quinta-feira, 21 de março de 2013

Ganhando Dinheiro com Bicos

Você já parou pra pensar que existem uma infinidades de trabalhos bem remunerados e que são totalmente desprezados pela maioria da população? São trabalhos dignos, como quaisquer outros, mas que, por vários motivos, as pessoas desprezam e nem consideram a hipótese de se dedicarem a eles. A maioria dos jovens vê como o trabalho ideal aquele feito atrás de um monitor de computador, numa sala com ar-condicionado e vestindo roupas bonitas. Engraçado que esse mesmo jovem, ao fazer um intercâmbio no exterior, trabalhará numa lanchonete fritando hambúrgueres e lavando pratos... Isso não vale só pra molecada que está começando no mercado de trabalho, tem muito marmanjo esnobando trabalho por aí!

Independente de ter ou não um emprego formal, existem inúmeras maneiras de ganhar dinheiro de maneira informal. Algumas são bem remuneradas, outras nem tanto, algumas precisam de algum conhecimento ou afinidade específica, outras não, mas o fato é que fica duro quem quer! Preparei alguns exemplos de bicos, freelas e sub-empregos que podem trazer alguma renda, alguns deles eu mesmo fiz ou conheço pessoas que fizeram. Lembre-se que bico é bico, não queira "subir" na carreira, isso praticamente não existe. (lista aleatória, sem ordem de importância ou rendimento):


1- Servente de pedreiro: mais indicado para homens jovens e saudáveis, é um trampo pesado mas que pode substituir facilmente os exercícios que a maioria faz na academia. Média de remuneração: R$ 40,00/dia.

2- Lavador/passador de roupa: Cada vez mais gente procura por esse tipo de serviço, a ausência de lavanderias por quilo ou self-service é uma excelente oportunidade. Média de remuneração: R$ 150,00/mês por cliente.

3- Dog Walker/Sitter: Excelente pra quem gosta de bichos e mora perto de regiões mais sofisticadas, o serviço nada mais é que passear com cachorros ou tomar conta deles durante o dia, levar ao veterinário, pet shop, etc. Média de remuneração: R$ 20,00/hora.

4- Dobrete: bico sazonal, normalmente solicitado próximo a datas comemorativas. O trabalho é dobrar e organizar roupas em lojas com grande fluxo de clientes onde os vendedores não dão conta do trabalho. Média de remuneração: R$ 50,00/dia.

5- Entregador de Pizza: tem uma moto? É habilitado? Conhece o bairro onde mora? Pronto, você está preparado pra ser um entregador de Pizza. Se for educado, não andar fedendo e ter boa aparência, as caixinhas serão gordas. Média de remuneração: R$ 40,00/noite.

6- Garçom: um dos bicos mais clássicos, a remuneração varia muito, mas é possível ganhar muita caixinha. Recomendo a leitura dos posts do Estagiário aqui e aqui sobre o assunto. Média de remuneração: R$ 50,00/noite.

7- Marido de aluguel: especialmente indicado para homens que possuem facilidade com ferramentas, manutenções e afins: elétrica, hidráulica, colocação de prateleiras, etc. Média de remuneração: R$ 20,00/hora.

8- Mecânico de bike/motos: nas periferias o movimento das oficinas de motos e bikes aumenta exponencialmente nos fins de semana, demandando mais mão de obra. Mesmo se você não souber fazer muita coisa, não é difícil conseguir um bico desses. Média de remuneração: R$ 30,00/meio período.

9- Faxina: está cada vez mais difícil arrumar uma diarista, as moças não querem saber desse tipo de serviço, preferem ganhar salário mínimo como telemarketing e abrem mão da excelente remuneração que uma faxina pode proporcionar. Média de remuneração: R$ 80,00/dia.

10- Lavar louça: experimente colocar um anúncio "lavo louça a domicílio, R$ 10,00/pia" no quadro de avisos do seu prédio. Conheço uma pessoa que foi a Miami só com dinheiro de lavar louça. Média de remuneração: R$ 10,00/hora.

11- Auxiliar de salão de cabeleireiro: muitos salões de cabeleireiros contratam pessoas aos sábados (dia de maior movimento) para dar apoio aos profissionais: varrer o chão, repor produtos, lavar cabelos, etc. Média de remuneração: R$ 50,00/dia.

12- Serviços de informática: tem muita gente fazendo bico formatando computadores, fazendo manutenção de hardware, mas sempre existirá espaço, principalmente para quem é educado, prestativo e rápido. Média de remuneração: R$ 80,00 (formatação de nootebook).

13- Revisor/formatador de TCC: todos os anos milhares de formandos devem entregar seus TCCs, nisso surge a excelente oportunidade de atuar como revisor e formatador (para norma ABNT) de trabalhos. Média de remuneração: R$ 100,00/trabalho.

Como eu disse, vários desses trabalhos exigem alguma qualificação, outros nem tanto. O que é preciso pra todos eles é deixar a frescura e status de lado e por a mão na massa. Multiplique os valores acima por horas, trabalhos ou dias e verá que a possibilidade de ganhos é muitas vezes bem superior ao da maioria dos salários de profissionais médios por aí.

26 comentários:

  1. Corey,
    Pasme, aqui na minha cidade temos serventes de pedreiro ganhando R$ 15,00 por hora!
    8 horas diárias = R$120,00.

    Ganha mais do que muita gente graduada por aí (me incluo nesta lista) Abraço do Pobre!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caramba PP! 12 conto por hora? Conheço uns casos de servente ganhando 70 paus por dia, tem até um colega meu (turismólogo) que vive disso, mas 12 por hora é demais, heim? Isso acontece pq tem pouca gente q se sujeita a fazer esse tipo de trabalho. Sorte de quem entrou nessa...

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. Minha cidade ta seguindo o mesmo caminho, esse é o salário do pedreiro aqui.

      Excluir
    3. É oferta/procura, a demanda por pedreiro está em alta então é natural q o salário suba, não vejo nada errado nisso.

      Excluir
  2. - se a pessoa for honesta e tiver seriedade nestes bicos pode até ganhar mais que no trabalho "oficial" (por exemplo a senhora que cuida da limpeza e roupas de minha casa e outras 2 - faz bico no horario da tarde já que trabalha como cozinheira no emprego registrado 6 manha as 12h - ganha mais com os extras - ela deve ganhar uns R$800-1000 no oficial e com certeza mais de 1200 nos bicos).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Boris!

      Com certeza! Se a pessoa se propuser a levar o "bico" com seriedade e dedicação as chances de ganhar mais q o emprego oficial são bem reais. Conheço gente q trabalha 2 ou 3 dias na semana e o resto do tempo fica em casa. É uma possibilidade!

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  3. Olá Corey!

    Excelentes dicas, quando mais novo já fiz muitos "bicos", fui bartender e ganhava R$ 40,00 por noite, é puxado mas dava muitas risadas. Já trabalhei cadastrando planilhas também quando tinha uns 14 anos e dava 400,00 por mês, já vendi algumas bugigangas que fazia e serviços de informática então... Nossa, fiz muitos, até cheguei a montar uma pequena empresa disso e depois encerrei, uma visita de um técnico de TI em São Paulo varia de 80 a 120 reais.

    Fiz um post sobre empreendedorismo web e queria muito sua visita por lá, mas meu site está fora do ar vai fazer 24 horas daqui a pouco... =(

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande General!

      É mesmo, o q aconteceu? Algum problema no servidor?

      Vc deu excelentes exemplos de bicos q podem remunerar muito bem, muitas vezes esses bicos podem fazer parte de uma semi-aposentadoria por não demandarem atenção integral.

      Abração!

      Corey

      Excluir
    2. Sim... Problemas no servidor da empresa de hospedagem, infelizmente vou ter que mudar de empresa e vai dar uma dor de cabeça, rs.
      Ah tem outro bico que fazia, fiscal de prova, concurso público e Enem, paga muito bem.

      Abraços!

      Excluir
    3. Putz! Mudar de servidor? Não deve ser fácil... Vi q voltou a funcionar, passarei por lá, abraço!

      Corey

      Excluir
  4. Já pensei em fazer tcc, mas aí eu chutaria o balde: R$1.000,00 - 50 folhas de trampo, tem muito estudante vagal que toparia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se for pra fazer um TCC do zero, 1k é pouco!

      Excluir
  5. Faço bico nos fins de semana como churrasqueiro.Um churrasco para até 40 pessoas R$150 por 5 horas de trabalho.

    ResponderExcluir
  6. Valeu pela linkada Corey!

    É como eu falei nos meus posts, pessoal fica sem dinheiro porque quer. Consegui juntar um bom dinheiro para trocar minha placa de vídeo, e ainda dar um up no primeiro aporte do ano. Acho que o que falta para as pessoas, quer dizer... para os brasileiros é abaixarem mais o nariz quando for buscar um bico qualquer.

    Uma amiga minha conseguiu juntar dinheiro, ficando de babá anoite quando os pais das crianças do apartamento dela saiam, trabalhava de diarista ganhando 70 reais para limpar um apartamento MINUSCULO que terminava em menos de 4 horas de serviço, e ainda fazia um serviço muito bem feito, além de trabalhar como garçonete quando não conseguia nenhuma criança para cuidar. Juntou todo o dinheiro e pagou o curso de inglês e espanhol inteiro dela.

    Dar a cara a tapa e suar a camisa são coisas que os brasileiros não gostam e tem urtiga de fazer.

    Eu só trabalhei de garçom e fazia bicos de técnico de informática, tirava lá meu dinheirinho para tomar uma coca e comprar um salgado, mas nada muito substancial.

    UTa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Estagiário!

      Pois é, muitas pessoas ficam envergonhadas de fazer bico ou terem um sub-emprego, mas muitas vezes podem ganhar mais dinheiro assim q num trabalho formal tradicional.

      Faxina é um negócio q dá mta grana, lembro de uma reportagem do Globo Reporter onde uma diarista comprou um puta apê em Floripa com o dinheiro de faxinas. Tudo é questão de educação financeira, né?

      Abração!

      Corey

      Excluir
    2. Exatamente Corey.
      Qualquer um que não tenha frescura, queira trabalhar e tenha educação financeira consegue sair da perdura e galgar mais alguns degraus.

      E vale a frase, "Se for para ficar coçando, porque você não trabalha e tira um dinheirinho?! Seja produtivo."

      Uta!

      Excluir
    3. Educação financeira e educação social, é impressionante a falta de educação da população em geral, eu pagaria 30% a mais pra um funcionário q fosse um pouco mais educado e cortês. Educação e bom atendimento são diferenciais!

      Excluir
  7. Corey, no Brasil temos que ressaltar que há distorção de valores.
    O fato é que anos de estudos têm que se fazer valer.
    Como podemos concordar : pedreiros ganhando mais que engenheiros?
    Ou com cabeleireiros nadando em dinheiro?
    Bem, eu acho isso uma grande distorção. Quanto ganha o Neymar?
    Acho ainda que é nosso dever tentar mudar isso.
    Bancar nas eleições aqueles que tenham compromisso com educação.
    Adianta mantermos falso moralismo de que todos devem ser iguais?
    Comunismo faliu anos atrás, mostrando não ser viável.
    Abramos nossa mente. Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza temos valores distorcidos, mas esse negócio de fazer valer os anos de estudo é bonito na teoria, mas na prática... Já comentei aqui no blog minha opinião sobre isso. Existem profissões q simplesmente não possuem empregabilidade e como manda a boa lei da oferta e procura, serão pouco remuneradas.

      Não vejo problema algum num profissional com nível superior fazer um trabalho de nível médio ou básico, desde q ele esteja satisfeito com o trabalho e possa ganhar dinheiro, q mal tem?

      Não acho q todos devem ser iguais, não acredito no comunismo. Acho q quem produz mais (dinheiro e conteúdo intelectual) deve ser mais remunerado por isso, "igualdade" é bonito no papel, mas na prática nivelaria todos por baixo.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  8. Em um tempo remoto, onde não existiam lan houses, eu digitava textos.

    Já digitei muitos trabalhinhos de faculdade pruns vizinhos!

    Hj em dia todo mundo tem PC, mas na época eu tirava um dinheiro razoável, era papo de R$ 1,00 por folha, algo assim! hehehe

    Pra criança, qq 50/mês era motivo pra dar festa quase! rsrsrs

    []s!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá dimarcinho!

      Lembro-me dessa época, eu mesmo pagava para colegas digitarem trabalhos pq não tinha computador. Lembrei de uma coisa q fazia pra ganhar uns trocos qd era pré-adolescente: os colegas me contratavam para eu descobrir onde as menininhas q eles estavam apaixonados moravam. Era um serviço muito fácil! Bastava procurar na lista telefônica pelo sobrenome da menina e sair ligando até achar o endereço certo, rsrs!

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. hauhauahuahuahua

      mto boa essa !!!!!! rs

      Excluir
  9. Parabéns, pelo post. Sou funcionário público,mas quero aumentar meus aportes. Valeu pelas dicas.

    ResponderExcluir
  10. Ta tudo muito bem explicado. O problema é que esses bicos só funciona na Europa. No Brasil, o povo quer que trabalhe de gratis para eles.

    ResponderExcluir

Os comentários desse blog são moderados, ou seja, passam pelo meu controle antes de serem publicados. Esse é o motivo pelo qual seu comentário não aparecerá logo após você clicar em "Publicar", portanto não precisa postar 2 ou 3 vezes! Posso demorar, mas publicarei e responderei todos os comentários que não contenham trolagens, intrigas, propagandas e baixo nível.