sábado, 16 de agosto de 2014

Loja Nova?

Primeiramente gostaria de agradecer a todos que me deram força na minha última postagem, é nessas horas e pelo nível dos comentários que fico contente por continuar com o blog, mesmo que com menos postagens. Durante essa semana refleti muito sobre os comentários, acessei os links que me foram enviados (valeu Estagiário!) e conversei bastante com a Bia sobre nosso futuro.

Bem, uma das coisas que fiz essa semana foi visitar uma loja a venda. Um dos corretores que estão procurando oportunidades me ligou com o "negócio ideal", meio descrente fui olhar. Chegando lá levei um susto, a loja parece saída de um filme dos anos 70 de tão ultrapassada, além disso está com pouco estoque, o dono trabalha com menos funcionários que o necessário, abre tarde e fecha cedo e pude comprovar que o atendimento é um verdadeiro lixo. A região é movimentada, meio sofisticada, com concorrentes de peso e mesmo assim a loja está lá, aberta, funcionado "daquele jeito" a mais de 10 anos. Por quê? Não sei, mas minha aposta é porque a loja é boa, tem potencial e mesmo com tudo para abaixar as portas, continua lá, ao menos pagando as contas... Negócios assim não aparecem todos os dias, porém costumam ser bons.

Apesar dos pesares, as finanças estão aparentemente em dia, sem dívidas com fornecedores ou governamentais, o proprietário está com o saco cheio, por isso deixou a coisa chegar nesse ponto. A loja paga as próprias contas e as contas do proprietário (claro, tudo misturado!), possui uma certa fidelização de clientes mas que, com a falta de opções de mercadorias, estão minguando a cada dia. A sala comercial carece de uma grande reforma de alvenaria para adequação a normas (o cara já levou multas por causa disso e não se mexeu), elétrica, hidráulica (privada nem funciona), etc. Além disso é necessário uma reforma total da área de vendas além de estoque. Resumindo, é quase como partir do zero.

Vejam toda a sofisticação da nova loja
O problema? Como não poderia deixar de ser o grande problema é o preço. O proprietário é maluco, está pedindo simplesmente 3 vezes o que a loja efetivamente vale (sendo otimista). Isso é muito comum, o cara diz que em 1825 quando comprou a loja investiu 10 conto de réis pra comprar uma carroça e um casal de jumento pra fazer entregas e acha que isso tem algum valor hoje. Diz que investiu X reais em lâmpadas e que isso conta no preço; diz que comprou um frigobar para o escritório, uma cafeteira para os funcionários, etc. Esse tipo de "argumento" é muito comum e é algo difícil de tirar da cabeça do dono que entre outras coisas acredita ter uma loja informatizada por ter PCs rodando Windows 3.11 e uma impressora matricial; que fazer rampas de acesso a cadeirantes é frescura e que ar condicionado só serve pra deixar funcionário mais folgado.

Fiquei interessado, muito interessado mesmo. Pelo preço certo, encaro o desafio numa boa, tenho até condições de remanejar funcionários da loja atual porque as duas são próximas e já tenho uns 30% do estoque necessário. Pagando um preço dentro da realidade, tenho condições de fazer tudo o que é necessário a vista, sem contrair 1 real de dívida. Esse seria o cenário perfeito, poderia ficar alguns dias com a loja fechada sem esquentar a cabeça porque não teria dívidas para pagar. A loja tem potencial, tem tudo pra ter o dobro do faturamento da loja atual!

Aguardem cenas dos próximos capítulos...

24 comentários:

  1. Opa Corey, beleza?

    Seria bom se vc falasse os valores pra dar uma noção boa pra analisar.
    Faturamento, o quanto o cara tá pedindo, quanto de margem líquida ele consegue, etc.

    Abraço!



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando e se a coisa evoluir prometo que farei um post desses.

      Excluir
    2. Beleza, já te adicionei aqui na minha blogroll, vou acomanhando.
      Abraço!

      Excluir
  2. corey, também fui olhar uma loja hoje, mas fiquei meio chateado o cara esta pedindo luva mesmo sem o ponto ter benfeitorias, achei muito estranho saberia informar se isso e pratica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luvas não são tão mais comuns em pontos de rua mas em shoppings ou regiões de alto valor são sim.

      Excluir
    2. corey, fiquei curioso com esse ultimo comentario, o q seriam essas tais luvas?
      vlw abs

      Excluir
    3. Luva é basicamente uma "compra" do ponto comercial. Por exemplo: eu tenho um salão pra alugar, digamos, na praça da Sé (região movimentadíssima de SP) aí te cobro sei lá, 20k pra vc poder alugar. Vc além do aluguel, me pagará 20k pra poder usar o salão, entendeu?

      Excluir
  3. Grande Corey,
    Que bom que os links puderam te ajudar :)
    Sempre que estou com algum problema como o seu anterior, tento ver estes vídeos para tomar um pouco de vergonha na cara e tomar alguma atitude não somente ficar pensando no "e se".

    Esta foto é a loja "real" mesmo ?
    Sinceramente, estou com muita vontade de se tornar um empreendedor, contudo, estou em um momentum diferente, mas tudo está caminhando para este lado. hehehhe


    Tomara que o cara caia na real e vocês consigam um acordo. Um novo empreendimento poderia aumentar bastante o retorno mensal e quem sabe, dar uma boa guinada na sua vida. :)

    Uta!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Estagiário!

      Sério, ajudou mesmo, acabei descobrindo outros vídeos com a mesma temática, valeu de verdade!

      Não é a loja real não, Deus me livre! Rsrs! Cara, pelo que já conversamos acredito que vc tem perfil de empreendedor sim, mas tudo tem seu tempo, aproveite essa fase e oportunidade maravilhosa q vc está tendo.

      O corretor tá no pé do cara, tentando faze-lo cair na real, ele é bem agressivo nas negociações, vamos ver...

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. Fala Corey,

      Gosto de ouvir os vídeos do "Thank God Is Monday" quando estou na academia, ajuda a pegar ânimo e ajuda muito na hora de aprender a falar inglês, porque vou te contar hein... O rapazinho que fala corrido hahahahahah

      Ahh bom, pensei que essa era a bucha que você iria pegar... hahahahah...

      Tomara que o cara ceda. Estou na torcida :)

      Uta!

      Excluir
    3. Sem chance de conseguir entender o que ele fala sem prestar atenção no vídeo, ainda não cheguei nesse ponto, rsrs! Valeu pela torcida, abraço!

      Excluir
  4. Que links são esses socializa, por favor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São links de vídeos motivacionais do Youtube, depois eu coloco.

      Excluir
  5. Corey,

    Fico feliz em ver que está tentando expandir seus negócios! Desejo sorte em sua empreitada. Mantenha-nos atualizados.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  6. Se precisar de um sócio investidor vamos conversar...Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só entro em sociedade se o negócio for muito grande e com boas perspectivas, do contrário prefiro ficar sozinho.

      Excluir
    2. Entendi, e faz muito bem,

      Excluir
  7. Boa Corey. Fico muito feliz por você meu amigo. Quando a nuvem nos cobre, não quer dizer que o sol deixou de brilhar.
    A gente tem que sempre se envolver em algo que adicione coisa boa pra nós. E que bom que os papos no Blog voltaram a te dar essa força que vc precisava.
    Abracos e sucesso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá SP!

      Com certeza, as nuvens são passageiras e acima delas sempre tem sol. Sim, os comentários dos amigos ajudam muito, com certeza.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  8. Olá blog do Corey,
    Não comentei no post anterior (sobre rotina, tédio e marasmo), porque senti que não tinha nada mais a acrescentar.
    O que acho engraçado é que, quando simplesmente nos prontificamos a mudar algo que nos desagrada, sem necessariamente saber a solução, várias coisas aparecem como alternativa do nada. O simples fato de pensar/questionar nossa vida já é um grande passo para a evolução.

    Torço para que dê certo.

    Ps.: já tenho um blog faz um certo tempo e venho acompanhando o seu, se puder me adicione aí na blogrool.

    www.nzofinancas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Mais um na torcida pra dar certo!

    Tenho alguns pontos que me deixaram curiosos:

    1-Esse corretor é advogado, contador, consultor, corretor de imoveis?
    2-Como conseguiu contato com ele?
    3-Qual a vantagem dele intermediar?
    4-Como se dá o pagamento dele? Recebe apenas se fechar negócio? é por comissão (% do valor do negócio)? Recebe fixo?
    5-Como você se mantem tão atualizado que sempre encontra negócios em sua área para entrar?


    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos lá...

      1- corretor de imóveis
      2- ele trabalha para uma grande imobiliária da minha região, inclusive já fechei outros negócios com eles
      3- a imobiliária é responsável por puxar todas as certidões negativas, elaborar o contrato e nesse caso, tb a negociação do aluguel
      4- acho que é 7% do valor da negociação, mas isso é dividido entre o corretor e a imobiliária (só não sei a porcentagem de cada)
      5- os corretores especializados entram em contato comigo e estou sempre de olho na Olx, Mercado Livre, Primeiramão...

      Abraço!

      Corey

      Excluir

Os comentários desse blog são moderados, ou seja, passam pelo meu controle antes de serem publicados. Esse é o motivo pelo qual seu comentário não aparecerá logo após você clicar em "Publicar", portanto não precisa postar 2 ou 3 vezes! Posso demorar, mas publicarei e responderei todos os comentários que não contenham trolagens, intrigas, propagandas e baixo nível.