segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Economizando nos EUA: Avião

Hoje começo com uma série de postagens com dicas de como economizar ao viajar para os EUA. Quero fazer algo diferente ao que encontramos por aí na internet, por isso não vou comentar sobre passaporte, visto, imigração... Tudo isso já tem por ai, vou falar como economizar (muito) dinheiro na sua viagem para os EUA.

Começando pelo começo, pra chegar aos EUA você vai precisar comprar bilhetes de avião. Passagens de avião variam absurdamente de preço, oscilando devido a N motivos que na maioria das vezes não fazemos nem ideia. Um exemplo: viajar para Miami ida e volta, pode custar zero (40 mil pontos Smiles pela Gol cotados em 5/1/14) até R$ 32.000 (Tam, classe executiva, voo direto). Se você tem grana sobrando nem pense duas vezes e vá num voo non stop na executiva, mas se você é um simples mortal, há várias maneiras de economizar.

1- Programas de milhagens: Há inúmeras maneiras de acumular milhas ou pontos, não vou falar disso aqui, mas particularmente acho que acumular milhas no cartão de crédito é a maneira mais eficaz porque você pode transferir os pontos pra cia aérea que oferecer melhor vantagem no momento da compra. Não adianta tentar fazer timing na compra de bilhetes aéreos, a oscilação de preços não segue qualquer lógica, a princípio a única coisa que parece funcionar é comprar com antecipação, mas nem sempre isso é vantagem. Como disse, dá pra ir a Miami usando somente milhas (e pagando as taxas de embarque), mas aconselho utilizar as milhas de maneira parcial, a maioria das cias aéreas oferece pagamentos híbridos com milhas e dinheiro. É mais fácil acumular poucas milhas que ficar esperando ter milhas suficientes pra viajar sem gastar dinheiro com passagem. Na nossa viagem aos EUA, Bia e eu pagamos menos de R$ 4.000 nos bilhetes usando algumas milhas.

2- Voos com escalas: viajar de avião é cansativo, chato e para algumas pessoas apavorante e claustrofóbico. Ao menos que você tenha uma grande problema com viagem aéreas aconselho a não fazer voos diretos, os voos com escalas e conexões costumam ser muito mais em conta que os non stop. Claro que sem escalas você chega em Nova Iorque em menos de 10 horas e fazendo conexões você acrescenta pelo menos mais 3 ou 4 horas, isso cansa e estressa, mas é o preço a se pagar pra economizar alguns (talvez vários) reais.

3- Pense em "descer" antes de chegar ao destino: muitas vezes para chegar ao seu destino é necessário trocar de avião para fazer um pequeno trecho, isso muitas vezes acaba encarecendo o orçamento. O mesmo também ocorre quando seu destino pode ser alcançado de carro ou outro meio mais barato a partir de um aeroporto próximo. Exemplos: se seu destino é Orlando, muitas vezes pode ser mais barato voar para Miami e fazer o segundo trecho de carro (menos de 400km numa estrada perfeita). Pousar em Newark pode ser mais barato que no JFK, bastando pegar um trem pra chegar em Manhattan.

4- Cias aéreas low cost: se você for fazer trechos domésticos nos EUA, procure passagens nas cias low cost (Virgin, Southwest, Jet Blue, etc). O serviço costuma ser mais simples que o das grandes (American, Delta), mas os preços mais convidativos.

5- Trem, por que não? Os EUA ainda possuem uma grande rede ferroviária para passageiros, controlada pela AMTRAK, serve muitas cidades em todos os estados. É possível cortar o país de trem, dá pra ir de NY a LA, da Flórida ao Canada! Pode demorar muito mais que um voo a custo equivalente, mas o charme é incomparável.

Na próxima, saiba como economizar alugando um carro nos EUA.

22 comentários:

  1. Boa série, Corey.
    Uma dúvida. A diferença entre viajar de trem ou de avião é grande? Você chegou a utilizar trem?

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala AdP!

      Não viajei de trem, mas conversei com pessoas que disseram que pra percursos curtos (umas 500 milhas) o trem sai mais barato e não tem o transtorno de aeroporto (chega mais cedo, pega fila, tira sapato...). Pra viagens mais longas parece que não compensa. Eu faria mais pela viagem em si, caso tivesse tempo.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. Esqueci e mencionar: "A diferença FINANCEIRA..."
      Obrigado pela resposta. Continue com a série.
      Abraços

      Excluir
    3. Já vou avisando que o Amtrak é caro (os próprios americanos reclamam dos preços), principalmente se for comprar perto do dia da viagem. Se for planejar uma viagem, compre a passagem do trem bem antes. Dependendo do trajeto, é melhor ir de companhia aérea mesmo, embora de trem não tenha toda a burocracia do aeroporto. Muito americano (frugal ou pobre) vai de busão de viagem (Megabus e similares). Dá para ir de NY/NJ para Washington-DC ou Filadelfia-PA bem mais barato que de trem, mas os destinos são bem mais limitados, só as cidades mais ou menos próximas! Acho que ano passado tinha pago 5x menos indo de ônibus do que de trem... e o Megabus não é ruim, só demora mais e o embarque é confuso em Manhattan. Até mesmo alugar um carro pode sair mais barato, se você for parar em várias cidades ou se você for acompanhado.

      Excluir
    4. Amigo, obrigado pela contribuição. Acho que existem poucas linhas de ônibus pq todo mundo tem carro e viaja com ele. Sobre a Amtrak, deve ser legal fazer pela viagem em si e pra fugir da burocracia do aeroporto.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    5. 500 milhas = cerca de 800 km.

      Corey, no Brasil usamos o sistema métrico internacional.
      800 km é um trajeto "curto"?

      Excluir
    6. Estamos falando de EUA, por lá é normal alguém dirigir 100, 150 milhas todo dia pra ir trabalhar, 500 milhas é distância curta pra viagem aérea.

      Excluir
  2. Trem não é muito falado nos EUA, ao menos pra nós brazileños! No Canadá o governo aprova a utilização do trem. Um amigo que está em Quebec (lado leste) foi para Victoria (lado oeste) quase que de "graça", já que ele tinha o cartão de estudante internacional e o cartão da faculdade onde está passando um período lá.

    Acabei de verificar que uma passagem para o Canadá pela Air Canada está próximo dos U$2.500,00. Pois é... o valor está bem salgadinho. :)

    Uta!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Estagiário!

      Legal saber dos trens no Canadá. Parece que por lá o transporte público tanto de curta ou longa distância é bem eficaz. Esse valor de USD 2500 provavelmente é com pouca antecedência, né? Se vc pesquisar em datas futuras, pra Toronto, encontra na faixa de 1k.

      Grande abraço!

      Corey

      Excluir
  3. Grande Corey,

    essa serie de posts caiu como uma luva, pelo menos pra mim. Daqui a mais ou menos um mês pretendo ir à terra do tio Sam.

    Espero que ate la voce ja tenha postado mais coisas sobre isso.

    Abraços
    TF

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que vai dar tempo sim, são 4 posts no total.

      Abração!

      Corey

      Excluir
  4. Voos com escalas aumentam a chance de extravio de bagagem... Isso deve ser considerado, principalmente na volta, quando a bagagem vem entupida de bugigangas, gadgets e pomadas pra frieira da sogra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem lembrado amigo, as vezes nem ocorre extravio, mas o fato de ter que trocar as malas de avião já danificam o que tem dentro.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  5. Olá Corey,

    Eu tenho dois sérios problemas com avião:

    1: Sou alto e mesmo nas viagens internacionais, minhas pernas não cabem no espaço fornecido pela econômica. Então ou eu me virava para esquerda ou para a direita, ficar sentado com as pernas retas era impossível.
    Imagina então nas viagens internas?

    2: Tenho medo de avião. Nunca deixei de fazer uma viagem por esse motivo, mas ficar dentro do avião não é fácil. Dentro do Brasil, pra destinos que levam até 8 horas de carro (considerando trânsito) e 1 hora de avião, eu prefiro o carro, mesmo, eu sei, sendo mais perigoso ir pelas estradas..

    Por conta disso, há uns 4 ou 5 anos atrás, resolvi viajar menos, mas com mais conforto.
    Assim, não viajo com a frequência que gostaria, mas pelo menos tenho mais espaço para as minhas pernas e consigo dormir a viagem inteira. Sim porque antes, se eu cochilasse, corria o risco de as comissárias passarem com o carrinho por cima da minha perna, pois ela ficava bloqueando o corredor hehehe

    Minha única alternativa então para economizar um pouco com passagens aéreas, é comprar com muita antecedência.

    Abraço

    ResponderExcluir
  6. Ah, mas eu admiro (e até invejo um pouco), as pessoas que conseguem viajar sem se incomodar com as coisas que me incomodam, pois economizam um bom dinheiro. Eu também gostaria de pagar mais barato nas passagens para poder viajar mais.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caramba Bye Bye, que terror! Ainda bem que tenho estatura "normal", mesmo assim tb sofro. Tenho um pouco de claustrofobia, então procuro sentar sempre no corredor pra pelo menos me sentir menos preso e ser possível levantar na hora que quiser.

      No seu caso o barato pode sair caro, é até questão de saúde.

      Abração!

      Corey

      Excluir
  7. Legal Corey, vou acompanhar essa série, vai ser bem relevante pra mim. Não sei se você viu, mas vou seguir com o intercâmbio profissional, irei comprometer alguns dos objetivos citados, mas acho que vou ganhar muito em outros aspectos. Veremos...

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá MnA!

      Que bom! Essa experiência com certeza será muito boa pra vc, comprometer alguns objetivos em prol de algo melhor é sempre nobre.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  8. Sou leigo no assunto viagem de avião.

    Queria saber: Se eu fizer compras de gadgets nos EUA, consigo trazer tudo em uma mochila que fica comigo dentro do avião, ou preciso despachar pra embarque no parte específica pra isso?

    Pretendia ir passar um mês lá e já comprar ultrabook, smartphone, tablet, ps4 e kindle. Acho que isso até cabe em uma boa mochila comigo, mas não sei se eles permitiriam eu ficar na poltrona com esses eletrônicos.

    Alguém saberia me responder?

    Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amigo!

      Vc não só pode como DEVE levar esses gadgets com vc na cabine. despachar esse tipo de coisa é complicado, vc corre o risco de ter seus equipamentos danificados ou roubados no próprio aeroporto. Jamais despache coisas de valor como eletrônico, dinheiro e documentos.

      Abraço!

      Corey

      Excluir

Os comentários desse blog são moderados, ou seja, passam pelo meu controle antes de serem publicados. Esse é o motivo pelo qual seu comentário não aparecerá logo após você clicar em "Publicar", portanto não precisa postar 2 ou 3 vezes! Posso demorar, mas publicarei e responderei todos os comentários que não contenham trolagens, intrigas, propagandas e baixo nível.