segunda-feira, 21 de abril de 2014

Voltando pra São Paulo e Os Bairros Caros

Após um ano morando de aluguel estou para provar a principal vantagem desse tipo de moradia: a mobilidade. Bia e eu somos meio malucos, mudamos nossos planos a toda hora, somos muito instáveis e nada combina mais com nosso estilo de vida que morar de aluguel. Esse ano morando em outra cidade foi ótimo para muitas coisas e outras não funcionaram tão bem quanto imaginávamos.

As vantagens de ter saído de São Paulo foram várias: mais tranquilidade, menos trânsito, mais tempo disponível, preços menores tanto na moradia quanto nas despesas diárias. Por outro lado problemas surgiram: Bia passou a ganhar menos e trabalhar mais na filial da cidade onde moramos, eu acabei enfrentando muito mais trânsito e estrada do que estava disposto graças a imprevistos com funcionários da loja, percebemos que nossa vida está em São Paulo: as baladas e bares que frequentamos, nossos amigos, os parques, etc. Junte a esses problemas o fato do apartamento que moramos ter diversos problemas estruturais devido a idade e a presença (novamente) de vizinhos inconvenientes, decidimos tomar a decisão de voltar para São Paulo.

Bia voltará para a sucursal onde trabalhou anteriormente, além de ganhar mais, conseguiu uma promoção que a princípio parece interessante. Eu estou envolvido com a possibilidade de entrar num novo e grande negócio (como contei num post anterior), mas é um negócio que pode demorar a sair devido a complexidade (se é que vai sair), então não vou parar minha vida por causa disso.

Uma vez decidida a volta pra sampa, a grande questão é: qual bairro morar? Inicialmente pensamos em começar nossa procura por bairros que facilitem a vida da Bia, que permitam que ela chegue ao trabalho usando metrô (o transporte público "menos pior") ou mesmo a pé. Acontece que esses bairros são considerados de classe média, classe média alta e como tudo em sampa, são super inflacionados, com preços de aluguéis nas alturas. Aí paramos pra analisar se isso valeria a pena ou seria melhor morar num bairro mais longe, mais barato porém com a necessidade maior de carro. É essa análise que gostaria de compartilhar com vocês.

Do ponto de vista financeiro vale a pena morar mais perto do trabalho mesmo pagando bem mais caro pelo aluguel?
R: Segundo nossas contas, morar nos bairros que temos em vista custará (em termos de aluguel) cerca de 120% mais caro que num bairro mais afastado e de qualidade de vida razoável (nada de periferia) para um imóvel de mesmo tamanho, se reduzirmos o tamanho do imóvel, essa diferença cai para 80% o que não é nada desprezível, mas fazendo as contas com gasto de combustível ou transporte público e tempo de deslocamento chegamos a conclusão que essa diferença seria em torno de 50%. Vale a pena? Sim, vale, se analisarmos as questões abaixo.

Quais as vantagens não financeiras de se morar num bairro mais nobre de São Paulo?
R: Esquecendo os fatores financeiros, podemos ver várias vantagens de se morar num bairro mais nobre de sampa, a primeira dela é a tranquilidade, bairros mais nobres tendem  a ser mais silenciosos porque os moradores geralmente se importam mais em não incomodar os vizinhos, além disso pessoas de classe média, média alta costumam ser mais educadas e não tem a infeliz mania de fazer samba/pagode/funk no meio da rua como acontece nas periferias (Observação: se você faz o tipinho politicamente correto e tá se coçando pra me criticar nos comentários, faça-me um favor, suma do meu blog, ok?). Outra coisa que acho importante é que devemos nos cercar de pessoas intelectualmente superiores ou ao menos iguais a nós se queremos crescer como seres humanos educados e inteligentes, se você mora num lugar com gente xucra, a tendência é sempre o nivelamento por baixo. O mesmo vale para pessoas bem sucedidas financeiramente, acho legal conversar com pessoas que deram certo, que conseguiram superar obstáculos e vencer no mundo dos negócios, é possível aprender muito só de ouvir o papo dessas pessoas numa academia, por exemplo.

Estamos dispostos a abrir mão de espaço em prol de morar num lugar mais nobre? Morar num apartamento menor pode prejudicar nossas vidas?
R: O atual apartamento que moramos é bem grande, um apartamento antigo, com cômodos amplos e espaçosos. Claro que é muito agradável morar com espaço de sobra mas a realidade é que não temos necessidade de tanto espaço, um dos quartos do apartamento está completamente vazio e só o abrimos pra limpar, mesmo os cômodos ocupados estão bem vazios porque possuímos poucos móveis e coisas, afinal somos minimalistas, procuramos ter somente o que precisamos ter. O maior problema em morar num lugar menor seria por causa do cachorro, mas ele está acostumado a morar em apartamento então acho que a adaptação mais complicada seria pra gente, não pra ele.

Estamos de olho em empreendimentos novos, a maioria nunca foi alugada e conta com diferenciais como lavanderia coletiva, serviços pay-per-use, áreas de lazer, etc. Minha vontade de morar num prédio antigo já passou, foi legal mas não é nada prático ter 3 tomadas num apartamento inteiro e ter que fazer manutenção em tacos de madeira além de encarar água enferrujada por canos de ferro, entupimentos constantes e elevadores problemáticos. Queremos algo mais moderno, mais com nossa cara, uma moradia prática, mesmo que menor. Acho os chamados "studios" muito racionais para casais como nós, o único porém é que precisamos de divisão entre quarto e sala além de uma área de serviço pra abrigar o cachorro.

Analisando o custo de morar num bairro mais sofisticado percebo que a grande diferença está no valor do aluguel e da alimentação perto de casa como pizzarias, mercadinhos e padarias próximos que costumam ser mais caros, mas isso pode ser minimizado fazendo compras em mercados mais distantes, é tudo uma questão de adaptação. Acho que no frigir dos ovos as vantagens de se "morar bem" valem mais que o custo financeiro. Sempre vejo reportagens sobre pessoas que venceram na vida, ganharam  muito dinheiro e continuaram morando na periferia. Entendo o lado delas, muitas preferem ser o rico no meio dos pobres morando na periferia que o pobre no meio dos ricos morando num bairro nobre, mas acredito que isso vai além do dinheiro e status, como disse, acho a convivência com pessoas bem sucedidas e intelectualizadas muito importante, é algo que agrega muito as nossas vidas. Pretendo sempre buscar conhecimento e novas ideias, viver num lugar melhor pode me proporcionar isso. A elitização da vida é um caminho sem volta, é difícil dar um passo atrás quando se tem condições de dar um a frente.

59 comentários:

  1. Morar de aluguel por opção está longe da realidade do brasileiro, isso é pra quem tem muito dinheiro sobrando e pode se dar ao luxo de desperdiçá-lo.

    Você está há tanto tempo na situação acima citada que nem vê a realidade do povo do país em que mora. Você tem muitas semelhanças com a nossa Presidente.

    Em pouco tempo você estará criando posts sobre a decisão de comprar toalhas feitas com fio egípcio e taças importadas com detalhes em diamante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é opção pq pensar em dinheiro tb não é uma opção da maioria dos brasileiros, a maioria simplesmente segue o "rumo da vida", tem 10 filhos, não pensa em estudar e inveja quem tem dinheiro. Se eu quiser comprar toalhas de algodão egípcio (que realmente são muito superiores) ou um Rolex o problema é meu, é o meu dinheiro que estarei queimando com supérfluos.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. coery vc merece toalha algodão egipicio sim, vc é um trabalhador estuda busca ser melhor, aproveita a vida amigo e mora num bairro melhor seja feliz cara na vida so se vive uma vez, curta sua casa seu cachorro abia,se divirta em sampa.
      sabe cara isso é um desabafo, aproveita a vida amigo as vezes nos somos ricos e nem sabemos, dinheiro é uma coisa importante mas saber aproveitar cada minuto cada suspiro inconstante davida dos amigos e das pessoas q amamos é o maisimportante.
      abraço amigo

      Excluir
    3. Obrigado amigo! É isso aí, tem gente que valoriza demais o dinheiro a ponto de não querer ganha-lo ou utiliza-lo, eu acho que devemos usar com sabedoria e dentro das nossas condições. O que há de errado em pagar por conforto?

      Grande abraço!

      Corey

      Excluir
    4. Corey, liga não, esse daí é mais um brasileirinho padrão que deve viver as custas de programas sociais e demoniza o dinheiro, eu quero é ser rico, andar de BMW e morar nos Jardins e espero que vc consiga o mesmo. Dinheiro é bom demais e gasta-lo é lindo!!!!!!

      Excluir
    5. "esse daí é mais um brasileirinho padrão"

      E você é o que? deve ser dinamarquês, finlandês ou sueco.

      Você é brasileiro também, sente desprezo pelo seu semelhante e vive em Wonderland, assim como o autor deste blog.

      E como subterfúgio para alimentar a sua fantasia mental, chama quem lhe mostra a realidade de socialista.

      Excluir
    6. Brother, se vc gosta de morar na perifa, azar o seu, se vc gosta de funk e essas merdas da "cultura da periferia", azar o seu... Tem gente que prefere viver no meio de pessoas civilizadas e que respeitam os outros, então deixe-as em paz.

      Aliás, se meu blog é tão ruim, o que vc está fazendo aqui? Volta pro seu mundinho medíocre!

      Excluir
  2. Corey,

    Eu se fosse você investiria em morar em um lugar melhor para ter mais qualidade de vida e não me preocuparia de fazer compras em lugares mais distantes. Você pode minimizar o desgaste e ainda ecomizar fazendo a compra 1 vez por mês.
    Vizinhança é o que puxa a gente pra baixo ou nos eleva.
    Querendo ou não, as pessoas mais ricas perturbam menos e tem melhor convivência do que as menos abastadas.
    Infelizmente uma parcela da periferia não sabe conviver em sociedade e transformam a convivência em algo sacrificante. É som alto dia-e-noite, gritaria por qualquer coisa da janela, do meio da rua, pedindo para o filho remelento ir comprar pão ou entrar para tomar banho, enfim, é uma josta.
    Concordo contigo que temos que procurar pessoas do nosso nivel ou melhores.
    Agora na questão do aluguel, se você tem um patrimônio que te permita abrir mão de um imóvel próprio e ficar morando de aluguel, ótemo, caso contrário, é melhor sim ter o imóvel próprio, pois aquele dinheiro suado que tá indo pro aluguel na verdade está pagando um financiamento.
    Eu se tivesse uma renda legal, também moraria assim, liberto, migrando a cada 2 anos de um lugar pra outro, sem ficar "preso" a um lugar.

    Lambida do Poney !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Pôney!

      Falo em fazer compras em mercados mais distantes pq posso fazer perto da loja e levar pra casa a noite, essa é uma maneira inteligente de economizar, agora sair de onde moro, cruzar a cidade só pra economizar alguns centavos não dá... Sem contar que até os mercados dos bairros melhores são mais agradáveis.

      É isso mesmo, o pessoal da periferia torna a convivência algo insuportável, não há nada que justifique fazer barulho, gritar, atrapalhar outras pessoas, isso não faz o menor sentido!

      Com certeza encarar um financiamento é melhor que pagar aluguel, mas meu caso é diferente, tenho imóvel próprio quitado que me gera renda, tenho investimentos que me geram renda e por pagar aluguel consigo morar num lugar muito melhor do que teria condições de comprar. Na ponta do lápis, o aluguel é vantajoso pra mim.

      Abração!

      Corey

      Excluir
  3. Corey, cresci na periferia do Rio batalhei ganhei dinheiro e hoje moro em um bairro nobre, sem dúvida o custo de vida e mais caro, mas vc acaba economizando em outras coisas, como poder resolveram monte de coisas perto de casa a pé e rapidamente. Outra coisa hoje tenho acesso a pessoas, a conhecimento e oportunidades que eram inalcansaveis para mim no passado e que abre portas e mentes! Sem contar que esses bairros são em regra mais seguros e bem cuidados, sou o pobre no meio dos ricos, mas garanto que é melhor do que ser o rico no meio dos pobres.
    As lições que recebi, a visão de vida e a troca de experiências tem um valor incalculável, recebi milhares de reais em lições de graça de juízes, diretores de empresa, engenheiros , professores, médicos e etc, gente conheci na praça, na academia, em sala desespera , reunião de condômino , na escola das crianças e etc! Vá em frente faça esse investimento e aproveite cada centavo investido no aluguel em um bairro nobre!
    Quando morei em São Paulo foi a primeira vez que morei em um bairro nobre ao voltar para o Rio depois de cinco anos não pensei duas vezes, investi nesse up grade! Abraços e boa sorte!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amigo!

      Tb cresci na periferia, não era um bairro pobre, mas um bairro de casas simples, com uma ou outra bem cuidada, no geral a vizinhança não era tão ruim, eram pessoas simples e tranquilas. Depois que casei fui morar num bairro ainda mais simples e aí começou a cair a ficha da vantagem de morar num lugar bom.

      É o que vc falou, via de regra são lugares mais seguros, masi limpos e cuidados, é fácil vc trocar ideia com pessoas de alto grau de instrução e bem financeiramente, como vc disse, são lições de milhares de reais que vc tem de graça. Sem dúvida é melhor ser o pobre no meio dos ricos, a chance de ficar rico são grandes assim como se vc for o rico no meio dos pobres a chance maior é de vc ficar mais pobre do que rico.

      Abração!

      Corey

      Excluir
  4. Grande Corey,

    Morar em lugar mais tranquilo com certeza é melhor... Pra que gastar menos sendo que você terá que conviver com problemas de vizinhos ? Se você pode pagar mais por um conforto como esses, então pague. :)

    Boa sorte no novo empreendimento... Se vocês precisarem de um investidor pra comprar as resmas de papel sulfite, me chama que eu to dentro. Hahahahahahah

    Uta!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Estagiário!

      É isso aí, financeiramente falando o investimento é baixo perante o retorno... Então, tá bem complicada a situação do empreendimento, são muitas coisas pra serem analisadas e pesquisadas vai meses nessa fase. Agora começo a entender o porque da demora para fechar certos negócios por aí...

      Abração!

      Corey

      Excluir
  5. A opinião do Poney é bem lúcida e vai ao encontro ao que penso

    ResponderExcluir
  6. Quando a taxa de custo de oportunidade (aluguel divido pelo valor de venda de fato atual de um imóvel) for até 0,6% am brutos, é muito mais vantajoso ficar no aluguel, sendo dinheiro jogado fora para quem compra um imóvel e um extraordinário negócio para quem vende. É o caso atual neste país.
    Quando a taxa de custo de oportunidade fica acima de 0,6% até 0,8%am brutos, temos um mercado em equilíbrio e tanto faz como tanto fez ficar em aluguel ou comprar. Não é a situação atual no Brasil.
    Quando a taxa de custo de oportunidade for superior a 0,8% am até 1% é mais vantajoso comprar um imóvel, sendo dinheiro desperdiçado quem vive de aluguel.
    Situação acima de 1% am brutos de taxa de custo de oportunidade é comprar o imóvel.

    Desta forma, considerando que a situação média brasileira oscila na faixa de 0,3% am, penso que o aluguel torna-se vantajoso.
    Verifique a tco de fato do imóvel que irá morar, Corey, fazendo uma escolha fria, metódica e mais vantajosa para vc.

    Ah, achei uma graça quando alguns sabichões aqui vieram com papinho de aluguel é dinheiro jogado fora, ainda mais na situação contextual atual, hein.

    Ass: Hater Desalmado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo:

      Nunca parei para fazer as contas dessa maneira, o que sei é que pago 0,3% de aluguel em relação ao valor do imóvel, ou seja, se eu tivesse o valor total do imóvel e colocasse na poupança seria capaz de pagar o aluguel e ainda ficar com troco. Só tonto não vê que esse é um bom negócio. Mesmo se essa relação fosse maior, provavelmente ainda valeria a pena alugar devido as vantagens não financeiras como a mobilidade.

      Como vc disse, algumas pessoas não param para fazer contas, vão seguindo a manada e cuspindo bobagens por ai.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. As pessoas questionam o aluguel, mas nunca abriram um excel para fazer as contas de casa própria x morar de aluguel.

      Se você souber o que está fazendo há ganhos financeiros em morar de aluguel. Com uma certa quantia aplicada você consegue pagar um bom aluguel e ainda sobra, especialmente agora que o valor de venda dos imóveis cresce em proporção maior que o valor da locação.

      Tem gente que nasce com determinados conceitos e não faz esforço para abrir a mente e imaginar a vida de outra forma. Já vi gente recusar oferta de emprego onde ganharia mais de 30% de aumento, pois teria que vender o AP financiado e morar em outra cidade de aluguel.

      Obviamente, por vivemos em um país zoneado onde um presidente meteu a mão e confiscou a poupança faz sentido a necessidade de ter um imóvel próprio, já que para o governo te tirar de lá tem que usar a força física.... Mas, mesmo assim as pessoas deveriam fazer as contas com mais calma e sem preconceitos. Há muita gente que compra imóveis na periferia coloca para alugar e com o dinheiro aluga uma bela casa em um bairro nobre.

      Receber aluguéis e pagar aluguéis deve ser encarado com naturalidade vendo a vantagem de mudar de lado de acordo com a fase da sua vida.

      Excluir
    3. Essas contas são tão simples que as vezes me pego pensando se não estão erradas. É tão fácil perceber que grande parte das vezes é mais vantagem pagar aluguel... No Brasil morar de aluguel é sinônimo de fracasso!

      "Há muita gente que compra imóveis na periferia coloca para alugar e com o dinheiro aluga uma bela casa em um bairro nobre." - exatamente, conheço gente que faz isso, tem cortiço de aluguel na periferia e mora em Higienópolis.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  7. Olá Corey,

    Para mim, um dos segredos do sucesso é isso que você comentou no seu post.
    Conviver com pessoas mais sábias, mais ricas ou até mesmo morar em regiões onde você é o pobretão da turma, acaba tirando a gente da zona de conforto e faz com que se corra atrás para ter uma vida tão boa quanto a do seu vizinho rico.
    Muitas vezes é nesses meios, que surgem oportunidades de negócio ou grandes aprendizados.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande BBB!

      Pode perceber, as pessoas de mais sucesso fazem exatamente isso, procuram se envolver com pessoas de nível superior, nunca o contrário. Claro que é legal ser o mais rico, o mais inteligente, isso faz bem pro ego mas não faz nada bem pro crescimento. Como vc disse, isso ajuda a sair da zona de conforto (lembrei de um fato que aconteceu comigo, isso dará um post...)

      Abração!

      Corey

      Excluir
    2. Olá BBB e Corey,
      Ter um blog hoje me proporciona essa oportunidade de trocar ideias com gente mais desenvolvida como vcs dois por exemplo. Pra mim esse é o principal benefício de fazer parte da Blogosfera

      Excluir
    3. Só a internet pra proporcionar esse contato!

      Excluir
  8. Fico contente em ver que não sou o único "louco" que acredita que, dadas as condições atuais, vale mais a pena estar liquido do valor do imovel e ter a flexibilidade pagando o aluguel...

    Mas as vezes bate a dúvida porque quando falo disso, a maioria está tão preso nessas idéias enraizadas, que me parece que o errado sou eu....

    Cresci na periferia, no olho do furacão, vi e sofri violencia, mas graças a deus sobrevivo..... Ainda moro lá e hoje o que era ruim tá muito pior... antes a periferia via-se muito imigrante que veio pra SP trabalhar, mas hoje o que temos são os filhos desses que de nada querem saber....

    Mas sonho e dou cada passo pra juntar um valor substancial (acredito em R$ 500.000,00) e poder pagar aluguel numa área melhor... não quero meu filho exposto as mesmas coisas que vi.... aguento enquanto ele é criança e ainda o domino, mas quando ele entrar na adolescencia, bye bye.....

    Li num livro do Robert Kiyosaki, acho que o Independencia Financeira, algo que me mudou... ele dizia que quando abrimos nossa mente a uma nova ideia, obrigatoriamente somos obrigados a nos cercar de pessoas com valores parecidos, e isso exige você mudar de bairro, cidade, fazer amigos com outros padrões de vida.... só assim pra deixar tudo pra trás...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo:

      A loucura não está em acreditar que vale a pena pagar aluguel, a loucura está em pensar diferente das outras pessoas, se vc sai da caixa, é tido como louco... prefiro continuar maluco então! Com certeza sua ideia faz muito sentido, só acho que devemos sempre ter ao menos um imóvel físico gerando renda pq se tudo der errado, ainda temos onde morar, esse é o motivo pelo qual não vendo meu apê.

      Além das ideias enraizadas, o povão costuma achar esnobes e metidas as pessoas que querem ter um carro bom, morar num bairro legal, se vestir bem... São as ideias socialistas enfiadas na cabeça das pessoas desde cedo: que todo rico é ruim, que ter dinheiro é pecado, etc.

      O RK fala isso sim, que devemos nos cercar de pessoas ao menos de mesmo nível sócio econômico, de preferência devemos ter amigos mais ricos, mais inteligentes. O "Segredos da mente milionária" tb diz o mesmo, outros autores bem sucedidos repetem esse conselho... Isso dá certo, aguarde meu próximo post pra ver um exemplo.

      Abração!

      Corey

      Excluir
    2. Corey,
      Estamos num pais aonde a maioria esmagadora é de analfabetos em finanças. Portanto não podemos nos escandalizar quando alguém próximo nos chama de torradores de dinheiro em certas áreas.
      Fico muito feliz toda vez que surge um novo blog de alguém disposto a alcançar a IF pois quase todos esses "novatos" chegam dizendo que criaram seus blogs motivados pelos posts que colocamos na Blogosfera. Então mesmo sabendo que uma andorinha não faz verão mas pelo menos influenciamos pessoas todo mês a faZer o mesmo que nos.

      Excluir
    3. Olá SP!

      Cara, vai fazer 1 ano que deletei meu facebook, não sinto a menor falta dele. Tentei parar com o blog, mas fracassei. A blogosfera é fantástica, só aqui podemos conversar de igual pra igual, ou melhor, aprender com pessoas que sabem mais que a gente. É muitíssimo gratificante saber que pessoas se espelham na gente.

      Abração!

      Corey

      Excluir
  9. Cara, pára de ser burro.

    Compre um casebre de 40 mil no meio da periferia, levante um muro alto e instale janelas anti ruido e ar condicionado. Compre dois carros antigos e blindados. Vai economizar bem mais. Saia todo dia às 6 da manhã e jamais conheça nenhum vizinho favelado. Vá todo dia aos parques dos jardins, praças e belos shoppings. Arrume uma boa vaga na rua e saia andando, ninguém vai roubar carro blindado. Se ficar morando com rico, será humilhado e logo um ricão safado vai lhe tomar a esposa.

    abs,

    Hater

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Hater!

      Boa ideia, heim? SQN! Claro que vc tá haterizando, mas a verdae é que essa ideia até pode ser viável, porém vc jamais conseguirá fazer isso no longo prazo. E que medo é esse de perder a esposa? Se isso acontecer será um alívio, não?

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. Domênico de Ócio25 de abril de 2014 10:20

      Se a esposa do sujeito trocar ele por um vizinho só porque esse tem mais dinheiro é um alívio sim. Passível de mandar presente caro pro amigão aí, em agradecimento. Hahaha boa!

      Excluir
    3. Nêgo fica com medinho de perder esposa pra fulano, mas a verdade é que se isso acontecer será algo muito bom, o cara se livra de um fardo.

      Excluir
  10. Do ponto de vista financeiro vale a pena morar mais perto do trabalho mesmo pagando bem mais caro pelo aluguel?
    Quando eu era solteiro e mão tinha automóvel morei anos aqui na zona sul de BH em um dos melhores bairros, ia à pé para o trabalho e voltava, às baladas e shoppings ia de táxi e pagava por cada corrida menos que 10 reais. Era bem compensador. Depois disto casei, montei meu escritório em casa, as baladas dirimiam, comprei um carrinho, e não mais fez sentido morar na zona sul. Somou o fato também da esposa ter sido transferida para zona norte, por coincidência em um bairro ao lado da casa da mãe dela, não deu outra, mudamos de mala e cuia para a casa dos pais dela. Trouxe meu escritório junto, rs.

    Quais as vantagens não financeiras de se morar num bairro mais nobre de São Paulo?

    a primeira dela é a tranquilidade, bairros mais nobres tendem a ser mais silenciosos porque os moradores geralmente se importam mais em não incomodar os vizinhos - Mito

    pessoas de classe média, média alta costumam ser mais educadas e não tem a infeliz mania de fazer samba/pagode/funk no meio da rua como acontece nas periferias - Há lugares barulhentos na zona sul e lugares silenciosos na zona norte.

    devemos nos cercar de pessoas intelectualmente superiores ou ao menos iguais a nós se queremos crescer como seres humanos educados e inteligentes - Quando morei na zona sul mal via meus vizinhos, se você mora em um prédio com uma apartamento por andar verá menos ainda. O contato será mesmo nas reuniões de condomínio e olhe lá. Então não vejo esta questão com grande vantagem, você pode se relacionar com pessoas de alto nível mesmo não morando na zona sul.

    Vantagens que eu vejo em morar na zona norte: não preciso deslocar muito para adquirir produtos a preços econômicos em estabelecimentos tipo supermercado, sacolão, etc. custo de moradia mais barato.

    Desvantagens: isolamento no local de moradia - isto hoje não é uma fator que atrapalhe pois continuamos relacionando com pessoas de nível igual, mesmo que estas não morem no bairro, mas quando o filho estiver na idade de socialização isto será um grande motivo para mudarmos de bairro. Escola para o filho também será outro fator, por perto não há boas escolas.

    Enfim, cada decisão deve ser tomada segundo um contexto e cenário, o fato de morar de aluguel ou com a sogra ajuda muito pois você tem mobilidade, em certos casos pagar mais pela moradia compensa sim, da mesma forma que em certos casos compensa morar na zona norte, então toda decisão deve ser tomada com base no racional (custo/benefício) e não no emocional ("chique morar na zona sul").

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande UB!

      Boa análise! Como vc disse, tudo depende do contexto e contexto muda a toda hora e aí que entra a vantagem do aluguel.

      Acabo de voltar da visita de um apartamento que gostamos muito, é caro, é pequeno e a região é "nobre", porém se mudarmos para lá, a Bia pode ir para o trabalho a pé, só o ganho de tempo e dinheiro por isso seria enorme. Além disso o acesso para minha loja é muito bom, demoraria pouco tempo pra chegar o que se transforma em economia de combustível e manutenção do carro e principalmente ganho de tempo.

      Sobre a tranquilidade de bairros mais nobres, pelo menos na minha experiência não tem nada de mito. Senti uma diferença absurda quando sai do meu apê no bairro povão e fui morar num bairro de aposentados, nunca tive problemas com música alta, brigas na rua, manolos e seus carros rebaixados barulhentos... Existem vários bairros nobres que são points de baladas e bares (aqui em SP pelo menos), então claro que essas regiões não serão boas pra morar.

      Vc tem razão sobre conhecer vizinhos, mas meu pensamento vai além do prédio. Frequento academia e parques no meu bairro, as chances de conversar com pessoas próximo da minha casa são grandes. Tenho cachorro, pessoas com cachorros se socializam mais (acredito que o mesmo serve para crianças), e assim por diante... Não conheço ninguém no meu prédio, mas converso muito com o dono da padaria e da farmácia próximos, além de sempre trocar ideia com o pessoal dos cachorros: advogados, comerciantes, médicos (inclusive conheci uma excelente fisioterapeuta que deu jeito na minha coluna e que estava passeando com o cachorro na pracinha).

      Se eu voltasse pro meu apartamento, por exemplo, gastaria mais que o dobro de gasolina e ainda seria necessário ter 2 carros, só aí já paga a diferença do aluguel.

      Valeu pela discussão!

      Corey

      Excluir
    2. Entendi a questão dos cachorros, rs. Faz sentido.
      abraço!

      Excluir
  11. Corey,

    Acompanho teu blog há muito tempo e quero dar os parabéns, pois de toda a blogosfera de finanças é o que mais se parece comigo. Gosto da veia empreendedora, já fali dois negócios, e estou no momento lambendo as feridas para começar um próximo, de uma maneira bem mais estruturada. Enquanto isso vou aprendendo, e trocando experiências...

    Coincidentemente, quero voltar para SP, estou no momento fora porque quando não estou empreendendo vivo de projetos como consultor.

    Meu dilema é o mesmo que o teu. Onde morar nessa cidade?!?!

    Por isso vou propor um contraponto aqui, que é o que estou pensando atualmente, que seria morar em uma periferia das brabas. Mas em perifa mesmo, morar de aluguel, e aportar ao máximo pra ter cash quando a bolha estourar.

    Toda essa dor de cabeça que é morar em bairro pobre temporariamente seria suportável em época de aporte ao meu ver. O que acha?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amigo!

      Falir faz parte, a cada falida e quebrada de cara aprendemos muito!

      Cara, seu plano faz sentido mas pra mim não serve. Não consigo aceitar as coisas que acontecem na periferia como bagunça, música alta, compactuar com crimes... Tenho colegas que ficaram ricos com empresas na favela, mas contam cada história que me deixaria maluco, sou careta pra caramba com certas coisas... mas cada um é cada um!

      Acho mais válido entrar de cabeça num negócio, nem se for pra trabalhar 18 horas por dia durante uns 3 anos e levantar o máximo possível...

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  12. Corey,

    Acho que você está confundindo as coisas.

    Comprar imóvel não é melhor que alugar.

    Financiar um imóvel é melhor do que alugar.

    Se o cara tem 500 paus na poupança, é melhor aplicar em algum ativo financeiro e tentar rentabilizar o valor.

    Se tem 400 mil de crédito disponível, é melhor investir na moradia e pagar as prestações ao invés do aluguel, pois assim, no mínimo, estará amortizando alguma coisa do saldo devedor. Isso na pior das hipóteses, pois e o imóvel valoriza você ganhará dinheiro sobre um dinheiro que não é seu (crédito).

    Supondo 10% sobre os 400 mil (crédito) por exemplo, num ano ganhará 40 mil sem fazer esforço. Caso estivesse no aluguel você estaria, necessariamente, 40 mil mais pobre, ou mais longe de comprar esse imóvel dos sonhos.

    Lube

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lube:

      Faz sentido, mas na prática não é assim. Com 500k aplicado vc consegue morar num imóvel de 800k, não de 400k. Quem garante que esse imóvel de 400k valorizará? E a manutenção? E o custo de oportunidade? E mesmo que ele valorize vc não estará ganhando 1 real pq está imobilizado morando dentro dele. Percebe como não é tão do jeito que parece ser?

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. Não há lógica alguma em o cara falar que comprar é pior e financiar é melhor, já que a compra à vista não incide juros e a compra a prazo incide juros.
      Algo elementar.
      O que importa é a taxa de custo de oportunidade.
      Recomendo eventuais compras somente à vista.
      Fico achando engraçado alguns ainda insistirem com o papo de valorização.
      Corey, recomendo uma olhadela no site estamosricos.
      Engraçado mas sério.

      Ass: Hater Desalmado

      Excluir
    3. Verdade, crédito só serve se vc ganhar dinheiro em cima, ou seja, pra fazer alavancagem. Se vc vai comprar uma casa pra morar ou um carro pra usar e tem o dinheiro, compre a vista, juros são juros e é melhor recebe-los que paga-los.

      O site estamosricos é demais! Tenho um conhecido na Flórida que tem uma casa fodastica mais barata que o apartamentinho que estou vendo pra alugar aqui em SP.

      Abração!

      Corey

      Excluir
  13. Tudo bem Corey?

    O mais valioso bem que temos é o tempo... você pode fazer o que quiser com ele, mas uma vez gasto não tem como recuperar um segundo sequer...

    Neste sentido, perder tempo no trânsito é uma escolha que te faz abrir mão do bem mais precioso que você tem. Considerando ida e volta ao trabalho, quanto tempo você acha que vai ficar no trânsito por dia caso more num bairro mais afastado? 3 horas? No mês: 90 horas (3,75 dias). No ano: 1095 horas (45,62 dias). Você e sua esposa estão dispostos a perder todos estes dias de suas vidas no trânsito?

    Por isso, se cabe no orçamento, eu escolheria morar no bairro mais nobre, mesmo que o apartamento menor... todo o resto se ajeita...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá IR!

      Tb levo essa filosofia comigo, o tempo é o ativo mais precioso e o único que não conseguimos acumular, o tempo vale muito dinheiro e poucos se dão conta disso. Se as pessoas fizessem essa conta pra tudo, com certeza viriam o quanto perdem de suas vidas...

      Abração!

      Corey

      Excluir
  14. Corey,

    Você disse tudo, não há nada como morar em um bairro tranquilo, seguro, com pessoas que tem dinheiro e um bom nível cultural. Eu moro em um bairro bom, é um dos TOPs em IDH aqui em SP, mas infelizmente o "pedaço" que eu moro é um pouco ruim. Fora isso, concordo 100% com você, conforto é uma coisa que não tem preço.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá IL!

      Cara, vc pode morar no pedaço ruim do bairro, mas com certeza mora bem melhor que se morasse no pedaço bom do bairro ruim... Conforto e tranquilidade não tem preço mas se podem ser comprados com dinheiro, por que não?

      Abração!

      Corey

      Excluir
    2. Verdade Corey, pelo menos isso, rsrs. A meta agora é mudar para a parte boa do bairro, hahaha. Já decidiu se vai ficar com o apartamento bem localizado?

      Abraços!

      Excluir
    3. Vou sim, está quase fechado.

      Excluir
  15. Corey,
    Vou comentar um post anterior seu que reverberou bastante no meu pensamento.
    Ele falava sobre a prestação de serviço(tendo como pano de fundo uma oficina mecânica).
    Na verdade eu queria muito um lugar para comentar e em especial com quem pudesse entender e argumentar.
    O que eu particularmente vejo no Brasil é o que chamei de AMBEVização do Brasil, mas também pode ser conhecido como CHINAlização. Serei bastante direto: neste país o que todo mundo busca é CORTE total dos custos e MAXIMIZAR os ganhos. Algum problema nisto? Obviamente que NÃO EXISTE NENHUM PROBLEMA nisto. É a lógica do capitalismo, é a lógica do mercado. Isto é bom. O problema reside justamente no pensamento AMBEVIANO: isto tem que ser feito NÃO IMPORTANDO a qualidade do produto e do serviço. Aqui é o x da questão. Hoje tudo é pensado de forma que a qualidade do produto e do serviço para a ser um fator menor, um mero detalhe(A AMBEV conseguiu isto com a cerveja, melhorou os custos, lucro, logística, só não pensou em melhorar o produto e ainda por cima é reverenciada, por isto a tomei com exemplo de algo pernicioso em nosso mercado). Dai a enxurrada de modelos de negócios(franquias e etc), tudo tem um controle total de custo e lucro, mas o cuidado com o serviço e o produto, ai já não é relevante. A questão sempre é ESCALA.
    Penso que isto precisará ser dentre de alguns anos equacionado, acho que atingimos um nível muito preocupante e os órgãos reguladores de mercado que poderiam ter alguma atuação para corrigir estas distorções não conseguem fazer frente a estas demandas.
    Enfim, somente um lugar deste é possível lançar alguns pensamentos para que possam ser debatidos com pessoas anônimas sim(mais por conveniência da privacidade do que por medo), mas com franqueza e honestidade intelectual.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo:

      Isso q vc falou faz muito sentido, não tinha parado pra pensar por esse ponto de vista, mas faz todo o sentido... Vc quer saber? Bem ou mal isso já está sendo equacionado, quer um exemplo? Minha loja, temos um atendimento bom, nada de ótimo e puxação de saco de cliente, mas faço questão de manter um nível de atendimento legal: funcionários sorrindo, comprimentando clientes, agradecendo, conversando, sendo simpáticos, prestando informações sem enrolação, falam "não sei" quando não sabem, não tentam enganar clientes... Enfim, tenho um atendimento superior ao da concorrência, não é um super atendimento, é somente aquilo que todos deveriam fazer, mas isso é visto como diferencial. Não cobro mais caro pelos produtos, cobro média de mercado para cima, não sou barateiro mas tb não furo olho de cliente, perto da minha loja tem concorrente barateiro, mas mesmo assim tenho um bom faturamento com aquele cliente que não se importa de pagar um pouco mais e ter um atendimento digno. Educação e honestidade é meu diferencial! Absurdo, mas é verdade. Meu custo não é o menor possível, não busco cortar custo no osso, prefiro manter a qualidade que é meu diferencial.

      Um exemplo do que vc disse são as padarias, conheço padarias em sampa que são lindas, lugares maravilhosos com ar condicionado, valet, um milhão de pães diferentes... Aí o atendente é mal educado, o pãozinho horrível e o presunto custa 40 conto o quilo... O dono se preocupa com a imagem mas a qualidade fica totalmente em segundo plano.

      Uma coisa que me deixou indgnado. Nos EUA as embalagens de produtos simples como água mineral e sabão pra roupa são caprichadas, não possuem rebarbas, são fáceis de abrir e fechar. Não acredito que haja regulação para isso por lá, acho que é uma auto regulação de mercado, o americano exige coisa boa, com qualidade, já por aqui...

      Obrigado por levantar esse tipo de discussão... abraço!

      Corey

      Excluir
  16. Post topetudo!
    Me causa até um certo constrangimento, mas tenho que concordar com você, gosto muito de jogar bola com a galera das antigas e escutar as cagadas que eles fazem, antigamente o futebol terminava e eu passava o dia falando merda com eles, mas na medida que minha sofisticação, isso mesmo 'sofisticação' aumentou, esse tempo e quantidade de vezes que participo do futebol reduziu bastante, os assuntos não me apetecem tanto mais.
    A principio até creditei essa falta de paciência a idade, mas na verdade tem a ver com o conteúdo do seu post.
    Não aguento mais som alto com música de baixa qualidade no meio da rua.
    Não aguento mais escapamentos de Honda CG abertos fazendo um barulho infernal.
    Acho estranho olhar para pessoas que em 10 anos evoluíram apenas 6 meses.
    É de verdade até posso ir jogar uma bola no final de semana, mas com toda certeza não voltaria a morar no bairro que eu cresci.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Surfista!

      Cara, vc tem razão, é muito chato encontrar pessoas que como vc disse evoluíram 6 meses em 10 anos, é muito complicado... Comigo acontece o mesmo, felizmente minhas amizades de longa data que sobreviveram todos esses anos são com pessoas que tb cresceram, mas de vez em quando vejo conhecidos que pararam no tempo e emburreceram.

      Abração!

      Corey

      Excluir
  17. Mestre Corey!

    Bem vindo de volta ao caos de SP, rsrs
    Não consigo me imaginar longe das metrópoles, por mais que seja bom visitar o interior, mas não tem jeito, tudo que eu curto está na capital.

    Concordo contigo quanto aos vizinhos, mas também concordo com alguns comentários que dizem que dependendo da região pode encontrar vizinhos de nível intelectual tão bom quanto de zonas nobres, como é o caso da zona norte de SP, onde possuem bairros antigos com vizinhança antiga e perto de metrô.

    Ganhar qualidade de vida e TEMPO, realmente não tem preço, quem puder pagar por isso, deve fazê-lo na minha opinião.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  18. Grande Estagiário!

    Acho que a poluição de SP vicia, uma vez q experimentamos é difícil largar... Tudo que faço é em sampa, então faz pouco sentido morar em outra cidade, mas a experiência foi ótima.

    Qd falo zona nobre não é necessariamente os bairros fodões, com certeza tem zonas excelentes em outras regiões, a ZN é uma delas, gosto de bairros como Ipiranga e Mooca que embora sejam mais simples possuem bastante qualidade, porém no meu caso morar num bairro mais caro sairá mais barato por causa do trabalho da Bia, como uso carro de qq jeito, pra mim tanto faz...

    Abração!

    Corey

    ResponderExcluir
  19. Interessante o post, principalmente se formos observar todos os outros que você já fez.

    Você passou um bom tempo falando que não gosta muito de conviver com gente, que pouco se importa com isso. E de repente fala que a vida de vocês está em São Paulo, que os AMIGOS estão lá. Isso é, no mínimo, engraçado rs

    Outro ponto interessante é a questão dos vizinhos barulhentos. Não tem lógica isso. Você só arruma vizinho barulhento. Ou você é muito azarado, ou muito chato. Não tem lógica...

    E, por último, tenho ódio de gente que bota cachorro em apartamento. O bicho fica latindo e incomodando os vizinhos. É óbvio que você vai falar que o seu é diferente, que não late etc, mas a não ser que ele não tenha cordas vocais, ele late... No fim, você reclama de vizinhos barulhentos, mas pode ter certeza que a presença do seu cachorro é inconveniente para muitos de seus vizinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não deveria, mas vou responder: sim, tenho amigos, poucos e bons amigos, além deles tenho colegas, conhecidos, amigos de balada que moram em SP. Sim, eu sou chato, uma das pessoas mais chatas da face da terra, me incomodo sim com barulhos, meu cachorro late, claro, faz barulho sim, as vezes late em horas impróprias, tenho plena consciência que isso pode incomodar pq afinal se incomoda até a mim, que dirá os outros, mas cachorros latem e param, crianças gritam, choram e fazem um inferno quando estão brincando, adultos riem alto, ficam conversando até altas horas e teoricamente são conscientes. Entendeu a diferença.

      Obrigado por me acompanhar, abraço!

      Corey

      Excluir
    2. Cachorro em apartamento é foda mesmo. Já morei nesta condição e o dito era de dois andares abaixo mas não tinha jeito: quando ele latia, reverberava nos corredores e do lado de fora.
      Pensa numa noite que você quer descansar ou dia de domingo que quer dormir e este filho da mãe fica latindo e nada dos donos fazerem algo para ele parar!!!
      Isto quando não deixavam o cachorro sozinho e ele ficava chorando alto...PQP...dava vontade de denunciá-los alegando maus-tratos.
      Cheguei a pensar na possibilidade de comprar aquelas aparelhos ultrasônicos para usar neles e fazer para de latir...é foda isto.
      Cachorro salvo algumas poucas raças, vai latir mesmo.
      Se morar em edifício, faça o favor a boa convivência: doe seu animal ou não mude pra lá. Não transforme a vida dos outros num inferno.

      Hoje felizmente já não passo mais por este problema.

      Excluir
    3. "Criança em apartamento é foda mesmo. Já morei nesta condição e a dito era de dois andares abaixo mas não tinha jeito: quando ela gritava, reverberava nos corredores e do lado de fora.
      Pensa numa noite que você quer descansar ou dia de domingo que quer dormir e esta filho da mãe fica gritando e nada dos pais fazerem algo para ele parar!!!
      Isto quando não deixavam a criança brincando e ela ficava chorando alto...PQP...dava vontade de denunciá-los alegando maus-tratos.
      Cheguei a pensar na possibilidade de comprar aquelas aparelhos ultrasônicos para usar neles e fazer para de chorar...é foda isto.
      Crianças salvo algumas poucas exceções, vai gritar mesmo.
      Se morar em edifício, faça o favor a boa convivência: doe seu filho ou não mude pra lá. Não transforme a vida dos outros num inferno.

      Hoje felizmente já não passo mais por este problema."

      Na vida tudo é uma questão de ponto de vista.

      Excluir
    4. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!
      Moro em apartamento na cidade que trabalho e minha esposa tem um gato, as vezes o bicho faz o inferno na terra, mas nem de longe ele incomoda da forma exagerada dita acima, aposto que vc e a Bia, assim como eu e minha esposa cuida bem de seu animal de estimação e na medida do possível o educa, a diferença e que ninguém pode educar vizinho.
      Quanto a discussão do post, se tiver condições não tenha duvida more bem, sempre morei bem por conta do trabalho do meu pai, e sim é melhor ser um pobre no meio de ricos do que um rico no meio de pobres(entendam pobre não é necessariamente alguem que não tem dinheiro mas alguém que tem um comportamento inadequado para viver em sociedade); quando sai da casa do meu pai não tive duvida sobre onde morar,.
      Para sua escolha só se certifique de que no bairro tenha bancos, hospital ou pronto socorro e outros serviços que considere essências com fácil acesso.

      Excluir
    5. Olá Hudson!

      Meu cachorro é tranquilo, aliás nunca tive problemas com cachorro barulhento de vizinho, acredito que animais criados desde filhote em apartamento se acostumam e não fazem muito barulho. Lembro que qd morava com meus pais, em casa, a cachorrada fazia um inferno de barulho... cachorro de quintal é diferente.

      Sim, pobreza tem menos a ver com dinheiro que com educação, conheço muito rico (de dinheiro) que é pobre (de cidadania e educação).

      Abraço!

      Corey

      Excluir

Os comentários desse blog são moderados, ou seja, passam pelo meu controle antes de serem publicados. Esse é o motivo pelo qual seu comentário não aparecerá logo após você clicar em "Publicar", portanto não precisa postar 2 ou 3 vezes! Posso demorar, mas publicarei e responderei todos os comentários que não contenham trolagens, intrigas, propagandas e baixo nível.