sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Metas - 1 - Venderei a loja antecipadamente ou ficarei com ela mais algum tempo?

Faz algum tempo que não falo sobre empresas, até o Lord me deu um puxão de orelhas, rsrs! Hoje decidi voltar ao assunto, vou falar sobre uma possível venda da minha empresa e ao mesmo tempo falar sobre a minha primeira meta de ação: se devo ou não vende-la.

Nesses pouco mais de 5 meses que estou nessa loja, já consegui retirar a maior parte do valor investido com "juros" de 5% ao mês, obter um fluxo de caixa muito saudável além de um incremento de 30% no faturamento. Esses 30% podem representar cerca de 50% de lucro numa possível venda, veja nesse exemplo hipotético (NÃO SÃO NÚMEROS DA MINHA EMPRESA):

Valor do faturamento no ato da compra: 50.000,00
Valor da compra da empresa: 200.000,00
Valor do faturamento atual: 65.000,00
Valor da possível venda: 300.000,00
Lucro: 100.000,00

Ainda faltam algumas prestações a serem quitadas com o antigo proprietário, mas mesmo assim, caso eu vendesse hoje, conseguiria embolsar uma boa grana. Junte a isso o fato da empresa estar praticamente no topo (prevejo uma melhora de no máximo 10%, com algum esforço), e esse seria um excelente negócio.

Prós

1- O maior incentivador de uma possível venda é o fato do trabalho não me dar prazer, por outro lado, não sei o que me daria prazer, rsrs!
2- Com o faturamento em alta, seria a melhor época de vender, ou seja, venderia na alta;
3- Permitiria a compra de uma empresa maior ou me deixar sossegado uns meses e depois arrumar um trabalho CLT investindo a grana da venda.
4- Deixar a tarefa de encontrar novos funcionários (que preciso hoje) para o próximo dono. Lidar com a parte de RH é sem dúvidas a pior pra mim.

Contras

1- Perda de fluxo de caixa. De agora em diante, com as finanças e faturamento equilibrado, a empresa tende a manter um fluxo de caixa muito positivo, mesmo com a contratação de mais funcionários.
2- Manter a empresa, contratar mais funcionários me deixaria menos atarefado, o que poderia aliviar meu stress no trabalho, consequentemente me deixar um pouco mais contente com o trabalho além de proporcionar mais tempo livre para atividades de cunho pessoal.
3- Manter a empresa pode representar alguns anos a menos na minha jornada rumo a IF, ou ao menos, melhorar minha qualidade de vida.
4- Não tenho garantias de encontrar outra empresa lucrativa como essa para fazer o mesmo que fiz aqui: levantar faturamento, valoriza-la e vende-la.

Analisei 2 propostas, sendo que uma delas me deixou bastante balançado, mas já decidi, não vou vende-la agora. Ficarei pelo menos mais 12 meses, ou até quando achar necessário quando fizer o planejamento da minha meta 2 (estratégia de semi-aposentadoria). O dinheiro investido que já resgatei está num CDB diário, não será incluído na carteira de investimentos nem gasto. Tentarei negociar um desconto das parcelas que ainda devo pagar ao antigo proprietário e o restante ficará no CDB até junho/2013 quando decidirei o que farei.

Resumo:

1- Não venderei a loja agora;
2- Somente colocarei data para vender a loja quando tiver minha estratégia de aposentadoria e valores definidos para os próximos 3 anos;
3- O dinheiro investido na loja e já resgatado será usado para barganhar desconto numa possível antecipação das parcelas que ainda tenho a vencer;
4- O restante desse dinheiro ficará aplicado no CDB diário até junho/2013 aguardando um novo negócio;
5- Com o saldo que eu venho obtendo nos últimos meses (que usei para "pagar" o dinheiro que investi) será destinado ao pagamento de funcionários e melhorias na loja, me desafogando de trabalho.

Próxima meta: 2- Qual a minha estratégia de aposentadoria ou semi-aposentadoria?

43 comentários:

  1. Corey, em primeiro lugar vem a saúde e a qualidade de vida. Essas coisas são fundamentais. Sem elas não dá.

    Acho melhor vc contratar funcionários e relaxar um pouco, chegar um pouco mais tarde, tirar um dia de folga às quartas feiras a cada 15 dias.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo!

      É exatamente isso que farei, aliás, já estou providenciando. Vou colocar mais gente e fazer um horário mais flexível, aproveitando melhor o tempo.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. Corey,

      Já pensou em contratar pessoas qualificadas para vagas de "gerentes" via Linkedin ?

      Uta!

      Excluir
    3. Olá Estagiário!

      Cara, no meu ramo, esse negócio de linkedin não serve pra nada, bons funcionários são encontrados pela velha e boa indicação.

      Valeu!

      Corey

      Excluir
  2. Olá Corey, eu também achei muito cedo vender a loja, pois 5 meses é muito pouco para levantar um negócio, a não ser que a oferta seja muito boa. Acho que 1 ou 2 anos seria um tempo razoável, e caso resolva a vender a empresa, você deveria comprar outra maior, para ter mais lucros e assim chegar a IF em uns 10 anos.

    Com a ideia que tive vou fazer a mesma coisa, uma especie de semi-aposentadoria, pois la na empresa o negocio esta ficando feio, pois o ponto de entrada e biometrico e os horario flexivel acabou, estou me sentido como um escravo, por isso quero pular fora.

    Um abração e Boa Sorte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Lord!

      Não digo que é cedo, aliás, seria um excelente momento, já que o faturamento está no topo ou próximo dele, mas vou priorizar o fluxo de caixa nos próximos meses.

      Comprar uma empresa maior não está fora de questão, mas aí precisarei de um sócio, coisa que não sei se quero ter.

      10 anos pra chegar na IF? Vc tá louco??? Se meu prazo fosse esse eu já desistiria desde já, quero a IF em metade disso ou menos.

      Valeu!

      Corey

      Excluir
  3. Olá Corey!
    Parabéns pelos resultados da loja, não é fácil tocar um negócio! Vender ou não é uma questão muito pessoal. O dinheiro é importante, mas a felicidade é mais importante ainda! Um trabalho CLT também tem suas vantagens e desvantagens

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá IA!

      Por enquanto vou ficar na loja, mas acharei maneiras de minimizar meu "sofrimento". Sei que empregos tb tem problemas, mas o segredo é por na balança, né?

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  4. Olá Corey!

    Muito bom que voltou a abordar sobre sua empresa :) e gostei da forma que ponderou todas as decisões e as detalhou. Agora que comecei uma empresa já estou vendo várias das situações que sempre relatou e não é fácil mesmo, a vantagem é que tenho um sócio que pensa muito parecido comigo e trabalhamos dividindo bem o serviço, assim consigo desempenhar melhor minhas atividades porque sou bastante procrastinador. :/
    Se um dia pensar em ter um sócio podemos conversar!

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá General!

      Como eu disse no outro post, preciso tomar decisões até o fim de setembro, e essa era uma das principais. Sinto que estipulando metas tudo fica mais fácil.

      Cara, se vc tem uma sociedade legal, cultive esse relacionamento como se fosse um casamento e terá muita vantagem no futuro.

      Sócio? quem sabe...

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  5. Vou te dar uma sugestão: Vc precisa ter um plano B, caso vc não aguente a pressão.

    Existe a possibilidade que vc chegar no extremo do estresse e "travar"? Pense nessa possibilidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Eike!

      Essa possibilidade sempre existe, mas acredito que o planejamento que fiz me livrará de muito estresse, minimizando as chances de surtamento, rsrs! Meu plano B é extremamente simples: vender a loja, arrumar um emprego e continuar investindo.

      Valeu pela força!

      Corey

      Excluir
  6. Aprendeu como é Eike Batista!? Empresa que dá lucro a gente consegue vender mais caro! Sem promessas e sem enganar minoritário!

    hehehe Boa Corey! Chupa Eike!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. http://veja.abril.com.br/noticia/economia/eike-batista-pretende-fechar-capital-da-empresa-logistica-llx

      Faz IPO em R$ 10,00 fecha o capital em R$ 3,13 e sem entregar R$ 0,01 de dividendos rs

      Excluir
  7. 1- Contrate mais funcionários ou

    2- Contrate um gerente ou coordenador fodão para dar conta e

    3- automatize ao máximo e coloque na mão do coordenador para que..

    .. você diminua o lucro mas ganhe forte em qualidade de vida e adie a IF.

    VOcê é que nem eu Corey. Não sente prazer em nada que represente trabalho. Não tem jeito. É melhor manter um fluxo de caixa menor porém sem precisar trabalhar mto. Essa é a melhr tática. Se vender, vai ter que logo voltar a trabalhar.

    Abraço amigo. Admiro seu empreendorismo. MEu sonho era estar no seu lugar (casado com mulher que faz menage e com loja).

    Odeio minha vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Pobreta!

      Meu ramo não tem muito o que ser automatizado, mas uso um bom software de gerenciamento. Coordenador só existe em grandes empresas, nas lojas de varejo o máximo que temos é um gerente.

      Se vc quisesse realmente ter uma loja já teria comprado, com a grana do seu all-in dava pra dar entrada numas 2 lojas que depois de uns 3 anos te dariam um fluxo de caixa de no mínimo 15k.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. "casado com mulher que faz menage"

      O que diabos é isso?

      Excluir
    3. Sério que eu poderia já comprar loja com o dinheiro que hoje?

      Cara não faz meus olhos brilharem. Se eu lhe contratar para me ajudar quanto custaria seus honorários?

      Excluir
    4. Claro Pobreta, lembra daquele link que te passei?

      http://www.zonasulnegocios.com.br/

      Tem um monte de negócios que dá pra entrar com bem menos que 50k de entrada. O esquema é dar uns 30% de entrada e pagar as parcelas com a grana da própria empresa, uns 24 meses depois a loja tá paga, aí vc tira a grana que colocou na entrada e decide: vende com lucro ou mantém a empresa pra gerar fluxo de caixa. É bem simples!

      Troco consultoria pro algumas ELPL4!!!

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    5. Tô emocionado amigo.

      Mas sério já pensou em dar consultoria? Conhece corretor bom fodão honesto que venda lojas?

      Excluir
    6. Essa imobiliária aí é firmeza, conheço gente que já fez negócios com eles, fuce na net q vc acha outros, antes de fechar negócios, pode me mandar um e-mail e a gente troca ideia.

      Excluir
    7. É isso aí, pobreta! Vira empreendedor... Quem sabe um dia a gente te conhece dando entrevista pro pequenas empresas grandes negócios.... lembrando dos tempos do blog e dos empregos ruins...

      Excluir
    8. Corey,
      Teria outros sites semelhantes igual à esse que vc mostrou?
      http://www.zonasulnegocios.com.br/

      Boa sorte, Obrigado.

      Excluir
    9. Olá Fudido!

      Joga "empresas a venda" e o nome da sua cidade/região no Google que vc encontrará outras opções.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  8. Olá Corey,

    Cara, nem pense em vender a loja pra voltar a trabalhar como CLT. Isso é um retrocesso e provavelmente irá abalar seu psicológico, pois passar de patrão a empregado trará uma carga negativa, até socialmente falando.

    Acredito que o melhor a fazer seria contratar um gerente pra fazer exatamente aquilo que vc faz atualmente. Por exemplo, se vc consegue tirar um lucro de 15mil/mês poderia pagar 5mil a um gerente e ficar na boa com 10K todo mês de pernas para o alto. Essa grana provavelmente seria maior do que se voltasse a ser CLT, além da qualidade de vida muito maior.

    Eu não venderia a empresa agora não... até porque no momento não existe pechinchas no mercado para que vc possa aplicar a grana da venda. A não ser q queira comprar outra empresa, estaria trocando o certo pelo duvidoso.. acho que o que vc menos quer é dor de cabeça, não é?

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Zé!

      Não é retrocesso não! As pessoas tem a visão que todo e qualquer comerciante é bem sucedido e tem liberdade de tempo, mas o buraco é mais em baixo... Socialmente falando faz sentido, ter uma empresa confere certo status, mas isso é uma coisa que tento fugir a qualquer custo, inclusive qd alguém fora do meu vínculo social me pergunta o que faço, costumo dizer que tenho um emprego bem comum.

      Contratar funcionários para fazer meu trabalho não é algo tão simples quanto parece, mas é viável, já que não tenho pretensão de ser o melhor do mercado.

      Minha relação com empresas está mais para trader que para b&h. Compro quebrada, deixo as finanças saneadas, faço uma organização geral, aumento o faturamento e vendo com lucro. Nesse ramo existem MUITAS pechinchas, todas são extremamente trabalhosas, mas dá pra ganhar dinheiro.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  9. Olá Corey,

    Acho que tomou a decisão correta. Esta é a melhor época do ano para o varejo, seu faturamento deverá aumentar ainda mais e consequentemente subir a "cotação" da sua empresa no mercado. Sem falar que a procura (demanda de possíveis compradores) costuma aumentar na virada do ano, somando ainda o fato da percepção das pessoas de que a taxa de juros continuará baixa, o fluxo de capital tende a aumentar cada vez mais pra esta área. Se aproveitar as boas condições de mercado e conseguir fazer os números azuis brilharem na DRE, estará com um bom ativo pra vender no início do ano que vem. Enquanto isso terá um tempo disponível para pensar nas respostas das suas perguntas e focar em um novo objetivo.

    Abcs,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá FI!

      Obrigado pela visita! Cara, no ramo que estou atualmente, não há sazonalidade nem sentimos muito a melhora do fim de ano. Temos algumas datas cujo faturamento costuma ser melhor, mas é algo fora de padrão. Pode parecer engraçado, mas nesse negócios, os possíveis compradores aparecem justamente agora no segundo semestre, tanto é que tive 2 propostas bem tentadoras nos últimos dias. Como eu disse, ficarei mais uns 12 meses, me capitalizarei e depois decidirei o que fazer.

      valeu pelas dicas!

      Corey

      Excluir
  10. parabéns pelo BLOG

    Acompanhando teu blog e divulgando no meu

    []s

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado! Já add seu blog na minha lista. Abraço!

      Corey

      Excluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Então decidiu ficar mais um ano :)
    Se esta funcionando, dando lucro e os problemas não são tão grandes, penso q vale a pena, principalmente pq vc tem conhecimento na area, ainda acho q migrar p um emprego CLT pode te levar a um desgosto ainda maior, imagina se pega um louco como chefe kkkk

    Mas corey, é tão dificil assim conseguir um bom gerente? Treinar um dos funcionarios atuais p isso tb esta fora de questão né?
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia D. Ostra!

      A princípio mais um ano, essa é minha meta atual, depois tudo pode mudar. Os problemas existem mas podem ser administrados com um pouco de boa vontade, o que até então eu não estava tendo.

      Olha Ostra, atualmente tá complicado arrumar bons gerentes, tem pouca gente interessada e paga-se cada vez mais aos bons. Estou treinando um dos funcionários e colocarei outro de cargo inferior (menos difícil de achar) no lugar dele.

      Corey

      Excluir
  13. Corey parabens pela qualidade do post!
    Cara se me permite, acho que antes de vender a sua empresa vc deveria trabalhar em outras atividades primeiro(emprego CLT, um novo hobbie que poderia virar uma fonte de renda, enfim)e depois do resultado dessas suas experiências vc poderia, com clareza,tomar a atitude mais sábia. A escolha é sua.

    Cara, mais uma vez parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo!

      Obrigado pela visita! Cara, essa ideia de arrumar outra atividade paralela é algo que pretendo fazer mais pra frente, qd a empresa demandar menos do meu tempo.

      Valeu!

      Corey

      Excluir
  14. Otimo blog Corey, semple acompanhando.
    Ablaço.

    ResponderExcluir
  15. Um gerente é só um funcionário que esta ali pra receber o salário ele nunca vai tocar a loja como o dono, fora o risco da loja ser roubada pelos próprios funcionários, quando o dono não esta presente... Já tive uma pequena lanchonete mas como eu tinha outra atividade principal e não podia ficar nela o que eu fiz na época foi contratar funcionários, mas deixei minha mãe lá praticamente só olhando e supervisionando o caixa e estoque, com isso conseguir zerar os sumiços de estoque ou no caixa. Então Corey não seu qual a situação profissional da sua esposa, mas você já disse não ter filhos acho que ela seria a pessoa ideal pra dividir o fardo e horários com você na loja, seguramente os funcionários teriam a mesma postura de atendimento e idoneidade com ela na loja como tem por você lá. Sr. Foda Low Cost.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amigo!

      Roubos sempre existirão, claro que uma lanchonete, onde é impossível bater o estoque, é mais sujeita a esse tipo de coisa. O meu negócio é tudo absolutamente controlado por software, o que miniminiza (não elimina) os roubos. O gerente nada mais é que um cumpridor de tarefas, JAMAIS deve administrar contas a pagar e receber e ter tarefas administrativas. Quando muito fará banco na ausência do dono.

      Minha esposa tem um trabalho legal, que ela gosta e ganha muito bem, não tem motivo pra ela largar isso pra me ajudar na loja, além disso, esposa trabalhando com marido gera conflitos pessoais e na melhor das hipóteses impossibilita viagens de férias o que já é motivo suficiente pra eliminar essa possibilidade.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  16. Não pretendo empreender nada, ter loja, comércio de qualquer tipo. Acho melhor ler balanços e comprar ações. Mas gostei dos seus posts a respeito, já que serviram como aprendizado.

    Para se decidir o que fazer,acho que é preciso pesar tudo, qualidade de vida, rentabilidade, stress.

    É bacana o fato de vc estar contando com os anônimos para achar uma solução. Continue assimi.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo!

      Ter empresa é algo bem complicado, se vc não tem afinidade, é melhor nem entrar mesmo, cada um na sua, devemos sempre fazer aquilo que temos facilidade e conhecimento.

      Abraço!

      Corey

      Excluir

Os comentários desse blog são moderados, ou seja, passam pelo meu controle antes de serem publicados. Esse é o motivo pelo qual seu comentário não aparecerá logo após você clicar em "Publicar", portanto não precisa postar 2 ou 3 vezes! Posso demorar, mas publicarei e responderei todos os comentários que não contenham trolagens, intrigas, propagandas e baixo nível.