fazendo, com foco em atendimento que realmente cativa muito os clientes, e o ambiente no geral. Simples assim mesmo.

    Parabéns e estou acompanhando. Sucesso e abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Requenguela!

      Exatamente, não é preciso reinventar a roda, claro que se vc conseguir faze-lo ficará milionário, mas a maioria que tenta empreender esquece que dá pra ter uma vida confortável e ganhar um dinheiro razoável sem ter que ser o novo Gates ou Jobs. Tenho uma história de simplicidade muito boa pra contar, ficará para um próximo post.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  13. Essa ideia de parceria para uso de marca é interessante. Já havia pensado algo assim pro meu negócio (cada um em sua cidade), o mais difícil é encontrar parceiros confiáveis, que saibam respeitar a marca.

    Muitos empresários que conheço estão focados no curto prazo, em fazer dinheiro hoje e "amanhã a gente vê como fica". Com essa mentalidade acabam muitas vezes queimando sua marca, vendendo produtos de baixa qualidade, cobrando além do justo, não dando atendimento pós-venda e daí afora.

    Sucesso na jornada!

    E é isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse é um ponto bem delicado, antes o conceito franquia era - Pagou bem vindo!!!

      Agora eles avaliam o franqueado pois tomaram prejuízos com franqueados dando calotes, baixando a qualidade para ganhar custos e outras formas deteriorando a marca.

      porém existem muitas pessoas honestas dispostas a trabalhar e fazer uma parceria legal, e isso fortalece o nome do seu negócio, mesmo que voce não cobre uma taxa de franquia é interessante cobrar um ``know how`` ou uma ``chave`` . -minha humilde opinião de quem já teve e vendeu alguns negócios

      Excluir
    2. Olá Sam!

      Encontrar parceiros certos é a chave do sucesso. Conheço esses caras a anos, um deles foi meu amigo de infância então conheço bastante sobre o caráter deles. Num primeiro momento até estudamos a hipótese de abrir para a entrada de outros parceiros, mas concluímos que não vale a pena devido aos fatores que vc e o Giga citaram: sem conhecer a pessoa e o estilo de trabalho é complicado confiar sua marca a elas.

      Na verdade eu penso no curto prazo pq estou fazendo tudo isso para implementar meu plano de emigração, a diferença é que quero fazer tudo o melhor possível, enquanto muitas pessoas simplesmente relaxam.

      Abração!

      Corey

      Excluir
    3. Faço votos - da maneira correta

      mesmo que de mais trabalho uma boa fundação é garantia de grande empreendimentos

      Excluir
  14. Olá amigos Investidores,

    Sou novo no mundo da blogsfera , mas tenho lido e aprendido muito ultimamente.
    Por este motivo resolvi criar logo o meu blog para poder interagir com o pessoal. Já criei alguns posts e nesse último gostaria muito da ajuda de vcs para ver se meus números e planos estão corretos. Valeu galera e de hoje em diante na medida do possível e de meus conhecimentos, vou interagir mais com vcs.

    Meu Blog é: umpobrenabolsa.blogspot.com.br

    Abraços do Pobre na Bolsa.

    ResponderExcluir
  15. Grande Corey,

    Fiquei muito feliz em saber que a sua nova loja está bombando. Parabéns e sucesso para nós!

    Abraços.

    ResponderExcluir

Os comentários desse blog são moderados, ou seja, passam pelo meu controle antes de serem publicados. Esse é o motivo pelo qual seu comentário não aparecerá logo após você clicar em "Publicar", portanto não precisa postar 2 ou 3 vezes! Posso demorar, mas publicarei e responderei todos os comentários que não contenham trolagens, intrigas, propagandas e baixo nível.