segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

A Saga dos Vizinhos Barulhentos - Definindo o que Fazer

Para pegar o fio da meada dessa história recomendo a leitura do seguinte post:

http://coreyinvestidor.blogspot.com.br/2012/11/imovel-ape-ou-casa-comprar-ou-alugar.html

Continuando a minha saga de ideias para fugir dos vizinhos filhos da puta barulhentos, Bia e eu definimos que em janeiro buscaremos um apê para alugar dentro de nossas exigências: andar alto, longe de áreas de lazer, unidade na ponta do prédio, com uma piscininha e uma academia, num bairro um pouco melhor. Andei pesquisando e vi que imóveis como esses são locados aqui em São Paulo por cerca de 0,3 a 0,5% do valor de mercado, portanto considero um excelente negócio.

A escolha por apartamento ao invés de casa se dá pela segurança, possibilidade de alugar um imóvel não muito grande (somos minimalistas) e mais perto do nosso trabalho além do valor menor de aluguel. As casas que serviriam para nossa realidade possuem aluguel altíssimo (e são enormes) ou são muito longe do nosso trabalho, portanto são inviáveis. Sabemos que esse negócio de barulho é loteria, mas iremos arriscar, tentando minimizar o risco de problemas com uma escolha mais acertiva (com os fatores que citei acima), além disso se der azar é só esperar acabar o contrato ou na pior das hipóteses pagar a multa e se mudar.

Considerei as seguintes vantagens do aluguel na minha análise:

- Mobilidade em caso de problemas semelhantes ao que estou tendo no meu imóvel próprio;
- Possibilidade de não empatar dinheiro na compra de outro imóvel;
- Possibilidade de morar num imóvel de nível superior ao que eu estaria disposto a comprar (empatar 400 conto num apê não desce na minha garganta);
- Não precisar abrir mão do meu plano de independência financeira.

Os fatos ruins são:

- Deixar meu apê, reformado e formatado para nossa necessidade;
- Abrir mão de personalizações no imóvel novo;
- Necessidade de ter o mínimo de móveis necessários e em tamanho reduzido que permita uma mudança mais fácil. Isso não chega a ser um problema, muito pelo contrário, mas não deixa de ser um desconforto porque hoje temos tudo o que precisamos.
- Não ter certeza de até quando moraremos em determinado endereço.
- Encarar mais trânsito e possível necessidade de mais um veículo.

Observamos também algumas vantagens em relação a mudar de endereço (independente de alugar ou comprar):

- Possibilidade de fazer uma limpeza geral em nossas coisas, com direito a uma super "sessão desapego";
- Diminuir ainda mais a quantidade de coisas que temos;
- Possibilidade de renovarvárias coisas de casa: tv. geladeira, lavadora, panelas...
- Ter um recomeço, trazendo de volta alguns prazeres de quando casamos, etc.

Colocando na balança, concluímos que alugar será uma opção melhor, mas temos consciência que esse é um caminho sem volta, uma vez que sairmos do nosso apê será praticamente impossível voltarmos pra lá, afinal vamos morar num ambiente melhor o que com certeza nos deixará mal acostumado. O aumento das despesas fixas será alto e irreversível, o que me exigirá mais tempo para alcançar a independência financeira. Esse aumento das despesas não diz respeito somente ao valor do aluguel em si, mas também a outras despesas que aparecerão: condomínio mais caro, mais gasto com locomoção, aumento da minha inflação pessoal (os aluguéis são corrigidos pelos índices oficiais, o que puxará meu índice pessoal pra cima), aumento dos gastos do dia-a-dia (bairro mais caro), etc.

Frugalidade é importante, mas bem estar e conforto é muito mais. A partir da hora que uma atitude frugal está te prejudicando, é hora de revê-la. No meu caso, a opção de morar num bairro mais "povão" e num apê mais simples buscando economizar uma grana está prejudicando meu bem estar, então não me resta outra opção a não ser buscar uma melhora através de uma mudança de endereço.

24 comentários:

  1. É isso aí! Qualidade de vida é essencial!

    ResponderExcluir
  2. Mora em que bairro?

    Eu morava no tucuruvi e pensava como vc, me mudei pra vila mariana. Mas hj acho que fiz besteira, devia ter ficado por lá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá anônimo!

      Moro num bairro não muito afastado, com bons imóveis, bom comércio e serviços, mas infelizmente minha rua foi tomada por gente sem educação, funkeiros e seres do gênero, além disso tenho problemas com os próprios moradores do prédio.

      Qual o motivo pelo qual vc se arrependeu de ter mudado para a Vila Mariana?

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  3. Bom dia, apto realmente é loteria com relação aos vizinhos, mas se puder converse com o sindico e o porteiro do predio a respeito dos possiveis vizinhos, eles podem adiantar se são problematicos ou não, confiar no corretor que mostra o apto é o mesmo que pedir pro gerente do banco te ajudar na escolha de algo pra investir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Paulo!

      Obrigado pela dica, isso de conversar com porteiro ou síndico é algo bem legal de ser feito mesmo, eles não terão motivos pra mentir.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  4. Corey, presta atencao no condominio! E, aproveitando a dica do colega Paulo, se informe com o sindico a respeito do preco do condominio (quanto e a cota normal, se o preco atual esta incluido o custo de obras)e nao com a imobiliaria.
    Boa sorte amigo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá anônimo!

      Valeu por essa dica tb. Quase todos os imóveis que andei pesquisando estão com o condomínio alto devido a obras e montagem das áreas comuns (imóvel novo). Prefiro até alugar um onde o valor da taxa esteja alto devido a algum rateio que outro onde as cotas possam subir depois.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. Eu daria mais uma dica, alem e falar com zelador, porteiro e sindico, tente achar moradores mais velhos no predio e trocar uma ideia, qdo eu estava procurando imóveis em um dos predios tanto o zelador qto sindico passaram excelentes informações, mas encontrei uma senhora que morava lá e ela me contou que o predio tinha problemas serios de encanamento e de tempos em tempos havia rateio para pagamento dos serviços e dobrava o valor do condominio.
      Em um outro caso, em um apt que acabei alugando, um senhor veio me contar que até determinado andar o predio era pessimo, vizinhos complicados e tal, mas que nos ultimos 3 andares era tudo tranquilo, os moradores eram otimos, no final fui morar em um desses andares, ao lado desse senhor :) e realmente era super silencioso, andar calmo, mas os andares de baixo baixava até policia rsrs
      bjs

      Excluir
    3. Boa! Moradores mais velhos costumam (quase sempre com razão) serem mais cricas, aliás, acho que nesse ponto eu sou um velho ranzinza.

      Vou procurar seguir essa dica tb, talvez abordar algum morador com cara de simpático na saída do prédio num dia qualquer, sem o corretor.

      Olha, acho que nem me importo de pagar rateios desde que eu tenha sossego e paz.

      Corey

      Excluir
  5. Tente ficar longe de apartamentos com universitários, e sei que eles não pensam duas vezes antes de dar uma festinha.

    Normalmente condôminos um pouco mais caros já é o suficiente para barrar um pouco os vizinhos barulhentos.

    Uta!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Estagiário!

      Exato! Não sou velho, mas estou fugindo de molecada, aliás, estou de olho num bairro onde os idosos predominam, justamente por isso. Infelizmente eu terei que escolher um imóvel maior que a minha necessidade justamente por ser mais caro e barrar o povão.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  6. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  7. Cuidado com andares bem altos. Quando falta energia (bendita ELPL), tem que subir as escadas, até aí tudo bem, um exercício de vez em quando não mata ninguém.

    O problema maior são os helicópteros, que fazem um barulho danado nos últimos andares. Mas não tem jeito, descobri que é impossível ter sossego em São Paulo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caramba, barulho de helicóptero? Onde vc mora, nos Jardins? Aqui perto é raríssimo passar um helicóptero e qd passa é algum Águia pra socorrer algum acidente.

      A maioria dos prédios novos possuem gerador ao menos para as áreas comuns e elevadores.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  8. Infelizmente não há escolha que não tenha chance de erros. Acho, assim como você colocou em outro post, que a busca da IF não pode sobrepor a qualidade de vida. Se os vizinhos forem ruim, mude-se novamente até achar um lugar bacana! Abraços!

    FazP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fazendeiro!

      Com certeza existe a chance de erro e ela não é pequena, mas pelo menos com aluguel dá pra rodar até achar um lugar menos pior.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  9. contra o barulho, protetor auricular 3M rulez...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Protetores auriculares melhoram mas não resolvem o problema, além disso é muita sacanagem ter que usar um negócio incômodo no ouvido pra tentar ter um pouco de paz.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  10. Fala Corey. Rapaz, essa é a pior coisa do mundo: vizinho que te enche o saco. Esse não será um gasto a mais, pense no sossego que terá na sua nova morada (pesquisando, é claro!). Esse dinheiro que você empenhar a mais (condomínio, aluguel, etc) lhe trará mais uma morada mais tranquila para seu descanso e da patroa. e o retorno é certo! (sossego = cabeça tranquila = novos pensamentos = dinheiro!) É isso aí. Parabéns e sorte (que é sempre boa) na sua nova morada.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  11. ... aluguel, etc) trará uma morada mais...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá IF!

      Exato, não estou encarando isso como uma despesa e sim como um investimento na minha qualidade de vida. Eu gostaria de não ter que usar essa grana em moradia, mas isso está sendo necessário, então vou usar.

      Obrigado pela força!

      Abraço!

      COrey

      Excluir
  12. Fala, Corey. Já definiu o que irá fazer com o seu ap.? Se for alugá-lo, vai ajudar no aluguel a ser pago na sua próxima moradia. Se for vender, poderá aplicar a grana e alcançar a IF mais rapidamente.

    Um abraço, e boa sorte na decisão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Zé!

      Vou aluga-lo e contabilizar como renda passiva, o valor que pagarei no novo imóvel será considerado como despesa, não farei abatimento. Falarei mais detalhadamente sobre isso.

      Abração!

      Corey

      Excluir

Os comentários desse blog são moderados, ou seja, passam pelo meu controle antes de serem publicados. Esse é o motivo pelo qual seu comentário não aparecerá logo após você clicar em "Publicar", portanto não precisa postar 2 ou 3 vezes! Posso demorar, mas publicarei e responderei todos os comentários que não contenham trolagens, intrigas, propagandas e baixo nível.