sábado, 18 de janeiro de 2014

Economizando nos EUA: Alimentação e Atrações

Essa é a última parte das minhas dicas sobre como economizar nas viagens aos EUA. Falarei sobre alimentação e atrações.

Alimentação

Existem mil perfis de viajantes, os econômicos, os esbanjadores, aqueles que procuram os melhores
restaurantes do local, aqueles que não se importam em comer mal a troco de sobrar um dinheirinho a mais pra curtir a cidade... Eu faço parte desse último tipo, sou muito econômico durante viagens permitindo viajar por mais dias, então não me importo de comer "mal".

Os EUA são famosos pela junk food, o que é verdade absoluta, vemos fast foods em todas as esquinas, as comidas desses locais são repletas de gordura, açúcar entre outros venenos, porém, é comida barata. Com 3 dólares você consegue fazer uma refeição no Mc Donalds ou no Burger King e ainda sair com um copão cheio de refri pra beber mais tarde. A principal dica que dou não é sobre os fast food (isso é um tanto óbvio e comum de ser lido por aí) e sim sobre supermercados. Nas principais redes de mercados americanos, como a Target, Publix e Wal Mart (principalmente nesse último) você encontra comida a preços ridículos: pratos congelados a USD 0,88; 2 latas de comida (macarronada, feijões, carne cozida, etc) por USD 1,00. Se você pegou hotel com microondas, sua janta está garantida por merreca de dinheiro. Bolachas, salgadinhos e outras porcarias são tão baratas que você não resiste e se entope! Compre água em garrafas (USD 0,12/473ml) e leve numa térmica dentro do carro, o mesmo serve para batatas Pringles (USD 0,88 ou menos) e MMs (USD 2,00/libra que dá quase meio quilo).

Mas se você não quiser ser tão frugal e comer um pouco melhor, existem redes americanas que servem comida boa a preço baixo. O Golden Corral é uma rede espalhada por todo o sul do país que serve as 3 refeições no sistema all you can eat, ou seja, pague um fixo e coma a vontade. O almoço costuma ser mais barato, em torno de USD 7,00. Fique esperto nos cupons de desconto, Bia e eu almoçamos nessa rede por USD 10,00 graças aos cupons. O mesmo serve para o Cicis Pizza, uma rede bem conhecida de rodízio (você se serve) de pizza. A qualidade não é das melhores, mas o preço compensa muito. Indo um pouco mais além, podemos comer em lugares famosos no Brasil como Outback, Applebees, Houters a preços bem mais camaradas e sem filas. Restaurantes brasileiros estão presentes nas cidades turísticas e não costumam ser caros.

Atrações

Quando viajo procuro conhecer tudo o que a cidade tem a oferecer, e quase sempre isso tem um custo que pode não ser muito barato. Se você vai a Orlando, vai querer conhecer a Disney o que não é nem um pouco barato e não tem como fugir muito do preço, porém, nas cidades turísticas existe uma "indústria" do entretenimento que vai muito além da principal atração local: parques de diversões, estandes de tiro (USD 80,00 por hora com tiros ilimitados!!!), shows de todos os gêneros, teatro, circos, museus... Enfim, uma enormidades de atrações que vivem da rebarba da atração principal da cidade.  Nesse quesito dá pra economizar muito, mais uma vez, usando cupons de descontos ou mesmo de graça. Na minha opinião vale a pena conhecer a atração principal do local, mesmo sendo caro, e depois vá nas baratinhas dos cupons.

Bom, é isso, espero que minhas dicas de viagem frugal aos Estados Unidos sejam úteis.

20 comentários:

  1. Ta aí um ponto que somos diferentes ;)
    Eu faço questão de comer bem, mas bem não significa pratos grandes, acabo procurando eestaurantes locais e fugindo das redes, supermercado fui ao whole Foods, que apesar de ser mais caro q o Wal Mart, atende super bem as nossas restrições alimentares, saí de la com sanduiches, saladas, sopas, uma variedade imensa e bem mais em conta q a maioria dos restaurantes de rede.
    Em NY é só sair das ruas principais e os restaurantes menores, q atendem aos moradores, começam a surgir, sem falar nas Delis, comida barata, boa quantidade e do meu ponto de vista melhor que muita rede tipo Hooters ou Applebees.
    Quanto a agua, desnecessario comprar, agua em garrafa é cara nos EUA, mas as de torneira são pura, é só carregars uma garrafinha, em todos locais há bebedouros, é só pegar mais :)
    Passeios, museus, zoos, tudo é caro, mas muitos tem um dia especial mais barato ou de graça, se conseguir se programar legal dá p dar uma economizada, qdo fui p NY fiz varios passeios de graça :)
    Shows são caros, mas na maioria dos locais ingressos comprados de ultima hora saem super baratos, não da p escolher local p sentar, são as desistencias ou sobras, na Broadway tem um local só p venda de ingressos e 30 min antes de começar os shows da p comprar por 10 dolares
    Se for fazer varios passeios na cidade, muitas tem o city pass, onde se compra uns 6 passeios a preço de 4 ou 5, vale a pena
    O mesmo para metro/onibus, se for utilizar não vale a pena comprar um por viagem e sim p o numero de dias que usara o transporte, vi muito turista comprando um a cada vez q subia no bonde, fizeram o mesmo percurso q eu e gastaram 30 dolares, eu me informei e paguei 18!
    Qto aos brasileiros, são praga em todas cidades turisticas, e infelizmente com uma educação duvidosa, melhor falar só em ingles e evita-los :P
    Bjs

    Lu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lu, excelente dicas! Bia e eu não temos restrições, muito pelo contrário, adoramos junk food, então é mais tranquilo. Tb não ligamos pra comidas regionais, bem elaboradas, etc. Gostamos apenas de comida que atenda nosso paladar.

      Água é cara nas atrações, mas no mercado custa USD 0,12 a garrafinha! Comi viajamos bastante de carro, deixavamos uma malinha térmica cheia de garrafinhas.

      Não ligo pra shows, fui no Medieval Times e detestamos, não curtimos essas coisas... somos mais infantis, rsrs!

      Como diria a Bia: onde tem barulho, tem brasileiro!

      Lu, bem q vc poderia escrever um guest post aqui pro blog dando sua opinião sobre o que esperar do Brasil, né?

      Valeu!

      Corey

      Excluir
    2. O que esperar do Brasil? Se PT for reeleito p presidencia não precisamos nem de um texto, apenas uma palavra = Venezuela....

      Não vamos a shows tb, não gosto, mas sei dos preços pois fui la xeretar :)

      Excluir
    3. Parece que toda pessoa sensata tem a mesma impressão...

      Excluir
  2. Muito bom Corey,excelente!

    ResponderExcluir
  3. Excelente a série Corey, simples e objetiva. Quando tiver a oportunidade, certamente lembrarei de algumas informações citadas.

    Agora sendo bem sincero, o que mais me chamou a atenção foi a oportunidade de dirigir alguns carros que aqui no Brasil eu não chego nem perto. Hahah... Será uma das primeiras coisas que irei fazer, mas pode ficar tranquilo que vou seguir sua dica, vou alugar por apenas 1 ou 2 dias!

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mire!

      Pois é, dirigir carros legais com segurança a preços irrisórios é sem dúvida uma experiência legal. Me arrependo por não ter pego um Cadillac.

      Abração!

      Corey

      Excluir
  4. Corey

    Que sites de coupon vc recomenda?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola´Lusitano!

      Não usei sites de cupons, usei as revistinhas, então não sei te informar.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  5. Tudo bem, Corey? Tenho acompanhado suas dicas de viagem para os EUA atentamente! Conheço boa parte da Europa, mas nada dos States. Está na hora de programar uma viagem para o país do Tio Sam.
    []s

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá itrade!

      Tb conheço a Europa, mas sei lá, os EUA tem mais cara de "casa", quero dizer, me vejo morando nos EUA mas na Europa não. Parece que Europa é lugar de fazer turismo apenas.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  6. Caramba como é barato comer lá... não tinha essa noção

    Excelente série, parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito barato, caro lá é moradia, de resto...

      Excluir
  7. Já foi o tempo em que comida no Brasil era barata e lá fora cara.
    Hoje em dia, sair para jantar fora por aqui é uma facada.
    O Wall Mart realmente é um fenômeno, responsável até pelo controle da inflação dos EUA.

    Corey, acho que vc deveria fazer um post de "como ganhar dinheiro em Vegas".
    Vc não deu uma brincada nos casinos por lá, tipo poker? rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. BBB, Wal Mart é, como diria o ADG, faca na caveira. Recomendo a leitura: http://www.livrariasaraiva.com.br/produto/3701212/nos-bastidores-do-walmart-o-jeito-da-empresa-mais-poderosa-do-mundo-de-comprar-bem-e-vender-melhor

      Não manjo nada de jogo, só sei brincar na roleta, mesmo assim é impossível me deixar numa por mais de meia hora, sinceramente não vejo sentido algum em jogo algum (incluindo futebol).

      Abração!

      Corey

      Excluir
  8. Pqp é muito mais barato que eu pensava comer.

    Pringles ridículo o preço.

    6 reais entupido de fast food, minha nossa

    ResponderExcluir
  9. Corey, estou pensando em fazer uma viagem nas férias para melhorar meu inglês. Ainda não decidi o país, as opções são EUA, Inglaterra, Austrália, Nova Zelândia e Canadá.

    Quando você planejou essa viagem também levou em conta essas outras opções? Porque decidiu os EUA?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Invisível!

      Decidi os EUA pq gosto de lá e queria conhecer essa região que fiz a viagem, sobre aprender inglês, acredito que o local com custo x benefício melhor é o Canadá.

      Abraço!

      Corey

      Excluir

Os comentários desse blog são moderados, ou seja, passam pelo meu controle antes de serem publicados. Esse é o motivo pelo qual seu comentário não aparecerá logo após você clicar em "Publicar", portanto não precisa postar 2 ou 3 vezes! Posso demorar, mas publicarei e responderei todos os comentários que não contenham trolagens, intrigas, propagandas e baixo nível.