domingo, 18 de maio de 2014

Os Números do Novo Aluguel

Conforme prometido hoje trago para vocês alguns números que utilizei na minha análise para definir minha nova moradia, mas antes, vou explicar algumas coisas para que os números possam fazer mais sentido.

1- Morei durante muito tempo em São Paulo, em 2013 me mudei para uma cidade próxima em busca de maior qualidade de vida, porém por diversos motivos senti necessidade de voltar a capital. Aproveitei o vencimento do contrato de locação para sair.

2- Tenho apartamento próprio e quitado que no momento está alugado. Voltar para esse imóvel é totalmente fora de consideração pelos seguintes motivos:

a) Localização: fica longe da minha loja e do trabalho da Bia, ficando inviável gastar tanto tempo e combustível/transporte público para deslocar até o trabalho;
b) Vizinhança: o motivo principal que me fez deixar meu apê foi o barulho, falta de educação e senso de cidadania da vizinhança, o bairro periférico não ajuda nisso;
c) O inquilino atual é bom pagador e pelo que parece não sairá tão cedo do imóvel, tira-lo não seria um bom negócio.

3- Poderíamos ter optado por um bairro mais barato que juntasse a vantagem da localização e boa vizinhança, mas fazendo as contas (tabela abaixo) concluímos que seria melhor pagar um pouco mais e ir para um bairro mais nobre.

Vamos aos números:















Como podem ver, o o custo superior do bairro A em relação ao bairro B será de aproximadamente R$ 440,00 mensais descontando o custo do transporte público para a Bia caso a gente mudasse para o bairro B. Concordo de 440 pilas não é mixaria, mas vejam os motivos abaixo:













Concluímos que para nossa realidade, vale a pena pagar um pouco mais para morar no bairro A, aliás, só o fato da Bia ir para o trabalho em 20 minutos a pé já seria motivo mais que suficiente para mudarmos para esse bairro, junte a isso outros prós e pronto, concluímos que vale a pena.

Primeiras Impressões

Hoje faz uma semana que me mudei, é pouco tempo, mas já consigo falar sobre minhas primeiras impressões.

1- Bia está contente por não precisar de carro ou transporte público para ir ao trabalho, ela inclusive veio almoçar alguns dias em casa o que é um ganho considerável de qualidade de vida.

2- A vida noturna da região é bem interessante, temos diversas opções de bares a distância de uma caminhada. Uma cooperativa de taxi fechou preço fixo para ida e volta para baladas, restaurantes e bares mais distantes, já usamos duas vezes, a economia de gasolina e principalmente valet compensa muito, sem contar que não precisamos revezar na cerveja.

3- Além do nosso somente mais um apartamento no andar está ocupado, calculo que uns 20% do prédio está ocupado, isso confere muito silêncio a noite, parece que estamos sozinhos, só ouvimos o barulho dos carros nas avenidas próximas, mas como o andar é alto, não chega a atrapalhar. Durante o dia é mais complicado porque existem diversos apartamentos em reforma, mas até agora não houve problemas com furadeiras e marretadas fora de hora.

4- Não vi sequer uma criança no prédio e redondezas, o bairro é formado por solteiros e casais jovens, existem muitos cachorros, alguns comércios possuem lugar para "estacionar" os dogs. Troquei ideia com alguns moradores na academia do prédio e já deu pra sentir a diferença de nível.

5- Falando em academia, estou na briga para conseguir uma com preço razoável. No prédio há somente algumas esteiras, bicicletas e um punhado de pesinhos, estou longe de ser marombeiro, mas preciso de um mínimo de estrutura pra treinar. As academias da vizinhança começam em 150 pilas por mês! Sem chance, é muito dinheiro, se não conseguir nenhuma mais acessível farei perto da loja por 60.

6- Sentimos o tamanho do apartamento, mas estamos nos adaptando, mudamos algumas coisas de lugar e o lay-out ficou mais prático, creio que isso não será um problema, é questão de costume porque o nosso apê próprio é somente um pouco maior que esse e morávamos sem problema com espaço.

No geral estou gostando muito da experiência. Embora a região não seja assim tão nobre, é a mais nobre que já morei e está bem legal, a diferença de convívio é gritante. Recomendo a todos que busquem sempre algo melhor em suas vidas.

46 comentários:

  1. Ola corey,bom tenho 17 anos e estou fazendo um curso de tst,mais o meu grande sonho é mesmo ir morar fora do brasil,é uma coisa assim que penso todo dia ,não sai da minha cabeça.Estou estudando afinco ingles e penso em ir trabalhar em cruzeiro para melhorar o ingles e tambem juntar um grana e sair deste país,mas o grande problema é minha familia,porque?Querem que eu va para o exército (esa,espcex) mais ser militar e continuar neste país não me atrai nem um pouco,o que eu quero mesmo e sair conhecer novos lugares,ter uma qualidade de vida melhor e principalmente,segurança,mais quando eu falo isso para minha familia eles dão risadas e até me debocham,sera que devo escutar minha famila ou fazer o meu sonho?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo, vc é novo, é normal a família ter grande peso nessa idade, mas só te dou um conselho: sua família não vai viver a sua vida, portanto, corra atrás do que é importante pra vc, não pra eles.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. Anon,

      arruma um trampo, ganha dinheiro, junta dinheiro e até os 20 vc terá SEU dinheiro para fazer a loucura que vc quiser. Se quiser gastar tudo num puteiro ou ir morar em bangladesh, foda-se, vc quem decide pq o dinheiro é seu.

      Eu iria para Canadá ou Austrália. Sim, esse é o caminho razoável. Gastar 3 anos de economia num puteiro nem o Kid Bengala patrocinado pela Pfizer conseguiria.

      Excluir
  2. Como sempre as mulheres dominando a relação e influenciando os homens conforme seus gostos e caprichos. Tá na cara que somente sua mulher possui vantagens nessa mudança aí. Ela vai ficar mais perto do trabalho, poderá caminhar e fazer contato com vários bonitões no caminho, fazer compras naquele mercado de dondocas e super caro, fazer amiguinhas fresquinhas e aumentar o poder social dela.
    Enquanto isso o homem só se ferra, continua trabalhando longe, dirigindo feito um louco por 1h nesse transito maluco, será constantemente humilhado financeiramente no bairro, nenhuma mulher vizinha irá te admirar, pois vc é um pobretão aí. Homem gosta de lugares mais porcos, mercado barato, restaurante com pf de 5 conto, vizinhas mais pobres, mas que estão loucas pra sua mulher cometer um deslize pra vc dar mais bola pra elas, amigos porcos que jogam futebol no campo de terra etc.
    Sou seu amigo cara, siga meus conselhos.

    Hater do Caralho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade! Só vou sair perdendo nessa mudança, tem razão... O fato da esposa não perder tempo no commute vai foder muito minha vida pq afinal de contas teremos mais tempo pra ficarmos juntos e perderei tempo pra ficar vendo Xvideos, o fato dela dar uma passadinha no Pão de Açúcar e pagar 20% mais caro no quilo do salmão, comprar um bom azeite português, um vinho do "bão" e fazer um jantar romântico com uma deliciosa noite de sexo na sequencia tb vai prejudicar muito minha vida. Ah! Se ela encontrar um "bonitão" e ficar com ele tb vai me prejudicar muito pq afinal esse fato eliminaria uma pessoa que não é legal da minha vida e, claro, o legal é ter uma relação de traição, onde um finge que engana e o outro que acredita. Ops, já ia esquecendo as dondocas, filhinhas de papais malhadinhas e "milfs" bem cuidadas e turbinadas no bisturi das clínicas do Jd Europa que com certeza são pessoas muito desagradáveis de se conviver (ainda mais dentro de casa, bebendo aquele vinho do "bão"...

      É verdade, enquanto Bia trabalha míseras 7h por dia eu terei que enfrentar minha dura rotina de ir para a loja 2x por semana em horários alternativos sem tanto trânsito, ficar lá por umas 2, 3h e voltar pra casa, ligar o ar condicionado, pegar um bom livro, uma dose de bourbon, deitar no sofá e curtir uma tarde de 3ª feira.

      Caramba, acabo de descobrir que não sou homem, pq não suporto mercado barato com crianças chorando, tiazinhas se matando pra comprar cebola por 20 centavos, locutor berrando ofertas na minha orelha. Até curto PF de 5 conto, mas tenho que ir com a cara, prefiro levar minha marmita que é muito mais saudável.

      Vou seguir seus conselhos com toda a certeza, obrigado por me abrir os olhos e fazer enxergar a vida medíocre que poderia ter jogando bola com amigos pobretões no campo de terra tomando Crystal com churrasco de acém, valeu mesmo!!!

      Ah, se vc não entendeu, esse texto foi irônico, ok?

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. Não paro de rir. Muito bom Corey.

      Excluir
    3. Engraçado que esses haterzinhos são tão covardes que nem voltam pra retrucar...

      Excluir
    4. Fala Corey, aqui é o HC. Pq pensou q eu não voltaria?

      (Desculpa a falta de acentos, estou com um teclado de note)

      Percebi que vc deu uma resposta bem longa e cheia de provocações. Acho que meu comentario realmente tem um fundo de verdade e isso te tocou.

      Quem ajuda mais com o aluguel e contas? vc ou ela? Quem é dono do ape alugado?

      Quem ficou palpitando mais na escolha do ape, quem ficou visitando mais, dando pitado na decoracao, detalhes etc?

      Sua loja fica num bairro tao ruim assim? Nao havia um bairro legal mais perto da loja, ja pensou em chegar la em 7 min. de carro, 15 de bike, 30 a pé? Pq ela nao pode pegar busao?

      Td bem q vc vai pouco pra loja, mas seria melhor acompanhar de perto hein. Outra, vc fica direto em casa assim? Arruma alguma coisa pra fazer cara, faça uma nova facul, curso, academia, seja professor etc.....logo sua mulher vai comecar a insinuar q vc eh preguicoso e que só ela q trabalha.

      Nao duvido q haja vantagens em morar em um bairro mais caro, mas acho que na maioria das mudancas a mulher puxa a sardinha pro lado dela. Tbm nao odeio mulheres e nem odeio quem se casa, apenas observo algumas assimetrias.

      Revela aí qual bairro vc escolheu. Parece Moema, mas o preço pode estar meio baixo. Pode ser Perdizes tbm, ou Brooklin. Morumbi nao eh bom pra caminhar. Se for na ZL, as opçoes sao poucas.

      Ah, cuidado, a próxima sugestão de melhoria na qualidade de vida pode ser se livrar desse bull dog aí, toma cuidado. Já pensou daqui a um tempo vc fazendo um post sobre como é melhor viver sem cachorro, como eles viram um gasto inútil etc? E ainda vc fingir q nada foi sugestao de sua mulher?

      Nao fica bravo nao, tbm quero ter um bull dog.

      Abs,

      Hater do Caralho

      Excluir
    5. Bom, já que vc se deu ao trabalho de voltar, vou me dar o trabalho de responder.

      Quem ajuda mais com o aluguel e contas? vc ou ela? Quem é dono do ape alugado? - as despesas de casa são divididas em partes iguais.

      Quem ficou palpitando mais na escolha do ape, quem ficou visitando mais, dando pitado na decoracao, detalhes etc? - eu selecionei 3 imóveis, visitamos e decidimos qual era mais viável. Decoração? O que é isso? Temos alguns móveis funcionais e só.

      Sua loja fica num bairro tao ruim assim? - sim, fica, não gostaria de morar lá.

      Nao havia um bairro legal mais perto da loja, ja pensou em chegar la em 7 min. de carro, 15 de bike, 30 a pé? - até tinha mas ia ficar longe pra mim e pra ela, eu dependeria de carro do mesmo jeito e ela de ônibus.

      Pq ela nao pode pegar busao? - claro que pode, mas se pode evitar pq não?

      Outra, vc fica direto em casa assim? Arruma alguma coisa pra fazer cara, faça uma nova facul, curso, academia, seja professor etc... - quem disse que fico o tempo todo em casa, leia os últimos posts e descobrirá.

      Revela aí qual bairro vc escolheu. - vai tentando adivinhar, me divirto com isso, rsrs!

      Poxa, tb gostaria muito de ter um bulldog inglês, ao lado do bull terrier é o cachorro que mais gosto, mas infelizmente são grandes demais pra apto. Ah! Sobre cachorros, leia: http://coreyinvestidor.blogspot.com.br/2013/11/a-verdade-sobre-cachorros.html

      Já contei bastante da minha vida, conte-nos um pouco da sua...

      Corey

      Excluir
    6. Qual é o problema dessa gente?
      Será que levaram muitos foras e ficaram traumatizados?
      Caramba, que gente problemática!

      Excluir
    7. Acho que é isso BBB, o que me assusta é a quantidade de cara que pensa assim... O negócio deve tá feio por aí...

      Excluir
  3. Gostei do nível de detalhes, para a tomada de decisão entre as moradias A, B e a sua própria. São nessas horas que percebemos que sempre dá pra avaliar melhor nossas decisões, e que agir pelo impulso na maioria das vezes não é uma boa opção!
    E tens razão sobre a imensa vantagem da Bia em ir a pé para o trabalho. É um ganho em qualidade de vida monstruoso. Digo por experiência própria, pois faz um ano que uso a bicicleta para ir para universidade, gastando 20 minutos (ida e volta), e não tem coisa melhor. Ganhos em saúde, economia com transporte, menos tempo no trânsito, além de uma dose de diversão extra. ;)
    No mais boa sorte na nova moradia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá II!

      Digo que sempre dá pra melhorar alguma coisa em nossas vidas, basta planejamento e atitude, eu poderia ter me acomodado na bagunça do meu apê próprio e estar reclamando até hoje dos vizinhos, mas tomei atitude de buscar algo melhor.

      Eu até conseguiria ir de bike pro trabalho, mas não me sinto muito seguro, qq dia vou tentar pra ver se é medinho besta ou realidade. Adoro bike, é uma das coisas mais fantásticas já inventadas: um meio de transporte, um meio de fazer exercício e relaxar num aparelho só.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. Eu apesar de ter andado de bike com bastante frequência quando morava no interior ainda com meus pais, abandonei a mesma assim que me mudei para a capital. E só 4 anos depois que resolvi voltar a usar a bike como meio de transporte. Confesso que tive os mesmos receios que você no início, pois o trânsito no Brasil é um pouco assustador. Mas com o passar das semanas fui me adaptando, e aprendendo como se portar no trânsito. E hoje em dia só tenho a agradecer por isso.

      Algumas dicas: É sempre bom ir pelo percusso menos turbulento(ruas mais vazias, avenidas de menor velocidade).

      Abração!

      Excluir
    3. Qd eu ainda morava no meu apê próprio cheguei ir várias vezes pra loja de bike, mas como na época eu estava abrindo e fechando (14h/dia) não tinha muita disposição e acabei deixando de lado. Usei bike como meio de transporte minha adolescência inteira, mesmo depois de comprar carro ainda usava muito.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  4. Só achei estranho vc, Corey, achar caro um valor de 150 pilas para uma academia.
    Afinal, paga estonteantes 3,1k no aluguel. Quem paga tal valor é classe A top.
    E 2,5k ser classe B?
    Na boa, discordo totalmente.
    Em minha região alugueis Tops são na faixa de 1 a 1,2k e a academia na faixa dos 80 mirreis, mas não é em capital.
    Como sou da classe média verdadeira (B+ ou A- ) prefiro morar no interior já que acho bem bizarros esses alugueis dessas capitais aka SP/RJ.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boas colocações. Infelizmente em SP com 2500 vc jamais aluga um apê num bairro top, sem chance... Esse meu aluguel (que é bem caro, com certeza) é o piso do aluguel de um bom apê num bairro, digamos top (-). Os bairros top mesmo custam muito mais que isso. Como vc disse, grandes capitais são bem bizarras.

      Quanto a academia é uma questão preço X valor. Pra minha realidade, um cara que faz muito aeróbico e somente treinos simples para grupos musculares (foco na definição), pagar mais de 70 conto de academia é demais, ou seja, o preço é alto pelo baixo valor. O aluguel embora caro acaba tendo um valor mais próximo do preço.

      Bem que eu gostaria de morar no interior, mas não me adaptei totalmente a uma cidade média próxima da capital, com custos semelhantes, que dirá no interior.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. Olá Corey,

      Já havia comentado em um post anterior, onde você tratava de aluguel, e tenho duas coisas pra dizer:
      1 - Você deu bons motivos para eu me distanciar da idéia favela/aporte violento.
      2 - Logo depois do teu postaconteceu aquele caso da mulher que foi espancada injustamente no Guarujá. (não quero ser o próximo)

      Portanto estou estudando forte pra ir pra um lugar melhor e "nivelar por cima". Mas daí eu me deparei com isso que você está colocando como resposta aí em cima. O que seria um aluguel justo em um bairro top?

      Bairro top pra mim é: Moema, Higienópolis, Jardins, Itaim, Perdizes, Pompéia. (mas 2500 ainda seria uma pechincha)

      Com 2500 consigo um apartamento em lugares de periferia, butantã, jabaquara, tatuapé, etc... (ninguém me convence que Tatuapé é top, sem chance!)

      Portanto eu até toparia morar em um bairro TOP. Mas fico pensando se o percentual de gastos em moradia, seria elevado para o que eu ganho.

      Procurei no google coisas como "qual o % ideal pra gastar com moradia" Mas a gente encontra muita besteira.

      Portanto venho a propor o seguinte, que tal a blogosfera de finanças discutir em conjunto o que "na realidade do BR de HOJE" seria um equilíbrio saudável para os gastos mensais?

      Abraço,

      Adal

      Excluir
    3. Olá amigo!

      Lembrei de vc, vc queria morar numa quebrada pra poder aportar o máximo possível, né?

      Ainda bem que vc tirou essa ideia da cabeça, nivelar por cima é sempre melhor e normalmente o investimento vale a pena. Cara, existem bons bairros em SP com preço razoável, claro que morar em Higienópolis é ótimo, mas se for pra morar naquela região, há bons apês com preços menores na Consolação. Acho que o lance primeiramente é escolher a região de acordo com sua necessidade, cujo deslocamento para o trabalho não seja tão complicado, depois veja os bairros e pondere o que é melhor. As vezes um bairro é caro por ter imóveis grandes, se vc achar um pequeno, vai pagar mais barato... Pesquisando vc acha boas oportunidades em qq lugar.

      Bairros que considero bons e não tão absurdamente caros: Mooca, Ipiranga, Lapa, Santana, o próprio ABC é bem mais barato (mas o trânsito consegue ser pior que SP), bairros centrais como Liberdade, Bela Vista, Consolação...

      Estou preparando um post que inclui isso que vc falou, aguarde...

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  5. Morei um bom tempo em Moema e Campo Belo e o ganho em qualidade e vida é inestimável. Ia trabalhar na Faria Lima em 20 min a pé.

    Acredito que seu bairro pelas caracteristicas que expressou seja bem parecido com um desses dois.

    Sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Paulo!
      Realmente a qualidade de vida muda absurdamente, hj me pergunto pq fiquei tanto tempo na periferia passando raiva com vizinhos non sense. O bairro é bem estilo Moema mesmo.
      Abraço!

      Corey

      Excluir
  6. Tranquilidade e qualidade de vida não tem preço.

    Mesmo que os contras sejam gasto maior por conta do lugar ser mais caro e menor, isso não é problema para um casal que ambos trabalham. Seria meio complicado para as pessoas que não trabalham, pois ficar dentro de um apartamento pequeno é um porre.

    Como já disse anteriormente, bela escolha Corey.

    Uta!

    ResponderExcluir
  7. Grande Estagiário!

    Bem lembrado, se ambos ficassem em casa o tempo todo a coisa seria mais complicada. Eu fico mais tempo mas sempre sozinho pq a Bia tá no trabalho, qd ela chega largo minhas coisas e curtimos o casamento, aí o pouco espaço não interfere em nada.

    Abração!

    Corey

    ResponderExcluir
  8. Caralho, já achava meu antigo aluguel de 800,00 caro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala UB!

      Com 800 conto aqui em SP vc não aluga nem barraco de 3x3 na favela do Heliópolis! Recebo mais de mil do meu apê, mal localizado, barulhento, pequeno, andar baixo...

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. Uó,
      Uma dica para você. More em uma cidade universitária e tente alugar um apartamento próximo da faculdade que tem de tudo.
      2 quartos, um ovo de apartamento, de uns 10 anos de idade, você não acha por menos de R$1.000,00 :)

      Excluir
    3. Bem lembrado Estagiário, um amigo paga 2k de aluguel num apê semelhante a esse em Bauru para os filhos universitários morarem, o que dá uma força é que eles sublocam pra mais 2 caras.

      Excluir
  9. corey, pq vc nao abre uma segunda loja para aumentar os lucros?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso faz parte dos meus planos, veja os posts mais antigos...

      Excluir
  10. Me assusta saber que você tem que pagar 3.100 por um aluguel em um bom bairro em SP.
    Assusta muito alias. Isso é média de salário em Curitiba (considerando quem ganha razoavelmente bem heim) haha

    No mais, sucesso na nova vida. É importante priorizar qualidade de vida, acho que você fez o certo!
    (qual valor você recebe no aluguel do seu ap?)

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá VBI!

      Concordo! Assustador mesmo! Isso é um bairro "bom", um bairro "ótimo" é bem mais caro e proibitivo, estou no limite do aceitável.

      Recebo pouco mais de 1k de aluguel.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  11. Parabens por sua mudança Corey.
    Acho que sei qual o bairro, pelas caracteristicas que citou. Não darei meu palpite por educação e respeito a sua privacidade mas se estiver certo, com certeza vc fez um otimo negocio.
    Conviver com pessoas em melhor situação economica e, principalmente cultural, trara muitas coisas boas a vcs. No Brasil a cultura popular esta um lixo total e precisamos ficar longe disso. Ficar no pacote funk, futebol e carnaval com certeza não vai fazer bem a nossa saude financeira.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ronin!

      Obrigado pela educação, saber ou não onde moro não vai ajudar em nada da troca de ideias.

      Sim, a convivência com pessoas mais educadas faz toda a diferença e se vc analisar o investimento pra q isso aconteça é baixo. Cultura popular é puro lixo!

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  12. Olá Corey,

    Na minha opinião, você tomou a decisão correta.
    Pela diferença de valores, vale muito mais a pena morar perto da elite. rs
    Agora, que esse aluguel de SP é caro isso é.
    Na minha humilde cidade, eu alugaria uma baita casa na região mais nobre da cidade por esse valor. Mas SP é SP, aí o dinheiro corre solto.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala BBB!

      Com certeza, o aluguel aqui é pra arrebentar, mas é o preço que se paga pra ter um pouco de sossego e conviver com pessoas mais educadas.

      Abração!

      Corey

      Excluir
  13. Vizinhança: o motivo principal que me fez deixar meu apê foi o barulho, falta de educação e senso de cidadania da vizinhança, o bairro periférico não ajuda nisso;

    Esse é o principal motivo para valorizar um imóvel. Por isto que imóveis em Bairros de Milionários são tão valorizados. Você já viu Rico brigando em cima do muro jogando praga um em cima do outro? Ou colocando música de pobre ou de mal gosto na maior altura? Isto não existe. Pobreza sempre andou junto com vulgaridade, falta de educação, analfabetismo e falta de cultura. E é por isto que quando alguém pode, foge de bairros ruins e vai morar em bairros com pessoas melhores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, pessoal que tem mais grana pode até fazer barraco mas é menos frequente ou ninguém vê, essas pessoas são extremamente preocupadas com a imagem, logo evitam chamar atenção de maneira negativa, já o pobre sente até orgulho de gritar no meio da rua.

      Tiro por base o som automotivo, vc praticamente não vê carro caro com som vazando, já os golzinhos e astras rebaixados... No geral pobre é mais vulgar sim.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  14. Se eu pudesse, eliminava metade da população Brasileira, que só puxa o país para baixo.

    ResponderExcluir
  15. Não precisa ir para a Europa Não Corey. Cidades como Pomerode, Jaraguá do Sul, Balneário Camboriú, Blumenau, Joinville, Brusque, Nova Friburgo, Corupá, São Bento do Sul você não sofre violência, e a qualidade de vida é melhor que em algumas cidades da Europa. Para quê ir tão longe se você tem o 1º mundo dentro do Brasil? Sabe qual é a estatística de assaltos nestas cidades? Menor que me muitas metrópoles Européias. Em São Bento do Sul não houve 1 assassinato durante o ano de 1013, e apenas 12 assaltos de residências (quando o dono estava ausente).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será se Joinville tem indices de violência tão baixos?

      Excluir
    2. Olá IV!

      Conheço pouco do Sul, somente parte do PR e SC, o pouco que conheci deu pra ver que as pessoas são bem diferentes em relação a SP, são mais educadas e civilizadas. Não conhecia esses números, vira e mexe alguém vem aqui falar bem do sul, então acho que vale a pena analisar essa possibilidade com carinho. Só um porém, duvido que no Brasil exista algum lugar que realmente pareça primeiro mundo!

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  16. Fala Corey!

    Parabéns pelas escolhas, também moro em um bairro de SP considerado "bom", mas tenho ap. próprio. Não consigo querer morar em outro bairro, tenho alguns investimentos em imóveis em outras partes da cidade que podem ser consideradas boas tb, mas a localização tanto pra mim qto pra minha esposa é perfeita.

    Aliás, os caras por aqui tem medo de se apaixonar, casar, ter filhos, etc.. hahaha Melhorei e MUITO minha situação financeira e pessoal depois de casar. Fora que minha vida também está incomparavelmente melhor.

    Grande abraço e sucesso em sua vida.

    Thiago

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Thiago!

      O que adianta morar num lugar mais barato mas ter que lidar com gente de 5ª, demorar uma eternidade pra chegar no trabalho, conviver com barulho e (mais) violência? Não vale a pena...

      Não vejo nada de errado em não querer casar, isso não é pra todos e aí que está o erro: nêgo não tem perfil pra casar e insiste, aí dá merda e sai reclamando do casamento, que todas as mulheres são fdps, etc... Se cheguei onde estou foi graças ao casamento, se fosse solteiro duvido que teria chegado até aqui.

      Abração!

      Corey

      Excluir
  17. Corey,

    Parabéns pela mudança! Você está morando na zona oeste de SP? Se sim, meus parabéns. Eu também queria morar por aí. Pinheiros, Lapa, Brooklin, Perdizes, Pompeia... Boas opções não faltam.

    Falta só o dinheiro mesmo, rs.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  18. Planejamento bem afiado. Parabéns Corey,

    ResponderExcluir
  19. Nossa cara, se é esse o preço do aluguel para um bairro de classe média aí em Sampa, eu vou ter que morar debaixo do viaduto.

    ResponderExcluir

Os comentários desse blog são moderados, ou seja, passam pelo meu controle antes de serem publicados. Esse é o motivo pelo qual seu comentário não aparecerá logo após você clicar em "Publicar", portanto não precisa postar 2 ou 3 vezes! Posso demorar, mas publicarei e responderei todos os comentários que não contenham trolagens, intrigas, propagandas e baixo nível.