terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

[Link] - Governo estuda maior taxação dos fundos DI


Governo estuda maior taxação dos fundos DI
Técnicos do governo discutem com representantes do mercado de capitais um novo regime de tributação das aplicações financeiras com rendimentos atrelados à taxa dos Certificados de Depósitos Interbancários (DI). A proposta em elaboração prevê que fundos DI e CDBs, por exemplo, terão o tratamento tributário de uma operação de curto prazo. Ou seja, alíquotas de Impostode Renda mais salgadas, que variam de 20% a 22,5% sobre os ganhos de capital, independentemente do tempo que o investidor mantiver a aplicação.O governo quer que o imposto incida sobre o prazo de correção das aplicações, e não sobre o prazo de vencimento, como é hoje.Essa alteração teria dois objetivos básicos: desestimular a indexaçãode um dia das aplicações atreladas ao DI e traçar no horizonte o fim das Letras Financeiras do Tesouro (LFTs). Ambos os títulos tenderiam a ficar de fora das carteiras dos fundos de investimentos, já que tanto asLFTs quanto os papéis em DI têm correção diária (overnight) e seriam penalizados com a tributação.Fontes oficiais dizem que a discussão sobre o assunto não se esgotou. Qualquer alteração será feita de forma gradual, com regras de transição.
Fonte: http://www.valor.com.br/financas/2995528/governo-estuda-maior-taxacao-dos-fundos-di#ixzz2K1y0F6it

Que beleza, não? Nosso amável governo mais uma vez quer tacar merda na nossa cara, fodendo prejudicando o que já não era bom! Tudo bem que a maioria dos investidores com conhecimento investem, cada vez menos, em CDBs e fundos DI simplesmente porque a rentabilidade desses não é lá essas coisas, mas esse tipo de notícia serve para nos lembrar que o governo pode, de uma hora pra outra, inventar uma tributação ou mudar uma lei e prejudicar a todas as pessoas que buscam renda através de investimentos.

Esse tipo de notícia me faz parar pra pensar até que ponto nossos planos de independência financeira são sustentáveis no longuíssimo prazo. Sinceramente acho que independência financeira total é algo muito arriscado, nesse aspecto, o conceito de semi-aposentadoria me parece mais racional. E se 20 anos depois de aposentado, longe do mercado de trabalho, com 50 ou 60 anos de idade o governo mudar as regras do jogo de maneira que inviabilize seus investimentos, o que você faria?

35 comentários:

  1. Calma Corey. Enquanto PT tiver no governo é isto ai mesmo. Mas as coisas vão mudar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pt ou não pt é tudo a mesma merda

      Excluir
    2. Olha, não gosto desse tipo de generalização partidária, pra mim é tudo farinha do mesmo saco, mas o PT realmente tá fazendo umas coisas no minimo estranhas. De qq forma duvido q outro partido faria diferente...

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    3. Como digo sempre, politica tem q ser avaliada de forma imparcial e racional.
      Todos os politicos sao iguais.
      Agem da mesma forma.
      Se utilizam dos mesmos artifícios.
      Acreditar q tudo de ruim se deve a um partido é alimentar o sonho de q o outro partido resolvera tudo com um pe nas costas.

      Excluir
    4. O PT tem uma visão mais voltada para a classe mais pobre, já os tucanos a visão é mais para os investidores e classes um pouco mais privilegiadas. Tanto um quanto o outro, se você for classe média, média baixa ou média alta, ficará na mesma. Isso nós temos que colocar na nossa cabeça e quanto mais cedo colocarmos é melhor.

      Teve um Stand Up do Chris Rock que ele falou algo semelhante a isso:
      "A classe alta rouba o dinheiro do trabalhador, a classe média é a classe que é roubada pela classe alta e trabalha pelos dois, e a classe baixa é a que deixa a classe média com medo". Seja nos EUA ou aqui no Brasil a realidade é a mesma.

      Agora vamos a uma análise imparcial. O que o governo quer ? Basicamente é desestimular os investidores destes títulos para que eles migrem para uma aplicação que dê maior retorno em troco de um risco maior. O que ele vai conseguir ? Não sou nenhum expert no assunto, mas vamos pensar com um pouco de calma. Com essa notícia atrelada ao investimento do momento, adivinha qual será o investimento que as pessoas irão migrar ? O que pode acontecer ? O governo conseguirá movimentar a economia e consequentemente colocar mais investidores na bolsa de forma forçada mas irá colocar, ou pode acontecer da lei de murphy dar mais uma vez certo, e ocorrer de aumentar a bolha imobiliária e ela fazer POP! e ai meu amigo... Barata Voa!

      O problema não só deste governo mas de todos, é que ele estimula um lado desestimulando o outro. Este é um exemplo clássico, onde o governo estimula os investidores a uma outra aplicação desestimulando uma outra com aumento de tributação.

      E como diria meu amigo quando ele me ouviu xingando por mais um ano seguido o carnaval, "Não tá contente? Você tem uma mala? Tem uma troca de roupa? Vontade de trabalhar? Então arranja um passaporte para o Caribe, Austrália ou Nova Zelândia, tudo menos a Europa, porque lá só tem gente estranha, e some, vai trabalhar de garçom ou vendendo coco na praia, mas pelo amor de deus, para de reclamar de uma coisa que você não vai mudar! Suas rugas de preocupação não irão parar o carnaval".

      Não conte com uma mudança de gorverno, de político, de partido para mudar isso, porque não irá mudar, feliz ou infelizmente. Se contente com o jogo e jogue-o, ou vá para a Austrália trabalhar de garçom 5 dias na semana, 8 horas por dia para receber 2 mil dólares australianos.

      Uta!

      Excluir
    5. Estagiário, concordo com muito q vc disse, mas não acredito q se outro partido estivesse no poder a coisa seria diferente do que está. A realidade é que o governo tá perdido, atirando pra todos os lados, só não consegue controlar seus próprios gastos.

      O q vc disse sobre estimular (no tranco) os investidores a buscarem aplicações de maior risco faz todo sentido, mas olhe pelo ponto de vista do cidadão-padrão, q tem um dinheirinho sobrando: ou coloca na poupança ou gasta. Ele não vai investir em ações pq é "algo complicado, pra quem tem muito dinheiro". Ele não deixa de ter razão na parte do complicado...

      Esse lance do carnaval é verdade, não adianta a gente ir contra a cultura (ou a falta dela), sempre sairemos perdendo. Sinceramente, se qd eu tinha 20 anos, solteiro e se tivesse com a cabeça q tenho hoje, não pensaria 2 vezes em sair do país. Tenho diversos colegas q fizeram isso, qtos voltaram? Nenhum!

      As mudanças q os governos farão no decorrer do tempo com toda certeza não nos ajudará em nada, portanto é muito difícil ter certeza que sempre conseguiremos dar um jeito em tudo...

      Abração!

      Corey

      Excluir
  2. Eu costumo ser pessimista e ter plano B, C, D, E...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Eike, tô pensando até em guardar dinheiro no colchão, dependendo da modalidade de investimento essa atitude é mais segura...

      Excluir
    2. Eu estou preparando uma simulação dos meus investimentos em comparação ao colchão, Ibov fech, ipca...

      Acredita que a poupança old ganho do Ibov fechamento no último ano?

      Excluir
    3. Pois é Eike, nem sempre o mais complexo e elaborado é o melhor negócio, aguardo suas simulações.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  3. Ou seja, a cada dia que passa a rentabilidade em renda fixa fica mais difícil.
    Independência financeira em menos de 15,20 anos só com aportes bem altos mesmo. O jeito é trabalhar para ganhar mais.
    Ações renderão melhor... mas não fazem milagres.

    abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ID:

      Acho q independente de tempo, parar totalmente só se o cara tiver uma renda muito superior ao q precisa pra sobreviver, do contrário começo a achar arriscado demais...

      Não tem jeito, pra conseguir ganhar uns trocos a mais ou o cara entende de bolsa ou não vejo outra maneira!

      Abração!

      Corey

      Excluir
  4. Depois da poupança, CDB e fundos DI são os produtos mais populares do investidor brasileiro. Não sei como o governo vai conseguir desindexar as aplicações em DI desta forma (boa parte dos ativos no sistema estão atrelados ao CDI), pra mim é mais uma fonte pra aumentar arrecadação mesmo.

    Vale lembrar que no ano passado andaram comentando sobre tributação dos dividendos dos fundos imobiliários e ações. Se vai acontecer no futuro eu não sei, mas o risco existe, ainda quando se observa a necessidade de alimentar a máquina pública cada vez mais.

    Abcs,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. FI,

      Obrigado pela visita e comentário. Com certeza isso é desculpa pra aumentar arrecadação, isso é algo q está acontecendo com as PFs, agora tem coisa bem mais hard acontecendo com PJs, dependendo do setor.

      O risco de tributação dos proventos de FIIs e ações é, ao meu ver, o próximo passo.

      Abração!

      Corey

      Excluir
  5. O governo do PT vai fazer de tudo pra que qualquer investimento seja uma merda para que as pessoas gastem. Este é o objetivo final do governo. E como eles odeiam o mercado financeiro então eles fodem mesmo. Somos uma parcela ínfima da população então é fácil ferrar a gente que investe.

    A solução fica mais clara cada dia: Negócio próprio automatizado ao máximo é a saída.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pobreta,

      Tem razão, muita gente q guardava um dinheirinho vai acabar torrando por não ver onde investir com simplicidade e comodidade.

      Quanto ao negócio automatizado, tem muito mais coisa envolvida com isso, e é bem mais complexo do que parece num primeiro momento...

      Abraço!

      COrey

      Excluir
  6. Cuidado com uma possível bomba nos FII, como o FI comentou!

    []s!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É dimarcinho, essa bomba tarda mas explode!!!!

      Excluir
  7. Olá Corey.

    Sempre acompanhei seu blog, apesar de nunca ter comentado.
    Criei meu portal para também compartilhar algumas ideias e aumentar nossa fonte de conhecimento.
    Te adicionei aos meus favoritos, agradeço se puder fazer também. Ah e aguardo uma passada sua lá!

    Forte abraço!

    www.pobrepoupador.com

    ResponderExcluir
  8. Estão querendo estimular o consumo e desestimular a poupança, isso p manter a economia aquecida, e claro, gastaram demais (ou roubaram demais) e agora precisam repor os cofres q estão vazios, ao menos é a impressão q tenho e se for isso esse sistema não é sustentavel.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa é a mesma impressão q tenho, tb acredito q teremos mais "novidades" em breve...

      Excluir
  9. NO LP ações vão ser sempre garantia de previdência. Bom, pelo menos tem sido assim nos últimos 200 anos nos EUA. O livro do Siegel me acalmou bastante em relação a isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafael, isso faz sentido, mas mesmo em ações não dá pra prever o que os governos farão.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  10. e ainda tem o fantasma do confisco como ocorreu no Plano Collor...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, isso é algo q o pessoal mais novo não vivenciou, mas vi meu pai e muita gente quebrar com isso. Acho pouco provável, mas o risco disso acontecer ainda existe.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  11. Esse governo intervencionista não sossega... que governo é este que desestimula a poupança??? sem poupança não há crédito! sem crédito não há crescimento... estimulam o consumo e ao mesmo tempo nao conseguem combater a inflação... e quem paga o pato? eu sou um deles... !#@)%¨/&(#@#!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. IR:

      Sua linha de raciocínio é perfeita, esse tipo de atitude do governo pode ajuda-lo a fazer caixa agora, mas não é sustentável. Enquanto isso a gente se f...

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  12. E de que adianta ficar de mimimi?

    O governo sempre vai foder a classe média e baixa, seja na Brasil, seja na Dinamarca.

    E no longuissimo prazo, o conhecimento sempre pagará os melhores juros compostos. Ou seja, sempre existirá bons e ótimos investimentos por aí. Cabe a nós estudarmos e conseguirmos manter a cabeça fora dágua.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo contigo anonimo.
      Temos é que aproveitar que todos temos objetivos em comum e buscar soluções em conjunto. Informação é poder. Sempre há luz no fim do túnel e ficar de mimimi por causa do governo não vai adiantar é nada. Temos é que buscar formas de driblar o governo e essas intervenções com único âmbito arrecadatório.
      Vai ser sempre assim, briga de gato e rato e a gente tirando o nosso da reta.

      Excluir
    2. Anônimo:

      Não é questão de ficar de mimimi, é questão de acordarmos para o fato q o governo sempre poderá melar nossos planos, quanto a adquirir conhecimento pra obter resultados melhores eu concordo totalmente. Quem tiver mais conhecimento vai sempre ganhar mais.

      Offshore:

      Sempre há luz no fim do túnel? Tenho minhas dúvidas... Uma coisa é um aumento de tributação agora, na fase de acumulação, a gente dá um jeito, trabalha alguns anos a mais e blz, conseguimos driblar as intervenções do governo. Outra totalmente diferente é isso acontecer na fase pós IF. Vc tem uma renda passiva de 5k, de repente cai pra 3k, não trabalha, não tem como complementar a renda e está 20 anos distante do mercado de trabalho... O que fazer?

      Não acredito em blindagem completa dos investimentos e principalmente, dos rendimentos deles.

      Abraço a todos!

      Corey

      Excluir
    3. Por isso que penso em transferir parte do portfólio para o exterior, quando atingir a IF... É uma proteção adicional...

      Excluir
    4. Se o governo mela nossos planos em um tipo de investimento, outras oportunidades aparecerão. Por isso é importante diversificar em Tesouro Direto, CDB, FII, Ações, Debêntures, Negócios próprios, etc.

      Sempre vai existir um investimento que vai melhorar quando o outro piorar, afinal o dinheiro não é infinito e os ricos não perdem dinheiro nunca.

      Resumindo, se você começar a achar que o governo vai melar seus planos, comece a estudar algum outro investimento que você não domina.

      Excluir
  13. Corey, nossos planos de independência não morrem por causa disso.
    Mas temos que ter na cabeça que não da pra depender do governo.
    Temos que partir para investidas mais empreendedoras ou investimentos em ações de grandes empresas.

    Eu só deixo em CDB e CDI o meu colchão de segurança, o resto é tudo pras Ações, Vending Machines ou Investimentos Imobiliários (Não fundos)

    Adicionei seu blog nos meus favoritos, se puder nos ajudar fazendo o mesmo, agradeço!

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vending:

      Abandonar os planos de IF é loucura, mas devemos ter consciência q muitas coisas estão totalmente fora de nosso controle e jamais conseguiremos ter certeza absoluta de qq coisa.

      Hoje é o CDI, amanhã são os proventos dos FIIs, depois os dividendos das ações...

      Adicionarei o seu blog, abração!

      Corey

      Excluir

Os comentários desse blog são moderados, ou seja, passam pelo meu controle antes de serem publicados. Esse é o motivo pelo qual seu comentário não aparecerá logo após você clicar em "Publicar", portanto não precisa postar 2 ou 3 vezes! Posso demorar, mas publicarei e responderei todos os comentários que não contenham trolagens, intrigas, propagandas e baixo nível.