domingo, 11 de maio de 2014

Mudança Expressa e Casa Nova

Primeiramente gostaria de pedir desculpas pela ausência no fim de semana, publiquei um post na quinta e sequer vim aqui comentar, não gosto de fazer isso, sempre que publico algum post procuro estar presente o máximo possível para agilizar a publicação dos comentários e poder trocar ideia com os amigos. Responderei a todos com calma. Acabei me atrapalhando por uma causa boa: as chaves do meu novo apartamento saíram antes do imaginado e tratei de correr com a mudança. E é sobre isso que falarei hoje por aqui.

No fim do mês passado, publiquei um texto falando sobre minha volta para São Paulo após um ano em outra cidade, comentei que possivelmente dessa vez eu iria morar num bairro mais nobre o que encareceria um pouco o valor do aluguel mas facilitaria a vida principalmente da Bia, pois foi exatamente isso que fiz, aluguei um apErtamento num bairro mais arrumadinho da capital paulista. O imóvel não tem absolutamente nada a ver com o apartamento anterior: tem menos da metade do tamanho, é novíssimo (primeira locação), o prédio tem uma infraestrutura de lazer razoável além de contar com serviços pay-per-use, são duas realidades totalmente diferentes.

Falando um pouco sobre a experiência de voltar ao aluguel após morar muitos anos num apartamento próprio, só posso dizer que foi uma das melhores decisões que já tomei na vida, esse 1 ano morando em outra cidade, num lugar mais civilizado e com a flexibilidade que só aluguel me proporciona me serviram pra muitas coisas entre elas conviver com pessoas de nível sociocultural mais elevado, estabelecer a simplicidade e minimalismo em nossas vidas e principalmente, ver que é besteira ficar amarrado a situações intoleráveis somente por causa de um punhado de reais. Percebi também que gosto muito de São Paulo e que é difícil ficar longe dessa cidade maluca, meus amigos estão aqui, os lugares que frequento estão aqui... O aluguel me permitiu voltar!

Voltando ao assunto do novo apartamento, fechei negócio rapidamente essa semana, só houve um empecilho que logo tratei de resolver da maneira mais fácil possível, ou seja, usando dinheiro. O locatário só iria alugar mediante seguro fiança, o que é totalmente justo ainda mais aqui no Brasil que temos uma política de crédito as avessas, onde você tem que provar que não é picareta e não que é um bom pagador como acontece nos EUA, por exemplo. Não tinha conversa, ele não queria depósito (como fiz no antigo apê) nem fiador (essa nem eu queria porque detesto esse negócio de fiador). Não estava disposto a torrar uma grana sem necessidade em seguro fiança, então propus de pagar o contrato inteiro adiantado. Bom negócio para o dono do imóvel por ficar despreocupado e para mim que ganhei poder de barganha. Pra resumir consegui um desconto de praticamente um mês, tudo bem que pra isso precisei torrar todo meu colchão de segurança, mas não é pra isso que ele existe? Só precisei esperar a imobiliária fazer a papelada e a ligação da luz e gás que por incrível que pareça (para os padrões brasileiros) foram realizados no mesmo dia do pedido.

Típico veículo de carga do "Tio do Carreto"
Peguei as chaves na quinta a noite, Bia e eu agilizamos nossos trabalhos na sexta pela manhã e a noite fomos empacotar as coisas. Aqui entra o pulo do gato de se levar uma vida minimalista, em poucas horas e principalmente poucas caixas, nossa vida estava totalmente empacotada e organizada. No sábado pela manhã o tio do carreto apareceu e a tarde tudo já estava no apê novo. Aqui um detalhe: a diferença de preço entre um "tio do carreto" e uma empresa de mudança chega a ser doentia, pra quem tem pouca coisa como nós não vale a pena de maneira alguma contratar uma empresa. Aliás, só precisamos de carreto por causa da geladeira, sofá e colchão, porque o resto poderia ser levado no carro em algumas viagens sem problema algum (aliás, minhas roupas foram no carro, nos próprios cabides, nem me dei o trabalho de dobrar, rsrs!). Pensei em alugar uma pick-up mas o preço sairia equivalente ao tio do carreto e ainda teríamos que fazer tudo sozinhos.

No sábado a noite ainda saímos para conhecer um pouco a vila boêmia do bairro, descobrimos que uma cooperativa de taxis cobra preço fixo para moradores do condomínio (ótimo!). Descobrimos também que o prédio tem wi-fi inclusa no condomínio, não é os 15 mega que estava acostumado mas dá pro gasto, inclui também um pacote básico de TV a cabo e não se paga para usar as máquinas de lavar (ótimo, a nossa já foi vendida junto com a TV jurássica para um conhecido, valor esse que pagou o carreto). Só precisarei comprar uma TV nova. Impressionante como tudo foi mais fácil em relação a outra mudança, formatamos nossa vida pensando em mudanças frequentes, logo temos poucas quinquilharias de cozinha, poucos móveis (os que temos são pequenos, desmontáveis e de uso flexível) e as poucas coisas que guardamos estão armazenadas no meu escritório da loja, logo não precisamos nos preocupar de ficar levando-as para cima e para baixo.

Hoje pela manhã arrumamos umas coisas e ainda sobrou tempo para visitar as respectivas mães, agora é noite, minhas roupas estão todas arrumadas no armário, o escritórinho de casa montado e tem um rango cheirando bem na cozinha, Bia está reclamando que ainda tem roupas para tirar das malas e que os 5848574895743 cosméticos dela ainda estão na caixa, mas uma mudança feita com toda tranquilidade em dois dias é um feito e tanto, não?! Na próxima, como prometido, postarei os números referentes a essa mudança.

12 comentários:

  1. Ola Corey!

    É sempre um prazer ler seus textos!
    Me identifiquei bastante a respeito dessa questão do aluguel, foi realmente vc que me abriu a mente sobre esse aspecto. Como estou na China, quando falo que não gostaria de ter uma casa própria todos me olham tortos.
    Afinal, aqui para pedir a mão de uma moça em casamento e necessário, no mínimo, uma casa.

    Abracos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá GF!

      O aluguel pode ser sim um bom negócio em muitos casos, é questão de fazer as contas e chegar a uma conclusão que sempre será muito pessoal e cercada de variáveis.

      Abração!

      Corey

      Excluir
  2. Olá Corey,

    O dono do imóvel deve ter ficado bem feliz com o seu pagamento. Uma preocupação a menos.
    O fato de você ter um cachorro não atrapalhou na hora de encontrar um imóvel?
    Tem proprietário que às vezes não gosta muita da ideia de alugar um apartamento para quem tem um bichinho...
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande BBB!

      O cara aceitou na hora, nem questionou nada... Quanto ao cachorro, isso não é mais problema, pelo menos nunca tive objeções sobre isso. O que complica é achar um imóvel com piso frio hoje em dia...

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  3. É Corey,
    Um dia quero ser igual a você hahahhahahaha....
    Uta!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rsrs! Queira não, sou muito complicado... abraço!

      Excluir
  4. Corey, se você fosse um ativo da bolsa, o CORE4, teria como característica a alta volatilidade!

    Talvez lhe usasse para um trade de valor devido à essas características (empresa boa, sólida, mas volátil)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rsrs! Boa comparação Guardião! Sou como diria o Raulzito, uma metamorfose ambulante e gosto muito dessa característica.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  5. Legal cara. E belo negócio já adiantar o aluguel com desconto.
    Assim você fica pelo menos 1 ano (acredito que foi isso não?) tranquilo.

    Acho que morar de aluguel é bom, principalmente para quem investe grana.
    Eu estou morando de aluguel no momento, e tenho uma casa que deixei alugado.
    Moro em um lugar melhor localizado (claro, sai mais caro do que o aluguel que recebo da minha casa, que não tem tão boa localização).
    Mas é bom poder saber que posso mudar a qualquer momento, sem tanta dor de cabeça.

    Sucesso na nova vida!
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá VBI!

      Isso mesmo, só tenho que me preocupar com aluguel daqui um ano, isso se não me mudar novamente, rsrs! Mas mensalmente separarei a quantia para refazer meu colchão de segurança.

      Seu caso é parecido com o meu, o apartamento que tenho não tem boa localização e o aluguel que recebo é baixo, mas já ajuda a formar um fluxo de caixa positivo.

      Abraço!

      Corey

      Excluir

Os comentários desse blog são moderados, ou seja, passam pelo meu controle antes de serem publicados. Esse é o motivo pelo qual seu comentário não aparecerá logo após você clicar em "Publicar", portanto não precisa postar 2 ou 3 vezes! Posso demorar, mas publicarei e responderei todos os comentários que não contenham trolagens, intrigas, propagandas e baixo nível.