sexta-feira, 22 de junho de 2012

Semi Aposentadoria - Parte 2

Essa é a continuação do meu post sobre Semi Aposentadoria, recomendo a leitura do anterior aqui.

Como disse, pretendo conseguir minha IF através de etapas, ou seja, Semi Aposentadoria, para isso, vou rever meus investimentos de maneira a priorizar fluxo de caixa além, é claro, do crescimento da carteira. Pretendo estabelecer etapas onde meus gastos sejam pagos com renda proveniente dos meus investimentos. As etapas previstas são:

1- Despesas anuais: IPTU, IPVA, licenciamento e seguros;
2- Condomínio e Plano de Saúde;
3- Luz, gás, internet
4- Viagens;
5- Combustível, alimentação, lazer

Escolhi o IPTU, IPVA, licenciamento e seguros pra primeira etapa por serem gastos anuais, ou seja, é mais fácil modelar um investimento para gerar renda uma vez por ano, além disso, são coisas que eu não gosto de pagar, rsrs! Em 2º vem condomínio e plano de saúde que são possíveis de negociação anual. A ordem das demais etapas pode ser alterada.

Focando na primeira etapa determinei alguns pré requisitos:

1- Prazo pra usufruir: vou usar os rendimentos desse investimento para pagar as despesas anuais de 2014;
2- Modalidade: LCI-DI de 1 ano (caso o investimento fosse feito hoje);
3- Montante investido: R$ 40.000,00
4- Início do investimento: dezembro de 2012; término: dezembro de 2013

Atualmente essas despesas são pagas com uma verba provisionada mensalmente que será destinada a outro tipo de investimento. Na prática, vai dar na mesma, já que esse dinheiro provisionado todo mês entrará na carteira de investimentos ao mesmo tempo que parte do rendimento da carteira será gasta para pagar os impostos e seguros. A importância acaba sendo mais psicológica e de disciplina pra seguir o foco de determinado investimento. Acredito que a sensação de ter parte dos gastos sendo pagos por renda passiva deverá ser muito boa.

Em dezembro de 2013, sacarei somente o rendimento dessa aplicação e reaplicarei para a mesma finalidade: rentabilizar para pagar meus impostos/seguros em 2015. Assim gradativamente farei "semi-poupanças" para cada etapa. Na pior das hipóteses, por algum motivo, não queira mais aportar, parte dos meus gastos já estão cobertos. Alguns cuidados que deverei tomar:

1- Compensar a inflação das despesas;
2- Compensar possíveis alterações dos gastos (por exemplo: troca de carro = IPVA maior);
3- Balancear anualmente o montante a ser investido;
4- Procurar a melhor alternativa no momento do investimento (não só aplicar na mesma coisa do mês anterior)

Dessa maneira, daqui pra frente, meu foco principal não é aumento de patrimônio, mas sim, formação de fluxo de caixa de maneira que me permita cumprir etapas da minha semi-aposentadoria. Não estipulei datas e demais características parar as demais etapas, isso ficará para uma próxima fase, mas pretendo atingir pelo menos a 1ª e 2ª etapas já em 2014.

46 comentários:

  1. Gostei da ideia,Corey. Ir arrumando jeito de pagar as contas sem ter de mexer no bolso, fazendo o dinheiro render por si mesmo.

    Tenho ideia de fazer isso com meu aluguel, depois usarei a mesma tática com outras contas. Em poucos anos estarei pagando todas minhas contas com dinheiro de dividendos e juros de RF.


    Mudando de assunto, seu blog é um dos melhores, continue com boas ideias. Mas procure estudar um pouco mais a bolsa, não tenha medo de comprar ações.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo!

      Isso mesmo, dessa maneira, teoricamente não mexerei no bolso pra pagar as contas. Acho mais fácil ir por etapas que querer tudo de uma vez.

      Obrigado! Vou com calma na bolsa, rsrs!

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  2. Interessante conceito. Gostei.

    Mu deu uma idéia interessante: criar contas para pagar certas despesas, individualmente.

    Por ex.: 20.000,00 na poupança old permite pagar a conta de telefone de 100,00. Quando houver aumento, tenta-se renegociar, mudar de fornecedor... Se nada disso for possível, aumenta-se o fundo para aumentar os rendimentos.

    Legal, boa idéia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Eike!

      Isso mesmo, sub contas pagando despesas.

      Como eu disse em outra postagem, tenho cerca de 15k na poupança old, não pretendo saca-lo, mas vc me deu uma boa ideia, de repente posso sacar só o rendimento e destinar pra alguma conta.

      Pra esse estratégia funcionar é necessário ter um controle legal do valor da conta, fazer o que vc disse, renegociar, trocar de empresa, etc.

      Abração!

      Corey

      Excluir
    2. Mas as duas coisas precisam ser feitas os mesmo tempo: aumentar a receita e reduzir os gastos.

      O grande desafio Corey é reduzir gastos sem sacrificar o padrão de vida (ou no máximo sacrificar o que pode ser sacrificado)

      Abração!

      Excluir
    3. Pois é Eike, isso é a chave pra fazer dar certa, mas não é nada fácil!

      Atualmente até quero aumentar algumas despesas pra melhorar a qualidade de vida, mas a falta de tempo não está deixando. Preciso resolver isso...

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  3. Corey, vc já pensou em todos os custos mesmo? Eu andei pesquisando e vi que meu gasto com sacanagem é um pouco alto em relação ao meu salário. Motel, casa de swing, tv a cabo colaboram para os gastos. Na minha opinião, os dividendos de boas ações devem pagar isso também, devem ajudar a tornar a putaria mais barata, rssss

    Alguns podem achar exagero comentar isso, mas um cara solteiro que vá ao motel 6 vezes num mês pode acabar gastando 1k brincando,ou mais,com isso seriam 12 k de gastos com sexo num ano, sem contar os custos de oportunidade pelos juros que não foram ganhos.

    Conheci gente que gastava 400 reais a cada vez que ia numa casa de swing aqui no Rio.Se isso ocorrer toda semana serão 1,6 k a menos nos aportes. É uma grana que podeira vir dos dividendos.

    abração, parabéns pelo post.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo Tarado Carioca:

      Sua situação é muito simples: ou vc diminui a putaria, ou trabalhará muito mais. Não tem segredo! Qd eu ainda namorava, ia no motel 2x por semana e nunca gastei mais que $300. Se vc só frequenta motel de luxo, meu amigo, tá ferrado mesmo!

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  4. Corey, eu apliquei o conceito de fluxo de caixa copiando a idéia do geração 65, que controla quantos salários mínimos recebemos anualmente. Achei interessante e inteligente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Camaleão!

      Essa do salário mínimo é um parâmetro interessante, já que ocorre correção anual. É mais um método de mensurar quanto ganhamos.

      Vou olhar lá no blog do 65.

      Abração!

      Corey

      Excluir
  5. Legal a organização Corey :)
    Planejamento faz uma grande diferença, em teoria sei tudo, na prática é outra história rsrsrs
    beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia!

      Realmente a prática é bem diferente, sempre bato nessa tecla, mas planejar é preciso...

      Inté!

      Corey

      Excluir
  6. Muito bom Post Corey!

    Essa idéia de semi-aposentadoria é muito boa,até porque atingir a IF pode demorar muito tempo e não vale a pena fazer dessa caminhada um martírio. Ir limando um pouco a tal bola de neve para se pagar as principais dívidas é uma idéia muito sábia.

    Abraços e sinceros votos de sucesso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amigo!

      Obrigado pela força! Na minha opinião, é melhor fazer assim mesmo e acho legal ter pessoas concordando com minha ideia.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  7. Olá Corey! Parabéns pelo blog. É um dos meus favoritos!

    Fascinante esse projeto da semi da aposentadoria. Prefiro esse, com o foco em qualidade de vida, do que outros (tipo o Pobreta) de se sacrificar muito para aportar mais agora. Não sabemos o dia de amanhã, não é mesmo?

    Abraços e sucesso nessa empreitada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Abastado!

      Bem vindo! Já sacrifiquei muito a qualidade de vida, aliás, ainda estou sacrificando, mas preciso mudar isso.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  8. Olá Corey!

    Muito boa a forma com que trata a Independência Financeira, pensando desse jeito ela pode ser acelerada absurdamente. O importante para conseguir isso é ter um controle bem disciplinado dos gastos e estudar os investimentos pelo menos anualmente para modificar as estratégias caso seja necessário, estou pensando em abordar sobre o controle de caixa pessoal e inclusive disponibilizar a planilha que utilizo. Você tem esse controle? Se tiver, como é feito (softwares, cadernos, de cabeça)?

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá General!

      O objetivo é acelerar mesmo, não quero ficar sofrendo por longos anos, tb não me importo de ter somente parte dos meus gastos custeados pela renda passiva.

      Legal falar sobre fluxo de caixa, eu uso planilhas do excel mesmo, acho mais prático e não gosto de softwares complicados. O ruim do excel é formatar uma planilha, mas depois de feita é muito fácil de usar.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  9. O ser humano em geral quer acabar com as dores da vida, como o tédio, a rotina, a necessidade de acordar cedo todo santo dia para ir trabalhar, pagar contas. Ao mesmo tempo, as pessoas querem aumentar muito os seus prazeres como fazer viagens, jantar fora, ter aventuras, ter tempo para o lazer, como ver filmes, ler livros etc.


    Tudo isso é muito válido, mas, como tudo na vida, tem um custo. Não é de graça conseguirmos mais diversão e menos aborrecimentos. É preciso fazer planilhas, estabelecer metas de gastos( no meu caso tenho uma meta diária e ando sem o cartão do banco). Outro custo é comprar muito, muitos livros de educação financeira, investimentos em bolsa de valores, crises econômicas.


    Infelizmente, muitas pessoas foram enganadas pelo marketing e pelo mundo mágico das novelas que mostra ricos morando em mansões de 20 M, com dezenas de empregados, tomando champanhe o dia inteiro na beira da piscina cinematográfica. Mas essa porra é mentira, os executivos que ganham milhões por ano trabalham pra cacete. O dono do pactual, que era classe média e hoje é bilionário, trabalha até domingo. O empresário Daniel Dantas acha que a coisa mais legal da vida é ler balanços patrimoniais no dia 31 de dezembro.


    Eu queria ficar rico rapidamente, ter muito lazer agora, já. Como não será possível, vou comprar minhas pagadoras de dividendos, meus pés de dinheiro, assim vou conseguindo morar mais perto do trabalho, gastar menos tempo à toa, vou comprar um projetor e ter um cinema em casa.


    Não tenho mais idade para esperar 15 anos até o primeiro milhão chegar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comprar projetor é uma boa idéia se vc for cinéfilo. Tenho um conhecido que montou uma sala de cinema em casa, com direito a máquina de pipoca e tudo, aliás o cinema dele é muito mais confortável já que dá pra reclinar as poltronas. Pagaria 50 conto pra ver um filme lá.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  10. É uma boa idéia mesmo Corey
    Acho que já comentei por aqui q pensava dessa fprma, porém, um pouco mais audacioso.
    Em 3 anos pretendo conseguir o valor massa que mantenha minha I.F. pagando ao menos as despesas fixas. Em 5 anos as fixas + um percentual para variáveis. Em 10 tudo isso mais filhos e um pouco de luxo.
    Ainda não me cansei e, como meu primeiro horizonte é curto (3 anos), continuarei a todo gás trabalhando e empreendendo, mas sem deixar de viver é claro!(neste momento estou curtindo uma semaninha de férias num bom hotel em Curitiba.
    Diga-se de passagem, basta uma semana como essa para ver o quanto não suporto trabalhar por obrigação e o quanto é bom fazer o que gosta com quem gosta quando gostar.


    Essa segunda volto para o batente no meu plano agressivo de uma IF a curto prazo. Para mim ta valendo a pena a corrida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande e sumido Mão Inglesa!

      Lembro que vc comentou sobre suas etapas de aposentadoria. Realmente é bem ambicioso mas é alcançável, mas demandará muito trabalho e acho que vc tem consciência disso, né?

      Cara, sorte q vc ainda não se cansou, eu não posso dizer o mesmo, já estou com o saco cheio!

      Boa sorte na sua empreitada!

      Corey

      Excluir
  11. Ótima ideia pro imposto anual!\o/
    Se importa se eu resolver copiar?XD
    (não sei se vou fazer isso,apenas gostei da ideia)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rafa!

      Aproveite a ideia a vontade, o objetivo é esse mesmo, o compartilhamento de estratégias. Me conte depois.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  12. Fala ae Corey Beleza!!!
    O mais importante de tudo é que você tem um plano e cérebro gosta disso e principalmente quando você coloca uma data para a concretização, agora é só esperar que as coisas vão acontecendo e quando você menos perceber irá atingir o seu objetivo, mas ao longo do tempo vai aparecer que não esta acontecendo nada, mas é assim mesmo.

    Boa sorte nos objetivos.

    Um abração!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Lord!

      Isso mesmo! Não manjo tanto quanto vc desse negócio de poder da mente, mas acredito que isso funciona. Preciso ver resultados, mesmo se esses resultados troquem 6 por meia dúzia.

      Valeu pela força!

      Corey

      Excluir
  13. "Atualmente essas despesas são pagas com uma verba provisionada mensalmente que será destinada a outro tipo de investimento. Na prática, vai dar na mesma, já que esse dinheiro provisionado todo mês entrará na carteira de investimentos ao mesmo tempo que parte do rendimento da carteira será gasta para pagar os impostos e seguros. A importância acaba sendo mais psicológica e de disciplina pra seguir o foco de determinado investimento. Acredito que a sensação de ter parte dos gastos sendo pagos por renda passiva deverá ser muito boa."

    Corey, eu já pensei em fazer um plano semelhante ao seu. Mas pelo parágrafo acima
    que vc escreveu, vc já percebeu seu plano vai funcionar só se te estimular a poupar mais.
    Pq matematicamente vc está gastando o mesmo dinheiro.Tirando do rendimento e colocando
    dinheiro "novo" no lugar. Se entrar mais dinheiro do que vai sair, vc irá se dar bem!
    Infelizmente temos que passar por um período razoável de acumulação.

    Não vou escrever muito, pq minha mente está borbulhando.Ainda vou fazer outro tópico
    só para semi-aposentadoria.
    Só pra adiantar, acho que o ponto chave da semi-aposentadoria, é arranjar o trabalho
    ideal,trabalhar em paralelo e aportar o dinheiro dele. Até chegar no ponto onde
    trabalhamos pouco apenas com esse trabalho ideal (e ganhamos pouco, talvez tb) e a complementação virá do capital acumulado.
    Em breve farei um post...
    Abs!

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá ID!

      Sim, matematicamente dá na mesma, mas sou um cara que não consegue esperar muito tempo pra ter resultados, então essa é uma maneira de satisfazer psicologicamente essa minha necessidade.

      Li seu tópico sobre semi-aposentadoria, vou responder lá, mas resumindo eu penso mais ou menos a mesma coisa, tirando que hoje em dia não consigo conciliar meu "emprego" com um trabalho.

      Abração!

      Corey

      Excluir
  14. Se você sacar todo o rendimento da renda fixa para pagar despesas, irá perder dinheiro, pois a inflação irá desvalorizar o montante principal. Isso trará a necessidade de aportar cada vez mais só para poder pagar as mesmas despesas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que não, pois não será usado todo o rendimento para se pagar as despesas.Penso em usar uma parte dos dividendos, algo em torno de 40% para diminuir meu stress diário.

      No meu caso, meu emprego é chatinho, meio sem graça, mas suportável. Então se eu trouxer mais qualidade para minha vida vou conseguir tornar a caminhada mais tranquila.

      O estilo de vida que desejo é bem simples e barato, não vou ter muitos gastos, nã farei viagem internacional, não tenho filhos, nem quero. Também não quero comprar carro, andar de táxi é mais barato. Já tenho casa própria, se me der vontade alugo uma mansão por um ano depois de velho.

      Excluir
    2. olá Fernanda!

      Tem razão! Mas é por isso que eu disse que pra esse plano funcionar é necessário fazer adequações, não é algo que rode sozinho. Não há nada que impeça de conciliar RF e RV, alguns investimentos são atrelados ao IGPM, alguns gastos diminuem com o tempo (seguro do carro), outros aumentam (plano de saúde), então há N variáveis que devo avaliar.

      Anônimo:

      Isso de utilizar 40% dos dividendos pra diminuir o stress é uma forma de semi-aposentadoria, vc está correto!

      Seu emprego é chato mas é suportável, nunca haverá um trabalho perfeito então pelo menos vc está numa situação mais confortável.

      Abraço a todos!

      Corey

      Excluir
  15. Finalmente alguém olhando para o fluxo de caixa ao invés do patrimônio.

    Aposentadoria é fluxo de caixa!

    []s!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá Dimarcinho!

      Sim, sim, eu considero o fluxo de caixa mais importante já que pretendo usufruir dele no curto prazo, agora pra quem quer por um motivo ou outro juntar uma grande quantidade de dinheiro, acredito que seja mais importante a rentabilidade e os aportes.

      Abração!

      Corey

      Excluir
  16. Corey,

    Minha mente borbulhou um novo post:

    http://investidordefensivo.blogspot.com.br/2012/06/semi-aposentadoria-uma-solucao.html

    ResponderExcluir
  17. Ganhos psicológicos já são ganhos,melhor ganahr psicologicamente do que só perder , fcar puto por causa do noticiário.Devemos comemorar esses ganhos, mesmo que não estejam totalmente certos do ponto de vista matemático, mas podem trazer alguma alegria ao investidor e mais entusiasmo.Pois sofrer 15 anos para juntar dinheiro vai ser foda.Chega dessa porra de sofrimento e aborrecimento!!! Há momentos em que temos de nos dar alguns presentes, caso contrário a vida vai ser só trânsito, sono ruim e poucas alegrias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo!

      vc entendeu a base do quero dizer, é isso mesmo, é melhor um ganho psicológico mesmo se houver uma perda de rentabilidade ou decréscimo matemático de alguma maneira.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    2. Acredito que receber dividendos e usá-los para pagar uma parte das despesas faz com que nos sintamos melhor, afinal, graças ao esforço intelectual conseguimos uma grana a mais. É bom receber uns afagos do dinheiro de vez em quando.


      Tomando exemplo alguns blogueiros, acho a estratégia do Pobretão meio doida, ficar 10 anos sofrendo para aportar, sem investir em nada na qualidade de vida é algo estranho. Se ele sofre no trânsito os dividendos poderiam ser usados num ap perto do trabalho ou num táxi algumas vezes por semana. Mas ficar apenas sofrendo para juntar acho maluquice.


      Usar 30% dos dividendos para diminuir alguns estresses da vida considero muito bom. A grande liberdade financeira não chegará tão rápido, mas os anos de espera não serão uma tortura, haverá mais qualidade de vida que é o que a maioria almeja.



      Eu sonhava com uma vida glamurosa, sem aborrecimentos, com dias inteiros dedicados a fazer as coisas de que mais gosto. Mas isso não vai acontecer tão cedo.Ainda faltam uns bons anos. Então eu tenho de tornar menos chata minha vida hoje, ao fazer isso vou me sentir bem melhor. Comprarei bike elétrica, pagarei academia, net e aluguel com dividendos, Feito isso diminuirei muitas dores relcionadas ao trabalho.

      Excluir
    3. Pois é, tb acho suicida a estratégia "pobretão way of life", mas não critico, de qq forma o cara tá tentando sair da situação ruim, está querendo fugir da zona de conforto.

      Só de saber que os anos em busca da IF não serão torturantes, já dá mais gás pra correr atrás.

      Como ficou o rolo das bikes elétricas aí no Rio? Pararam de multar quem não tinha cnh?

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  18. Ah, sim.O nosso prefeito marketeiro deu um esporro nos guardas municipais que prenderam o cara. Nossos políticos jogam para a torcida.

    ResponderExcluir
  19. Estou de olho em alguns modelos de bike , tudo que tornar o trabalho menos problemático é bem vindo. Não sei como tem gente que quer "morrer" 4 horas no trânsito todo dia. Acho burrice sofrer assim.

    ResponderExcluir
  20. Antes da bike elétrica, vou comprar uma comum de alumínio, com dois amortecedores. Com isso economizarei uma grana com passagem e almoço. Com essa grana economizada, poderei comprar a elétrica depois.

    ResponderExcluir
  21. Eu uso uma de aluminio bem velhinha, estou de olho nas desmontáveis, mas por enquanto estão muito caras.

    Abraço!

    Corey

    ResponderExcluir
  22. É muito bom pedalar, ficar parado dentro de carro gastando gasolina não é comigo. Com a bike, ganharei tempo e economizarei no rango.

    Acredito que essas pequenas economias nos ajudem a aumentar os aportes e diminuir as despesas mensais. Com isso dá para ganhar saúde e conseguir chegar mais rápido à independência financeira.

    ResponderExcluir
  23. Pequenas economias podem ajudar a criar grandes fortunas...

    ResponderExcluir

Os comentários desse blog são moderados, ou seja, passam pelo meu controle antes de serem publicados. Esse é o motivo pelo qual seu comentário não aparecerá logo após você clicar em "Publicar", portanto não precisa postar 2 ou 3 vezes! Posso demorar, mas publicarei e responderei todos os comentários que não contenham trolagens, intrigas, propagandas e baixo nível.